Linux (kernel) - A história do seu criador

O Linux é o núcleo (kernel) de um sistema operativo compatível com Unix, que segundo Bach (1990), Tanenbaum (1999) e Silberschatz et al (2005), sistema operacional (sistema operativo) e núcleo (quando monolítico) podem ser considerados sinônimos.

[ Hits: 15.705 ]

Por: Cleber J Santos em 19/01/2009


Linux (kernel) - A história do seu criador



Linus Torvalds

O Linux foi criado por Linus Torvalds em 1991 e subsequentemente desenvolvido com a ajuda de programadores de todo o mundo como software livre (SL). Uma vez li em uma revista que, como brasileiros, costumamos conhecer nos finlandeses rivais da Fórmula 1, como por Mika Häkkinen, mas aqui vamos falar de um Finlandês que pilota uma máquina diferente.

O criador e responsável pelo único sistema operacional bem-sucedido criado fora dos EUA, o Linux, uma façanha, quando consideramos que o Linux é um competidor do Windows, de Bill Gates. Mas Torvalds resolveu distribuir sua criação de graça ao mundo via internet, aos 21 anos, em Agosto de 1991 para ser mais exato, sentado em um quarto sombrio na casa de sua mãe na Finlândia, digitou uma mensagem para o mundo: "Olá", enquanto bebia chá e beliscava a massa sem molho que costumava comer.

"Estou criando um sistema operacional (gratuito). É só hobby, não será muito grande nem profissional... Gostaria de ter uma resposta sobre o que as pessoas gostam e não gostam nele..."

O que Torvalds lançou em meio aquela noite estava prestes a revolucionar todo o panorama do uso de computadores, pois ele havia realizado algo simplesmente impressionante, pois criara o núcleo de um novo sistema operacional que viria a revolucionar; e mais, ele o distribuíra de graça pelo mundo, algo tão fascinante que só ocorreria mais uma vez se por exemplo a Coca-Cola entregasse ao público sua fórmula.

Sendo possível de qualquer parte do mundo, seja quem estivesse em Pequim, Boston, EUA ou Brasil, poderia baixar os códigos criados por Torvalds e depois usar suas habilidades para aperfeiçoar o sistema segundo suas necessidades. Torvalds é tratado como celebridade pelos aficionados por informática no mundo inteiro, sendo reconhecido como Elvis ou Gun's Roses, por um único nome: Linus.

"Quando disponibilizei o Linux, eu fiz por prazer, apenas por hobby", conta Torvalds, hoje com 38 anos. Diz que não tinha consciência do que havia criado algo novo, para se ter uma idéia até o ano de 2001 avalia-se 30 milhões de pessoas ao redor do mundo rodando em seus computadores o sistema Linux, claro que embora podemos considerar apenas uma fração em meio aos 400 milhões de usuários do Windows, o número de empresas, servidores e instituições que adotam Linux está em constante crescimento.

Na Finlândia, Torvalds é visto como uma espécie de gênio solitário, e tem fama semelhante a do campeão Mika Häkkinen, nascido em 1969, batizado em homenagem ao personagem Linus da turma do Charlie Brown e a Linus Pauling, químico americano que ganhou por duas vezes o prêmio Nobel. O Garoto que viria a se tornar um ícone no mundo da informática, sempre foi um leitor voraz de romances, também sempre

"Se não há troca de idéias e idéias, eles se tornam inúteis. Divulgá-los é o que os torna fortes." Explica Torvalds.

Brilhante em matemática e física, aos 18 anos já dava aulas de informática na universidade. Ainda aos 10 anos, o avô, Leo Törnqvist, professor de estatística, comprou seu primeiro computador, que quando faleceu, logo após um acidente vascular cerebral, não havia dúvida sobre quem herdaria a máquina, que aos 12 anos Torvalds já brincava na máquina criando seus próprios jogos, talvez já tido como gênio solitário por ter poucos amigos.

Devido a falta de dinheiro na época para comprar uma versão pessoal do Unix, sistema operacional sofisticado e popular no mundo acadêmico, decidiu criar seu próprio sistema, que a princípio o projeto que ele chamou de "Freax" tomava seu tempo cada vez mais, a medida que o empreendimento no desenvolvimento de seu sistema crescia iria lhe exigindo que ele buscasse ajuda de outros programadores por meio da internet, chegando a matar aulas por diversas vezes e voltando para casa correndo ficava lá, em frente ao seu computador e trabalhava até de madrugada. Talvez ele tenha se baseado no grande ídolo Albert Einstein, que era o grande cientista comprometido em compartilhar suas idéias com a humanidade, assim lançou ao mundo seu sistema, agora batizado de Linux.

Em 1992 Torvalds registrou Linux na fundação de Software Gratuito, permitindo que qualquer empresa privada comercialize o sistema sem pagar comissão, contando que as novas melhorias e alterações no código fonte sejam disponibilizadas de forma gratuita também para o público em geral.

Pouco a pouco o Linux, sistema operacional criado por um gênio solitário, cresce mais e mais e cada vez mais o Linux vai se tornando mais visível no mundo corporativo. Gigantes como a Intel trabalham com os desenvolvedores para garantir que os sistema rode de forma eficaz em seus hardwares, o Linux também está presente em alguns computadores da NASA, nos Estados Unidos, a OTAN o adotou para executar programas de simulação de defesa, e claro, milhares de desenvolvedores ao redor do mundo estão adotando para desenvolvimento e para uso pessoal, usuários já começam a migrar seus Desktops, bancos, empresas do setor privado, servidores...

Em 1998, Torvalds e sua família se mudaram para o conhecido Vale do Silício na Califórnia. Não sei dizer se ainda moram lá, mas seja onde ele estiver morando, ainda comanda o time de desenvolvimento do sistema que hoje cresce cada vez mais.

"Não sou capitão e esses, os meus sargentos, é mais como uma rede de amizades eletrônicas, baseadas na confiança. Visto de fora, parece organizado, mas por dentro tudo é espontâneo", diz Torvalds e que ainda confessa. "Não odeio a Microsoft, mas acredito muito no darwinismo. Acho que, no fim, o melhor sistema prevalecerá".

Este texto foi baseado na leitura feita na Revista Seleções do mês de Abril de 2001 e publicado em: http://www.cleberjsantos.com.br

   

Páginas do artigo
   1. Linux (kernel) - A história do seu criador
Outros artigos deste autor

Ajustando o desempenho de discos rígidos

Screen, eita ferramenta porreta!

Software Livre é o futuro

FreeBSD + Zope/Plone, uma idéia frustrante?

Escrevendo scripts no GIMP, pintando a cobra

Leitura recomendada

Recompilando o Kernel no Ubuntu Linux 9.04

Compilando o kernel no Conectiva Linux 10

O Kernel Linux

Compilar e habilitar os módulos ip_table e iptable_nat no kernel 2.6.26 no Debian Linux

Conheçendo o sistema operacional GNU/Fiwix

  
Comentários
[1] Comentário enviado por odirneto em 19/01/2009 - 16:11h

Hm, faltou um pouco da história recente né do linux.. que nem as trocas de farpas entre MS e Torvals sobre a quebra de patentes do Linux hehehe..

Acho que a opnião do genio já mudou um tanto, não?

[2] Comentário enviado por stremer em 19/01/2009 - 17:35h

cara... infelizmente a histórica 100% completa e real... só quem a viveu deve conhecer... porém seu texto falta algumas informações importantes e tem algumas distorções.
Vou complementar, mas não sei também se a informação é totalmente confiavel.
Quando Linus começou a fazer o linux, o que ele queria era um terminal para se conectar ao servidor da faculdade... ele se baseou no minix em muitas coisas... aos poucos este foi tomando caracteristicas de um SO e ele decidiu que seria um SO e o disponibilizou para todo mundo. Quando ele começou o projeto, a idéia original não era um sistema operacional e nem mesmo ser software livre... quando ele disponibilizou, começou a receber ajuda, todo mundo melhorando o sistema, acabou nascendo o sistema Linux software livre.
Aos poucos o linux foi adotando padrões como o X (na versão 0.95) e o ELF (versão 1.2), seguir o padrão POSIX o tornou poderoso e compativel com o Unix, porém não possui código unix nele (diferente de outros *nix como o solaris, bsds, mac os, irix, hp-ux, etc)...
Linus trabalhou com o Linux na universidade. Depois que partiu da ideia de o linux ser um software livre, não quis trabalhar profissionalmente com o mesmo (ele era engenheiro eletronico e trabalhou em algumas empresas, mas nada ligado ao linux). A maior parte do tempo trabalhou através da universidade. Seu ganha pão não vinha do linux e ele achava que se fosse trabalhar em alguma empresa poderia tornar o linux "comercial".
Só em 2003 ele foi para os EUA trabalhar na OSDL (consorcio de empresas que patrocinam o linux), para então começar a ganhar dinheiro com o linux, sabendo que este não se tornaria "comercial" e não mais livre.

[3] Comentário enviado por cleberjsantos em 19/01/2009 - 18:32h

opa galera, é sempre bom ter pessoas que contribuem assim ;) na verdde a história é muito grande, de fato existem muitas coisas e detalhes faltando, mas ia ficar muito grande mesmo, pô mas fiquem a vontade para dar as sugestões, achoq eu aqui não dá exatamente para arrumar, mas como tenho a referencia do meu site eu arrumo e darei o crédito a vocês ;)

Valeu

[4] Comentário enviado por grafogf em 20/01/2009 - 12:44h

muito boa essa História...

se cada um contribuisse ficaria melhor ainda

o evangelho segundo linux user!!!

deviamos escrever um livro contando essa fascinante história
se ja existir um, me comuniquem por favor :)

ñ daria pro deberjsantos escrever essa história inteirinha...

nem o linus conseguiria
estão de parabens!!!!


[5] Comentário enviado por pink em 20/01/2009 - 13:02h

Nossa conheço bem essa história, em 2004 fiz um palestra pra escola com esse texto (ai que saudades...), pois é foi marcante o dia 25 de agosto de 1991 (se não me engano!), depois em fevereiro de 1992 quando foi registrado na Free Software Foundation....
Achei muito bom você citar a fonte do seu artigo, pois do contrário seria plágio... Eu tenho esse revista Seleções de abril de 2001, onde está o Linus segurando o Tux, escrito o Gênio Solitário.... O interessante foi que nessa época da publicação, não passava pela minha cabeça o que seria Linux, ano passado numa arrumação em casa encontrei essa revista.
Enfim a história é muito grande mesmo quando se trata de Linux, só tenho a dizer que você poderia ter atualizado esse texto, afinal fazem quase 8 anos da publicação, mas enfim a história não muda, também poderia ter acrescentado a junção do kernel Linux com os softwares da GNU, tornando o que conhecemos hoje por GNU/Linux.
Enfim, muito bom o artigo, vai ser útil para aqueles que ainda não conhecem a origem do Kernel Linux.
[]’s

[6] Comentário enviado por cleberjsantos em 20/01/2009 - 13:34h

Opa Grafogf, realmente nunca vi nenhum livro, e com certeza se existir eu tbm irei comprar um :) hehehehe. pink, neste artigo eu coloquei também a imagem, mas não sei o por que não entrou, veja que no meu site cleberjsantos.com.br tem essa foto, scaneei, tratei e coloquei ligada ao texto ;) lembrando, não é exatamente o mesmo texto, algumas coisas fui adicionando, mas é isso ai, é muito importante a fonte eu realmente iria odiar pessoas que não dessem o crédito ou não citassem a fonte de algum artigo meu por exemplo... E também acho que será muito útil mesmo para iniciantes e até mesmo para aqueles que estão no Linux mas não sabem a real história.

t+

[7] Comentário enviado por odirneto em 20/01/2009 - 14:44h

Olha, se vce quiserem. eu ajudo! O que vocês acham... projeto Linux: A historia?

A gente pode criar um guia online, tipo o do foca, incluindo vários tutoriais tambem e tal... O que vocês acham ?

[8] Comentário enviado por cleberjsantos em 20/01/2009 - 18:40h

Seria legal, mas temos que focar exatamente no que deverá ser feito, para não criar outro guia foca saca?


[9] Comentário enviado por annakamilla em 21/01/2009 - 00:01h

seria uma idéia interessante, criar um site como guia foca ou o site portugues do ubuntu por exemplo.

outra idéia seria montar um sistema como o linus fez ( só que resolvi esperar mais um tempo e conhecer o linux melhor).

[10] Comentário enviado por annakamilla em 21/01/2009 - 00:02h

to dentro

[11] Comentário enviado por raylton.sousa em 30/01/2009 - 13:53h

tow dentro [2]

a proposito um bom lugar para postar esse provável livro (feito por nos geeks) seria:
http://pt.wikibooks.org
assim todos que quisessem acrescentar algo (relevante), poderiam editar
e como eu estou sempre por lá para mim seria fácil ajudar

sobre o conteúdo eu acho que a carta do Linus para a usenet seria legal de mostrar

http://www.rootlinux.com.br/documentos/downloads/Historia_do_Linux.txt

flw
abraço!

[12] Comentário enviado por cleberjsantos em 31/01/2009 - 07:57h

Caraca, legal essa carta, bacana mesmo ;) E quanto ao livro achoq eu seria legal então começar a capturar as idéias, sei lá fazer a triagem disso tudo para começar a montagem o que acham?

Cleber J Santos


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts