Planejando a migração de aplicações comerciais para o Linux/GNU

Muitas empresas estão apostando no Linux e nos softwares Open Source no planejamento de redução de custos com servidores e desktops. Uma migração mal planejada pode servir como uma armadilha ao gerente de projeto, pois ao invés de reduzir os custos, irá reduzir também a produtividade da empresa. Saiba quais os cuidados ao planejar a migração.



[ Hits: 26.675 ]

Por: Eduardo Kanashiro em 01/04/2004


O perfil do ambiente de trabalho



Em uma empresa que depende diretamente de recursos de informática para manter a sua produtividade, o planejamento de qualquer mudança no ambiente produtivo é um assunto que requer boas horas de estudos. As palavras "Linux", "economia" e "redução de custos" soam muito bem aos ouvidos de gerentes e diretores de empresas, porém deveremos deixar claro que no mundo da informática, nem tudo flui como nas histórias em quadrinhos :-p. É necessário efetuar um estudo rigoroso das aplicações que poderiam ser migradas, adaptadas a também das aplicações comerciais que devem ser mantidas no ambiente de produção. Uma migração mal planejada poderá impactar diretamente na produtividade da empresa, proporcionando mais gastos que economia. Este planejamento deve exigir do gerente de projeto RACIONALISMO, DINAMISMO e CONHECIMENTO TÉCNICO.

Se a empresa que planeja implantar software livre possuir um legado de aplicações desktops e servidores baseados em softwares proprietários, deveremos efetuar as seguintes análises:
  • Relacionar os softwares que poderiam ser migrados (nem todos softwares proprietários podem ser migrados ao similar Open Source);
  • Adaptação de arquivos e aplicações (em muitos casos, será necessário adaptar arquivos e aplicações ao novo ambiente);
  • Produtividade (Será a mesma com softwares Open Source?);
  • Treinamento (Haverá necessidade de treinamento adicional do funcionário?);
  • Recursos de hardware (Será necessário implementar novos recursos de hardware?);
  • Gastos com suporte (O suporte prestado por técnicos em Open Source é mais caro?);
  • Upgrades (O software Open Source implantado terá continuidade?).

Na migração para o software livre não haverão custos com licenças de software, porém haverão os custos relacionados aos ítens acima. Cada software é um caso específico que deve ser analisado com rigor. Haverão softwares migrados que implicarão em melhorias ou perdas de produtividade tanto nas aplicações voltadas para servidores quanto para desktops.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O perfil do ambiente de trabalho
   2. Ambiente de servidores
   3. Ambiente desktop / estações de trabalho
   4. Conclusão
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Implantando o Nagios em HTTP Seguro (HTTPS)

Kdrive, um X em miniatura

Instalar programas no Linux é mais fácil?

Instalando o Slackware sem sofrimento (parte 1)

LiberdUCA - Versão customizada

  
Comentários
[1] Comentário enviado por wconserta em 02/04/2004 - 13:48h

Parabens pelo artigo, Eduardo eu passei por situação parecida aqui onde trabalho onde o planejamento na migração foi muito importante , seu arquigo é bom para que adminitradores não vão pelo que gosta mais sim planeje , tipo ja vi muito colegas querendo implanta linux numa empresa inteira doa o que doer, ai ja viu o resultado usuario reclamando enfim seu artigo é bom para da uma boa orientação a essa pessoa , o caso que você falou do office foi um bom exemplo.

[2] Comentário enviado por wconserta em 02/04/2004 - 13:51h

Parabens pelo artigo, Eduardo eu passei por situação parecida aqui onde trabalho onde o planejamento na migração foi muito importante , seu arquigo é bom para que adminitradores não vão pelo que gosta mais sim planeje , tipo ja vi muito colegas querendo implanta linux numa empresa inteira doa o que doer, ai ja viu o resultado usuario reclamando enfim seu artigo é bom para da uma boa orientação a essa pessoa , o caso que você falou do office foi um bom exemplo.

[3] Comentário enviado por cvs em 05/04/2004 - 10:21h

somente um comentario sem noção.. mas não seria GNU/Linux ?
não adianta falar que é a mesma coisa. :-x

[4] Comentário enviado por crayon em 28/02/2005 - 11:10h

Parabens pelo artigo! Se todos os administradores tivessem estas idéias em mente, diminuiria em muito os problemas, principalmente com o ussário final. Acrescento ainda um treinamento de qualidade e sempre manter todos os usuários informados. Isso é muito importante porque toda mudança que é informada e é feita com planejamento, transmite tranquilidade e confiança aos usuários!

é isso ...

[5] Comentário enviado por SergioYuma em 06/07/2006 - 08:48h

Parabéns...

Estou passando pelo processo inicial de estudos para realização de uma migração Microsoft/linux. O artigo esclareceu muitas dúvidas.

[6] Comentário enviado por hsilva em 14/12/2006 - 20:55h

nota + ...


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts