LiveCDs versus D.Q.R.E.Cs

No passado existiam duas categorias de distribuições Linux, os liveCDs e as distros instaláveis, entretanto recentemente nasceu uma terceira categoria, as DQRECs, ou Distribuições Que Rodam Em Cdroms. Este artigo compara a nova categoria aos liveCDs e desvenda um pouco das diferenças entre os dois.

[ Hits: 19.002 ]

Por: Flavio Pereira de Oliveira em 04/03/2008 | Blog: http://www.goblinx.com.br


Uma história real



Recentemente estive trabalhando em um projeto paralelo para um cliente. Este precisava de um liveCD mínimo que entrasse em rede e usasse o Partimage para instalar um outro sistema. Além disso deveria funcionar em pendrive.

Criei o mini sistema, sem Xorg, e este levou para o cliente final na Bahia, sem nada além do pendrive. Chegando lá este precisou alterar o script que havia criado para usar o Partimage, e sem acesso ao sistema completo do GoblinX, sem acesso a outro sistema com Linuxlive ou mesmo sem acesso a um disco rígido, ficou perdido.

Uma breve consulta e pude explicar o quão simples é corrigir qualquer coisa em um liveCD sem uso de disco rígido ou dos recursos citados nos capítulos anteriores, basta usar o rootcopy.

Expliquei para este montar o pendrive, e incluir o caminho do que queria mudar na pasta dentro do liveCD chamada rootcopy. Esta pasta é a última a entrar no sistema do linuxlive e sobrescreve o que quiser, portanto bastou ele adicionar os scripts modificados e desmontar o pendrive.

Esse é um exemplo do poder de customização que venho descrevendo, e o cliente ficou extremamente feliz.

Conclusão

Para a conclusão deixo a idéia a ser levantada.

Se você usuário procura uma distribuição para instalar no disco rígido, pode sim testar os DQRECs e instalar aquele que gostar mais, contudo se você quer usar um liveCD, procure um que te dê facilidades e poderes em liveCD, e não um que você a todo momento precise instalar para melhorar.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Mais facilidades e o sistema modular
   3. O futuro chegou
   4. Uma história real
Outros artigos deste autor

GoblinX: Um live-cd baseado no Slackware

Logrotate, uma importante ferramenta de administração dos logs do sistema

Sobre o GoblinX 1.1, mais programas e melhor rendimento

Sobre o GoblinX 1.3: diferencial e qualidades

Leitura recomendada

Software Manivela VS Software Modinha

VMWare no Ubuntu passo a passo

Apresentando o CentOS - The Community Enterprise Operating System

Software Livre... e um passo além

Gravando um CD multiseção

  
Comentários
[1] Comentário enviado por slipkd em 05/03/2008 - 17:22h

Super interessante o artigo amigo, faz tempinho que não vejo o Slax e o GoblinX rodando ... deu até curiosidade e acima de tudo explorar mais as vantagens de um livecd, que afinal são imensas não ?


abraço

[2] Comentário enviado por Grobsch em 05/03/2008 - 18:42h

Valeu. Infelizmente o GoblinX e mais meu trabalho tomam quase todo o tempo, não consigo escrever quase nunca.

[3] Comentário enviado por cincinatofurtado em 06/03/2008 - 00:34h

"A principal característica dos liveCDs é rodar em dispositivos sem necessidade do uso do hard disk. A segunda mais importante característica é o poder de customização, e a terceira, o não uso do disco rígido."

A primeira e a terceira característa não são iguais?!

DQRECs é uma sigla ? Se sim, qual o significado?
Abraços!

[4] Comentário enviado por Grobsch em 06/03/2008 - 06:45h

Não, a primeira característica é rodar em cd, a terceira é não usar o disco rígido para nada, nem para remasterizar e criar um novo livecd personalizado. Por isso apelidei de DQRECs, ou seja, eles rodam em cdrom mas quando é necessário uma costumização ou remasterização, nos obrigam a instalá-los. DQRECs é apenas uma sigla ilustrativa para 'Distribuições Que Rodam Em Cdroms'.
?comentario=

[5] Comentário enviado por lunimare em 14/03/2008 - 12:43h

Boa ideia criar uma nomenclatura para as distros liveCD q necessitam do hd. Mas esse nome ae ta meio confuso e não é internacional. Sugiro alguma coisa do tipo: LiveCDHD ou LCDHD

[6] Comentário enviado por grobsch em 22/05/2008 - 08:20h

Ah, boa idéia.. hehe

[7] Comentário enviado por raf-tiger em 24/02/2011 - 09:13h

Olá Flavio!!! hehe
Eu lembro deste episódio que ocorreu na Bahia hehe!!

Abraço! e Viva o GoblinX


Contribuir com comentário