Instalando Debian 5.0 e deixando com todos os programas que você gosta

Esse é o segundo artigo da série que mostra como instalar o Debian 5.0, então se você já conhece um pouco de informática e quer testar o Linux em seu computador, está no lugar certo. Novatos em informática também podem se arriscar, pois o artigo está bem detalhado.

[ Hits: 54.121 ]

Por: Junior Corazza em 01/11/2009 | Blog: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=13460668254481863738&rl=t


Iniciando o Debian e instalando os programas



A hora que ter terminar de inicializar aparecerá está tela.
Linux: Instalando Debian 5.0 e deixando com todos os programas que voce gosta.
Insira aqui seu usuário e senha configurados na hora da instalação.

Instalando os programas:

Obs.: Para executar os comandos no Debian você deve tirar o "#" ou o "$".

Para abrir o terminal vá até o menu "Aplicações -> Acessórios -> Terminal como root":

Ira pedir a senha de root, aquela que você configurou na instalação do sistema.
Linux: Instalando Debian 5.0 e deixando com todos os programas que voce gosta.
Primeira coisa que devemos fazer é editar um arquivo onde fica a lista de repositório de softwares do Debian. Para isso abra o terminal e digite:

# gedit /etc/apt/sources.list

Esse comando irá abrir o arquivo sources.list, apague todo o seu conteúdo e cole o texto abaixo lá dentro.

deb http://ftp.br.debian.org/debian/ lenny main non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian/ lenny main non-free

deb http://security.debian.org/ lenny/updates main non-free
deb-src http://security.debian.org/ lenny/updates main non-free

Esses são os caminhos onde ficam os softwares a serem baixado e instalado em seu micro.

Apos colar, salve e feche o arquivo.

1. Imaginando que você já esteja conectado à internet, digite no terminal:

# apt-get update

Esse comando atualiza as listas de repositórios em seu computador e pode demorar um pouco, depende da velocidade da sua conexão.

Executamos o terminal como root direto, mas se você preferir pode usar o "Terminal" somente, porém na hora de usar o APT você deve digitar o comando "su" e digitar a senha de root quando solicitada... Esse comando faz você se tornar o usuário root dentro daquela sessão, possibilitando assim o uso do APT.

2. Vamos agora instalar o aMSN:

# apt-get install amsn

Esse comando irá baixar e instalar o programa aMSN no seu Linux e após o seu término você poderá executá-lo em "Aplicações - Internet - aMSN", como na imagem abaixo.
Linux: Instalando Debian 5.0 e deixando com todos os programas que voce gosta.
3. Instalar o Audacious:

# apt-get install audacious

4. Instalar Mplayer:

# apt-get install mplayer

5. Instalar GnomeBaker:

# apt-get install gnomebaker

Esses são alguns programas que você usa, certo?

Conclusão

Galera, por hoje é isso. Se você tiver alguma duvida pode deixar sua pergunta aqui em baixo ou pode mandar um email para: [email protected]

Talvez você necessite de mais algum programa, para isso basta procurar aqui no site ou no Google, você com certeza terá uma resposta.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Conhecendo e baixando
   2. Bootando e começando a instalação
   3. Particionando e instalando
   4. Usuários, senhas, apt-get, Grub e finalizando a instalação
   5. Conhecendo os programas
   6. Iniciando o Debian e instalando os programas
Outros artigos deste autor

Instalando Ubuntu 9.04 e deixando com todos os programas que você gosta

Servidor de internet a rádio no Debian

Leitura recomendada

Guia Introdutório do Linux III

Particionamento de disco (HD)

A origem do nome Fedora

Abordagem de controle de banda com QoS

Fundamentos do sistema Linux - comandos do Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por eldeablo em 01/11/2009 - 13:35h

Muito bom seu artigo, parabéns, uso debian squeeze e é um sistema fantástico, adoro o debian!

Tenho algo a comentar sobre o ítem 7( na sessão "Usuários, senhas, apt-get, grub e finalizando a instalação") do seu artigo que diz;

7. Neste momento ele está perguntando que tipo de software você deseja instalar nesse computador, como estamos instalando em um Desktop eu aconselho deixar a primeira e a ultima opção habilitada. A primeira inclui a interface gráfica Gnome e alguns programas bem uteis para o dia-a-dia de um desktop comum e a ultima opção é a instalação do sistema básico. As outras opções são indicadas para servidores e não é o que queremos nesse momento, então desconsidere-as e clique em "continuar".

...é nessa hora que dou o famoso pulo do gato, simplesmente desmarco "Ambiente desktop" e deixo só o "Sistema Básico" e vou instalando os pacotes que eu quero!

É claro que quando finalizar a instalação irá cair em modo texto e sem ambiente gráfico, uso os seguintes parâmetros para instalar o o 'x";

# apt-get install gnome-core gdm --no-install-recommends

e

# apt-get install xserver-xorg

...ele instalará o o 'x" totalmente livre do "gnome-desktop-environment" que contém meta-pacotes e deixa a remoção do evolution( que não uso ) e alguns comparssas( hehehe ) bastante dolorida, claro que fazendo esse tipo de procedimento o usuário terá que ter em mãos pelo menos o CD1 do debian e uma boa conexão! Sempre faço isso e nunca me deu problema algum, é só saber os pacotes que irá instalar!

Parabéns pelo seu artigo, abraço!



[2] Comentário enviado por junior.corazza em 01/11/2009 - 16:32h

obrigado eldeablo pela sua comentario, eu tbm faço isso e concerteza é bem melhor..... mas nesse artigo eu priorizei a instalação para um usuario "comun", entao o modo texto iria assustar um pouko...

obrigado

[3] Comentário enviado por removido em 01/11/2009 - 18:26h

Excelente artigo, muito útil sobretudo aos que tiverem o 1º contato com o instalador do Debian.
Entretanto, também sigo o passo do comentário [1], só que ao iniciar o sistema básico, adoto o seguinte procedimento para instalar o KDE, como ambiente gráfico padrão:

apt-get --purge remove vim-common vim elinks-lite at ed exim4 exim4-base exim4-config exim4-daemon-light installation-report mutt myspell-en-us portmap procmail reportbug telnet vim-common vim-tiny w3m wamerican bsd-mailx nfs-common

apt-get autoremove --purge -y

apt-get install kde-core kde-l10n-ptbr dolphin kdf kmix konq-plugins kuser system-config-gtk-kde kde-style-qtcurve gtk2-engines-qtcurve gwenview gtk-qt-engine kdeartwork-theme-icon kdeartwork-theme-window okular okular-extra-backends plasma-desktopthemes-artwork qtcurve kcalc ksnapshot sweeper

apt-get install zip unzip rar unrar lha bzip2 tar gzip arj rzip cabextract unace ark xarchiver p7zip-full p7zip-rar p7zip

apt-get install amule amule-utils transmission

apt-get install broffice.org aspell-pt-br myspell-pt-br openoffice.org-l10n-pt-br openoffice.org-help-pt-br

apt-get install cups-pdf flashplayer-mozilla iceweasel iceweasel-l10n-pt-br opera sun-java6-jre sun-java6-plugin

/usr/sbin/update-alternatives --config flash-mozilla.so

/usr/sbin/update-alternatives --config java

apt-get install audacity amarok gtk-recordmydesktop k3b k3b-i18n mozilla-mplayer mplayer mplayer-skin-blue vlc mozilla-plugin-vlc

apt-get install audacious audacious-plugins audacious-plugins-extra k9copy

apt-get install aacgain aacplusenc cdparanoia cdrecord dvd+rw-tools faac faad ffmpeg flac flake gstreamer0.10-lame gstreamer0.10-ffmpeg lame libdvdcss2 mp3gain mencoder movixmaker-2 mpg321 mpc normalize-audio pacpl sox speex twolame vcdimager vorbis-tools vorbisgain wavpack w32codecs

apt-get install wine cabextract msttcorefonts ttf-mscorefonts-installer

apt-get install xfonts-terminus xfonts-terminus-oblique xfonts-mona ttf-georgewilliams ttf-nafees ttf-freefont ttf-opensymbol ttf-liberation ttf-dejavu-extra ttf-dejavu-core ttf-dejavu ttf-bpg-georgian-fonts

Outra opção seria instalar o LXDE, que é levíssimo, eu o tenho instalado num PC e a lista de pacotes instalados não chega a 600.

Boa parte dos comandos acima estão em meu artigo: http://www.vivaolinux.com.br/dica/Turbinando-o-sidux

Parabéns pelo seu artigo!!!

[4] Comentário enviado por removido em 01/11/2009 - 18:48h

Alguém tem o Debian 5.0.0 para download,se alguém tiver em CD/DVD,disponibiliza para min via
FTP.Aguardo resposta.

[5] Comentário enviado por removido em 01/11/2009 - 21:03h

Excelente artigo. Muito bem detalhado como falado.
Eu instalo Debian pelo CD básico. E depois faço a instalação pela internet.

[]'s

[6] Comentário enviado por dbahiaz em 02/11/2009 - 14:45h

Gostaria de lembrar que para o Debian ter acesso à todos os programas de multimídia é necessário acrescentar o repositório de multimídia, caso contrario os programas não rodaram todos os formatos.

deb http://www.debian-multimedia.org lenny main

[7] Comentário enviado por eldeablo em 02/11/2009 - 18:37h

...pra complementar a dica acima, uma source básica p/ o lenny;



#Repositorios Oficiais
deb http://ftp.br.debian.org/debian/ lenny main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian/ lenny main contrib non-free
deb http://ftp.br.debian.org/debian-security/ lenny/updates main
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian-security/ lenny/updates main

#Multimedia
deb http://www.debian-multimedia.org/">http://www.debian-multimedia.org/ lenny main
deb-src http://www.debian-multimedia.org lenny main

...depois ative o repositório multimedia.

wget http://debian-multimedia.org/gpgkey.pub -O - | apt-key add - && apt-get install debian-multimedia-keyring

[8] Comentário enviado por removido em 02/11/2009 - 20:34h

Boa,

Exelente..


[9] Comentário enviado por sailer em 02/11/2009 - 22:14h

Exelente....Muito bem elaborado.

[10] Comentário enviado por junior.corazza em 02/11/2009 - 22:19h

sinceramente eu nunca precisei de um pacote seja ele multimida ou nao que nao tivesse nessa lista de repositorios que mencionei.... sinceramente ela resolve tudo que eu preciso.. observe que tem um "non-free" na frente de cada mirror

[11] Comentário enviado por grandmaster em 04/11/2009 - 08:01h

Excelente. E boa contribuição de todos.

---
Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br

[12] Comentário enviado por walescko em 23/11/2009 - 21:52h

Excelente artigo, muito bom, ótimo para quem está começando no mundo linux e queira experimentar outra distro.

conheço o Debian desde 2002, quando trocaram o mandrake na universidade por ele, escolha acertada.

Um artigo complementar é esse escrito pelo C. Morimoto no gdhpress:

http://www.gdhpress.com.br/blog/guia-debian-lenny/



[13] Comentário enviado por WhiteHawk em 06/01/2010 - 08:20h

Olá. Parabéns pelo tutorial amigo. Eu gosto do Debian por ser uma distro bastante estável e até fácil de usar se comparada ao Slackware.

[14] Comentário enviado por sudopp em 22/01/2010 - 18:41h

junior.corazza
Parabéns pelo artigo! pra quem ta iniciando, bem simples e direto. não sei como esta a instalação atual mas, quando dava o boot, tinha que instalar o pppoe usando o cd como repositório pra ter coneccao com internet ou na instalação na tela inicial installgui modules=ppp-udeb ( isso e pra quem nao usa dhcp) com isso e possivel o pppoeconf

edps

que trabalhão? não seria melhor instalar pelo advanced options - kde, xfce ou lxde desktop, e depois vindo desinstalando o que não e necessário pelo aptitude. Só se você instala o básico e recompila o kernel e depois vem instalando tudo pelo apt-build, fica bem perto do gentoo, mas ja fiz tudo isso e a diferenca de uma instalacao normal e mínima(quase que não vale apena) só se a maquina e muito velha ou nao tem muito hd. e otimo pra aprender!


Contribuir com comentário