Mono e C# (parte 2)

Este artigo faz parte de uma série de artigos sobre Mono e C# e visa mostrar as várias características destas duas tecnologias e como usar o Mono sobre o Linux.

[ Hits: 31.350 ]

Por: Gilzamir Ferreira Gomes em 07/04/2005


Mono é independente de linguagem?



Referências:
Sim! Mono é uma plataforma de desenvolvimento e não uma linguagem (como pensa ou pensava o administrador do site Viva o Linux quando me enviou um email resposta de uma reclamação que fiz sobre a demora na publicação de material sobre Mono). Mono não tem preconceito quanto à linguagem a ser utilizada: você pode usar qualquer linguagem suportada pelo Mono.

Atualmente há módulos para utilização do Java e do VB.NET (esta contanto com a colaboração de programadores brasileiros). C# é a linguagem suportada nativamente. A tendência é de no futuro muitas linguagens serem suportadas. Há ainda módulos de terceiros que permitem programar em Mono utilizando as linguagens Python e Object Pascal. Novamente, a tendência é de no futuro mais e mais linguagens sejam suportadas. O bom de tudo isso é que programadores podem criar classes em Java (por exemplo) e tais classes serem reaproveitadas em programas escritos em C#, por exemplo. Ou sejam, Mono permite a interoperabilidade entre programas ou códigos escritos em diferentes linguagens.

Para mais informações sobre o estado atual do projeto Mono, visite o site http://www.mono-project.org. Um exemplo de que Mono é viável é o site http://www.br-mono.org, que foi escrito sobre a plataforma Mono e roda em um servidor com Mono, sobre o Mono.

No site http://www.simios.org há várias informações sobre o Projeto Mono. A FAQ do Mono traduzida para o português já está acessível.

Como dito antes, Mono é o rival open-source do framework .NET da Microsoft. A palavra "Mono" é a designação para macaco em espanhol.

No site do projeto Mono há um pacote completo para instalar o Mono em qualquer distribuição. Eu particularmente instalei o Mono sobre o meu Slackware 10.1 e rodou sem problemas.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Mono é independente de linguagem?
   2. C# e tipos de dados
   3. Tipos pré-definidos
   4. Continuação...
Outros artigos deste autor

Mono - Por que usá-lo?

C - Include e Makefile

Ser livre, mas manter padrões

Mono e C# (parte 1)

Leitura recomendada

Aprendendo Python - Uma linguagem simples e moderna

Bioinformática - PhyML: alinhamento de sequências nucleotídicas em ambiente paralelo

Zenwalk - Uma distro e tanto

Experimento: Transformando openSUSE 12.3 Tumbleweed em 13.2 Factory Milestone 0

Compiz Fusion no Ubuntu

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 07/04/2005 - 06:48h

OPa!,

Já foi pros meus favoritos aqui do vol ...

Parabens cara!

--
abs
guinet gmail com


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts