GoboLinux? Que distro é essa? (Parte 2 - Instalação)

Neste artigo, dando sequência ao artigo que fala sobre GoboLinux, abordarei a instalação desta distro no HD.

[ Hits: 25.041 ]

Por: Bruno de Jesus Barreira Pereira em 07/06/2008


Após os preparativos, a instalação propriamente dita



Após ter configurado todas as etapas do utilitário de instalação, aparecerá um aviso de confirmação. Neste ponto você pode prosseguir, para que o GoboLinux seja instalado no HD, ou rever todas as configurações, caso tenha cometido um erro.



Conferindo todas as opções você pode clicar em FINISH, fazendo aparecer a seguinte tela, indicando a cópia dos arquivos e a configuração do HD para que após o processo, o GoboLinux seja iniciado a partir do disco rígido.



No fim da instalação, será pedido para que você reinicie o computador e assim poder dar partida e aproveitar esta nova opção de distro Linux.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução (Importante ler antes de tudo)
   2. Instalando os programas e configuração de bootloader
   3. Configuração de usuários
   4. Após os preparativos, a instalação propriamente dita
   5. Dificuldades encontradas e solução de problemas
Outros artigos deste autor

GoboLinux? Que distribuição é essa? (Parte 1- Primeiros contatos)

GoboLinux? Que distro é essa? (Parte 3 - Instalando programas)

Leitura recomendada

Modems no GNU/Linux

Cluster de alta disponibilidade para servidores web com Debian 7.1 + Corosync + Pacemaker + DRBD

Multifuncional HP Deskjet Ink Advantage 2546 no GNU/Linux

Incrementando as funções do KDE com "servicemenus"

Instalando uma Nvidia no Debian

  
Comentários
[1] Comentário enviado por thiagopriest em 07/06/2008 - 19:41h

Muito bom esta distribuição Gaúcha!
Ganhei um cd durante o 9º FISL e fiquei muito feliz quando rodei o live, muito bem elaborado e customizado com pacotes do KDE e Gnome.

[2] Comentário enviado por juliaojunior em 08/06/2008 - 02:30h

kara, essa distro é realmente gaúcha? é q visitei o site, e está em vários idiomas, e o português não é o padrão.

[3] Comentário enviado por thiagopriest em 08/06/2008 - 02:33h

Tenho certeza cara.

[4] Comentário enviado por ricardorrm em 08/06/2008 - 14:42h

Realmente, esta distro é gaúcha. Apareceu pela primeira vez na extinta Revista do Linux. O idioma padrão não é o português pela simples razão de ter outros desenvolvedores fora do Brasil. Até já tentei utilizá-la, mas não me adaptei. Gosto mais do Mandriva, devido a semelhança com a Conectiva, outra distro que gostava muito. E como uma comprou a outra, fiquei bem satisfeito com o resultado. Boa sorte a todos.

[5] Comentário enviado por albfneto em 09/06/2008 - 01:05h

oI.
Estou, neste momento, testando a versão nova do GoboLinux.
estou no LIve CD,pq como o Sabayon 3.5, ele não reconhece meu disco rígido...
Gostei, até porcompliar programas, gosto de Linux decompilação.
amigo, muito bons seus artigos. lembro que para ter varios sistemas operacionais, sem problemas co Grub. vc pode usar um gerenciador de boot gráfico.
tem um muito seguro o GAG. ele cria, se vc quiser, um disco de boot, e ai nunca perderá, alem disso ele proprio , na config, pode dar boot, se o "grub" dele proprio falhar!
alem disso, é seguro, pq não fica na MBR!

[6] Comentário enviado por juliaojunior em 10/06/2008 - 01:33h

vou testar agora!!!

[7] Comentário enviado por SithX em 09/07/2008 - 19:04h

Sim a distro é gaúcha!
Criada pelo Hisham quando ele morava em São Léo!
Falo nisso, porque o Hisham e o Guilherme Bedin (outro admin do GoboLinux) trabalham comigo =D

apenas pra acrescentar aí, que talvez nao tenha ficado muito claro: o GoboLinux possui pacotes binários sim!! através do utilitário "InstallPackage". Acontece que o repositório nao é muito grande, e não tem as versões mais recentes de muitos programas, então a galera acaba usando mais é o Compile mesmo =D


Contribuir com comentário