Montando o diretório /home em outra partição

Este artigo visa auxiliar na tarefa de transferir a pasta /home para uma outra partição, deixando assim a partição do sistema isolada da partição dos perfis de usuários, tornando mais prática a tarefa de manutenção, atualização ou reinstalação do sistema sem a preocupação de fazer backups emergenciais.

[ Hits: 42.797 ]

Por: FABIANO SILVA DUARTE em 06/10/2011


Desvinculando o /home atual



Copiados os arquivos do diretório /home para a nova partição, temos que renomear o atual diretório /home para que não seja referenciado futuramente e não causar transtornos de referência ao diretório. No exemplo do comando abaixo eu renomeei para "home-bkp". Utilize o comando abaixo como root:

# mv /home /home-bkp

E então crie um novo diretório /home vazio:

# mkdir /home

Configurando o /etc/fstab

O sistema terá que montar o diretório /home na nova partição automaticamente durante o boot para que os usuários loguem normalmente. Para isto vamos editar o arquivo /etc/fstab. Abra-o como root em um editor de texto de sua preferência, como gedit, por exemplo:

# gedit /etc/fstab

Não entrarei em detalhes na manipulação do fstab, pois como citei nos pré-requisitos na primeira página, é importante que o usuário tenha uma certa experiência com a manipulação desse arquivo.

Vamos acrescentar uma linha ao arquivo da seguinte forma:
  • Na coluna <file system> acrescente /dev/<partição desejada indicada no blkid>;
  • Na coluna <mount point> acrescente com /home, que é o diretório que será montada a partição;
  • Na coluna <type> acrescente com auto. Esta coluna indica o sistema de arquivos da partição. Preenchendo com a opção auto informa ao sistema para identificar automaticamente o sistema de arquivos (como ext2, ext3, ext4, riserfs e outros);
  • Na coluna <options> indique como defaults, que são as opções padrões de permissões;
  • Na coluna <dump> pode-se se acrescentar com 0 mesmo. Essa coluna indica se será feito backup periódico. O valor 0 indica que não será feito backup periódico;
  • Na coluna <pass> indique se deverá ser feito fsck periodicamente. Pode-se preencher com 0 também. No meu caso está com valor 2, o que indica que o fsck deverá ser executado periodicamente durante o boot. O valor 0 indica que o fsck não será executado.

Abaixo segue um exemplo na linha da configuração do meu diretório /home no meu fstab. Eu suprimi as informações intermediárias entre o título da coluna e a linha correspondente a montagem do meu /home:

# <file system>    <mount point>     <type>        <options>    <dump>  <pass>
...
/dev/sda2           /home                 ext4          defaults        0             2

Testando a nova configuração e aplicando no sistema principal

Bom, é claro que para que sejam validadas as novas configurações, precisamos reiniciar o sistema. Reinicie então o sistema e observe as mensagens exibidas durante o boot. Se não indicar mensagens de erro, já é um bom sinal. Se o usuário conseguir logar-se normalmente é porque deu tudo certo.

Caso algo saia errado, restaure o estado salvo da máquina anterior à configuração, se você o fez numa máquina virtual e salvou o estado, como recomendei. Se não, logue se como root, apague a linha do /etc/fstab referente a essa configuração, remova a pasta /home na antiga partição, renomeie a pasta /home-bkp para /home novamente, caso não queira insistir neste procedimento.

Como eu disse no início deste artigo, é bom sempre testar antes na máquina virtual para não acarretar mal funcionamento do sistema.

Bom, se você realizou todo procedimento em uma máquina virtual e ocorreu tudo bem, sem problemas, então é hora aplicá-lo ao sistema principal. Cuidado! Não copie simplesmente os valores retornados pelo sistema virtualizado para o seu sistema hospedeiro. Muitos valores variam de sistema para sistema. utilize as ferramentas citadas pelo artigo para buscar as informações específicas do seu sistema principal. Há uma grande possibilidade de os pontos de montagens, referência às partições, até o arquivo do fstab do sistema virtualizado serem diferentes do sistema principal.

Tente também definir um rótulo na nova unidade que receberá o ponto de montagem /home antes de iniciar o procedimento, pois isso facilita muito a identificação da partição.

Conclusão

É claro que manter os perfis dos usuários em uma partição diferente ainda sim não é 100% seguro, pois o HD não está livre de mal funcionamento ou outro fator externo que podem danificá-lo, portanto, nada substitui os backups periódicos em uma unidade externa. Separando o diretório /home em partição diferente, jumtamente com backups periódicos, proporciona uma boa margem de segurança na integridade dos dados dos usuários e possibilita mantê-los livres de perdas.

Desejo a todos sucesso na tarefa e é claro, sintam-se à vontade para postarem comentários e feedbacks.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Pré-requisitos
   2. Desvinculando o /home atual
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Configurando o proftpd com autenticação de usuário pelo passwd

Dois monitores no Linux

Sistema de arquivos criptografado

Adicionando suporte ao Layer7 no Debian Lenny

Instalando e configurando o Nagios com e sem MySQL

  
Comentários
[1] Comentário enviado por david.sousarj em 07/10/2011 - 14:24h

Po, eu precisava desse artigo há uns meses atrás, fui tentar fazer sem saber nada e acabei gerando um monte de erros indesejáveis. Mas pelo menos aprendi com os erros e hoje faço isso de olhos fechados.

[2] Comentário enviado por fabianosduarte em 07/10/2011 - 14:46h

Poxa, queria poder ter contribuído antes, mas só agora é que me senti competente o suficiente para postar este artigo, até porque não faz muito tempo que aprendi. Um grande abraço.

[3] Comentário enviado por andersonl7 em 08/10/2011 - 07:51h

ótimo artigo, parabéns! eu sabia sobre algumas coisas, mas não conhecia o comando mkid, sempre que eu queria saber a id de um disco eu fazia a leitura do arquivo /etc/fstab

[4] Comentário enviado por fabianosduarte em 09/10/2011 - 14:42h

Opa, mas nem sempre as partições de disco que não contém o sistema raiz constam no fstab.

[5] Comentário enviado por izaias em 09/10/2011 - 16:42h

Muito interessante e grande utilidade seu trabalho.

Parabéns!

[6] Comentário enviado por clodoaldops em 09/10/2011 - 17:36h

Tá nos favoritos pq um fuçador como eu com certeza vou precisar fazer isso a qualquer momento!
Nota 10!

[7] Comentário enviado por rruella em 16/10/2011 - 09:00h

excelente, amigo vamos lá ver se entendi:
se eu tiver uma instalação com a home e raiz juntas poderei separa-las? se for assim até agora não havia visto nada sobre o assunto.
meus parabéns, pelo contributo.

[8] Comentário enviado por fabianosduarte em 16/10/2011 - 20:51h

Sim, é isso mesmo, meu caro rruela. Toda e qualquer configuração do usuário passa a ser aplicada na nova partição, facilitando a vida de quem vai reinstalar o sistema. Assim não é necessários backup emergencial. Peço a todos para que se alguém tiver algum problema, comunique. Terei um grande prazer em ajudar.

[9] Comentário enviado por fabianosduarte em 16/10/2011 - 20:55h

Gente, só não tenho muita certeza se os parâmetros do 'cp' devem vir logo após o comando em si, como está no artigo:
# cp -p -r /home/* /<ponto de montagem de destino da nova partição>

Pode ser que seja assim:

# cp /home /* /<ponto de montagem de destino da nova partição> -p -r

Depois eu farei um teste com as duas sintaxes. grande abraço a todos.

[10] Comentário enviado por fabianosduarte em 20/10/2011 - 17:24h

Gente, no artigo eu disse como transeferir o diretório /home em outra partição, mas não mencionei como recuperar esse diretório após uma reinstalação do sistema. Para a recupração do diretório /home que está em outra partição no sistema reinstalado, simplesmente copia esse fstab da instalação anterior para o diretório /etc, ou reedite o fstab incluindo uma linha com as informações da partição que está localizada o diretório /home, como estava antes.

[11] Comentário enviado por adri3d em 29/10/2011 - 18:21h

é possivel tambem apenas trocar a variavel HOME do usuario com o novo diretorio
export HOME="/media/dados/Adriano"

para ver o valor atual dessa variavel uso
echo $HOME


[12] Comentário enviado por danilosampaio em 04/04/2012 - 17:52h

Parabéns pelo artigo. Simples como deve ser!
Obrigado.

[13] Comentário enviado por mateusfreak em 05/11/2012 - 16:00h

Detalhe, a pasta HOME não é montada na partição, e sim a partição é montada na pasta home em vez de /mnt.

Funciona da mesma forma. Só para esclarecer que é diferente.

Abs! :D

[14] Comentário enviado por juliohenrique1 em 24/11/2012 - 13:02h

Muito Bom!!!
Acabei me esquecendo de montar o /home no momento da instalação do ubuntu 12.04 LTS.
Funcionou perfeitamente.
Vlw!!!

[15] Comentário enviado por jammersonf em 14/07/2013 - 21:47h

Estou seguindo o tuto, e após executar o comando para copiar "cp -p -r /home/ /* /media/jammerson/25b6a708-27e9-4cb9-a7fd-e1bf364aaf6c/" vi que ele não está só copiando a pasta home como todo o conteudo da outra partição, inclusive tá demorando pakas xS. No mais, muito bom o tuto. Parabénss


[16] Comentário enviado por fabianosduarte em 14/07/2013 - 22:26h

As distribuições Linux contém em seus instaladores, na parte de gerenciamento manual de partições, definir o /home durante a instalação. é só selecionar a unidade que contém o /home e escolher como /home no instalador, mas SEM FORMATAR. Deixe a opção FORMATAR desmarcada. Pretendo detalhar isso num próximo artigo. Acho mais fácil fazer pelo instalador.

[17] Comentário enviado por jammersonf em 14/07/2013 - 23:25h

Quando fui formatar, criei a partição e usei o /home como ponto de montagem, mais não sabia e nem vi nada pra deixar já na partição :S

o comando "cp -p -r /home/ /* /media/jammerson/25b6a708-27e9-4cb9-a7fd-e1bf364aaf6c/" está correto ? está copiando tudo, e não só o home xS

Desde já agradeço a ajuda, sou meio noob ainda :D

[18] Comentário enviado por mccaldeira em 18/10/2016 - 19:36h

No meu caso, eu quero mandar o home para outra partição e depois formatar o pc para nova instalação do linux, preciso seguir algum desses passos ou é só criar partição e mover o home para lá?

[19] Comentário enviado por fabianosduarte em 23/09/2017 - 09:13h


[18] Comentário enviado por mccaldeira em 18/10/2016 - 19:36h

No meu caso, eu quero mandar o home para outra partição e depois formatar o pc para nova instalação do linux, preciso seguir algum desses passos ou é só criar partição e mover o home para lá?



Oi, amigo, para que o sistema passe a desviar os perfis dos usuários na nova partição, é necessário alterar o /etc/fstab para não ter que entrar como root, e fazer a montagem manualmente toda vez que inicializar o sistema.

[20] Comentário enviado por fabianosduarte em 23/09/2017 - 09:15h

Gente, eu preciso revisar este artigo porque ele não é mais cem por cento funcional. Alguém aí sabe como editar um artigo aqui no 'VOL'? &#128556;

[21] Comentário enviado por fabianosduarte em 23/09/2017 - 09:22h


[13] Comentário enviado por mateusfreak em 05/11/2012 - 16:00h

Detalhe, a pasta HOME não é montada na partição, e sim a partição é montada na pasta home em vez de /mnt.

Funciona da mesma forma. Só para esclarecer que é diferente.

Abs! :D


Isso.

[22] Comentário enviado por izaias em 23/09/2017 - 11:30h


[20] Comentário enviado por fabianosduarte em 23/09/2017 - 09:15h

Gente, eu preciso revisar este artigo porque ele não é mais cem por cento funcional. Alguém aí sabe como editar um artigo aqui no 'VOL'? &amp;#128556;


Como vai, Fabiano?

Sim, pode editar. Mas somente através da moderação.
Envie o texto (página 1 e 2, ou apenas a página quer quer editar), exatamente como está para meu e-mail: [email protected]
Assim que fizer a modificação, aviso a você.

[23] Comentário enviado por fabianosduarte em 23/09/2017 - 20:13h


[22] Comentário enviado por izaias em 23/09/2017 - 11:30h


[20] Comentário enviado por fabianosduarte em 23/09/2017 - 09:15h

Gente, eu preciso revisar este artigo porque ele não é mais cem por cento funcional. Alguém aí sabe como editar um artigo aqui no 'VOL'? &amp;amp;#128556;


Como vai, Fabiano?

Sim, pode editar. Mas somente através da moderação.
Envie o texto (página 1 e 2, ou apenas a página quer quer editar), exatamente como está para meu e-mail: [email protected]
Assim que fizer a modificação, aviso a você.


Mas eu edito primeiro e depois te envio a versão já revisada, né, amigo?

[24] Comentário enviado por izaias em 23/09/2017 - 22:02h


[23] Comentário enviado por fabianosduarte em 23/09/2017 - 20:13h
Mas eu edito primeiro e depois te envio a versão já revisada, né, amigo?


Sim


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts