OcoMon no CentOS - Instalação e configuração

OcoMon dispensa comentários, nesse tutorial irei abordar a instalação do mesmo. Para esta instalação, usarei o CentOS 6.4.

[ Hits: 25.042 ]

Por: gean paulo martins dos santos em 28/06/2013


Instalação



Para esta instalação, foi usada uma instalação mínima do CentOS 6.4.

Depois de instalado, será necessário atualizá-lo, para isso, rode o comando:

# yum update

Como foi feito uma instalação miníma, é interessante instalar alguns pacotes essenciais para trabalhar com o sistema, que são os pacotes básicos:

# yum groupinstall base

Agora, os pacotes necessários para instalação do OcoMon:

# yum install httpd httpd-manual
# yum install php php-common php-devel php-gd php-mysql
# yum install mysql mysql-devel mysql-server


Inicie os serviços do MySQL e do Apache, e coloque na inicialização do sistema:

# service httpd start
# chkconfig httpd on

# mysql_install_db
# service mysqld start
# chkconfig mysqld on


Crie uma senha para o usuário "root" do MySQL:

# mysqladmin -u root password "senha"

Agora acesse o MySQL e dê todas as permissões para o usuário "root":

# mysql -u root -p

mysql> grant all on *.* to 'root'@'%' identified by 'senha';
mysql> flush privileges;
mysql> exit;

Agora, vamos baixar o OcoMon e o patch que corrige o bug para encerramento de chamados, quando a barra de formatação está ativa para as ocorrências.

Para descarregar os downloads, escolha uma pasta e se preferir, crie uma. Eu sempre uso o diretório "/opt".

Então, entre no diretório "/opt" e realize o download:

# cd /opt
# wget --no-check-certificate
https://sourceforge.net/projects/ocomonphp/files/ocomon_2.0-RC6.tar.gz
# wget http://ocomonphp.sourceforge.net/files/ocomon_2.0-RC6-patch-01.tar.gz

Descompacte o OcoMon e mova-o para a raiz do Apache:

# tar zxvf ocomon_2.0-RC6.tar.gz
# mv ocomon_2.0-RC6 /var/www/html/ocomon


Agora vamos descompactar o patch e aplicá-lo:

# tar zxvf ocomon_2.0-RC6-patch-01.tar.gz
# cp includes/versao.php /var/www/html/ocomon/includes/
# cp ocomon/geral/encerramento.php /var/www/html/ocomon/ocomon/geral/


Obs.: nesta cópia, será substituído os arquivos em suas respectivas pastas, então será interrogado sobre a substituição, confirme com a letra "Y"

Acesse o diretório do OcoMon e importe a base de dados para o MySQL:

# cd /var/www/html/ocomon
# mysql -u root -p < install/2.0RC6/DB_OCOMON_2.0RC6_FULL.SQL


Nessa importação, pedirá a senha do usuário "root" que cadastramos há pouco!

Configurações

Agora vamos acertar as configurações para a comunicação com o MySQL.

Primeiro renomeie o arquivo contido na pasta "includes":

* Lembrando que estamos dentro do diretório do OcoMon!

# mv includes/config.inc.php-dist includes/config.inc.php

Entre no arquivo renomeado e deixe-o assim:

# vim incluides/config.inc.php

define ( "SQL_USER", "root");  // Usuário do MySQL
define ( "SQL_PASSWD", "senha");  // Senha do usuário que cadastramos
define ( "SQL_SERVER", "localhost");  // Acesso será local
define ( "SQL_DB", "ocomon_rc6");  // Nome do banco de dados


Após importação da base do OcoMon, é recomendado remover a pasta "install". Então, vamos removê-la:

# rm -Rf /var/www/html/ocomon/install

Pronto! Agora vamos fazer alguns ajustes no Apache para não termos problemas com acentuações. Para isso, acesse o arquivo de configuração do Apache e deixe-o assim:

# vim /etc/httpd/conf/httpd.conf

Linha 743:

LanguagePriority pt-BR pt en ca cs da de el eo es et fr he hr it ja ko ltz nl nn no pl ru sv zh-CN zh-TW


Na linha 759, troque:
AddDefaultCharset UTF-8
Por:

AddDefaultCharset iso8859-1


Observação: no navegado Google Chrome, o OcoMon não se ajusta, ficando com uma imagem desalinhada.

Para quem usa este navegador, vamos aplicar a correção. Acesse o arquivo "ocomon/includes/css/estilos.css.php" a adicione essas linhas:

# vim var/www/html/ocomon/includes/css/estilos.css.php

Procure por:
print "body {
font-family: tahoma;
color:black;
font-size:11px;
background-color:".$row['tm_color_body'].";
} ";/*#cde5ff background-color:#d9d8da; 5E515B font-size: 11px; */

Logo após esta linha, adicione:

print "
#centro {
min-width: 140px;
width: 140px;
}";


Finalizando

Quase pronto!

Como o firewall do CentOS vem habilitado por padrão, vamos liberar a porta 80 do servidor Web, acesse o IPtables e adicione a porta citada:

# vim /etc/sysconfig/iptables

-A INPUT -m state --state NEW -m tcp -p tcp --dport 80 -j ACCEPT


Reinicie o IPtables:

# iptables-restore /etc/sysconfig/iptables

Como o SELinux também vem habilitado, então vamos desativá-lo:

# vim /etc/selinux/config

Troque:
SELINUX=enforcing
Por:

SELINUX=disabled


Para validar a configuração do SELinux, será necessário reiniciar o sistema:

# reboot

Reiniciado, abra seu navegador e digite o IP do servidor onde está instalado o OcoMon, seguido do nome do OcoMon.

Por exemplo: http://192.168.0.1/ocomon

Aparecerá a tela de login do OcoMon:
  • Usuário: admin
  • Senha: admin

Se tiver um domínio, é interessante criar um subdomínio.

Se for o caso, segue o exemplo de Virtualhost:

# vim /etc/httpd/conf.d/ocomon.conf

<VirtualHost *:80>
    ServerAdmin [email protected]
    ServerName ocomon.martins.com.br
    DocumentRoot  /var/www/html/ocomon
    ErrorLog /var/log/htthd/ocomon-error.log
    CustomLog /var/log/httpd/ocomon-access.log common
</VirtualHost>


Pronto, agora é só digitar o subdomínio no seu navegador:
  • http://ocomon.martins.com.br

Espero ter ajudado!

   

Páginas do artigo
   1. Instalação
Outros artigos deste autor

Documentação de IPs usando o TIPP

Leitura recomendada

Configurando mod_gzip no Apache

VsFTPD com TLS no Debian 4.0

Conkyzando e atalhando o Lubuntu 12.10

Configurando Servidor Web Cherokee no Centos 6.3

Configuração de Servidor BIND 9

  
Comentários
[1] Comentário enviado por nettux em 23/08/2013 - 11:33h

P*E*R*F*E*I*T*O
Desculpe pela caixa alta, mas esse tutorial ficou excelente.
Eu já uso o Ocomon em meus projetos e já implantei em várias empresas e tive um problema com os caracteres e o estilo, que às vezes davam problemas, mas com essas dicas instalei num servidor Windows e num Linux (Debian) e ambos ficaram perfeitos.
Abraços e mais uma vez, obrigado.

[2] Comentário enviado por gpmsred em 24/08/2013 - 16:39h

Satisfação por ter ajudado netto_info!

[3] Comentário enviado por cristianopureza em 30/12/2013 - 23:00h

Parabens pelo tutorial, ta redondo.

grande abraço.

[4] Comentário enviado por hmota em 03/01/2014 - 16:45h

Caro gean paulo martins dos santos,

Foi tudo muito bem ... mas quando eu dou o comando >install/2.0RC6/DB_OCOMON_2.0RC6_FULL.SQL dentro do sql ele não prossegue mais.

Ou é por que demora mesmo ? Esperei mais de 15 minutos e ficou nessa linha:

mysql> install/2.0RC6/BD_OCOMON_2.0RC6_FULL.SQL
->

O que pode ter acontecido ?

[5] Comentário enviado por gpmsred em 06/01/2014 - 17:42h

hmota, não é normal toda essa demora, porém nunca tentei importar a base de dentro do mysql, só como está no tutorial.
Recomento que siga como está no tutorial:
# cd /var/www/html/ocomon
# mysql -u root -p < install/2.0RC6/DB_OCOMON_2.0RC6_FULL.SQL
abraço!

[6] Comentário enviado por rengaf1 em 18/02/2014 - 13:45h

ola... me diz uma coisa..:

é possivel instalar o comon num servidor Linux mais com a base de dados separada em servidor Microsoft com MSSQL server?

[7] Comentário enviado por gpmsred em 27/02/2014 - 13:06h

rengaf1, apena mysql por padrão!
com o mysq você pode usar um servidor com o banco de dados separado.

[8] Comentário enviado por tiago570 em 04/03/2014 - 16:22h

Obrigado! funcionou 100% Excelente Tutorial!

[9] Comentário enviado por leandroctoledo em 21/03/2014 - 23:27h

Parabéns.
Funcionou perfeitamente e estou usando ele muito na empresa.
Post Perfeito.

Obrigadíssimo.

[10] Comentário enviado por thyagobrasileiro em 24/03/2014 - 01:20h

Perfeito

Funcionou!!!

[11] Comentário enviado por carlosaraujojr em 07/07/2014 - 12:32h

Pessoal,

Sou novo na comunidade e com o Linux também. Estou seguindo o tutorial, mas fiquei com uma dúvida...
Na linha abaixo,

mysql> grant all on *.* to 'root'@'%' identified by 'senha';

devo colocar exatamente assim ou substituo '%' por localhost e 'senha' pela senha do root que defini anteriormente?
Na verdade já tentei com ambos, logo depois do comando ele muda do modo "mysql>" para o modo "->" e o comando exit não faz voltar.

Se alguém puder ajudar aee...vlw msm!!!

Obrigado!!



[12] Comentário enviado por rengaf1 em 14/07/2014 - 11:19h

Filé... testado e aprovado!!

só um lembrete para os iniciantes...

no caso abaixo...

vim var/www/html/ocomon/includes/css/estilos.css.php

não esquecer de adicionar a barra antes do var...

vim /var/www/html/ocomon/includes/css/estilos.css.php

valeu!!

[13] Comentário enviado por gpmsred em 19/07/2014 - 08:32h

Verdade rengaf1, boa a observação...
valeu!

[14] Comentário enviado por Rodrigok9 em 11/09/2015 - 10:51h

Bom tutorial
mas tive problemas na sequencia de importar a base do SQL, como com o amigo acima # mysql -u root -p < install/2.0RC6/DB_OCOMON_2.0RC6_FULL.SQL , acabei adicionando 1 pasta antes do install .. ficando assim ... # mysql -u root -p < ocomon_2.0RC/install/2.0RC6/DB_OCOMON_2.0RC6_FULL.SQL ... solicita a senha e ocorre o erro ERROR 1396 At line 5: Operation CREATE USER falied for 'ocomon'@'localhost'

Alguém saberia o que pode ser ??

Obrigado pela atenção.


Contribuir com comentário