Programando uma Intranet com Apache, MySQL e Perl (parte 2)

Acessando o MySQL com o Perl. Muita coisa pode ser feita na web sem um banco de dados. Porém, em algum momento, você pode se deparar com a necessidade de armazenar certos dados dos seus clientes e usuários em um local seguro e altamente disponível. Este local será, com certeza, um banco de dados.

[ Hits: 19.455 ]

Por: Thiago Glauco Sanchez em 02/06/2010


Apresentando... DBI e DBD::MySQL



Meus artigos anteriores:
Acidentalmente eu apaguei meu usuário anterior. Este artigo é continuação do programando uma intranet com Apache, MySQL e Perl.

Bibliografia para pesquisa:
Justificativa:

Muita coisa pode ser feita na web sem um banco de dados. Porém, em algum momento, você pode se deparar com a necessidade de armazenar certos dados dos seus clientes e usuários em um local seguro e altamente disponível. Este local será, com certeza, um banco de dados. Vamos ver neste artigo as artimanhas que o Perl nos oferece para manusearmos os bancos de dados, em especial, o MySQL.

Apresentando:

No artigo anterior falamos um pouco sobre o CGI. Agora vamos falar um pouco sobre o MySQL com o Perl e o DBI. O MySQL é um dos Bancos de Dados Relacionais mais utilizados no mundo. Mas, para alguém que acessa este site isto é uma informação redundante. Apesar de ser impossível não elogiar o MySQL, vamos passar direto para a comunicação do MySQL com o Perl. Caso tenha interesse em mais detalhes sobre o MySQL acesse http://dev.mysql.com/.

Para acessar o MySQL com Perl é necessário que você instale alguns módulos do CPAN. Estes módulos vão administrar a conversa entre o seu programa e o banco de dados. No nosso caso, eu recomendo o Perl DBI. Para isso digite na sua console os comandos a seguir:

cpan install DBI

E deixe a instalação rolar. Caso o cpan solicite alguma informação, responda conforme a instalação no seu sistema. Em dúvida, deixe um poste aqui e eu responderei. No meu caso o DBI já estava instalado:

cpan install DBI
CPAN: CPAN::SQLite loaded ok (v0.199)
Database was generated on Sun, 16 May 2010 20:31:26 GMT
CPAN: Module::CoreList loaded ok (v2.31)
DBI is up to date (1.611).

Uma vez que o módulo DBI está instalado temos que nos certificar que temos os drivers necessários. No CPAN temos drivers para diverso bancos de dados, sendo possível utilizar bancos MySQL, MS-SQL, Oracle entre outros.

Para verificarmos os drivers possíveis digite:

perl -MDBI -e '@drivers = DBI->available_drivers; print qw/@drivers/;'

ADO DBM ExampleP File Gofer ODBC Pg Proxy SQLite Sponge mysql

No nosso caso o driver do MySQL aparece como último da nossa lista, então ele está instalado. Porém, caso não apareça o driver do MySQL na sua instalação, utilize o comando:

cpan install DBD::mysql
CPAN: CPAN::SQLite loaded ok (v0.199)
Database was generated on Sun, 16 May 2010 20:31:26 GMT
CPAN: Module::CoreList loaded ok (v2.31)
DBD::mysql is up to date (4.014).

Rode novamente o comando:

perl -MDBI -e '@drivers = DBI->available_drivers; print qw/@drivers/;'

Para verificar os drivers de banco de dados do DBI e certifique-se de que você tem o driver correto. Para instalar o driver de outro banco de dados, verifique o driver em http://search.cpan.org/.

Agora que temos tudo que precisamos, vamos conectar o Perl ao banco.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Apresentando... DBI e DBD::MySQL
   2. Conectando-se com o banco de dados
   3. Criando tabelas no MySQL com o Perl
   4. Populando a tabela
Outros artigos deste autor

Programando uma Intranet com Apache, MySQL e Perl (parte 1)

Leitura recomendada

Perl e MySQL

Manipulação de sockets em Perl usando o IO::Socket::INET

Módulos de Web no Perl

Decodificando filmes do programa "3w player"

Enviando emails em Perl

  
Comentários
[1] Comentário enviado por hellsdragon em 02/06/2010 - 12:14h

Olá

Amigo qual distro você usou para montar essa Intranet?

Até mais

H'D

[2] Comentário enviado por instrutorTIC em 02/06/2010 - 12:37h

Cara, os ítens de artigo eu utilizo o Ubunto ou o Debian, mas tomo cuidado para manter a interoperabilidade entre sistemas o mais próxima de 100%. O que é bem simples graças a capacidade multiplataforma do Perl, do mySQL e do Apache. A intranet dos artigos são fictícias, baseadas em casos reais de clientes.
Mas Intranets implantada eu já fiz em Solaris, Redhat e - pasme :-O - em Windows.

mais sobre a TICursos: http://ticursos.net


Contribuir com comentário