Kommander & KDialog

Esse artigo é uma breve demonstração de como usar o Kommander em conjunto com o KDialog. Não vou entrar em detalhes, apenas vou mostrar de forma rápida como usar as duas ferramentas juntas.

[ Hits: 18.712 ]

Por: Joao Garcia em 29/10/2004


Noções básicas



Nesse tutorial vou fazer um programa para mostrar em janelas do KDE o conteúdo do arquivo /var/log/messages. Vou usar dois métodos para fazer isso, o primeiro é o mais simples e usa apenas o Kommander, o segundo é menos simples (não é complexo) pois usa um script shell, essa é a única diferença. Vou mostrar também algumas coisas novas sobre o Kommander que não estão no primeiro tutorial, o Usando o Kommander para criar GUIs. Espero que após ler esse tutorial você seja capaz de criar seu próprio programa baseado nos exemplos do artigo anterior e deste.

Vou começar criando um novo Dialog e na aba properties, na opção captation defini o nome "Tutorial", logo abaixo na opção icon escolhi um ícone para minha janela principal, a janela "Tutorial 2", esse ícone fica no topo da janela do lado esquerdo e também no ícone do systray.

Agora vou criar o botão para mostrar o log, crio um execButton e, com um duplo clique defino seu nome para "Ver log". Clicando com o botão direito do mouse sobre o execButton1 escolho Edit Text Associations, adiciono a linha "kdialog --textbox /var/log/messages 60 70" sem aspas e dou OK.

Nesse ponto o seu programa já é capaz de exibir o conteúdo do arquivo /var/log/messages, mas como o objetivo desse tuto não é criar um programa e sim mostrar um pouco do que se pode fazer com o Kommander, não execute o programa ainda.

Vou criar outro execButton para demonstrar um outro meio de ver o /var/log/messages, com um duplo clique defino seu nome para "Ver log 2" e clicando com o botão direito do mouse sobre o execButton2 escolho Edit Text Associations e adiciono a seguinte linha, sem aspas, "./verlog2". Esse ./verlog2 é um comando shell, mais especificamente é um arquivo de texto que pode ser executado. Para criar esse arquivo verlog2 eu uso o Kedit (ou qualquer outro editor de textos simples) e adiciono nessa ordem as linhas:

#!/bin/bash
## Comentário
touch tail
tail -f /var/log/messages >> tail &
kdialog --textbox tail 60 70

E salvo com nome "verlog2", torno-o executável com o comando "chmod +x verlog2" no terminal e sem aspas. Agora vou incrementar meu programa fazendo um outro script adicionando as seguintes linhas em um arquivo de texto:

#!/bin/bash
## Comentário
ksystraycmd kmdr-executor tutorial.kmdr

Salvo com o nome "tutorial" sem aspas e torno-o executável com o comando "chmod +x tutorial" no terminal e sem aspas. Salvei também o projeto do Kommander com o nome "tutorial" sem aspas.

Finalmente criei um botão CloseButton e com um duplo clique defini seu nome para "Sair". Para alinhar e organizar os widgets usei as mesmas técnicas usadas no primeiro tutorial.

A melhor maneira de se manter organizado com tantos arquivos é criando um diretório e copiando todos dentro dele. Para executar o programa abro um terminal e, como root, digito "./tutorial" dentro do diretório onde estão todos arquivos criados e sem aspas :p.

Se houver algum erro você deve verificar as permissões dos arquivos, além de serem executáveis talvez você tenha que dar um "chmod 777 verlog2" no terminal e sem aspas.

Você pode ver que no systray agora tem um novo ícone com o desenho que você definiu no Kommander, outra coisa é o título da janela principal que foi definido no Kommander na opção captation, se você estiver fazendo um programa que contenha muitos widgets você pode definir nomes para eles, na opção name, mas esse nome é somente usado para se referir a um widget dentro do próprio Kommander não tendo efeito para o usuário quando executar o programa.

Se você procurar mais sobre shell script vai ver que existem tantas maneiras de integrá-lo ao Kommander quantas você pode imaginar, e se você também pesquisar sobre o Kdialog verá que existem muitos tipos de janelas que pode ser usadas para variados fins.

João (usTrUcX) Garcia Ferreira Campos
jgfcampos[n0$p4M]@yahoo.co.uk
ustrucx[n0$p4M]@tuxresources.org

   

Páginas do artigo
   1. Noções básicas
Outros artigos deste autor

Usando o Kommander para criar GUIs

Leitura recomendada

Asterisk - Instalando o AsteriskPBX 1.4 no Ubuntu Server 6.06 LTS com interface FXO X100P

Acessibilidade: Movimentos do mouse com a face (eViacam)

Incrementando o Spacefm com plugins e ações personalizadas

Criando um álbum de fotos no Linux

OpenSolaris - Sistema Operacional Open Source

  
Comentários
[1] Comentário enviado por engos em 01/11/2004 - 16:04h

Tive que ler algumas vezes seu artigo para poder entende-lo.

Li o anterior e verifiquei que ele também se encontra praticamente sem nenhuma organização.

O conteúdo está bom, mas a forma como foi redigito não, acredito que você pode melhor e muito nesse quesito.

[]s

[2] Comentário enviado por ustrucx em 01/11/2004 - 20:04h

Não é desculpa, mas é meu segundo artigo, esse tipo de crítica sempre ajuda, vou lembrar disso pois quero sempre melhorar :D

[3] Comentário enviado por dinho_rock em 04/11/2004 - 18:48h

Existe como compliar o programa?

[4] Comentário enviado por ustrucx em 05/11/2004 - 19:10h

Não, você sempre vai precisar roda-lo com o kmdr-executor.

[5] Comentário enviado por ssaguiar em 03/12/2004 - 09:45h

Prezado amigo:

Você sabe me informar se posso integrar algum programa em linguagem C (código fonte) a um aplicativo com o Kommander?
Se positivo, como fazê-lo?
Existe algum texto de referência sobre ele?
É que não encontrei nenhuma documentação dele.

Estou pensando em migrar um programa que fiz em C e que roda no shell para uma interface gráfica e esta seria a melhor maneira. O meu programa lê dados da serial e coloca os mesmos em um arquivo.

Obrigado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts