Hello Android! Meu Primeiro APP

Neste artigo, demonstro a instalação básica e a criação do meu primeiro APP, que chamaremos de Hello Android!

[ Hits: 48.772 ]

Por: Andre Cardoso em 12/09/2012 | Blog: http://www.andrebian.com


Criando seu primeiro projeto Android



Agora que estamos com todas as configurações corretas, podemos finalmente começar trabalhar com a programação do Android.

Clique em: Arquivo → Novo → Other...(Outros...)

E na janela que abrir, selecione: Android → Android Application Project

Depois, clique em: Next

Criando novo projeto 1
Após isto, vamos definir o nome de nossa aplicação, e detalhe importantíssimo, vamos definir em quais versões do Android nosso aplicativo vai rodar.

Como estamos trabalhando somente com a versão 4.1 do Android, vamos selecioná-la em Build SDK (por indicação do próprio SDK que recomenda que sempre utilizemos a versão mais atual), já na opção Minimum Required SDK, vamos selecionar a versão 2.2 (Froyo) do Android.

As demais opções que já vêm marcadas, pode deixar como estão, afinal de contas, este é um exemplo básico de utilização do SDK. Clique em "Next", na tela que vem não vamos mexer, seria nela que você colocaria o ícone de sua aplicação, basta clicar em "Next".

Criando novo projeto 2
Agora, somente definimos o nome de nossa Activity, para cada tela que você deseje criar, posteriormente, poderá utilizar uma Activity diferente. Neste exemplo, como teremos apenas uma, deixaremos até mesmo com o nome padrão "MainActivity" e clicaremos em "Finish".

Criando novo projeto 3
Voilà! Olha só nosso ambiente de trabalho, agora vamos realmente começar a brincadeira!!!

Ambiente de trabalho

Inserindo um texto

Se você chegou até aqui, significa que realmente está com vontade de aprender Android, ou tem muita curiosidade de saber como este artigo terminará. Pois bem, vamos agora mostrar algum texto em nossa primeira (e única neste exemplo) tela.

Como eu comentei no início deste artigo, não adentraremos em programação avançada, a finalidade do mesmo é somente de uma forma simples (pelo menos após algumas tentativas) fazer com que o visitante visualize se compensa investir seu precioso tempo para seguir à risca o que está sendo demonstrado, visto que, até este ponto, já foram quase 3 horas de empenho pra mim, sem contar a parte de redigir os textos.

Ok, vamos colocar então um simples texto em nossa tela, eu vou mostrar no modo texto porque acredito que o ideal não é você saber que existem N ferramentas que podem ser adicionadas em seu projeto, mas sim, que de uma forma muito simples, você saiba a característica de pelo menos uma ferramenta.

Estando no ambiente de trabalho, conforme exibido na página anterior, note que existe uma tela de um celular escrito "Hello World!", note também, que um pouco abaixo dela, existem duas abas, a primeira chamada "Graphical Layout" e a segunda chamada "activity_main.xml", pois bem, clique sobre a segunda aba.

Perceba que abre uma tela com alguns códigos em formato XML. Nesta tela, a primeira tag tem como padrão RelativeLayout …, aqui, as possíveis utilizações básicas são RelativeLayou, AbsoluteLayout e TableLayout.
  • O relative indica que todo e qualquer conteúdo que você colocar a partir dele será alocado dinamicamente, ou seja, vai ocupar o espaço necessário para seu preenchimento independente do tamanho da tela do celular;
  • O absolute já é um pouco mais complicado de se trabalhar, ele define a posição exata do conteúdo, ou seja, se você criou um app e configurou uma caixa de texto para ocupar um certa posição baseado no seu AVD criado anteriormente, provavelmente em um celular com uma tela menor o layout de seu app ficará desconfigurado, não é recomendado sua utilização;
  • O TableLayout é uma forma de você criar seu layout através de tabelas, onde cada novo elemento assume uma nova linha, você pode utilizá-lo inserindo <TableRow /> para cada nova linha ou simplesmente adicionando os elementos um após o outro, como como será mostrado neste exemplo.


O arquivo activity_main.xml


Inserindo os primeiros elementos

Note na imagem acima, que já foi alterado o <RelativeLayout para <TableLayout, e como toda tag seja HTML ou XML, tem um início e um fim.

Para a definição de layout, geralmente abre-se e fecha-se com o sinal de menor seguido do elemento e sinal de menor, mais barra seguido do nome do elemento respectivamente (<TableLayout ... > </TableLayou>).

Já para os elementos que serão adicionados dentro da definição do layout, geralmente abrem-se e fecham-se seguidos de sinal de menor, nome do elemento, barra e sinal de maior (<TextView ... />).

<source>
   <TextView
      android:layout_width="fill_parent"
      android:layout_height="wrap_content"
      android:id="@+id/texto1"
      android:text="Bem vindo ao Viva o Linux, a maior comunidade GNU/Linux da América Latina!"
   />
</source>

Ah... mas aqui acima tem um monte de coisa estranha... (id, layout... peraí, o layout não ficava no início???)... Calma, vou explicar.

O que está neste exemplo é um elemento dentro da definição do layout, ou seja, o layout que estamos definindo aqui é deste elemento somente, e não de toda a aplicação, como é o caso do <TableLayout ... >.

Quanto ao id, eu o coloquei aí somente pra mostrar que você pode definir ele como um elemento, em que você pode coletar os dados do mesmo para tratar um nome ou endereço por exemplo.

Em um momento mais oportuno, quem sabe em um segundo artigo sobre o tema, eu explique como fazer algo um pouco mais avançado.

De momento, o que posso explicar é: layout_width="fill_parent"

Quer dizer que a largura será o total permitida pela tela.

layout_height="wrap_content", que a altura vai ocupar somente o espaço necessário para ser exibido. Caso colocássemos: layout_height="fill_parent"

A altura ocuparia todo o espaço disponível na tela.

Alguns possíveis elementos que podem ser utilizados:
  • <Button /> → Insere um botão na tela;
  • <EditText /> → insere uma caixa de texto;
  • <ImageView /> → insere uma imagem na tela, esta imagem deve ser importada na pasta drawable, mas isto fica pra outra oportunidade.

Neste artigo será colocado a prova somente o Hello Android, uma espécie de Hello World tradicional de inúmeras linguagens de programação.

Na próxima página, veremos a mágica acontecer, nossa aplicação rodando no AVD que criamos anteriormente.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Apresentação
   2. Criando seu primeiro AVD (Android Virtual Device)
   3. Criando seu primeiro projeto Android
   4. Rodando o Hello Android
Outros artigos deste autor

Instalando e configurando o Zsnes no Debian Squeeze

Internet lenta? Reclame é um direito seu, mas antes leia isto.

Por que há mais vantagens em usar o Linux

Leitura recomendada

Introdução ao Heimdall

Ambiente de Desenvolvimento para Android

Python com SL4A - A camada de script do Android

adb - Como capturar em vídeo a tela de seu Android

Android Things - Aplicativos IoT padronizado para Indústria 4.0

  
Comentários
[1] Comentário enviado por andrezc em 12/09/2012 - 13:29h

O artigo é uma boa introdução para o desenvolvimento de apps para Android. Só achei que faltou ensinar a enviar o app pro próprio aparelho. Farei uma dica a respeito disso.

[2] Comentário enviado por andrebian em 12/09/2012 - 17:26h


[1] Comentário enviado por andrezc em 12/09/2012 - 13:29h:

O artigo é uma boa introdução para o desenvolvimento de apps para Android. Só achei que faltou ensinar a enviar o app pro próprio aparelho. Farei uma dica a respeito disso.


entendi, na verdade o artigo foi bem inicial mesmo. Eu quis apenas mostrar como iniciar a programação no Android, visto que é muito complicada pra quem nunca viu. Será uma boa dica a sua ou mesmo um artigo visto que o VOL tem muito pouco artigo de Android atualmente...

[3] Comentário enviado por Lisandro em 12/09/2012 - 18:04h

ótimo. favoritei.

[4] Comentário enviado por saitam em 13/09/2012 - 08:37h

Ótimo artigo de introdução para desenvolvimento de APPs para Android.

No exemplo notei que usou apenas XML ?
Para complementar acho que faltou você apresentar o código Java utilizado no exemplo.

[5] Comentário enviado por rony2605 em 17/09/2012 - 15:15h

Perfeito o artigo, vou tentar fazer um player de musica

Android Rules!

[6] Comentário enviado por rahremix em 26/09/2012 - 20:39h

Acabei de fazer meu Hello Android no Archlinux!

Show de artigo!

10!!!

[7] Comentário enviado por andrebian em 29/09/2012 - 12:02h


[6] Comentário enviado por rahremix em 26/09/2012 - 20:39h:

Acabei de fazer meu Hello Android no Archlinux!

Show de artigo!

10!!!


Obrigado, a intenção deste artigo era mesmo dar noção de como iniciar o desenvolvimento em Android visto que pra quem não viu nada de Android ainda é muito dificil dar os primeiros passos

[8] Comentário enviado por ernestto em 04/01/2013 - 09:14h

Estou começando a desenvolver aplicativos Android. Obrigado pelo tutorial

[9] Comentário enviado por ronaldo13 em 15/03/2013 - 07:54h

Belo tutorial!!


[10] Comentário enviado por caslubas em 25/03/2013 - 01:13h

Olá, gostei do tutorial, poderia indicar outros tutoriais sobre o tema?

Penei um pouco para instalar o eclipse+sdk no opensuse na pasta /opt, enfrentei problemas com permissões. acabei instalando na pasta do usuário.

Abs!

[11] Comentário enviado por eduardoop em 17/07/2013 - 12:27h

Excelente tutorial. baixei os arquivos e irei testar....

[12] Comentário enviado por dejesusasophia em 25/04/2014 - 16:14h

André! tentei copiar ou extrair o arquivo (SDK) adt-bundle-linux-zip para a pasta /opt e não me foi permitido, diz que não tenho permissão para isto. Ate o momento o seu comentário foi o que achei mais fácil de trabalhar mas não consegui. também baixei JDK-8-LINUX-i585.tar.gz . Como diz o avatar the fame:
Instalando o Android SDK:

a- Baixe e instale o JDK, importante: REGISTRE!!! (JDK Installer):http://www.oracle.com/technetwork/ja...s-1836413.html

b- Baixe e instale o SDK (SDK Installer): developer.android.com/sdk/index.html

c- O SDK está instalado, mas Não o rode, leia as Instruções abaixo.

Obs: Se não aparecer ''NEXT'' em alguma parte, volte e avance.
http://brasildroid.com.br/galaxy-s-iii-i9300-novidades-tutoriais-dicas-noticias-divulgacoes-etc/1197...
Uso o linux mint 16 PETRA. Poderia me auxiliar a faze-lo reconhecer o tablet galaxy GT-P 1010 COM USB?

[13] Comentário enviado por dBourgLaReine em 17/04/2015 - 19:09h

Show de artigo!
Um dia eu entro nessa de programar pra Android.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts