Gravando vídeo aulas no Linux

Olá a todos do Viva o Linux! Este é meu primeiro artigo onde procuro descrever como utilizar o Instanbul e o Gtk-recordmydesktop, ambos os softwares são de código livre, para gravação de vídeo aula no Linux.

[ Hits: 33.631 ]

Por: Raimundo Nonato Sampaio em 16/03/2010


Gtk-recordmydesktop



Grande parte das aulas no Linux hoje são gravadas com o gtk-recordmydesktop, ele é software bastante conhecido, aqui no "Viva o Linux" encontramos diversos artigo sobre ele.

Alguns fatores fazem com que gtk-recordmydesktop seja o mais conhecido e entre esses fatores podemos citar a equipe de desenvolvimento motivada que transporta software para quase todas as distribuições disponível tais como: Arch Linux, Debian, Fedora, FreeBSD, Frugalware, Gentoo, KateOS, Mandriva, openSUSE, Pardus, Slackware.

Eu estou utilizando em Ubuntu 9.10, para as demais distribuições recomendo visualizar o site do desenvolvedores.

Vamos para o menu Aplicativos do Ubuntu no painel principal, encontre um ícone semelhante ao mostrado nas imagens abaixo.
Linux: Gravando vídeo aulas no linux
Linux: Gravando vídeo aulas no linux
Linux: Gravando vídeo aulas no linux
Linux: Gravando vídeo aulas no linux
Depois de instalado encontramos ele no menu aplicativos na aba multimídias como mostra a imagem abaixo.
Linux: Gravando vídeo aulas no linux
Para definirmos as telas do gtk-recordmydesktop devemos imaginarmos três opções, como a imagem abaixo:
Linux: Gravando vídeo aulas no linux
Com base nas opções da imagem acima podemos definir os seguintes métodos.
  • Seleção da tela: Seleção da janela que queremos gravar.
  • Qualidade do vídeo: Aqui definirmos a qualidade do vídeo, eu recomendo usar estar opção com cautela. Os efeitos colaterais podem ser desastrosos. Qualidade do som - deixe da mesma forma do vídeo.
  • Configurações avançadas no GTK: Aqui definimos as configurações avançadas.

Na opção "diretório de trabalho" localizamos os arquivos temporários onde todos os arquivos são gravados antes de serem codificados.

Certifique-se que a pasta onde você destinou é editável pelo seu usuário, se ela tem permissão de escrita. Neste podemos definir onde os vídeos estarão sendo salvos. Por exemplo: /home/fulanodetal/. Você podem mudar o diretório conforme sua escolha, como mostra a imagem abaixo.
Linux: Gravando vídeo aulas no linux
Performance - nesta aba temos as opções referentes a qualidade do vídeo.
Linux: Gravando vídeo aulas no linux
Quadros por segundo - designam a frequência de capturas de tela durante a gravação. Quanto mais alto for o número que você designa nessa opção, mais força para processar será exigida do seu computador. Isso também é diretamente proporcional ao tamanho do arquivo que você irá gerar. Essa opção mostra mais detalhadamente o que você faz, enquanto grava.

O "Encode on the fly" diz para o programa codificar enquanto faz a gravação do programa. Isso pode ser útil para baixos quadros por segundo, ou para a captura de pequenas áreas, pois essa opção pode aumentar muito o processamento do seu computador.

Compressão zero - controla a compressão do cache. Por padrão o cache está configurado sem compressão, desabilitando esta opção o programa necessitará de mais poder de CPU, necessitando de mais processamento (www.estudiolivre.org).

Som - nesta aba temos as opções referentes a qualidade do som, eu aconselho a deixar as padrões.
Linux: Gravando vídeo aulas no linux
Última aba: variados.
Linux: Gravando vídeo aulas no linux
Traz configurações padrões, a opção "Exibição" é a que faz inteiração com o ambiente X. O cursor do mouse é uma opção para colorir a cor do mouse para diferenciar em telas pretas e telas brancas, por exemplo, se estiver gravando o terminal deverá colocar o mouse na cor branca, ou se estiver usando um browser deverá usar o mouse na cor preta, mas isso não é uma convenção, é somente questão estética. Também há a opção de não gravar o mouse.

A extensão MIT-Shm usa memória MIT compartilhada, se desabilitar essa informação pode ocasionar lentidão no computador durante a gravação. A opção "Dicas" é a que habilita as especificações quando passamos o mouse sobre cada botão ou objeto que possui ente na tela. Mais informações em:

Vantagem e desvantagem no uso do Istanbul e Gtk-recordmydesktop

Vantagens do Istanbul:

No Istanbul os vídeos são bem mais detalhados, o formato é bastante comprimido, ótimo para "youtube".

Desvantagem do Istanbul:

Interface com pouca didática para usuários iniciantes.

Vantagem do gtk-recordmydesktop:

Interface bem intuitiva ótima para iniciantes. Formato de vídeo livre Ogg.

Desvantagem o gtk-recordmydesktop:

Exige bastante da máquina, é muito pesado e dependo das configurações do vídeo o som trela muito ficando difícil postar no "youtube". Sem conversor de vídeo.

Conclusão:

Procurei demonstrar neste artigo que existem muitas maneiras de projetar uma vídeo-aula utilizando o software livre e sem recorrer ao software proprietário, haja vista que já não és mais servo do Windows.

Referências:
Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Istambul, dispositivo de som, gtk-recordmydesktop
   2. Gtk-recordmydesktop
Outros artigos deste autor

Instalando o Gerenciador Clínico Odontológico

Leitura recomendada

Monitoração de tráfego com MRTG

Terminais leves com LTSP - Linux Terminal Server Project

AnyRemote - o poder em suas mãos!

Alternativas ao Microsoft Visio para Linux

Afinal, o que há de tão especial no KDE 4?

  
Comentários
[1] Comentário enviado por striteiro em 16/03/2010 - 13:03h

Interessante o artigo, espero que venham mais!
Obrigado!

[2] Comentário enviado por cleysinhonv em 16/03/2010 - 13:13h

Olá Raimundo,

Ótima contribuição conhecer softwares dessa natureza no universo livre é sempre bom.
Obrigado pela referência!
http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Elaborando-videoaula-no-Linux-com-GtkrecordMydesktop?pagina=2

Um abraço!

[3] Comentário enviado por franciscosouza em 16/03/2010 - 13:57h

Bacana o artigo, bem prático ;]

Parabéns :)

[4] Comentário enviado por markinhos689 em 07/04/2010 - 16:45h

Muito Bom!
Eu nrm sabia que existia esse tipo de programa para linux !
Vc me ajudou bastante!
Muito Obrigado!

[5] Comentário enviado por fernandoguedes em 26/06/2010 - 15:20h

Boa!


Contribuir com comentário