KDEmod: Tornando mais simples o KDE do seu Arch Linux

O KDEmod é um projeto que visa fornecer uma instalação modular do KDE e otimizada para o Arch Linux. Além disso ele fornece diversos patches para funcionalidades e eyecandys adicionais do KDE. Para saber como instalar o KDEmod no seu Arch é só seguir este artigo.

[ Hits: 12.321 ]

Por: Hugo Doria em 30/05/2008 | Blog: http://hugodoria.org


Introdução



Nunca fui muito dependente dos gerenciadores de janelas. O básico para mim era suficiente e, por isso, usei por muito tempo o Fluxbox. Nos últimos meses, porém, comecei a usar o KDE.

No Arch Linux (e na maioria das distribuições) o KDE é empacotado de um jeito que eu não curto. Nele, diversas aplicações são "englobadas" em um só pacote. Ao instalar o pacote kdegraphics, por exemplo, você acaba instalando diversas aplicações para manipulação gráfica. Mesmo que você queira apenas a "aplicação x" daquele pacote você será obrigado a instalar o kdegraphics todo. Isso torna o KDE enorme e com diversas aplicações que você nunca usa. O KDEmod é a solução para isso.

O KDEmod é um projeto que visa fornecer uma instalação modular do KDE e otimizada para o Arch Linux. Além disso ele fornece diversos patches para funcionalidades e eyecandys adicionais do KDE. Nem todos os aplicativos já estão disponíveis no KDEmod, mas a equipe do projeto vem fazendo um ótimo trabalho e já disponibilizaram os principais.

Enfim. Chega de papo. Vamos à instalação.

Instalação

O primeiro passo a ser feito é adicionar o repositório que contém os pacotes do KDEmod no seu pacman.conf. Para isso abra o arquivo /etc/pacman.conf com seu editor preferido adicione as seguintes linhas no final do arquivo:

[kdemod]
Server = http://kdemod.ath.cx/repo/current/i686

Salve e feche o arquivo.

NOTA: Certifique-se que o repositório [community] também esteja habilitado no seu pacman.conf, pois o KDEmod precisa de alguns pacotes que se encontram neste repositório.

Agora vamos remover os pacotes do KDE e do QT, pois eles conflitam com os pacotes do KDEmod. Para saber quais os pacotes do kde que você tem instalado faça:

# pacman -Q | grep -i kde

Remova cada um deles com o comando pacman -Rd nome-do-pacote. Se preferir você pode automatizar tudo executando o seguinte comando como root:

# pacman -Q | grep -i "kde\|qt" | cut -d ' ' -f1 | xargs pacman -Rd

O KDE normal já foi desinstalado, agora instale o KDEmod com:

# pacman -Syf kdemod kdemod-gtk-qt-engine

Pronto. Seu KDEmod já foi instalado. Quando você logar no KDE verá que ele está bem mais enxuto e agradável.

Instale os aplicativos que precisa usando o pacman. Você pode ver uma lista dos pacotes disponíveis com:

# pacman -Ss kdemod

Para instalar o kopete, por exemplo, você faria:

# pacman -S kdemod-kdenetwork-kopete

E para deixar o kdemod em português:

# pacman -S kdemod-kde-i18n-pt_br

Segue a lista dos pacotes que instalei (pacotes básicos e que devem servir para a maioria dos usuários do KDE):

kdemod-baghira-sidebar
kdemod-kdeartwork
kdemod-extra
kdemod-icons
kdemod-kdeutils-ark
kdemod-kdegraphics-kpdf
kdemod-kdegraphics-kuickshow
kdemod-kdegraphics-kopete
qtcurve
amarok-base
k3b
mplayer

KDEmod4 e maiores informações

O projeto KDEmod já começou a empacotar o KDE4. Ainda não há previsão do KDE4 se tornar o padrão no Arch e, por isso, eu resolvi não escrever sobre ele.

De qualquer forma você pode encontrar maiores informações sobre o KDEmod4 (incluindo um guia de instalação) aqui:
E maiores informações sobre o projeto KDEmod em si no site oficial:
Bem, é isso. Fica aí a dica para os usuários do Arch e do KDE.
   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Gerenciando pacotes com o pacman

Personalizando o Blackbox

Como criar pacotes para o Arch Linux

ProFTPD com autenticação via MySQL

Python no PSP: "Olá Mundo"

Leitura recomendada

Sim! Outro artigo na linha "Por onde começo?"

Sugestões às distribuições e usuários iniciantes

Linux: kernel e distribuições

Como instalar o LAMP no openSUSE Leap e Tumbleweed

Fedora 21 - Configuração pós-instalação

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 30/05/2008 - 11:31h

Boa Hugo !!!!!!!!!!
uma ótima opção para quem usa kde .....

[2] Comentário enviado por removido em 30/05/2008 - 11:55h

Kdemod é excelente.

[3] Comentário enviado por SmithuX em 30/05/2008 - 12:06h

Não gosto de forma alguma de KDE, mas tenho que admitir que o KDEMOD é realmente um grande projeto par Archlinux. Como adoro efetuar testes, utilizei um tempo o KDEMOD, mesmo não gostando de KDE e me surpreendi com o desempenho e com a facilidade de escolha de aplicativos para o KDE.

Porque o que realmente mata no KDE é você pedir para instalar uma coisa e ele mil........ Mas em todo caso é um excelente desktop.

Belo artigo meu camarada!!!!

[4] Comentário enviado por shaitannechrist em 30/05/2008 - 12:40h

òtimo artigo Hugo!

[5] Comentário enviado por gjr_rj em 30/05/2008 - 13:10h

Não tem um projeto desse para Debian ?

[6] Comentário enviado por SmithuX em 30/05/2008 - 15:37h

grj_rj até onde eu sei o projeto do KDEMOD é específico para ArchLinux!!! Ele não está disponível para outras distribuições. Pelo menos ainda não!!!

[7] Comentário enviado por kalib em 02/06/2008 - 08:50h

Excelente artigo cara...
Instalei semana passada meu archlinux e foi com o kdemod mesmo...não tinha visto ainda seu artigo..mas tá de parabéns. ;]

Eu sempre adorei o kde, bem como o fluxbox... Mas atualmente tenho dado preferência ao kde por não possuir mais a minha limitação de memória física.. hauhauha :p

parabéns

[8] Comentário enviado por albfneto em 03/06/2008 - 10:55h

Olha, KDE mod, só funciona no arch?

[9] Comentário enviado por SmithuX em 03/06/2008 - 11:04h

Sim albfneto, o KdeMod é um Kde modular para ArchLinux, ou seja, só para o Arch, pelo menos até o momento. Mas quem sabe ele não seja expandido para outras distribuições....

[10] Comentário enviado por hdoria em 03/06/2008 - 11:06h

O KDEMod só funciona no Arch Linux sim.

E para quem quiser vê-lo em ação, segue um shot:

http://hdoria.archlinux-br.org/shotz/kdemod-03-06-08.png


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts