Introdução ao Gentoo Linux

Esse artigo pretende explicar sobre o funcionamento do Gentoo Linux e mostrar algumas ferramentas úteis para sua configuração, administração e manutenção.

[ Hits: 41.543 ]

Por: Eduardo Gurgel Pinho em 18/10/2007


Histórico e introdução



Histórico

Gentoo veio inicialmente de uma distribuição chamada Enoch Linux (atualmente morta). Daniel Robbins ao criá-lo tinha como principal objetivo aproveitar ao máximo a máquina na qual estava instalado utilizando-se da idéia de compilar todo e qualquer pacote do sistema. Após estudar o FreeBSD por alguns meses, Robbins trouxe algumas características para o sistema de autoconstrução de pacotes que se chama Portage. Sua primeira versão foi lançada em 31/03/2002.

Introdução

Meta-distribuição é o termo que melhor o caracteriza já que ele é definido a partir das necessidades do usuário, constrói cada pacote e é absolutamente flexível e configurável. Com essa filosofia o sistema abrange muitos tipos de arquiteturas como: x86,x86-64, IA-64, PA-RISC; PowerPC, PowerPC 970, SPARC, MIPS, DEC Alpha, ARM, zSeries/s390, e SuperH. Seu uso pode ser de um Desktop, Servidor, Estação de desenvolvimento e etc. Nos mais de 10000 pacotes oficiais do repositório existem:
  • Pacotes de suporte à hardware: Nvidia, Ati, Audigy, etc;
  • Últimas versões estáveis do KDE,Xfce, Gnome, Fluxbox, etc;
  • Suporte à versões diferentes do kernel;
  • Etc.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Histórico e introdução
   2. Instalação
   3. Portage
   4. Eselect e Equery
   5. Genkernel
   6. Conclusão e curiosidades
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Obtendo diferentes versões do Debian GNU/Linux

AUR - Arch Linux User-Community Repository

As principais distribuições GNU/Linux

Software Livre: primeiras impressões

O maravilhoso Xandros Linux Desktop

  
Comentários
[1] Comentário enviado por coffnix em 18/10/2007 - 14:18h

eu uso e aprovo!

[2] Comentário enviado por Brunonormandia em 18/10/2007 - 14:22h

nunca tive muito sucesso utilizando o Gentoo...

tive problemas no layout do teclado e problemas na configuração da minha placa de som...

mas no geral me parece um ótimo sistema...(apesar de nunca conseguir ficar mais de 2 dias com ele...)

[3] Comentário enviado por an_drade em 18/10/2007 - 15:30h

Usei muitas distribuições, sempre fiquei ligado no Slack. Mas qdo encontrei o Gentoo, foi uma descoberta.

A primeira aventura é instalar o sistema!!! Não é difícil, mas requer tempo. E esse tempo, p/ quem é marinheiro de 1a. viagem, é extremamente proveitoso. Aprendi muita coisa com a instalação do Gentoo. Inclusive, instalar em um HD, enquanto usava outro p/ produção, na mesma máquina, ao mesmo tempo!!!

O Emerge é muito melhor que qq outro gerenciador de pacotes, na minha opinião. Muito bem pensado e construído!

Brunonormandia, poste p/ gente como é sua máquina, +ou-, seu teclado e placa de som. Talvez possamos ajudar!

[4] Comentário enviado por Czuber em 18/10/2007 - 15:45h

Eu estou com o Gentoo instalado lá em casa depois de não obter sucesso na configuração da AGP com o Debian, nem o Slack. Mas não era problema das distros, descobri q o erro estava no xorg em nvAGP "1" q na placa não pegava como default, enfim...

Ainda funciona mas tive muitos problemas pra instalar os pacotes que pediam um ebuild para serem instalados. Seria interessante um artigo mastigado sobre esses ebuilds q sinceramente, aliás, desculpe minha ignorância, mas até hj não entendo nada sobre isso.

Sobre o Gentoo no Desktop, minha opinião de usuário... deve-se ter muita paciência para instalar os programas, pois ele baixa todos os fontes e compila na sua máquina com sua arquitetura. Ao passo que em termos de desempenho o ganho é bastante significativo.

Além disso você configura as opções de USE - dependência, associação com outros packages etc.

Por exemplo, no meu caso precisei adicionar o ALSA como variável de USE para o xmms utilizá-lo e assim vai...

Hoje em dia no q diz respeito a Desktop não sei se compensa o trabalho de compilar todos os programas na sua máquina. Imagina, fiquei horas esperando baixar o fonte do OpenOffice (demora bem mais do que baixar um .deb binário). Então quando acaba o download você acha q vai instalar? Que nada, ainda vai compilar os pacotes na sua máquina, loucura... Opinião minha claro, se eu tivesse todo o tempo do mundo tudo bem... Agora para um servidor talvez compense...

Abraços e parabéns pelo artigo. O Gentoo é uma ótima distribuição!

[5] Comentário enviado por dailson em 18/10/2007 - 15:53h

Excelente artigo. Esclarece bem o que todos devem saber de uma distro.

[6] Comentário enviado por removido em 18/10/2007 - 18:54h

Estou com o chemonz. Uso e aprovo!

[7] Comentário enviado por kalib em 18/10/2007 - 19:01h

Show de bola edgurgel.. ;]
Gentoo tem seu espaço por mérito...assim como várias outras distros que por sua estabilidade e operabilidade cativam mais e mais usuários a cada dia. ;]

[8] Comentário enviado por hugoalvarez em 19/10/2007 - 09:13h

Gentoo é boa por ser extremamente bem documentada!!

[9] Comentário enviado por edgurgel em 19/10/2007 - 09:22h

Além da boa documentação, existe o fórum oficial onde você pode tirar dúvidas de tudo.

[10] Comentário enviado por Nick em 19/10/2007 - 09:41h

O Novo Live CD nao é Instalavel? SE é? Como?

Otimo POst! Muito bem explicativo!

[11] Comentário enviado por edgurgel em 19/10/2007 - 11:03h

Todo Live CD é instalável. O que muda do Minimal para o Universal é a maneira.

Mais informações:

http://www.gentoo.org/doc/pt_br/handbook/

[12] Comentário enviado por hbobenicio em 19/10/2007 - 13:56h

Olha o Edgurgel aí, rapz! ;D

Parabéns pelo artigo... acho que vou esperimentar instalar o Gentoo na minha máquina qualquer dia desses! :D

Falow, e continue com os artigos ;D

[13] Comentário enviado por dk_millares em 19/10/2007 - 18:17h

Sem duvida um ótimo artigo que aborda de maneira simples e eficiente funcionalidades do Gentoo e de suas ferramentas.

Para quem está procurando uma distro diferente aconselho o Gentoo, como disseram acima "uso e aprovo"

Parabens pelo artigo!


[14] Comentário enviado por maran em 19/10/2007 - 19:29h

Belo artigo ...

[15] Comentário enviado por stilldre em 19/10/2007 - 23:03h

Uso, aprovo e recomendo!

[16] Comentário enviado por fco em 20/10/2007 - 13:14h

Coisa de louco!!! Leva horas, senão dias para ter um sistema completo instalado.

Apesar de ser uma ótima distro...

Mas prefiro a simplicidade do Slack.

[17] Comentário enviado por heliorodrigues em 23/10/2007 - 21:47h

Excelente artigo. Muito bem explicativo e informativo. Gentoo se mostra uma escelente distro.

[18] Comentário enviado por riick em 12/11/2007 - 14:10h

Nunca usei o Gentoo, vou baixar ele agora mesmo e me tentar usar, sempre usei o Slackware, muita gente me falava sobre o Gentoo e sempre tive curiosidade em usar, vou tentar hj.

[19] Comentário enviado por ju e maikon em 01/09/2008 - 10:30h

alguem sabe o quanto o gentoo ocupa no hd e quanto ele ocupa em um cd?
se algume puder me ajudar agradeço!!!!
desde já agradeço Maikon


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts