Jogando Duke Nukem online com YANG e Ubuntu/Debian

Neste tutorial demonstrarei como instalar o Duke Nukem "xDuke" no YANG, versão GNU/Linux. Durante todo o processo, vou mostrando as telas para que a instalação possa ser seguida, inclusive por quem não tem muito conhecimento em GNU/Linux. Os programas utilizados, xDuke e YANG, são free e podem ser baixados diretamente do site do mantenedor.

[ Hits: 9.161 ]

Por: Francisco Aldevan Barbosa em 04/12/2012 | Blog: http://www.aldevan.com.br


Configuração



Pronto, o YANG já está instalado, agora é só fazer as configurações normalmente. Ele fica instalado no menu de jogos ou games:
Linux: Jogando Duke Nukem online com YANG e Ubuntu/Debian
Faça as configurações seguindo as imagens em: Settings → Source ports
Em Duke Nukem 3D, aponte para o arquivo onde está o arquivo executável do Duke, neste caso, está em um diretório chamado "duke3d" e o arquivo é chamado "duke3d_w32.exe":
Perceba que, neste caso, estou apontando para /home/aluno/duke3d/duke3d_w32.exe, mas este caminho muda de acordo com a sua instalação.

Vá novamente ao menu: Settings → Multiplayer and networking
Aqui faça as configurações para o nome do jogador. Podem ser dois nicks, sendo que o nickname é o nome que aparece na sala de Chat do YANG, e o in-game nickname é o nome que aparece no jogo online enquanto se joga. Se desejar, esses nicks podem ser os mesmos e poderá muda-los sempre que desejar.
Você pode entrar em uma sala (host) já criada por outros jogadores, ou criar a sua própria sala e esperar alguém entrar para jogar.

Neste caso, vou criar uma sala para que eu possa testar nas opções: Action → Create a room
Faça as configurações aqui para escolher um episódio original do Duke, ou selecionar manualmente um mapa, que foi o caso do "CHICO3.MAP", e escolho a porta que, neste caso, é "xDuke".

E posso colocar ainda, uma mensagem no YANG (opcional que aparece na sala quando hostear convidando alguém a entrar para jogar).
Pronto, a sala está criada e se alguém desejar jogar na sua sala, basta clicar no nome da mesma e entrar. Sempre quem criou a sala que pode iniciar o jogo em: Launch game
Acabamos de fazer a instalação e configuração, vamos iniciar o game mesmo sem outros jogadores, apenas para testar:

Conclusão

Essa instalação é bem simples, e como o Duke é um jogo antigo, roda em praticamente qualquer computador com recursos de hardware limitado e qualquer placa de vídeo. Usa pouca banda e dificilmente apresenta problemas de lag, mesmo em conexões de 1 MB.

Nós costumamos jogar entre 4 e 6 pessoas por sala (host) sem nenhum problema, esta versão de Duke Nukem chamada de port "xDuke", foi a escolhida aqui para a instalação, mas existem outras. Inclusive uma desenvolvida por um brasileiro, o 'unter', que é chamado de Hduke e que tem algumas inovações como limite de pontos; quando o player atinge o limite, surge um banner com o nome do jogador que ganhou e finaliza a partida.

Outro recurso é de forçar o respaw (ele nasce automaticamente sem que seja preciso pressionar a barra de espaço) e o mais importante: ele faz uma checagem de CRC para certificar que os arquivos são todos iguais, evitando arquivos alterados (hackeados).

Tenho um tutorial muito similar a este instalando o Hduke no Linux Mint 12, se alguém tiver interesse, posso disponibilizar.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Instalação
   2. Configuração
Outros artigos deste autor

Cabos de rede e conectorização

Montagem de um cluster com o MOSIX

Instalação do Asterisk - Distribuição Meucci

Instalação do Asterisk - Distribuição Trixbox

Duke Nukem online com hDuke, Linux Mint e YANG

Leitura recomendada

Tactical Ops no Linux

Como instalar o Doom1 e 2 no Linux

Battle for Wesnoth

Alien Arena, um jogo FPS para GNU/Linux

Duke Nukem online com hDuke, Linux Mint e YANG

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 05/12/2012 - 09:26h

Muito bom! Instalei aqui e funcionou perfeitamente.

Até me animei em escrever uma dica para complementar seu artigo. Dá pra instalar o Duke Nukem 3D no GNU/Linux nativamente, sem o uso do wine.

Vejam como em:

Instalando Duke Nukem 3D no GNU/Linux - http://www.vivaolinux.com.br/dica/Instalando-Duke-Nukem-3D-no-GNU-Linux

[2] Comentário enviado por aldevan em 05/12/2012 - 09:56h

isso mesmo Fabio tem Eduke, inclusive versões de duke nukem nativo para o GNU/Linux, só que não funciona no yang, mais o Eduke funciona normal o yang e tem gente lá com uma sala de eduke, como não existe muitos jogadores de duke tentamos nos concentrar em apenas uma distribuição, nos jogamos toda noite desde 2001 até 2010 jogavamos online apenas com xduke, mais o Hunter fez uma distribuição com algumas features legais e passamos a jogar o Hduke, que na verdade depois que o jogo está rolando não tem nenhuma diferença entre esses "ports" eduke, xduke, hduke a jogabilidade é exatamente igual, apesar de serem incompatíveis entre elas, para jogar online todos deve ter obrigatóriamente o mesmo port

[3] Comentário enviado por aldevan em 06/12/2012 - 11:01h

Esquecie de colocar os Links para Downloads dos ports

http://hduke.dukenukem.com.br/download/ (esse é o que mais jogamos online)

http://vision.gel.ulaval.ca/~klein/duke3d/ (esse também jogamos, se for baixar use sempre a versão mais recente)

http://eduke32.com/ (pouca gente usa, sempre vejo 2 ou no máximo 3 pessoas lá na sala jogando eduke)

http://www.jonof.id.au/jfduke3d (nunca vie ninguém jogando)


[4] Comentário enviado por gbarrotti em 07/12/2012 - 22:02h

Muito bom esse artigo Aldevan, porque vc não faz um artigo instalando o Hduke no Linux Mint, seria também interessante....

[5] Comentário enviado por aldevan em 08/12/2012 - 01:55h

obrigado gbarrotti, vou providenciar sim


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts