Fresh Player no Slackware (sim, FRESH)

Instalação do plugin Fresh Player no Slackware, que "chama" o plugin do Google Chrome, que continua com atualizações, para permitir o seu uso no Firefox.

[ Hits: 8.217 ]

Por: Xerxes Lins em 09/07/2014


Resolvendo as dependências



Procedimento testado no Slackware 14.1.

As versões dos softwares neste artigo servem como exemplo, pois com o passar do tempo, ficarão desatualizados.

Como deve saber, a Adobe não atualiza mais o plugin Flash para o GNU/Linux. A única maneira de te-lo atualizado no GNU/Linux, é usando o Google Chrome. Porém, o Google Chrome deixou de usar o NPAPI e passou a usar o PPAPI, o que tornou o Google Chrome incompatível com o plugin Java.

Dentre as possíveis soluções para ter o Flash atualizado e a compatibilidade com o plugin Java no mesmo navegador (Firefox), está o Fresh Player.

Site do projeto:
O Fresh Player exige algumas dependências, que são:
  • alsa
  • glib-2.0
  • x11
  • xinerama
  • egl
  • glesv2
  • liburiparser
  • libconfig
  • libevent
  • libevent_pthreads
  • cairo
  • pango
  • pangocairo
  • pangoft2
  • freetype2
  • gtk+-2.0

Se você fez uma instalação FULL do DVD do Slackware, terá quase todas. Vai ficar faltando apenas a liburiparser e vai precisar também recompilar o MesaLib, para ter o glesv2.

Vamos lá. Primeiro faça o download do MesaLib, para recompilar:

wget -m -np -p http://slackbuilds.org/mirror/slackware/slackware-14.1/source/x/mesa/

Depois, acesse o diretório:

cd slackbuilds.org/mirror/slackware/slackware-14.1/source/x/mesa/

Altere o script de compilação:

nano mesa.SlackBuild

Procure pelo seguinte bloco de texto:

 CFLAGS="$SLKCFLAGS" \
 ./configure \
   --prefix=/usr \
   --sysconfdir=/etc \
   --libdir=/usr/lib${LIBDIRSUFFIX} \
   --mandir=/usr/man \
   --docdir=/usr/doc/mesa-$VERSION \
   --with-dri-driverdir=/usr/lib${LIBDIRSUFFIX}/xorg/modules/dri \
   --with-dri-drivers="$DRI_DRIVERS" \
   --with-gallium-drivers=nouveau,r300,r600,svga \
   --enable-gallium-llvm \
   --enable-shared-glapi \
   --enable-xa \
   --enable-osmesa \
   --build=$ARCH-slackware-linux


Agora, o segredo é adicionarmos um novo parâmetro ao ./configure, que é o --enable-gles2. Deixando assim:

CFLAGS="$SLKCFLAGS" \
./configure \
  --enable-gles2 \
  --prefix=/usr \
  --sysconfdir=/etc \
  --libdir=/usr/lib${LIBDIRSUFFIX} \
  --mandir=/usr/man \
  --docdir=/usr/doc/mesa-$VERSION \
  --with-dri-driverdir=/usr/lib${LIBDIRSUFFIX}/xorg/modules/dri \
  --with-dri-drivers="$DRI_DRIVERS" \
  --with-gallium-drivers=nouveau,r300,r600,svga \
  --enable-gallium-llvm \
  --enable-shared-glapi \
  --enable-xa \
  --enable-osmesa \
  --build=$ARCH-slackware-linux

Salve e feche o arquivo.

Como eu sei disso? Eu li no site oficial do mesa: Mesa EGL

Em seguida, remova o mesa que está instalado:

# slackpkg remove mesa

Obs.: se houver multilib habilitado, não remova o pacote de compatibilidade (mesa-compat32).

Agora, recompile o novo pacote com o novo parâmetro que foi adicionado:

chmod +x mesa.SlackBuild

# sh mesa.SlackBuild


Aguarde e quando terminar, haverá um pacote em /tmp. Basta instalar:

# installpkg /tmp/mesa-9.1.7-x86_64-1.txz

Com isso, concluímos a resolução de uma das dependências. Agora, vamos ao segundo arquivo faltante.

Antes de instalarmos o liburiparser, será necessário instalarmos o src2pkg, cuja página é:
Faça o download do arquivo .txz, em:
Instale o pacote:

# installpkg src2pkg-3.0-noarch-2.txz
# src2pgk --setup


Agora sim, você baixa o liburiparser em:
Ou, diretamente em:
Não use o ports para Slackware, pois está desatualizado. Baixe o código fonte mesmo, exemplo: uriparser-0.8.0.tar.bz2

Usando o src2pkg, prepare o pacote para ser instalado:

src2pkg uriparser-0.8.0.tar.bz2 -e='--disable-test --disable-doc'

Isso irá gerar o seguinte arquivo: /tmp/uriparser-0.8.0-x86_64-1.txz

Basta instalar:

# installpkg /tmp/uriparser-0.8.0-x86_64-1.txz

Com isso, as duas dependências para o Fresh Player foram sanadas.

Continuemos.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Resolvendo as dependências
   2. Instalação do Fresh Player
Outros artigos deste autor

Não quebre o Debian

Instalação do Android CyanogenMod na linha Moto G

Instalação do Funtoo GNU/Linux em VirtualBox

Suítes de escritório com corretor ortográfico e gramatical no GNU/Linux

Slackware Current redondo com XFCE

Leitura recomendada

GPT - Guid Partition Table

Introdução ao DevOps - Infraestrutura como código

Como instalar o A2Billing (x)Ubuntu

Apache + MariaDB + PHP + phpMyAdmin no CentOS 7

Configurando o Apache para deixar dois servidores web no mesmo link

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/07/2014 - 12:39h

Com algumas adaptações (em relação às dependências) consegui fazer funcionar no Firefox do meu openSUSE 13.1 64 bits. Pena é ter que instalar um navegador para poder usar outro. Gosto do Firefox e fico com ele. Por isso, vale o esforço de instalar o google chrome para ter o flash player atualizado no Firefox. Espero que logo não sejamos mais refém de softwares proprietários como esse.

O estranho foi que instalei o google chrome mais recente e mesmo assim, o flash player não é o mais atual, pois no site da Adobe a versão mais recente é a 14.

"Arquivo: libfreshwrapper.so
Caminho: /home/ifch/.mozilla/plugins/libfreshwrapper.so
Versão: 13.1.2.3
Status: Ativo
Shockwave Flash 13.1.2.3 (actual version unknown) (FreshPlayerPlugin)"

Obrigado pela dica.

[2] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/07/2014 - 12:45h

Detalhe: os vídeos do Globo.com não funcionam.


[3] Comentário enviado por xerxeslins em 10/07/2014 - 13:00h

Quando chegar em casa vou pesquisar sobre isso. No meu computador está rodando vídeos do globo sim.

Sobre a questão da diferença de versão eu tbm vou checar.

Se eu achar alguma pista de como ajudar eu aviso.

Até mais tarde.

[4] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/07/2014 - 13:43h

Obrigado pela ajuda.

Eu testei outras soluções como o LigthSpark (foi o melhor nos testes mas ainda falha) e o Shumway (não rodou nenhum video). No entanto, a alternativa com o Fresh Player foi a mais eficiente.

[5] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/07/2014 - 13:51h

Outra coisa: no lugar do Chrome é possível usar o Chromium ou esse não contem o flash nativo. Desculpe a pergunta mas não uso esses navegadores e por isso desconheço suas funcionalidades.

[6] Comentário enviado por leandro em 10/07/2014 - 16:40h

Rapaz, eu até tentei instalar seguindo o artigo, mas não consegui. Dava um erro na compilação do mesa (e não era falta de dependências). =\

Mas como sou meio doido, instalei ele de um jeito meio na "gambiarra":

- Baixei o pacote do freshplayer do Ubuntu: http://www.ubuntuupdates.org/package/webupd8/saucy/main/base/freshplayerplugin
Descompactei e peguei só o arquivo "libfreshwrapper-pepperflash.so", renomeei e copiei para ~/.mozilla/plugins

Só que faltavam as dependências:

1. A primeira, libGLESv.2.so, era obtida através da recompilação do mesa.
Baixei o pacote libgles2-mesa do Debian aqui: https://packages.debian.org/squeeze-backports/libgles2-mesa
Descompactei, peguei o arquivo "libGLESv2.so.2.0.0", renomeei para "libGLESv2.so.2" e copiei para /usr/lib64

2. A segunda, liburiparser, já aproveitei e pequei do Debian também: https://packages.debian.org/wheezy/liburiparser1
Descompactei, peguei o arquivo "liburiparser.so.1.0.10", renomeei para "liburiparser.so.1" e copiei para /usr/lib64

Depois disso, é incrível que tudo funciona! rsrs. Estou usando o Flash 14.0 do Chromium.

@Fábio - O Chromium (pelo menos do Slackware) não vem com o Flash igual o Chrome. É necessário instalar o pacote "chromium-pepperflash-plugin" para utilizá-lo.

Obs.:
- Meu Slackware é um current 64 bits.
- O path do arquivo freshwrapper.conf ficou assim:

plugin_path = "/usr/lib64/PepperFlash/libpepflashplayer.so"

Abraços.

[7] Comentário enviado por enricolo4 em 10/07/2014 - 20:28h

Otima dica mas tive que instalar algumas dependencias aqui, como o libcpptest e o graphviz para poder criar o .txz do uriparser. Depois criei a pasta plugins no ~/.config/mozilla aiii deu certo.
Mas ta rodando perfeitamente aqui.

Vlw ai pela dica.

[8] Comentário enviado por xerxeslins em 10/07/2014 - 21:56h

Galera, tbm pensei em usar o pacote deb pra suprir as dependências, mas aqui rolou de boa recompilar o mesa e etc.

Agora respondendo ao Fabio Farias:

1) o Chromium não tem esse flash, só o Google Chrome mesmo. AlienBOB criou um pacote pra ser usado no Chromium por causa disso.

http://alien.slackbook.org/blog/last-week-new-chromium-flash-openjdk/

2) Removi tudo aqui e instalei novamente para testar o lance da versão e dos vídeos da globo tv.

Conclusão: o google-chrome do repositório slacky é mais velho que o google-chrome .deb que se pode baixar diretamente no site.

Depois entrei no site:

https://www.adobe.com/software/flash/about/

O primeiro mostra versão 13 na página, e o segundo mostra versão 14. Mas no endereço "about:plugin" os dois aparecem 13. Coisa louca.

3) Sobre os vídeos do globo tv, depois que reinstalei, deixou de funcionar! Mas calma! Eu descobri o que era! Eu tinha instalado a versão mais atualizada do plugin (aquela onde eu disse no artigo que tinha dado crash). Mas ela tá boa agora. por isso vou atualizar o artigo!!!! Vou incluir o procedimento que instala o plugin que consegue rodar vídeos do globo tv.

Abraço a todos.

Assim que eu atualizar eu comento aqui novamente!

[9] Comentário enviado por xerxeslins em 10/07/2014 - 22:21h

ARTIGO ATUALIZADO!!

Mudei a página 2, adicionando o subtítulo "Instalação do plugin"

Agora seguindo o comando é possível usar a versão mais nova do plugin que permite assistir vídeos do globo tv.

Antes de executar o novo procedimento, remova os plugins antigos com:

$ rm ~/.mozilla/plugins/libfreshwrapper.so

Depois disso, beleza! Pode reinstalar o plugin usando os novos passos.

Abraço!!!

[10] Comentário enviado por darkstarfire em 11/07/2014 - 12:47h

Caso você não goste ou não queira instalar o Google Chrome, basta pegar o plugin extraido do mesmo e instalar
http://www.slackware.com/~alien/slackbuilds/chromium-pepperflash-plugin/

Cortesia do Alien Bob.

[11] Comentário enviado por xerxeslins em 11/07/2014 - 18:34h


[10] Comentário enviado por darkstarfire em 11/07/2014 - 12:47h:

Caso você não goste ou não queira intalar o Google Chrome, basta pegar o plugin extraido do mesmo e instalar
http://www.slackware.com/~alien/slackbuilds/chromium-pepperflash-plugin/

Cortesia do Alien Bob.


Sim, valeu! ;)

[12] Comentário enviado por Fabio_Farias em 11/07/2014 - 23:26h

@xerxeslins
Obrigado pela informação quanto ao Chromium.
Ainda não testei o Fresh Player com sua dica atualizada pois estava testando o Pipelight e esse ultimo se saiu bem melhor nos testes que o Fresh Player. Ele é mais fácil de instalar no openSUSE, não precisa ter um outro navegador instalado e usa a versão mais recente do Flash Player, que atualmente é a 14. Sendo assim, vou ficar com o Pipelight.

@darkstarfire
Obrigado pela dica. Assim, não precisa ter outro navegador instalado.

[13] Comentário enviado por xerxeslins em 11/07/2014 - 23:30h


[12] Comentário enviado por Fabio_Farias em 11/07/2014 - 23:26h:

@xerxeslins
Obrigado pela informação quanto ao Chromium.
Ainda não testei o Fresh Player com sua dica atualizada pois estava testando o Pipelight e esse ultimo se saiu bem melhor nos testes que o Fresh Player. Ele é mais fácil de instalar no openSUSE, não precisa ter um outro navegador instalado e usa a versão mais recente do Flash Player, que atualmente é a 14. Sendo assim, vou ficar com o Pipelight.

@darkstarfire
Obrigado pela dica. Assim, não precisa ter outro navegador instalado.


Beleza!

Eu também usei o Pipelight Flash sem problemas, mas já vi gente reclamando que trava. Comigo tá tranquilo. Caso trave, vc pode pensar em voltar a usar o pepper.
A opção Pipelight Flash, que vc está usando, pelos meus testes, teve o melhor desempenho. O resultado do teste coloquei aqui:
http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Pipelight-Flash-vs-Fresh-Player-vs-Adobe-Flash-nativo-vs-Pepper-...

Abraço!

[14] Comentário enviado por Fabio_Farias em 11/07/2014 - 23:35h

Não sabia desses problemas de travamento. Por enquanto está funcionando. Mas como você mesmo disse, qualquer coisa volto com o Fresh Player. Ao menos tenho duas boas alternativas. Antes estava refém da obsoleta versão 11 do Flash Player para Linux.

Obrigado pelo empenho em me ajduar.

Abraços!

[15] Comentário enviado por zezaocapoeira em 14/07/2014 - 19:56h

Salve xerxeslins . Aqui no meu Slackware 14.1 64 bits multilib ,o freshplayer , tá funcionando de boa . Pra instalar ele aqui tive que acrescentar em :


$ src2pkg uriparser-0.8.0.1.tar.bz2


$ src2pkg uriparser-0.8.0.1.tar.bz2 -e='--disable-test --disable-doc'

Sem esse acréscimo dava erro na criação do pacote aqui .

Fiz o teste descrito aqui http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Pipelight-Flash-vs-Fresh-Player-vs-Adobe-Flash-nativo-vs-Pepper-... , e a média foi de ( 18762 ) . Esse foi o resultado do teste com freshplayer instalado aqui.


Obrigado pela atenção , salve !!!

[16] Comentário enviado por zezaocapoeira em 17/07/2014 - 07:15h

Salve xerxeslins . Instalei o freshplayer aqui no Gentoo , com adaptações . E está funcionando de boa .

Obrigado pela atenção , salve !!!

[17] Comentário enviado por xerxeslins em 18/07/2014 - 20:25h


[15] Comentário enviado por zezaocapoeira em 14/07/2014 - 19:56h:

Salve xerxeslins . Aqui no meu Slackware 14.1 64 bits multilib ,o freshplayer , tá funcionando de boa . Pra instalar ele aqui tive que acrescentar em :


$ src2pkg uriparser-0.8.0.1.tar.bz2


$ src2pkg uriparser-0.8.0.1.tar.bz2 -e='--disable-test --disable-doc'

Sem esse acréscimo dava erro na criação do pacote aqui .

Fiz o teste descrito aqui http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Pipelight-Flash-vs-Fresh-Player-vs-Adobe-Flash-nativo-vs-Pepper-.... , e a média foi de ( 18762 ) . Esse foi o resultado do teste com freshplayer instalado aqui.


Obrigado pela atenção , salve !!!


Opa! vc está certo. esqueci de colocar esses parâmetros no src2pkg no artigo. coloquei agora e tá beleza.

estou usando o fresh tbm, mesmo com desempenho um pouco menor que o pipe-light flash.. pra nao ficar usando muita coisa de windows


Contribuir com comentário