Left 4 Dead 2 (Steam) - Dicas para resolução de problemas

Para você que tem jogos na Steam e utiliza Linux para joga-los, esse tutorial lhe ajudará a resolver alguns problemas difíceis de detectar como a famosa "morte súbita" ou mesmo "o jogo que fecha sozinho".

[ Hits: 11.151 ]

Por: Ton Melo em 09/01/2015 | Blog: https://goo.tt


Verificando os requisitos do sistema



Detectando onde está o problema...

Eu já tive o prazer de mexer muitas vezes num SO pra deixar do meu jeito, porém o que percebi é que muitas vezes o "meu jeito", como dissera Frank Sinatra em My Way, não é o correto para rodar jogos ou mesmo bem utilizar os recursos que possuo.

Para iniciarmos a resolução temos que saber alguns informações de forma detalhada.

Temos que saber qual é o seus sistema operacional (versão, arquitetura). Para fazer isso usando o bash:

uname -a

A saída do comando será o seguinte:
  • SO
  • Nome do computador
  • Versão do kernel
  • Descrição da distribuição / compilação / build
  • Data de compilação
  • Arquitetura

Vamos nos ater apenas ao que é relevante ao nosso caso: versão do kernel, descrição da distribuição e arquitetura.

Primeiro a descrição da distribuição muitas vezes não diz algo real, por exemplo, qual é codinome da tua distro. Se você tiver usando alguma distribuição baseada em Debian digite:

lsb_release -a

Ou via arquivo de configuração:

cat /etc/issue

Para derivados de Red Hat:

cat /etc/redhat-release

Depois se saber quais são as informações acima, verifique se elas são as mais adequadas ao seu hardware, primeiro vamos verificar se o processador é compatível com o SO:

cat /proc/cpuinfo | grep -i "model name"

Obs.: o cpuinfo já tem muita informação, mas somente com o nome do modelo dá pra saber se ele é x32 (x86) ou x64 (amd64, ppc). A partir disso veja qual é distro mais adequada, não se engane achando que o SO sabe qual o melhor distro pra você, ele pode instalar a partir de uma .iso 32bits e você nunca vai notar a diferença mesmo tendo mais de 3GB de memória RAM.

Tem algumas tecnologias como PAE (Physical Address Extension) que mesmo sendo 32bits pode mapear uma extensão física maior de memória RAM, espero que esse não seja o seu caso, se for reinstale a partir da arquitetura certa.

Fonte: Physical Address Extension - Wikipedia, the free encyclopedia

Se tiver dúvida sobre qual arquitetura usar veja:
Outra cosia interessante é que tem algumas distros que já tem alguns recursos adicionais para processadores específicos, como somente para Intel, AMD ou para alguns modelos específicos, como por exemplo a distribuição Lubuntu, que tem um instalador exclusivo para CPUs Celeron. Para maiores informações veja:
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Verificando os requisitos do sistema
   2. Verificando os drivers de vídeo
   3. Left 4 Dead 2 + Steam + Ubuntu
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Estratégia para Shadow Era (Supernova Boring)

Bumblebee no Fedora 24 com suporte ao Steam

Rodando Ragnarok (bro) no Linux

Como instalar um servidor de Counter-Strike

Linux e jogos, um mercado em expansão

  
Comentários
[1] Comentário enviado por IZhaq_melo em 14/01/2015 - 08:43h

Erratas:
onde esta escrito:
Como saber qual é a minha CPU:
$ lshw -c video

o correto é:
Como saber qual é a minha GPU:
$ lshw -c video





[2] Comentário enviado por IZhaq_melo em 14/01/2015 - 08:54h

extras:
O comando:

lspci -nnk | grep -i vga -A3 | grep 'in use'

pode ser substituído pelo comando abaixo, para um resultado mais objetivo:

lspci -nnk | fgrep -i -A3 vga | fgrep 'in use' | awk '{print $(NF)}'

obrigado Juliano por essa observação!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts