Migrando para o Linux

Este artigo discute os passos a serem seguidos para uma migração sem decepções. É claro que migrar para Linux pode representar elevados percentuais de economia e estabilidade, mas se não for seguido um padrão durante a migração tudo pode se transformar em uma dor de cabeça. Se você esta pensando em migrar, é recomendável dar uma lida no artigo.

[ Hits: 16.492 ]

Por: Robson Fernandes dos Santos em 26/06/2008


Migração no ambiente doméstico



Geralmente o usuário doméstico quando decide migrar para o Linux, ele não está muito interessado em economizar com licenças de software, haja visto que no Brasil é muito pouco provável que alguém seja punido por uso ilegal de software no ambiente doméstico e isso dá ampla margem a pirataria neste ambiente.

As razões que levam um usuário doméstico a passar a utilizar Linux em seu computador, na maioria das vezes está relacionado com o desejo de conhecer algo novo. Neste caso é interessante que o iniciante descubra por si só suas próprias preferências. Ele deve experimentar mais de uma distribuição para que possa descobrir quais as vantagens e desvantagens de cada uma delas. Não adianta nada eu dizer que o Ubuntu é minha distribuição favorita, pois gosto cada um tem o seu.

Para experimentar diversas distribuições diferentes você não precisa instalar um monte de coisas em seu computador, basta usar os LIVE CD, as principais distribuições Linux utilizam o LIVE CD, que é uma versão completa do sistema que pode rodar direto do drive de cd sem necessidade de instalação. Para utilizar o LIVE CD, basta preparar o computador para dar boot pelo cd, colocar o Live cd da distribuição escolhia no drive e reiniciar o computador.

Uma vez experimentado as várias opções de Linux disponíveis, escolha uma delas e instale no seu computador, mas é aconselhável que você migre de forma gradativa, portanto não é aconselhável que você formate seu computador e passe a viver só de Linux de uma hora para outra. Nos primeiros momentos tente fazer uso de ambos os sistemas: Windows e Linux. Isso é importante para que você comprove por sua própria experiência quais as reais diferenças entre os dois sistemas e possa formular uma opinião inteiramente sua sobre o assunto.

Para fazer isso você deve configurar o dual-boot:
  1. Formate o HD e divida-o em duas partições
  2. Instale primeiro o Windows em uma das partições
  3. Depois instale a distribuição Linux escolhida na outra partição

É importante que siga os passos exatamente na ordem em que eles aparecem aqui, pois se você instalar o Linux antes de instalar o Windows, não terá o dual-boot e só poderá utilizar o Windows. Mas quando você instala primeiramente o Windows e em seguida o Linux, este se encarregara de identificar todos os sistemas operacionais no HD e configurar o dual-boot.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Migração no ambiente doméstico
   3. Migração no ambiente corporativo
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Instalando SAGU-PRO no Debian Squeeze

xCHM 0.8.5 :: Visualizador de arquivos de ajuda

Nagios - Um poderoso programa de monitoramento de rede (parte final)

Linguagem LOGO: Crianças programando de maneira divertida

Ansible - Automatizando o Data Center

  
Comentários
[1] Comentário enviado por foguinho.peruca em 26/06/2008 - 11:25h

Olá!

Bom artigo! Simples e direto. Concordo com você sobre a migração. Estou vivendo isso agora e vejo bem como é complicado....

[2] Comentário enviado por DanielGimenes em 26/06/2008 - 14:18h

Legal... você já passou por isso? n contou nenhuma experiência....

[3] Comentário enviado por mclmartins73 em 27/06/2008 - 12:49h

Muito bom! Estou querendo migrar, mas desde já estou tendo problemas com a instalação. Acho que é por isso que muito que compram PCs com Linux pedem pra tirar e colocar o windows.

[4] Comentário enviado por fernaux em 28/06/2008 - 17:38h

Excelente, é graças a textos como esses que podemos acreditar numa futura sociedade onde o uso de linux seja comum e que todas as camadas sociais tenham acesso ao mesmo. Parabéns.

[5] Comentário enviado por softhard em 29/06/2008 - 17:24h

ola pessoal estou mudando pro linux e conto com suas ajudas....
e vcs podem contar comigo tbm..
otimo comentario.
abracos

[6] Comentário enviado por nicolo em 30/06/2008 - 08:31h

Para começar está na direção correta. Vários motivos podem levar a testar o Linux no ambiente doméstico. Algo novo não é o que a maioria quer ver.... Algo novo é coisa de garotão. Quem usa a máquina para coisa séria gostaria de ter menos problemas de spyware e virus.
Poderia ficar puto com a MS porque pagou e não gostou (meu caso).

[7] Comentário enviado por fsantos.robson em 30/06/2008 - 18:59h

Olá, primeirameiramente agradeço aos elogios.

DanielGimenes:

Sim, já ajudei vários amigos a migrar. E no ambiente corporativo nunca migrei mas implatei um sistema que foi desde o começo todo em software livre, no escritório de uma pequena rede de supermercados.

Mclmartin e softhard:

Sejam bem vindos ao mundo linux e lembrem se que quando surgir qualquer dificuldade no seu ingresso ao mundo linux pode contar com o apoio de comunidades como o Viva o Linux eoutros bom sites espalhados por ai. Sem duvida alguma vc encontrara pessoas que não medirão esforços para perder uma ou duas horas do seu tempo só pra escrever um passo-a-passo que lhe seja útil.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts