GoboLinux? Que distro é essa? (Parte 2 - Instalação)

Neste artigo, dando sequência ao artigo que fala sobre GoboLinux, abordarei a instalação desta distro no HD.

[ Hits: 25.066 ]

Por: Bruno de Jesus Barreira Pereira em 07/06/2008


Dificuldades encontradas e solução de problemas



Mencionei anteriormente na parte que falei sobre a instalação do bootloader que tive um problema, e explicarei o que aconteceu e por que a princípio eu não instalei o GRUB no MBR:

Como eu possuo Windows XP no computador, ao instalar o grub no MBR para que o computador inicializasse em dualboot, nenhum dos dois sistemas operacionais inicializavam... e após pesquisar bastante e testar alguns procedimentos sem sucesso, decidi inicializar o GoboLinux utilizando o programa de boot do Windows XP.

Alguns devem saber como proceder dessa forma mas explicarei a seguir. Este procedimento não é definitivo, mas é uma solução que funcionou a princípio:

1) Comece o processo de instalação do GoboLinux, e na parte que pergunta sobre instalar o bootloader, desmarque a opção "instalar bootloader". Ele não vai instalar o grub no MBR, mas também não instalará no início da partição. Você terá que instalá-lo manualmente

2) Após instalar o GoboLinux, não reinicie, mas caso por acidente tenha reiniciado e notado que o GoboLinux não deu boot, reinicie o computador com o live CD do GoboLinux.

3) Na linha de comando, você digita "grub". Quando abrir o shell do grub, você digita os seguintes comandos:

OBS: Se você instalou o GoboLinux na segunda partição do HD master da IDE primária, será (hd0,1)

grub> root (hdx,y)
grub> setup (hdx,y)
grub> quit

Este comando faz com que ao invés de gravar o grub no MBR, ele seja gravado no início da partição onde foi instalado o GoboLinux.

4) Copie o setor de boot que você acabou de gravar no início da partição com o comando dd (atenção no x e y! é a partição do HD onde foi instalado o GoboLinux):

$ dd if=/dev/hdXY of=gobo.lnx bs=512 count=1

5) Grave este novo arquivo em um disquete ou pendrive e inicie o Windows.

6) Grave este arquivo na raiz do C:.

7) Adicione ao arquivo boot.ini a seguinte linha:

(Muito cuidado neste ponto. Para segurança, grave uma cópia do arquivo original e mantenha em segurança)

C:\gobo.lnx="GoboLinux"

8) Reinicie o computador e veja que apareceu um menu podendo escolher entre o Windows XP e o GoboLinux.

Conclusão

Após a instalação, você tem o GoboLinux rodando em seu computador.

Utilizar o bootloader do Windows para controlar a partida dos dois sistemas foi o único meio encontrado (até o momento) para dar partida na distro tendo também o Windows no computador, mas espero encontrar a solução para este problema, ou quem já tenha encontrado compartilhe com a comunidade.

Deixo o site da distro para maiores informações e dúvidas:
Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução (Importante ler antes de tudo)
   2. Instalando os programas e configuração de bootloader
   3. Configuração de usuários
   4. Após os preparativos, a instalação propriamente dita
   5. Dificuldades encontradas e solução de problemas
Outros artigos deste autor

GoboLinux? Que distribuição é essa? (Parte 1- Primeiros contatos)

GoboLinux? Que distro é essa? (Parte 3 - Instalando programas)

Leitura recomendada

Asterisk - Instalação e configuração no Debian Lenny

Controle de versão usando Git integrado ao Redmine

Configuração manual dos ponteiros do mouse

Nagios - Configurando níveis de acesso e autenticação centralizada no Active Directory

Introdução ao gerenciador de janelas i3

  
Comentários
[1] Comentário enviado por thiagopriest em 07/06/2008 - 19:41h

Muito bom esta distribuição Gaúcha!
Ganhei um cd durante o 9º FISL e fiquei muito feliz quando rodei o live, muito bem elaborado e customizado com pacotes do KDE e Gnome.

[2] Comentário enviado por juliaojunior em 08/06/2008 - 02:30h

kara, essa distro é realmente gaúcha? é q visitei o site, e está em vários idiomas, e o português não é o padrão.

[3] Comentário enviado por thiagopriest em 08/06/2008 - 02:33h

Tenho certeza cara.

[4] Comentário enviado por ricardorrm em 08/06/2008 - 14:42h

Realmente, esta distro é gaúcha. Apareceu pela primeira vez na extinta Revista do Linux. O idioma padrão não é o português pela simples razão de ter outros desenvolvedores fora do Brasil. Até já tentei utilizá-la, mas não me adaptei. Gosto mais do Mandriva, devido a semelhança com a Conectiva, outra distro que gostava muito. E como uma comprou a outra, fiquei bem satisfeito com o resultado. Boa sorte a todos.

[5] Comentário enviado por albfneto em 09/06/2008 - 01:05h

oI.
Estou, neste momento, testando a versão nova do GoboLinux.
estou no LIve CD,pq como o Sabayon 3.5, ele não reconhece meu disco rígido...
Gostei, até porcompliar programas, gosto de Linux decompilação.
amigo, muito bons seus artigos. lembro que para ter varios sistemas operacionais, sem problemas co Grub. vc pode usar um gerenciador de boot gráfico.
tem um muito seguro o GAG. ele cria, se vc quiser, um disco de boot, e ai nunca perderá, alem disso ele proprio , na config, pode dar boot, se o "grub" dele proprio falhar!
alem disso, é seguro, pq não fica na MBR!

[6] Comentário enviado por juliaojunior em 10/06/2008 - 01:33h

vou testar agora!!!

[7] Comentário enviado por SithX em 09/07/2008 - 19:04h

Sim a distro é gaúcha!
Criada pelo Hisham quando ele morava em São Léo!
Falo nisso, porque o Hisham e o Guilherme Bedin (outro admin do GoboLinux) trabalham comigo =D

apenas pra acrescentar aí, que talvez nao tenha ficado muito claro: o GoboLinux possui pacotes binários sim!! através do utilitário "InstallPackage". Acontece que o repositório nao é muito grande, e não tem as versões mais recentes de muitos programas, então a galera acaba usando mais é o Compile mesmo =D


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts