Implementando um Linux Terminal Service (LTS) no Debian

Neste artigo pretendo mostrar como implementar um servidor de terminais leves no Debian. Um serviço que permite que você tenha vários terminais pendurados numa única máquina, que fica responsável por todos os aplicativos e arquivos.

[ Hits: 117.114 ]

Por: Ivan Lucio da Silva em 12/01/2005


Introdução



Para aqueles que ainda não sabem o que venha ser um Terminal Service, dê uma lida no artigo Linux Terminal Server - LTS, que mostra bem as funcionalidades de um.

Todos os passos a seguir foram feitos no Debian Sarge, teoricamente deve funcionar em qualquer versão mais antiga do Debian. As especificações das máquinas e da rede são as seguintes:
  • Servidor Athlon XP 2400 com 1,5G de RAM 333;
  • Cliente Celeron 1200 com 256M de RAM 133, vídeo SIS e Realtek8139c;
  • Rede 192.168.0.0/24;
  • IP do servidor: 192.168.0.10;
  • Range dos clientes: 192.168.0.101-112

Nosso primeiro passo consiste de buscar os pacotes necessários, embora você possa ir no site www.ltsp.org para pegar os pacotes .deb, prefiro para isso usar o APT, usando um mirror não oficial que contém esse pacotes num repositório.

Para isso, acrescente a seguinte linha no seu sources.list:

deb http://termserv.berlios.de/debian testing non-free

Não esqueça do "apt-get update".

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação
   3. Configuração inicial
   4. Configurando o servidor
   5. Considerações finais
Outros artigos deste autor

Abrindo os logs automaticamte em consoles e monitorando-os pelo browser

file-rc - gerenciando a inicialização de serviços

Systemimager - O sistema de imagens do Linux

Leitura recomendada

Instalando o SoapUI no Ubuntu

Softmodem em Linux com dois kernels

Mono - Por que usá-lo?

ownCloud - Em poder de suas mãos (Private Cloud)

Resolvendo problemas com o Conexão Segura da CAIXA

  
Comentários
[1] Comentário enviado por pherseu em 13/01/2005 - 08:13h

amigo, eu já cheguei a implementar LTS uma vez, foi tudo bem tranquilo, eu que não tenho muita experiência no ramo linux consegui :) acho que com seu tutorial fica tudo bem mais fácil, heheh mastigado :) . mas vale lembrar que a documentação em ltsp.org é BEM VASTA e provavelmente as possíveis dúvidas estarão lá.
pra quem vai usar meu parecer é o seguinte: a solução é ÓTIMA, mas pense bem se você tem capacidade de processamento pra pendurar vários terminais no servidor :) e pense no que você vai rodar lá.
outra coisa, não cheguei a configurar o som nos clientes, mas dei uma olhada na documentação, parece ser um procedimento à parte.
gostaria de saber se alguém já gravou uma placa de rede para bootar via no sisteminha =) se sim, POR FAVOR deixar registrado aqui, peço desculpas por não poder fazer uma crítica/comentário legal sobre seu artigo pois há muito tempo não mexo com isso, mas ele está bem legal mesmo :)

[2] Comentário enviado por fernandoamador em 16/01/2005 - 05:31h

Ótimo.

[3] Comentário enviado por caklingel em 17/01/2005 - 17:25h

EU ja instalei ltsp pro linux, eram ao total 20 terminais.
O server era um atlhom mp 2800 biprocessado com 4giga de ram, 2 hd ultra320 scsi de 73gb e dvdrw. os clientes eu usei duron com mobo tha asrock (tudo onbord) para dar boot nos clientes eu usei o boot pxe da propria placa mae, nao foi necessario o disquete!
Os terminais rodavam com 1024x768 e 16bits de cor!
Fiz funcinar para o efeito de teste o som dos terminais, e nao eh que funcionou! Toda a documentacao eu achei no www.ltsp.org
Esta rodando no server o fedora core 1, o processamento nao passa de 20% e a ram 1,5Gb.

[4] Comentário enviado por korosso em 23/11/2005 - 21:08h

Instalei um Linux Terminal Service em Debian Sarge, configurei tudinho, de acordo com seu artigo. Mas o desktop gráfico não quer rodar nas estações, fica com o erro:

failed
sucessced
XDM: too many retransmissions

O que é isso?
O Xf86 abre normalmente até a parte deste erro, fica inicializando o X, o mouse se movimenta e tudo, mas não sai disto e nunca termina.

Obrigado!!

[5] Comentário enviado por famyam em 23/01/2006 - 11:03h

A maior dificuldade que tive com a implementação deste tipo de solução é o mapeamento de dispositivos remotos (montagem, leitura/gravação e desmontagem automática de floppy e cdrom) numa pasta do servidor na área do usuário. Ao usar um terminal, estou na verdade usando o Desktop no servidor. Então, como faço para ler ou gravar um arquivo no floppy-drive do meu terminal (sem usar o shell)? Este problema é agravado quando o servidor fica fora do alcance dos usuários (pois assim eles não podem colocar o disquete no servidor). Alguém conhece uma solução definitiva para este problema?

[6] Comentário enviado por linux.vitor em 22/08/2006 - 10:01h

olá...Ivan Lucio da Silva

fiz tudo que esta falando ai no tutorial e quando dou boot pelo disket no meu terminal ele da esse erro.

ERRO!!
FAILED TO MOUNT THE ROOT DIRECTORY VIA NFS!

KERNEL PANIC - NOT SYNCING ATEMPET KEL INIT!

e não funciona.

o que estou fazendo de errado???

[7] Comentário enviado por joseslei em 01/05/2008 - 23:38h

Ola amigo,

Otimo artigo, mas tenho uma duvida. Como faz pra bootar pela placa rede, sem usar disket ou HD?

[8] Comentário enviado por ezdn em 03/05/2008 - 10:46h

?comentario=olá amigo eu preciso usar uma solução parecida, mas não quero usar "terminais burros" maquinas sem hd, precisaria utilizar algo parecido com o mstsc da microsoft.... o terminal server client deles, mas quero isso em um server linux, a unica solução que eu achei foi
o nxserver, mas a versão free sóh suportou 2 conexões.

[9] Comentário enviado por joseslei em 04/05/2008 - 01:55h

Ola,
Amigo eu uso uma distribuição que usar terminais burros suporta ate 25 conexões, o problema é que ela não é muito estavel, sempre tenho problemas com ela, diskets não funcionan, som. Kero mudar de distribuição que funcione em terminais burros.

Distribuição
Sacix
http://www.sacix.org.br

[10] Comentário enviado por fabiomattes2011 em 09/05/2009 - 17:49h

Tenho uma dúvida, scanner irão funcionar no terminal burro, assim como as impressoras...


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts