Instalação passo a passo do Slackware 12.2

Um roteiro ilustrado com o passo a passo do processo de instalação e configuração do Linux Slackware 12.2.

[ Hits: 41.746 ]

Por: Roberto Benedito de Oliveira Pereira em 10/06/2009


Continuando a instalação do Slackware



Para iniciar o processo de instalação utilize o setup para abrir o menu de instalação e configuração do Slackware (Figura 6).
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Utilize as setas direcionais (← ↑ → ↓) para navegar entre as opções, selecione a opção KEYMAP (Figura 7) e tecle <enter> para configurar o teclado. Vale lembrar que o teclado brasileiro que tem "ç" é chamado de ABNT2.
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Selecione o teclado em questão e após isso surgirá a tela de testes. Faça os testes de digitação para confirmar a configuração. Estando tudo OK, apague tudo e digite 1 e depois <enter> para continuar o processo de instalação.

A próxima etapa é de configuração da memória SWAP (Figura 8) criada durante o particionamento do disco, pressione <enter>, a próxima tela será para verificação da integridade do disco, caso não queira é só pressionar <enter> porque ele já vem selecionado com o não por padrão.
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Após a ativação da memória SWAP, o próximo passo é selecionar a partição que será formatada e instalada o Slackware, conforme a Figura 9. Caso tenha criado mais de uma partição do Linux, elas serão mostradas nessa tela, sendo possível formatar e definir o ponto de montagem para cada uma. Como neste roteiro ele tem apenas uma partição Linux (não confundir com a outra partição Linux SWAP), então adaptaremos essa partição como sendo a partição "/" (partição raiz). Tecle <enter> para selecioná-la e depois selecione a opção de sistema de arquivo ext3. Esse processo formatará toda a partição /dev/hda2. Após seu término será mostrada uma tela de resumo, pressione <enter> para continuar.
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
O próximo passo é a seleção da localização das fontes de instalação do Slackware no disco (Figura 10). Para isso selecione o meio que contenha os arquivos de instalação, que neste caso é o DVD, então pressione <enter> e depois selecione o modo auto para o próprio Linux detectar o dispositivo de DVD.
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
O próximo passo é selecionar os pacotes que serão instalados (Figura 11). Para o caso de servidores eu recomendo a utilização do básico, assim não haverá desperdício de memória RAM com ambientes gráficos e nem de disco rígido. Os pacotes então selecionados serão o A (Base do sistema), AP (Aplicativos), D (Compiladores), K (Arquivos Fontes do Kernel), L (Bibliotecas do Sistema), N (Programas de Rede).

O processo de seleção é feito utilizando as teclas direcionais para cima (↑), para baixo (↓) e a tecla <espaço> para marcar ou desmarcar. Feito a seleção pressione <enter> , será exibido a tela de opções de instalação, selecione Full Instalation e pressione <enter>.
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Após toda a instalação, o sistema dá opção para criar um disco de inicialização (Figura 12). Caso queira, utilize as setas para criar o boot, se não, utilize a opção Skip. As próximas etapas serão para a configuração do sistema, sendo a primeira delas a configuração do programa de inicialização do sistema, que no caso do Slackware 12.2 é o LILO (Figura 13).

Selecione a opção Simple, logo em seguida será solicitado a resolução que terá o prompt de comando, selecione a opção desejada e pressione <enter> (prefiro a Standard), logo em seguida o sistema perguntará se quer executar alguma opção na hora de carregar o boot pelo LILO, apenas pressione <enter> e após isso, será solicitado a opção de cadeia de caracteres, pressione <enter> novamente para finalizar a configuração do LILO. Seleciona a opção MBR e pressione <enter>.
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
A próxima etapa é a configuração do mouse, dependendo da forma de conexão com a placa mãe, o mouse pode ser do tipo USB, PS/2 e outros, na duvida sobre esse recurso, utilize o IMPS2 (Figura 14), a próxima tela é questionando se quer que o mouse seja carregado na hora da inicialização do sistema, escolha sim e <enter>.
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
A próxima etapa da configuração é referente à configuração da rede, dessa forma ele pergunta se deseja configurar a rede, tecle <enter>. Agora entre com o nome do computador, vou adotar o nome "Servidor 1 - Management", logo entrando com o nome mgm e depois <enter>, depois com o domínio cluster <enter>.

A próxima tela é a de configuração da forma de atribuição do IP, que neste caso é o IP estático (IP manual), selecione essa opção e <enter>, logo em seguida entre com o IP 10.1.1.101 <enter>, depois máscara 255.0.0.0 <enter>, entre com o gateway 10.1.1.1 <enter>, e com o DNS 10.1.1.1 <enter>.

Depois desses passos, aparecerá a tela de confirmação de configuração da rede (Figura 15), estando tudo certo, pressione <enter>.
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Nesta próxima etapa serão configurados os programas que inicializarão junto com o sistema (Figura 16). Deixe selecionado somente o rc.syslog que é responsável pelo log do sistema. Para desmarcar utilize o <espaço> e as teclas para cima (↑) e para baixa (↓) para movimentar a barra de seleção.
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
A próxima etapa é para a seleção da font do console. Selecione a opção NO <enter>, em seguida surgirá a tela de configuração do horário do sistema. Selecione a opção NO <enter>. Na configuração do TIME ZONE (Figura 17), selecione a sua cidade, que no meu caso é Cuiabá e <enter>.
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
A última etapa é para entrar com a senha do root para o login, caso não queira deixar sem senha, mude para a opção NO <enter> ou então apenas pressione <enter> e entre com as senhas.

Feito todas essas etapas aparecerá a tela confirmando que toda a configuração foi feita, agora é só sair do sistema e reiniciar. Pressione o <ctrl> + <alt> + <del>.

Pronto, Slackware 12.2 instalado com sucesso! :D

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Instalação do Slackware 12.2
   2. Continuando a instalação do Slackware
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Rancher - Painel para Docker

Qual o melhor Linux para eu utilizar?

Instalação de Programas no Ubuntu (atualização)

Primeiros comandos para iniciantes

Mamãe, quero Slack! (parte 1)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por stremer em 10/06/2009 - 16:38h

amigo, sem querer desmerecer seu artigo (pois qualquer tipo de informação é valida), mas tem 2 coisas que estão mto ruims!

1-Instalação do Slackware (ou qualquer outro linux) em maquina virtual é um pouco diferente de maquina real... principalmente o slack que é normal ter de passar opções adicionais no boot para conseguir instalar em determinadas maquinas!
2-Poderia ter usado outro linux como virtualizador... essas telinhas de windows em forum de linux mata... nada contra o windows... só acho meio bizarro um tutorial para instalar slackware em uma vm com telas capturadas de um windows...
3-Faltou o mais importante, que é configurar depois que se instala...

mesmo assim... como falei qualquer tipo de informação é sempre valida!

[2] Comentário enviado por aionos em 10/06/2009 - 17:22h

Já vi vários tutoriais de instalação básica do Slackware aqui no VOL. O que falta aqui é um tutorial mais detalhado de configuração pós-instalação do sistema. Por exemplo, como configurar placa de vídeo com aceleração 3D, webcam, impressora, rede wireless, instalação e configuração do Slackware em notebooks etc.
Mas mesmo assim, qualquer contribuição sobre o Slackware, minha distro do coração, sempre é bem vinda, pois constitui uma ajuda a mais para os iniciantes.

[3] Comentário enviado por rbpereira em 10/06/2009 - 18:10h

Caros amigos, não creio que o fato de ter utilizado ou não a maquina virtual venha a diferir sobre o processo de instalação, assim gostaria de saber qual o método que você ou vocês recomendarião para capiturar as telas na hora da inicialização, o objetivo desse tutorial foi apenas demonstrar o processo de instalação, as configurações posteriores creio que é particularmente complicado condençar em uma só, simplesmente pelo fato de que cada um tende a ter um placa especifica e normalmente diferente do outro, sendo assim, acho meio complicado sintetizar em uma só, mais se vocês tiverem uma sugestão será de grande valia.
O intiuto de publicar este artigo relativamente básico foi para aprender sobre os processos e tramites da parte editorial, porque com base nesse é que publicarei, se tudo ocorrem bem a instalação e configuração de cluster MySQL.

[4] Comentário enviado por demoncyber em 10/06/2009 - 20:01h

Bom concordo com o rbpereira não sei qual seria um outro modo, se bem que =O,instalando na memoria as bibliotecas para tirar snapshoot do imagemagick talvez daria so suposição. Eu acho que este modo é um dos melhores e fico também no enigma de qual seria uma solução melhor stremer.

Um artigo legal rbpereira, e fico na espectativa do próxima.

Posso perguntar com o que você pretende fazer o cluster do mysql para o proximo artigo ? Heartbeat com ldirectord ?

Att. Marco

[5] Comentário enviado por fco em 10/06/2009 - 21:45h

Concordo com o fato de que ver o Slackware sendo instalado numa VM no Windows ficou muito bizarro. Deu até dó... :)

No mais, muito bom o artigo. Tem coisas que são aparentemente simples, mas não ainda assim precisam ser ditas.

Os cometários sobre a necessidade de artigos que explicam a configuração dão o ensejo para uma nova contribuição. Quem sabe não pinta por aí. :)

Grande abraço,
Xico.

[6] Comentário enviado por xerxeslins em 11/06/2009 - 20:50h

Não sei se interessa a alguém, mas há um artigo simples sobre configuração após a instalação do Slackware que pode complementar esse:

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Mamae-quero-Slack-(parte-2)


[7] Comentário enviado por pinduvoz em 14/06/2009 - 18:51h

Não vejo problema nenhum em ver "telinhas de windows em forum de linux".

Mostrar aqui as telas da instalação do Slackware certamente vai ajudar quem nunca teve contato com ele, além de incentivar um possível teste dessa excelente distro.

E se alguém quiser ter um chilique maior, fica o link:

http://vivaolinux.com.br/screenshot/KDE-Slack-no-Vista/

[8] Comentário enviado por xerxeslins em 15/06/2009 - 01:20h

LOL pinduvoz,

com essa... alguns devem ter chorado.


[9] Comentário enviado por Jhonnys Oliveira em 14/01/2010 - 22:42h

Com excessão às ironias e brincadeiras, parabens pelo tutorial, Rbpereira.Comigo transcorreu 100%. breve enviarei algumas configurações suplementares que devem ser feitas, sob risco do sistema se tornar inoperante.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts