Leitura e escrita em NTFS usando o ntfs-3g

Navegando atrás de notícias sobre GNU/Linux, encontrei uma dizendo que já era possível a leitura e gravação em partições NTFS. Depois de um pouco de dificuldade na instalação por causa de algumas versões de dependências, consegui rodar o ntfs-3g, então criei este pequeno tutorial abordando sua instalação e principais opções.

[ Hits: 28.562 ]

Por: Leandro Costa de Oliveira em 24/08/2006


Sintaxe de uso e opções



Para montar sua partição, usa-se a sintaxe:

ntfs-3g device ponto de montagem -o opções

Exemplos:

# ntfs-3g /dev/hda1 /mnt/windows -o umask=003,gid=500
  • device = /dev/hda1;
  • ponto de montagem = /mnt/windows;
  • -o = opções, onde segue:
    • umask=003, dando permissão de leitura escrita e execução somente a dono e grupo;
    • gid=500 como o diretório pertencente ao grupo 500.


Para desmontar a mesma basta usar o seguinte comando:

# fusermount -u /mnt/windows

Caso deseje configurar o /etc/fstab na mesma característica acima, basta adicionar a seguinte linha ao arquivo:

/dev/hda1   /mnt/windows   ntfs-3g    umask=003,gid=500  0  0

Depois de configurado o fstab, a montagem e desmontagem pode ser feita com o comando mount e umount:

# mount /mnt/windows
e
# umount /mnt/windows

Qualquer dificuldade, dúvida ou sugestão, peço que entre em contato pelo email lcoleandro[at]gmail.com.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Instalação
   2. Sintaxe de uso e opções
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Instalando o Ultra Servidor no Debian Lenny

mplayer 1.0pre1 :: Instalando e configurando

Instalando o Cedega 5

Nota Fiscal Eletrônica 2.0 em linha de comando (parte 1)

Procurando ETs usando o Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fernoliv em 24/08/2006 - 09:27h

Opa Leandro, parabéns pelo artigo.

Irei realizar os testes.

Abraço,

Fernando.

[2] Comentário enviado por ademilsonq em 24/08/2006 - 10:12h

Fala Leandro e Fernando!
O ntfs-3g é o pacote que tem a maior possibilidade de conserguirmos ler e escrever em partições NTFS. Porém ele ainda não está 100% confiavel. Nosso amigo Dailson, publicou um artigo falando sobre o ntfs-3g, onde ele instalou o pacote em uma maquina de testes. Leandro se vc for mesmo instalar aconselho a fazer o mesmo. Bom deixo o link aki o link (http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5252) sobre o artigo que o nosso amigo Dailson publicou falndo sobre os testes e problemas efetuados. Abraços

Ademilson
Viva a Libertadade! Use o Linux!

[3] Comentário enviado por atonemheb em 24/08/2006 - 10:27h

Achei interessante, vou testar agora pra saber se funciona. Deve resolver meu problema quanto a enxergar meu outro HD com windows XP instalado. Abraços!

[4] Comentário enviado por decohab em 24/08/2006 - 12:53h

Não acredito ki essa solução seja recomendável.. pois o Sistema NTFS do Rwindows é uma kaka qualker coisa da pau.. e pode vir a ser impossivel de ser recuperados os dados futuramente.. A solução mais eficiente na minha opinião.. é da o boot e alterar o arquivo dentro do proprio rwindows ou
criar uma partição FAT no hd e utilizalá pra fazer alterações nos arquivos do Rwindows..
Mas ainda acredito ki a grande necessidade de todos ki usam dual boot com linux e windows seja.. eles kerem arquivos ki estão no linux e passar pro Rwindows.. certuh.. deem uma olhada nesse tutorial..

http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=3935&pagina=1


[5] Comentário enviado por dailson em 24/08/2006 - 15:42h

É bom uma contribuição desse tipo com um artigo abordando o ntfs-3g.
Pois como citou o nosso amigo Ademilson (obrigado pela referencia), minha experiência não foi muito boa não e acompanhei alguns comentários na página do autor de pessoas que também não foram felizes.
Aqui o leandrolco traz uma experiência positiva... Isso sim é Software Livre!

[6] Comentário enviado por agk em 24/08/2006 - 16:40h

Muito boa essa sua experiência, vou testar depois comento aqui.

[7] Comentário enviado por allanhc em 24/08/2006 - 17:11h

Contribuindo um pouquinho.

Para fazer com que um usuário comum pudesse montar tive que fazer o seguinte.

O usuário tem q ter permissão de leitura e escrita no ponto de montagem:
drwxrwxrwx 2 root root 48 2006-06-04 01:11 d

Foi necessário criar um arquivo /etc/fuse.conf com a seguinte linha:
user_allow_other

O usuário tem q ter permissão de de leitura e escrita no dispositivo(muito estranho pois não sei se al dar um reboot no pc ele ira manter estas permissões, Verei a fundo assim que puder reiniciar aqui)
brw-rw-rw- 1 root disk 3, 1 2006-08-24 16:41 hda1

Se alguem tiver uma solução melhor...

[8] Comentário enviado por tiago.a.neves em 25/08/2006 - 08:43h

Parabéns zé, muito bom o artigo!
Concordo plenamente com nosso amigo dailson. Contribuições positivas são sempre bem vidas, afinal por isso somos uma comunidade, paara nos ajudarmos, afinal não é porque alguém teve problemas com uma solução que devemos rebaixá-la a algo ruim.

Porém discordo do nosso amigo decohab, não acho que NTFS seja um filesystem ruim, se compararmos aos FAT, principalmente ao FAT16 que tem suporte a nomes de arquivos curtos (8 caracteres), falta de segurança e uma taxa de fragmentação de arquivos substancial. Minha crítica fica à microsoft em usar drives propietários para a escrita a esse filesystem, uma vez que ele herdou caraterísticas do saudoso HPFS, que é suportado pelo GNU/Linux.
Enfin, ficam aí boas experiências tanto do nosso amigo decohab que indicou um ótimo artigo quando do leandrolco que compatilhou sua experiência conosco.

Abraço a todos!

[9] Comentário enviado por apollorj em 19/09/2006 - 02:30h

Excelente artigo amigo! Uma duvida... Para eu ler depois a partição no windows, ela tem q ser desmontada no Linux antes de reiniciar no Win?

Abraços

[10] Comentário enviado por julianometal em 26/10/2006 - 11:33h

Primeiramente parabéns pelo artigo, realmente muito valioso e útil.

Acrescento aqui que o pacote source no meu Debian deu erro.
No entanto, entrei no site www.linuxpackages.net (Especializado em pacotes Slackware .tgz), baixei e o converti para .deb com o alien.

Em linha de comando após isso funcionou.

E no arquivo /etc/fstab que a seguinte linha foi acrescentada:

/dev/hda1 /mnt/windows ntfs-3g umask=003,gid=500 0 0


ntfs-3g não é reconhecido como um sistema de arquivos.

Imagino que deva existir algum patch para o kernel.

Obrigado!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts