O Mascote do FreeBSD é um demônio?

Este artigo é composto por 3 (três) partes e nele apresentamos o mascote do FreeBSD, respondendo uma pergunta recorrente: porque o mascote do FreeBSD é um demônio? Será que é?. Todo seu conteúdo está disponível no Mundo FreeBSD. Entenda o que realmente é este mascote e porque possui esta aparência.

[ Hits: 15.032 ]

Por: Leonardo Souza em 04/04/2016 | Blog: http://mundofreebsd.com.br/


Introdução



O mascote do FreeBSD é o pequeno e simpático Beastie, um ser vermelho com chifres e rabo. Por ter uma aparência semelhante ao que nós ocidentais entendemos como demônio, ele é até hoje visto com certo receio, principalmente pelos mais religiosos. Existem alguns até que acreditam que os criadores do FreeBSD possuíam um vínculo com satanismo e "forças ocultas". Mas porque o mascote do FreeBSD é um demônio? Existe alguma mensagem subliminar nisso? São os usuários do FreeBSD adoradores do diabo? O que dizem os desenvolvedores?
Linux: O Mascote do FreeBSD é um demônio?

Definição oficial

Segundo a página oficial do projeto, o Beastie é uma representação dos daemons que "rodam" no FreeBSD. No contexto do mundo Unix, e o FreeBSD possui origem no Unix, daemons são processos que permanecem em execução em modo background, ou seja, segundo plano, administrando tarefas sem a intervenção humana. Em outras palavras ele funciona como um processo que auxilia o sistema operacional ao gerenciar outros processos, e isso sem que haja a necessidade do administrador do sistema interferir diretamente.

Neste contexto, podemos dizer que o daemon no mundo Unix é um ajudador do sistema, executando sem que ninguém o veja, mas contribuindo para o bom funcionamento do sistema e evitando que o usuário precise intervir em tarefas específicas. Isso significa que o usuário não precisa ficar monitorando determinadas tarefas, identificando sua execução, status ou programação de forma manual, pois o daemon deste processo verifica isso automaticamente. No nosso mundo, usuários do FreeBSD, o nosso daemon possui um nome: Beastie!

Porém a dúvida permanece: qual a relação entre um processo que automatiza a administração de outros processos com um mascote que possui a imagem de um demônio? E porque se chamam "daemons", termo que remete a demônios?

Origem de tudo

Embora hoje nós sempre associemos o termo "daemon", demônio, a um ser negativo que pratica o mal e possui apenas desejos satânicos (seja lá o que isso signifique), sabemos que o termo é interpretado de forma equivocada. Na verdade este termo possui origens muito mais antigas, que remontam a mitologia grega, onde os daemons eram seres sem qualquer inclinação particular ao bem ou para o mal, e que possuíam a finalidade de servir os seres humanos, algo muito parecido ao conceito moderno de anjo da guarda.

Estes seres possuíam, na mitologia, várias formas sendo representadas em muitos casos como crianças, mulheres e homens. Porém a forma que mais representa um daemon é, sem dúvidas, um ser com chifres (em alguns casos mais de dois) e rabos (em alguns casos mais de um). Outro ponto importante é que eles não eram adorados, ou seja, não eram considerados deuses, apenas ajudadores da raça humana que não necessariamente cumpriam ordens destes deuses. Em alguns casos estes daemons escolhiam pessoas específicas para servirem e protegê-las.

O próprio filósofo Sócrates dizia possuir um relacionamento ativo com seu daemon, inclusive ouvindo com frequência sua voz, que lhe transmitia ensinamentos, porém sem interferir no seu livre arbítrio. Era comum, inclusive, que grandes guerreiros afirmassem ser protegidos por daemons, causando um certo temor nos inimigos supersticiosos.

Segundo ainda a mitologia grega, estes seres eram muito semelhante aos gênios da mitologia árabe, como o da lenda de Aladim e em alguns casos eram associados a felicidade, por isso a palavra grega que designa felicidade é "eudaimonia". Ser feliz para os gregos é viver sob a influência de um bom daemon.

A verdade é que independente da época ou lugar sempre existiu pessoas que alegaram receber proteção e/ou conhecimento de seres sobrenaturais, chame você do que quiser chamar: anjos da guarda, espíritos, guias ou orixás ou até extraterrestres, por exemplo, como é o caso do grande inventor nos campos da engenharia mecânica e eletrotécnica, Nicola Tesla.

Questões filosóficas à parte, podemos concluir que as referências mitológicas e até históricas que fazem referencia aos daemons, não são nem de longe malignas. Por outro lado sabemos que a imagem que temos de um ser maligno, como o diabo por exemplo, com chifres e rabo, é algo bem recente na história do homem, em algumas religiões, por exemplo, estes seres são até hoje representados por seres belos e atraentes.

Diante disso surge a seguinte dúvida: se eles eram representados por muitas vezes em forma de humanos, porque os daemons são representados mais frequentemente por um ser que possui chifres e rabo? Para responder esta pergunta vamos analisar o real significado de chifres e rabo.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Porque chifres e rabo?
   3. Relação do mascote com o lema do sistema
Outros artigos deste autor

Introdução ao FreeBSD

Introdução ao PC-BSD

Instalação de Aplicativos no FreeBSD

Leitura recomendada

FreeBSD Release 11.1 - Introdução, instalação e customização

Configurando o FreeBSD e PyKota para receber o JPyKotaGUI

Introdução ao PC-BSD

Instalação de Aplicativos no FreeBSD

Servidor de impressão com cotas no FreeBSD (CUPS + PostgreSQL + PyKota)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por luiztux em 04/04/2016 - 08:43h

Muito bom o artigo...parabéns.

Particularmente eu adoro este mascote, tem tudo a ver com o FreeBSD. Este pessoal que quer trocar o mascote gosta de fazer "inferninho"...

O logo do Gentoo/BSD é o "G", vermelho e com chifres e rabo.. ficou bacana.

-----------------------------------''----------------------------------
Computer users fall into two groups:-
those that do backups
those that have never had a hard drive fail.

[2] Comentário enviado por Buckminster em 04/04/2016 - 09:48h

Calda???

Acredito que tu quis dizer cauda.

[3] Comentário enviado por Beastie em 04/04/2016 - 10:03h


[2] Comentário enviado por Buckminster em 04/04/2016 - 09:48h

Calda???

Acredito que tu quis dizer cauda.


Está realmente certo, utilizei a expressão "cauda" e "calda" no mesmo texto, puro deslize.
Em todo caso muito obrigado pela observação.
Agora vou tomar um "pêssego em calda".

[4] Comentário enviado por Beastie em 04/04/2016 - 10:05h


[1] Comentário enviado por luiztux em 04/04/2016 - 08:43h

Muito bom o artigo...parabéns.

Particularmente eu adoro este mascote, tem tudo a ver com o FreeBSD. Este pessoal que quer trocar o mascote gosta de fazer "inferninho"...

O logo do Gentoo/BSD é o "G", vermelho e com chifres e rabo.. ficou bacana.

-----------------------------------''----------------------------------
Computer users fall into two groups:-
those that do backups
those that have never had a hard drive fail.


Obrigado amigo, também gosto dele, mas acredito realmente que muitos possuem um repulsa ao ver pela primeira vez o Beastie. Desde a graduação até hoje ainda percebo isso.

[5] Comentário enviado por MrBlackWolf em 04/04/2016 - 11:18h

Considerar um demônio um mascote de mau agouro é estupidez. O Demônio é a pura representação do conhecimento e da liberdade.

[6] Comentário enviado por removido em 04/04/2016 - 16:58h

O que eu acho é que se faz um estardalhaço por nada.

Você se refere ao agathos daimon, né? Que curioso, eu quase mencionei sobre a relação entre o Beastie e os daimones outro dia num tópico do fórum, após algumas associações simples que fiz.

[7] Comentário enviado por removido em 04/04/2016 - 20:37h

Pensei que a associação com chifres e cauda era uma criação da ICAR baseada no mitológico deus Pã grego.
Incluindo no pacote cascos de bode, chifres, rabo e asas de morcego.
Mas se não for prá criar mimimi poderiam deixar o mais próximo possível do que seria a descrição de um daemon grego.
Mas não é possível.

Será impressão minha ou só eu que vejo o Beastie e penso no "Hortelino" (Elmer J. Fudd) da Warner Bros?

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
# apt-get purge systemd (não é prá digitar isso!)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden

[8] Comentário enviado por xerxeslins em 04/04/2016 - 23:12h

Muito interessante!
--
https://goo.gl/uu8OUX

[9] Comentário enviado por hrcerq em 04/04/2016 - 23:42h

Excelente artigo.

Eu nem podia imaginar que era essa a explicação do mascote do FreeBSD.

O legal é que às vezes são detalhes como esse (o mascote de um sistema) que despertam a curiosidade das pessoas e faz com que estudem sobre o tema.

---

Atenciosamente,
Hugo Cerqueira

[10] Comentário enviado por Elim Jorge em 05/04/2016 - 07:24h

Muito bem explicado.

Que bom ver o FreeBSD crescendo. Hoje temos também o Ubuntu com o kernel FreeBSD.

http://pplware.sapo.pt/linux/ubuntubsd-ubuntu-sem-kernel-linux/



[11] Comentário enviado por cleberianes em 05/04/2016 - 12:35h

Ótimo arquivo. Muito interessante mesmo.
Uma questão importante na simbologia é o que o símbolo significa para quem vê.
É como a Suástica, que tem simbologia muito diferente do que se utiliza hoje. Experimente fazer uma e irá preso.
Acho que, no caso do beastile, deveria ter algo mais técnico e que não precisasse de um simbologista pra explicar. rsrsrsr
Claro, é só opinião. rsrs

[12] Comentário enviado por removido em 05/04/2016 - 12:41h


[11] Comentário enviado por cleberianes em 05/04/2016 - 12:35h

Ótimo arquivo. Muito interessante mesmo.
Uma questão importante na simbologia é o que o símbolo significa para quem vê.
É como a Suástica, que tem simbologia muito diferente do que se utiliza hoje. Experimente fazer uma e irá preso.
Acho que, no caso do beastile, deveria ter algo mais técnico e que não precisasse de um simbologista pra explicar. rsrsrsr
Claro, é só opinião. rsrs


Suástica do tipo referido existem duas: a dextrógira e a sinistrógira. A primeira é a nazi e está inclinada a 45 graus.

[13] Comentário enviado por xerxeslins em 05/04/2016 - 13:46h

Admiro muito a forma como o FreeBSD gerencia seus pacotes. Eu usaria FreeBSD se ele reconhecesse a placa de rede do meu notebook.

https://goo.gl/uu8OUX

[14] Comentário enviado por Beastie em 05/04/2016 - 15:16h


[9] Comentário enviado por hrcerq em 04/04/2016 - 23:42h

Excelente artigo.

Eu nem podia imaginar que era essa a explicação do mascote do FreeBSD.

O legal é que às vezes são detalhes como esse (o mascote de um sistema) que despertam a curiosidade das pessoas e faz com que estudem sobre o tema.

---

Atenciosamente,
Hugo Cerqueira


Concordo com você amigo, na minha opinião o FreeBSD foi muito prejudicado com as questões legais envolvendo os códigos impedidos (como expliquei em outro artigo), o que fez com que durante um tempo ele não pudesse se quer ser divulgado. Porém hoje vejo um maior interesse por este sistema e pequenos detalhes podem sim, despertar este interesse.

[15] Comentário enviado por Beastie em 05/04/2016 - 15:20h


[13] Comentário enviado por xerxeslins em 05/04/2016 - 13:46h

Admiro muito a forma como o FreeBSD gerencia seus pacotes. Eu usaria FreeBSD se ele reconhecesse a placa de rede do meu notebook.

https://goo.gl/uu8OUX


Um dos motivos de utilizá-lo é justamente a organização com que são dispostos cada pacote. Já enfrentei alguns problemas com outro tipo de hardware, porém com placa de rede nunca. Realizou algum teste recente? Acredito que com as versões recentes do sistema não terá problemas, pelo menos com placas de rede.

[16] Comentário enviado por xerxeslins em 05/04/2016 - 18:09h


[15] Comentário enviado por Beastie em 05/04/2016 - 15:20h

Um dos motivos de utilizá-lo é justamente a organização com que são dispostos cada pacote. Já enfrentei alguns problemas com outro tipo de hardware, porém com placa de rede nunca. Realizou algum teste recente? Acredito que com as versões recentes do sistema não terá problemas, pelo menos com placas de rede.


Não foi tão recente. Faz um ano ou mais.

Minha placa de rede é: Broadcom Corporation BCM4313.

Vou pesquisar como está a condição hoje.

Obg!



[17] Comentário enviado por EnzoFerber em 06/04/2016 - 10:22h

Parabéns pelo artigo.
Muito interessante. História, simbologia e tecnologia.

[]'s

[18] Comentário enviado por dantonmedrado em 06/04/2016 - 12:39h

Ótimo artigo. Parabéns!


Danton Medrado
O medo de ser livre provoca o orgulho de ser escravo

[19] Comentário enviado por Beastie em 06/04/2016 - 17:18h


[17] Comentário enviado por EnzoFerber em 06/04/2016 - 10:22h

Parabéns pelo artigo.
Muito interessante. História, simbologia e tecnologia.

[]'s


Obrigado amigo, realmente o FreeBSD possui uma história muito interessante e é rico em simbolismo não só no que diz respeito ao Beastie, mas em vários outros aspectos.

[20] Comentário enviado por mconrado em 07/04/2016 - 09:12h

Só tenho a agradecer pelo conhecimento gerado.

Parabéns pelo artigo.

[21] Comentário enviado por taynara em 07/04/2016 - 13:32h

Interessante. Eu mesma não sabia disso, e realmente saber disso me despertou curiosidade sobre o sistema.
Talvez eu teste um dia mas, terei que ver se é uma boa opção para o hardware que eu tenho aqui.

[22] Comentário enviado por taynara em 07/04/2016 - 13:36h


[7] Comentário enviado por listeiro_037 em 04/04/2016 - 20:37h

Pensei que a associação com chifres e cauda era uma criação da ICAR baseada no mitológico deus Pã grego.
Incluindo no pacote cascos de bode, chifres, rabo e asas de morcego.
Mas se não for prá criar mimimi poderiam deixar o mais próximo possível do que seria a descrição de um daemon grego.
Mas não é possível.

Será impressão minha ou só eu que vejo o Beastie e penso no "Hortelino" (Elmer J. Fudd) da Warner Bros?

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
# apt-get purge systemd (não é prá digitar isso!)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden


Eu também vejo o Beastie e penso no "Hortelino" (Elmer J. Fudd) da Warner Bros. kkk

[23] Comentário enviado por pbonfanti em 07/04/2016 - 22:56h

Muito boa a pesquisa, realmente a parte sobre a cauda pra mim é novidade, e eu realmente pensava no FreeBSD como um sistema exclusivo para servidor, apesar de ainda não ter testado.

[24] Comentário enviado por Beastie em 08/04/2016 - 10:27h


[23] Comentário enviado por pbonfanti em 07/04/2016 - 22:56h

Muito boa a pesquisa, realmente a parte sobre a cauda pra mim é novidade, e eu realmente pensava no FreeBSD como um sistema exclusivo para servidor, apesar de ainda não ter testado.


Realmente Paulo, muitos acreditam que o FreeBSD é uma plataforma apenas para servidores, talvez isso seja "encorajado" pelo lema do sistema. Porém o lema "o poder de servir", está ligado diretamente ao Beastie e se refere a servir de uma forma geral e não no sentido de servidores.
Se quiser testá-lo sei que ficará satisfeito com os resultados.

[25] Comentário enviado por Beastie em 08/04/2016 - 10:31h


[7] Comentário enviado por listeiro_037 em 04/04/2016 - 20:37h

Pensei que a associação com chifres e cauda era uma criação da ICAR baseada no mitológico deus Pã grego.
Incluindo no pacote cascos de bode, chifres, rabo e asas de morcego.
Mas se não for prá criar mimimi poderiam deixar o mais próximo possível do que seria a descrição de um daemon grego.
Mas não é possível.

Será impressão minha ou só eu que vejo o Beastie e penso no "Hortelino" (Elmer J. Fudd) da Warner Bros?

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
# apt-get purge systemd (não é prá digitar isso!)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden


Realmente, depois deste seu comentário consegui identificar uma enorme semelhança. Ótima percepção!

[26] Comentário enviado por ctw6av em 10/04/2016 - 21:13h

Cara você desmentiu minha avó durante as três partes do artigo. kkkkkkk se ela lesse isso ela iria ficar muito decepcionada com oque ensinaram para ela.

[27] Comentário enviado por slack-fearn em 11/04/2016 - 13:35h

Muito bom artigo, mesmo!
Mostra que a galera da TI também tem muita cultura! :D

[28] Comentário enviado por draggom em 17/04/2016 - 06:14h

Por mais claro que foi a sua explicação, como cristão evangélico eu sempre irei associar a figura do demônio com esse mascote tão simpático, para nós cristãos o demônio representa um ser maligno com chifres, rabos e na cor vermelha, eu acho que para conquistar essa tão grande parcela de evangélicos, o mascote deveria mudar, porque sempre vai ter essa associação com os seres malignos.

[29] Comentário enviado por Beastie em 19/04/2016 - 11:39h


[28] Comentário enviado por draggom em 17/04/2016 - 06:14h

Por mais claro que foi a sua explicação, como cristão evangélico eu sempre irei associar a figura do demônio com esse mascote tão simpático, para nós cristãos o demônio representa um ser maligno com chifres, rabos e na cor vermelha, eu acho que para conquistar essa tão grande parcela de evangélicos, o mascote deveria mudar, porque sempre vai ter essa associação com os seres malignos.


Olá amigo, infelizmente sua interpretação está diretamente relacionada à tradição humana e não possui qualquer vínculo direto a ensinamentos bíblicos ou a qualquer outro livro tido como sagrado. Respeito sua opinião, mas devo lembrá-lo que a mesma tradição que te doutrinou desta forma, ensina que Jesus foi um homem alto, loiro de olhos azuis e muito bonito, algo contrário ao que ensina a bíblia (Isaias 53).

[30] Comentário enviado por chaplinux em 13/05/2016 - 20:22h


Parabéns cara, é interessante a explicação desse seu artigo.

Resolvi buscar informação do pq o FreeBSD aderiu tal mascote. visto que estou estudando pfsense que é baseado no FreeBSD. havia testado o FreeBSD um tempo atraz soh pra ver... mais era muito trabalhoso colocar ele redondo pra rodar em desktop. deixei de mao... voltei para GNU/Linux.

Mais hoje resolvi estudar ele mais afudo para dominar melhor o pfsense.

Li todo o artigo... e os embasamentos... mais sempre fica uma pulga atraz da orelha. "não será os iluminates!?" rs.

Essa historia de mitologia, chifre e rabo, ser ajudante... num ta parecendo encosto!? rs.

to só tirando! hehehehehe. e vamos q vamos... não é por causa de um mascote "estranho", "duvidoso" q vou deixar de estudar essa ferramenta tão bem elaborada. a não ser que na sua licença BSD tem algo que assine um pacto com chifrudo tem?

~~~~~~~~===~~~~~~~~===~~~~~~~~===~~~~~~~===
{ Papai..., o que é Software?
meu filho..., Software é a parte que você xinga...
...mais Pai! então o que é Hardware ?
meu guri..., Hardware é a parte que você chuta! ...
... hhha tá.. }

[31] Comentário enviado por Beastie em 14/05/2016 - 09:42h


[30] Comentário enviado por chaplinux em 13/05/2016 - 20:22h


Parabéns cara, é interessante a explicação desse seu artigo.

Resolvi buscar informação do pq o FreeBSD aderiu tal mascote. visto que estou estudando pfsense que é baseado no FreeBSD. havia testado o FreeBSD um tempo atraz soh pra ver... mais era muito trabalhoso colocar ele redondo pra rodar em desktop. deixei de mao... voltei para GNU/Linux.

Mais hoje resolvi estudar ele mais afudo para dominar melhor o pfsense.

Li todo o artigo... e os embasamentos... mais sempre fica uma pulga atraz da orelha. "não será os iluminates!?" rs.

Essa historia de mitologia, chifre e rabo, ser ajudante... num ta parecendo encosto!? rs.

to só tirando! hehehehehe. e vamos q vamos... não é por causa de um mascote "estranho", "duvidoso" q vou deixar de estudar essa ferramenta tão bem elaborada. a não ser que na sua licença BSD tem algo que assine um pacto com chifrudo tem?

~~~~~~~~===~~~~~~~~===~~~~~~~~===~~~~~~~===
{ Papai..., o que é Software?
meu filho..., Software é a parte que você xinga...
...mais Pai! então o que é Hardware ?
meu guri..., Hardware é a parte que você chuta! ...
... hhha tá.. }


Obrigado pelo elogio amigo, fico feliz em estar contribuindo. Em resposta a sua pergunta posso dizer que a licença do FreeBSD é a mesma do OpenSSH, PFSense, FreeNAS e Metasploit entre outros, e não possui qualquer cláusula deste tipo...hehehehe!

[32] Comentário enviado por draggom em 18/09/2016 - 17:01h


O freebsd teria muita dificuldade em penetrar no meio evangélico, sabe como é, esse mascote é um demônio, mesmo sendo muito cimpatico, alguém já me disse, você usa a distro do capeta, mesmo explicando tudo, não é linux e nem distribuição, sabe como é, o demônio é o maior inimigo do cristão


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts