Montando partições NTFS no Fedora 3 através do Captive

Após observar alguns artigos sobre como montar o sistema de arquivos NTFS para escrita e leitura no Linux, resolvi escrever um artigo sobre os passos para essa montagem no Fedora Core 3. Aproveito para mostrar algumas informações e correções que no meu caso foram importantes para que tudo funcionasse corretamente.

[ Hits: 23.901 ]

Por: Roberto César Batista de Freitas em 13/10/2005


Introdução



O Captive é um projeto que permite ao usuário acessar uma partição NTFS em modo leitura e escrita, ou seja, permite a você acessar seus volumes Windows 2000, XP, NT como se fossem partições Linux. A grande vantagem do Captive é que ele utiliza para isso os próprios drivers do Windows, o que o torna totalmente funcional e sem falhas.

Instalação


A montagem será feita através do Captive, que é encontrado em:
Para instalar, baixe o arquivo .rpm e instale com o comando:

rpm -Uiv [nome do pacote]

Precisaremos também do módulo lufs, que é encontrado em:
Para instalar, baixe o arquivo tar.gz, descompacte-o e instale com:

$ ./configure
$ make
$ su
# make install
# exit


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Pós-instalação
   3. Possíveis problemas
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

SSHFS no CentOS, Slackware e Windows - Simples e rápido

Entendendo MBR e sistema de arquivos GNU/Linux

Introdução ao universo dos filesystems

PersonalBackup - Ferramenta de backup via web

GmailFS - sua conta de e-mail como um sistema de arquivos no Slackware 10.2

  
Comentários
[1] Comentário enviado por melphos em 14/10/2005 - 07:40h

Otimo artigo, parabéns ...

[2] Comentário enviado por dk_millares em 14/10/2005 - 09:05h

nossa curti mesmo ,tava precisando de algo do tipo
=)
vo ver oque faço no meu fedora 4
parabens pelo otimo artigo

[3] Comentário enviado por agk em 14/10/2005 - 15:17h

Parabéns pelo artigo.
Já li vários artigos sobre esse Captive-ntfs, particularmente não gostei muito dele. Apesar de funcionar razoavelmente ele apresenta vários bugs, é muito mais lento do que o driver ntfs feito para Linux e o pior de tudo é que você estará utilizando soft proprietário para fazê-lo funcionar, então se você não tiver a sua licensa do Windows XP já era. A sim, ia esquecendo, nos testes que fiz com as várias versão do sitema de arquivos NTFS eu só consegui fazer funcionar utilizando os arquivos de sistema do Windows XP, com os demais, W2K e NT4.0 não teve jeito.
Poderia ter citado qual a versão do sistema NTFS que você fez testes, ou pelo menos qual o sistema operacional que você utiliza na partição NTFS.
Faltou também a parte de configuração do FSTAB para que o captive funcione em modo escrita/leitura para os usuários normais:
/dev/hda1 /mnt/drive_c captive-ntfs uid=captive,gid=captive,fmask=660,dmask=660 0 0

É só colocar essa linha acima no /etc/fstab e adicionar o usuário que for acessar a partição ntfs ao grupo captive.
Espero ter contribuído.
[ ]'s.

[4] Comentário enviado por rcbfreitas em 28/05/2006 - 22:50h

Contribuiu e muito amigo. Obrigado pelo complemento ao artigo!

[5] Comentário enviado por MRENG_COMP em 17/08/2007 - 12:12h

olá a todos. aki não to conseguindo. qdo vou montar acontece o seguinte

[root@localhost ~]# mount -t captive-ntfs /dev/hda1 /mnt/windows
Captive-ERROR **: captive_rtl_file_mmap("/var/lib/captive/ntfs.sys"): open: Arquivo ou diret\xf3rio n\xe3o encontrado
aborting...
[root@localhost ~]#

q será?
obrigado!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts