KaiOS: A ressurreição do FirefoxOS e o fim da segregação digital

Neste documento conheceremos o KaiOS, uma ressurreição do FirefoxOS, um novo mercado e o fim da segregação digital. Pois com aproximadamente 279 reais todos poderão acessar as tecnologias móveis com um baixo custo. É um novo mercado para explorar com o potencial de 3 bilhões de usuários.

[ Hits: 7.976 ]

Por: Alessandro de Oliveira Faria (A.K.A. CABELO) em 17/07/2019 | Blog: http://assuntonerd.com.br


Introdução



Inclusão digital para países emergentes e um novo mercado. Quase metade dos usuários do planeta (aproximadamente 3 BILHÕES de pessoas) estão sem tecnologia de internet móvel por razões financeiras ou outros motivos.

O KaiOS apresenta uma solução para esta segregação digital e para conectividade básica e um mundo conectado barato e fácil de usar. O pessoal da TCL/Alcatel ressuscitou o sistema FirefoxOS no qual elaborei um artigo em 2012 para a Revista Linux Magazine, como resultado o trabalho resultou no sistema KaiOS, que se tornou uma empresa independente em 2016.
O KaiOS executa aplicativos em HTML5 sem tela touchscreen (não táteis), apresenta um interface otimizada, possui eficiência energética, baixo consumo de memória, o que permite ser executado em equipamentos com 256 Mb vendidos na Indonésia por US$ 7.00.

O objetivo é atingir 150 milhões de vendas em 2019. A KaiStore disponibiliza WhatsApp, YouTube, Facebook e outros apps básicos para o dia-a-dia. Tudo isto graças ao investimento de milhões pela empresa Google em 28 de julho de 2018. Inclusive o Google Assistente está disponível nesta plataforma e permite total conectividade com IoT.

O sistema é voltado para telefones básicos, com teclado físico e telas sem touch. Funciona em modelo econômico como o Nokia 8110 4G, que oferece 17 dias de autonomia. Mas não deixa de disponibilizar atualizações OTA, suporte WiFi 4G/LTE, GPS, NFC além do dual SIM.

O primeiro aparelho lançado para o público mais idoso foi o Alcatel GO Flip em 2017, o seu sucesso despertou interesse da Nokia, Jio e Google. Em 2018 a Nokia lançou o 8110 4G (Banana Phone) com o KaiOS e a Jio fez o mesmo na India. Foi este sucesso que rendeu o investimento da Google, e levou seus serviços para esta plataforma, acontecendo o mesmo com o Facebook, WhatsAPP e outros.

A Multilaser será a segunda empresa brasileira que atuará no mercado Brasileiro. A primeira empresa será a Positivo em parceria com a Google, em julho os equipamentos estarão na prateleira e aumentará o alcance e disponibilidade do Google Assistente. O equipamento apresenta 3G, WiFi, Bluetooth, GPS e GLONASS, rádio FM, bateria de 1.350 mAh e câmera traseira VGA e LED Flash, processador Quad Core de 1,3 GHz e conta com memória RAM de 512MB, armazenamento de 4GB e tela de 2,8" TFT LCD com o preço de R$ 279,00.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. O que é o KaiOS
   3. Desenvolvendo o Hello World!
Outros artigos deste autor

MOVIX: a fantástica mini-distribuição Multimídia

Instalando Ubuntu Touch no seu celular (Linux de bolso)

LINCE - A biblioteca de visão artificial open source

Visualizador de sistema de arquivos tridimensional

Compilador Clipper open-source, compile sem problemas os sistemas .PRG no Linux!

Leitura recomendada

ARCore: SDK para realidade aumentada da Google

Processing - Interagindo com o usuário

Segurança no Android

Processing - Programando para Android e iOS

Ambiente de Desenvolvimento para Android

  
Comentários
[1] Comentário enviado por marceloteixeira em 21/07/2019 - 04:23h

Grande artigo Cabelo! O Firefox OS foi uma grande decepção. Espero que o KaiOS tenha melhor sorte.

[2] Comentário enviado por lfarah em 24/09/2019 - 16:52h

Fui um dos otarios quec comprou uma smarttv com firefoxOs.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts