Postfix com courier-pop de forma simples

Esse artigo descreve de forma simples a configuração de um servidor Postfix com courier-pop fazendo a autenticação com os usuários cadastrados no sistema.

[ Hits: 21.691 ]

Por: Perfil removido em 21/10/2010


Postfix + courier-pop



Olá galera VOL, o objetivo deste artigo é configurar de forma simples, prática e rápida um servidor de e-mail Postfix com courier-pop com usuários cadastrados no sistema. Depois de muito garimpar na internet eu consegui fazer o meu pequeno servidor local funcionar. Saliento que não vou configurar nenhum mecanismo de varredura, ou seja, nenhum antivírus nem autenticação por MySQL ou LDAP, a autenticação será feita através das contas locais, portanto, esse artigo é apenas o primeiro passo para ver o servidor funcionando.

1) Preparando o terreno

Estou utilizando o Debian 5 em uma máquina virtual, o primeiro passo é baixar e instalar o Postfix.

# apt-get install postfix

Após a instalação do pacote aparecerá uma tela de configuração do Postfix, aparecerá uma tela de configuração, nesse artigo usaremos a opção: INTERNET SITE ou SITE INTERNET e clicamos em OK.

A segunda tela que nos será exibida é a informação do domínio, no meu caso eu montei um pequeno servidor doméstico para testes e aprendizado, mas você também pode informar o seu domínio, por exemplo: meudominio.com.br

Após executar esses passos, o Postfix está pré-configurado, porém ainda não está completo, vamos reconfigurá-lo logo mais...

2) Instalando o Courier-pop

O Postfix não trabalha sozinho, precisamos instalar um serviço responsável por entregar as mensagens aos nossos usuário, bah... é aí que entra o courier-pop, vamos à instalação.

# apt-get install courier-pop

A instalação do Courier é muito simples, só nos é feita uma pergunta apenas, após a instalação nos será exibida uma tela perguntando se desejamos criar um diretório para administração web, a resposta deve ser NÃO.

Pronto, courier-pop instalado! :)

3) Configurações finais do Postfix

Após a instalação do courier-pop vamos agora terminar o processo de configuração do Postfix.

# dpkg-reconfigure postfix

O comando dpkg-reconfigure nos apresentará e guiará a uma configuração mais específica que a instalação padrão do Postfix, na primeira tela nos são apresentadas algumas opções de servidores, teremos apenas uma opção, clique em OK.

Em outra tela aparecerá: "Tipo geral de configuração de e-mail"

Semelhante a instalação, vamos escolher a opção "Site Internet" e clicaremos OK.

A próxima tela será para escolher o nome de e-mail do sistema. Nessa tela informe o nome do seu computador.

Destinatário para o root: nesse artigo deixaremos essa opção sem preenchimento.

Nome do domínio: essa etapa é importante para definirmos quais domínios a máquina deve entender como sendo ela mesma, como criei um servidor caseiro, sem envio externo, vou usar como exemplo:

pina.casa

Atualizações síncronas: escolheremos "Não".

Especificar a rede: essa tela nos permite configurar a rede, como já disse, meu servidor é doméstico, portanto minha configuração ficou a seguinte:

127.0.0.1, 192.168.0.0/24

Limite de tamanho da caixa postal: nessa tela é possível especificar o tamanho da caixa postal do usuário, preenchi com um 0, ou seja, sem limites.

A próxima tela se refere a um caractere usado para definir um endereço local, a opção padrão é o sinal de mais (+), não altere essa opção.

Protocolos que devemos utilizar: marque nessa tela a opção TODOS.

Após clicar em Ok, a tela será fechada e o serviço do Postfix será reiniciado. Devemos agora especificar o nosso domínio dentro do Postfix, para isso vamos editar o arquivo main.cf, que fica dentro do diretório /etc/postfix.

# nano /etc/postfix/main.cf

Como não utilizaremos nada além de um simples servidor de entrega e envio de e-mails, no final do arquivo main.cf vamos adicionar a linha abaixo:

mydomain = pina.casa #note que você deve especificar o seu domínio nessa linha

Vamos salvar o arquivo e reiniciar o serviço do Postfix com o comando:

# /etc/init.d/postfix restart

Após reiniciar o servidor, vamos executar o comando:

# postconf -e 'home_mailbox = Maildir/'

Esse comando configurará a caixa postal do usuário para usar o Maildir, usado nesse artigo, é muito importante que você não deixe de executar esse comando. :)

4) Criando a caixa postal do usuário

Vamos agora criar os diretórios para recebimento de e-mail do usuário.

# mkdir /home/usuario/Maildir
# mkdir /home/usuario/Maildir/cur
# mkdir /home/usuario/Maildir/new
# mkdir /home/usuario/Maildir/tmp


Vamos agora dar permissão aos diretórios:

# chown usuario:email /home/$user/Maildir
# chown usuario:email /home/$user/Maildir/cur
# chown usuario:email /home/$user/Maildir/new
# chown usuario:email /home/$user/Maildir/tmp


Obs.: A caixa postal do usuário deve ser criada para cada novo usuário do sistema.

Bingo! Caixa postal criada, lembrando que é possível criar um script que adicione e crie a caixa postal do usuário ao mesmo tempo. :D

5) Testes finais

Vamos testar se nossos serviços de e-mail estão funcionando corretamente, primeiro vamos mais uma vez reiniciar o serviço do Postfix.

# /etc/init.d/postfix restart

Após isso, vamos dar um telnet para testa o Postfix com o comando:

# telnet localhost 25

Se tiver tudo certo a saída do comando será semelhante a essa:

Trying ::1...
Connected to localhost
Escape charecter is '^]'.
220 servidor Postfix

Pronto, servidor Postfix funcionando, para sair dessa tela basta executar o comando:

quit

Vamos testar agora o courier-pop:

# telnet localhost 110
Trying ::1...
Connected to localhost
Escape charecter is '^]'.
+Ok Hello there

Após aparecer essa tela vamos dar o comando:

user nomedousuario

E logo após:

pass senhadousuario

Abaixo listo o comando completo:

# telnet localhost 110
Trying ::1...
Connected to localhost
Escape charecter is '^]'.
+Ok Hello there
user alexandre
+Ok password required
pass 123456

Se a autenticação funcionou será retornada a mensagem:

+OK Logged in.

Pronto, basta configurar seu cliente de e-mail predileto, lembrando que o formato do e-mail é [email protected], no meu caso, meu e-mail é: [email protected] :D

Pronto, temos um servidor de e-mail simples funcionando, agora cabe a você aperfeiçoar o seu servidor! :)

Um forte abraço.
Alexandre Jonatas Pina da Silva
[email protected]

   

Páginas do artigo
   1. Postfix + courier-pop
Outros artigos deste autor

Fornecendo informações úteis para obter respostas válidas

Funtoo Linux - Pré-instalação

Como utilizar o Kurumin dentro de uma única partição Windows

Compilando Kernel no CentOS 6.0

Aprendendo a modelar forms no Kylix

Leitura recomendada

Servidor Postfix com Fedora Core 4

Solução completa de serviço de correio baseado em software livre (Debian GNU/Linux)

Gmail com POP e SMTP no Thunderbird

Solução completa com o sendmail (segunda edição)

Configurando Postfix + MySQL + Courier + SPF + Clamav + SpamAssassin + Greylist + TLS

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jmonzani em 22/10/2010 - 13:24h

Ola Alexandre.

Em vez de criar todas as pastas manualmente para todos os usuarios voce tambem pode utilizar o comando "maildirmake /etc/skel/Maildir" (sem as aspas) como root, para que todos os novos usuários criados a partir daí já venham com a pasta criada.


Falows

[2] Comentário enviado por geraldoquites em 22/10/2010 - 18:27h

onde consigo baixar o courier-pop para o SuSe 10.1?

[3] Comentário enviado por removido em 23/10/2010 - 17:55h

Obrigado pela dica jmonzani :)
realmente é muito útil

[4] Comentário enviado por obernan em 19/12/2010 - 12:56h

Otimo tutorial mano, rapido, simples e funcional, testei aqui ta tudo ok, obrigado

[5] Comentário enviado por ericolvr em 15/07/2011 - 16:53h

Na parte 4 o usuario é o usuario criado ou o usuario é uma variavel?
nao entendio :email

[6] Comentário enviado por removido em 15/07/2011 - 17:01h

Boa tarde meu caro ericolvr, é o usuário criado.
Muito obrigado
Att. Alexandre Pina

[7] Comentário enviado por andrebian em 04/01/2012 - 01:12h

Olá alexandre gostei de seu artigo porém segui tudo exatamente como especificado mas tenho duas questoes:


1 - ao mudar o usuário da pasta "chown usuario:email /home..." ao colocar assim dá erro diz que andre:email não existe, com isso criei um usuario email, fiz certo?

2 - na hora do telnet localhost 110 ao inserir o nome do usuário e senha aparece a seguinte mensagem:

-ERR chdir Maildir failed


o que pode ter causado este erro?

[8] Comentário enviado por alex_arantes8 em 16/03/2012 - 21:54h

muito bom mas nao estou conseguindo testar esta dando erro de usuario.

[9] Comentário enviado por bfbicalho em 19/06/2015 - 18:33h

Tem que criar o usuário e também o grupo email:

adduser usuario, digite a senha e os requisitos ou pode deixar os requisitos em branco e em seguida criar o grupo:

addgroup email e em seguida aplicar o comando chown

Uma dúvida...

o comando telnet está demorando muito na resposta é normal isso?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts