OpenBSD IDS - Solução Snort e BASE

cvs

Por ser um sistema robusto, creio que seja o mais indicado para a implementação de um IDS em sua rede para que possa prover mais segurança e até se sentir mais seguro e detectar aquele mal elemento fazendo graça ou tentando fazer graça antes que consiga. Usaremos o Snort juntamente com o MySQL.

[ Hits: 42.777 ]

Por: Thiago Alves em 14/02/2008 | Blog: http://www.seeufosseopresidente.com.br


Introdução





O OpenBSD é um sistema operacional livre da família UNIX, multiplataforma. Seu time de desenvolvedores enfatiza a portabilidade, padronização, correção e segurança. Ele suporta emulação binária da maioria dos binários de SRV4 (Solaris), FreeBSD, Linux, SunOS e HP-UX e funciona nas plataformas i386, SPARC, hp300, Amiga, Mac68k, PowerPC, pmax, mvme68k. A versão mais atual é a 4.2.


Snort: http://www.clm.com.br/snort/

O MySQL é um sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD) que utiliza a linguagem SQL (Structured Query Language - Linguagem de Consulta Estruturada) como interface. É atualmente um dos bancos de dados mais populares, com mais de 10 milhões de instalações pelo mundo.
Agora depois dessa leve e rápida leitura, vamos ao que interessa...

Instalar os bagulhos... :D

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. MySQL - Instalação e Configuração
   3. Snort - Instalação e configuração
   4. PHP - Instalação e configuração
   5. Apache - Configurações
   6. Snort - Configurando a Base de dados
   7. BASE - Instalando e configurando
   8. Acessando a interface WEB
Outros artigos deste autor

Instalando o VMWare no Slackware

Compilando Apache 2 com PHP, MySQL, mod_perl e mod_ssl

CentOS e LVM

Servidor web com CentOS + Apache

Compilação distribuída usando o distcc

Leitura recomendada

Burlando "MSN Sniffers" com TOR e Gaim

Buffer Overflow: Entendendo e explorando

Jogando pesado na segurança de seu SSH

Cliente "automágico" Linux logando no domínio NT/Samba

Acesso remoto de forma simples e segura

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Cooler_ em 14/02/2008 - 18:14h

Gostei do teu artigo Brother tudo redondinho
soh falto o Proxy e o firewall no caso o packet filter
o PF tem opção para enganar fingerprint aqueles ataques
com nmap ou o probe... para descobrir o OS vide
#cat /etc/pf.os
acho interessante este e outros truques ...(até parece um honeypot)
Parabens pelo artigo

[2] Comentário enviado por exercitobr em 15/02/2008 - 08:53h

Interessante, parabéns pelo artigo.

[3] Comentário enviado por y2h4ck em 15/02/2008 - 14:44h

Tony_baiacu

Pra que proxy ?????? em um IDS ???? WTF ??

:P

[4] Comentário enviado por cvs em 15/02/2008 - 14:58h

A maquina de proxy eu não montei ainda... E o firewall também não. Estou ainda estudando um pouco sobre pf pra ver se consigo fazer algo decente ou pelo menos algo que funcione pra mim aqui... hehehe

Valeu pelos comentários.

[5] Comentário enviado por Cooler_ em 17/02/2008 - 01:22h

y2h4ck
realmente depende se for usar como gateway ou como firewall
como he usado em bancos vai de caso... usa soh com IDs acho que
eu não usaria...
---
depende aqui tenho um phantom server com openbsd current
com uma Atheros+antenna_aquario ela pega uma rede sem wep
com um script em perl depois conecta e ja levanta
o DNS no no-ip e ja levanta o apache+php+mysql+IRCD+SNort+PF


tudo que for com OpenBSD no final sempre fica seguro :)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts