Interoperabilidade monitorando servidores e estações Windows com servidor Linux usando MRTG

Para você que trabalha em uma rede heterogênea, assim como eu, aí vai esse artigo, que ensina passo a passo como monitorar servidores e estações de rede Windows com servidor Linux usando MRTG.

[ Hits: 25.968 ]

Por: Milton Caetano Filho em 13/01/2010 | Blog: http://www.miltoncaetanofilho.blogspot.com


Preparando o servidor Linux



Primeiramente vamos instalar os pacotes necessários para o servidor poder realizar, o monitoração. Usaremos o MRTG, que monitora servidores utilizando o protocolo SNMP.

Pacotes necessários:
  • apache2
  • snmpd
  • mrtg

Instalando os pacotes (nesse caso estou usando a distro Linux Debian 5.0, kernel 2.6.26-1-686):

# apt-get install apache2 snmpd mrtg

Após concluída a instalação dos pacotes e suas dependências, vamos configurar o sistema!

Crie uma pasta mrtg dentro da pasta pública do apache2:

# mkdir /var/www/mrtg

Criaremos os subdiretórios dentro da pasta mrtg para armazenarmos os HTMLs pelo MRTG. Por exemplo, tenho um servidor de testes WSUS, então iremos criar a pasta /var/www/mrtg/wsus.

Obs.: Para todo servidor que for adicionado posteriormente deverá ser criada sua pasta dentro da pasta /var/www/mrtg.

Configurando os servidores para serem monitorados

Nesse exemplo utilizei o Windows-Server 2003 Standard Edition, porém se aplica a versão Enterprise, Windows Server 2008 DataCenter Edition.

No Windows Server 2003 clique em:

Menu Iniciar > Painel de Controle > Adicionar ou remover Programas
Linux: Interoperabilidade monitorando servidores e estações Windows com servidor Linux usando MRTG
Na guia "Adicionar ou remover programas" clique em "Adicionar/remover componentes do Windows".

Dentro da guia "Adicionar/remover componentes do Windows", na caixa de diálogo habilite para ser instalado "ferramentas de gerenciamento e monitoramento".
Linux: Interoperabilidade monitorando servidores e estações Windows com servidor Linux usando MRTG
Dessa forma estaremos instalando o serviço SNMP no Windows 2003 com o pacote SNMP instalado poderemos monitorar o servidor.

Após concluída a instalação do pacote SNMP, vamos configurar para que o agente SNMP do Windows 2003 possa aceitar a monitoração do servidor Linux.

Clique em: Menu Iniciar > Executar > e digite: services.msc

Será aberto a guia do serviços do Windows, dentro da guia de serviços procure pelo serviço SNMP.
Linux: Interoperabilidade monitorando servidores e estações Windows com servidor Linux usando MRTG
Clique no serviço SNMP com o botão direito do mouse > "Propriedades". Em propriedades do serviço SNMP clique na guia Segurança.
Linux: Interoperabilidade monitorando servidores e estações Windows com servidor Linux usando MRTG
Na guia "Segurança" teremos a caixa de diálogo "Nomes de comunidades aceitos".

Clique no botão adicionar > Adicione o nome da comunidade "public" > Na guia de direitos selecione a opção LEITURA CRIAÇÃO.

Logo abaixo existe a guia "Aceitar pacotes SNMP destes hosts".

Clique no botão "adicionar" > na guia hosts digite o ip do servidor Linux que irá monitorá-lo.

Logo após ter feito esses procedimentos, reinicie o serviço SNMP do Windows.

Pronto, o servidor já está habilitado para ser monitorado, ou seja, aceitar pacotes SNMP do nosso servidor Linux.

É extremamente recomendado que essas configurações sejam feitas pelo fato do protocolo SNMP não ser totalmente seguro. Assim evitamos que IPs não autorizados tentem fazer esse tipo de acesso.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Preparando o servidor Linux
   2. Configurando o MRTG para monitorar os servidores
Outros artigos deste autor

Acessando servidor Linux remotamente utilizando WinSCP e Putty no Windows

Samba: Servidor de arquivos Linux com estações Windows

Leitura recomendada

Conectividade Social vs. proxy Squid transparente

Palm na internet via Linux

Node.js para administradores de sistema

Simulando aplicações simples com TinyOS e Cooja

Xtraceroute: O traceroute tridimensional

  
Comentários
[1] Comentário enviado por mcfmlt em 13/01/2010 - 16:35h

Galera por favor desconsiderem a segunda linha do arquivo /bin/mrtg.sh

env LANG=C /usr/bin/mrtg /et0-59/3 * * * * root /bin/mrtg.sh

a mesma deve ser subsituida ou copia da primeira linha trocando apenas o nome do servidor a ser monitorado..

Valew..

Atenciosamente Milton Caetano Filho.

[2] Comentário enviado por strongarl em 14/01/2010 - 06:08h

Olá amigo bom artigo, uma pergunta posso colocar esse programa no firewall de rede?

[3] Comentário enviado por mcfmlt em 14/01/2010 - 23:02h

Olá Amigo Strongarl!

Qual seria a sua necessidade específica de colocar esse programa no firewall de rede ?

Você diz um IPTABLES ?
Um shellscript utilizando iptables ?

Aguardo seu retorno..

Atenciosamente Milton Caetano Filho.

[4] Comentário enviado por fgcneto em 16/07/2010 - 20:10h

olá Milton, adorei o seu artigo, entratanto no meu servidor está apresentando um erro quando estou mandando executar o Script /bin/mrtg.sh: "c/mrtg_router2.cfg --logging /var/log/mrtg_router2.log informando que o arquivo ou pasta não existe"

Estou utilizando o debian Lenny 5.0 e o mrtg-2.5.4c.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts