Fresh Player no Slackware (sim, FRESH)

Instalação do plugin Fresh Player no Slackware, que "chama" o plugin do Google Chrome, que continua com atualizações, para permitir o seu uso no Firefox.

[ Hits: 8.714 ]

Por: Xerxes Lins em 09/07/2014 | Blog: https://voidlinux.org/


Resolvendo as dependências



Procedimento testado no Slackware 14.1.

As versões dos softwares neste artigo servem como exemplo, pois com o passar do tempo, ficarão desatualizados.

Como deve saber, a Adobe não atualiza mais o plugin Flash para o GNU/Linux. A única maneira de te-lo atualizado no GNU/Linux, é usando o Google Chrome. Porém, o Google Chrome deixou de usar o NPAPI e passou a usar o PPAPI, o que tornou o Google Chrome incompatível com o plugin Java.

Dentre as possíveis soluções para ter o Flash atualizado e a compatibilidade com o plugin Java no mesmo navegador (Firefox), está o Fresh Player.

Site do projeto:
O Fresh Player exige algumas dependências, que são:
  • alsa
  • glib-2.0
  • x11
  • xinerama
  • egl
  • glesv2
  • liburiparser
  • libconfig
  • libevent
  • libevent_pthreads
  • cairo
  • pango
  • pangocairo
  • pangoft2
  • freetype2
  • gtk+-2.0

Se você fez uma instalação FULL do DVD do Slackware, terá quase todas. Vai ficar faltando apenas a liburiparser e vai precisar também recompilar o MesaLib, para ter o glesv2.

Vamos lá. Primeiro faça o download do MesaLib, para recompilar:

wget -m -np -p http://slackbuilds.org/mirror/slackware/slackware-14.1/source/x/mesa/

Depois, acesse o diretório:

cd slackbuilds.org/mirror/slackware/slackware-14.1/source/x/mesa/

Altere o script de compilação:

nano mesa.SlackBuild

Procure pelo seguinte bloco de texto:

 CFLAGS="$SLKCFLAGS" \
 ./configure \
   --prefix=/usr \
   --sysconfdir=/etc \
   --libdir=/usr/lib${LIBDIRSUFFIX} \
   --mandir=/usr/man \
   --docdir=/usr/doc/mesa-$VERSION \
   --with-dri-driverdir=/usr/lib${LIBDIRSUFFIX}/xorg/modules/dri \
   --with-dri-drivers="$DRI_DRIVERS" \
   --with-gallium-drivers=nouveau,r300,r600,svga \
   --enable-gallium-llvm \
   --enable-shared-glapi \
   --enable-xa \
   --enable-osmesa \
   --build=$ARCH-slackware-linux


Agora, o segredo é adicionarmos um novo parâmetro ao ./configure, que é o --enable-gles2. Deixando assim:

CFLAGS="$SLKCFLAGS" \
./configure \
  --enable-gles2 \
  --prefix=/usr \
  --sysconfdir=/etc \
  --libdir=/usr/lib${LIBDIRSUFFIX} \
  --mandir=/usr/man \
  --docdir=/usr/doc/mesa-$VERSION \
  --with-dri-driverdir=/usr/lib${LIBDIRSUFFIX}/xorg/modules/dri \
  --with-dri-drivers="$DRI_DRIVERS" \
  --with-gallium-drivers=nouveau,r300,r600,svga \
  --enable-gallium-llvm \
  --enable-shared-glapi \
  --enable-xa \
  --enable-osmesa \
  --build=$ARCH-slackware-linux

Salve e feche o arquivo.

Como eu sei disso? Eu li no site oficial do mesa: Mesa EGL

Em seguida, remova o mesa que está instalado:

# slackpkg remove mesa

Obs.: se houver multilib habilitado, não remova o pacote de compatibilidade (mesa-compat32).

Agora, recompile o novo pacote com o novo parâmetro que foi adicionado:

chmod +x mesa.SlackBuild

# sh mesa.SlackBuild


Aguarde e quando terminar, haverá um pacote em /tmp. Basta instalar:

# installpkg /tmp/mesa-9.1.7-x86_64-1.txz

Com isso, concluímos a resolução de uma das dependências. Agora, vamos ao segundo arquivo faltante.

Antes de instalarmos o liburiparser, será necessário instalarmos o src2pkg, cuja página é:
Faça o download do arquivo .txz, em:
Instale o pacote:

# installpkg src2pkg-3.0-noarch-2.txz
# src2pgk --setup


Agora sim, você baixa o liburiparser em:
Ou, diretamente em:
Não use o ports para Slackware, pois está desatualizado. Baixe o código fonte mesmo, exemplo: uriparser-0.8.0.tar.bz2

Usando o src2pkg, prepare o pacote para ser instalado:

src2pkg uriparser-0.8.0.tar.bz2 -e='--disable-test --disable-doc'

Isso irá gerar o seguinte arquivo: /tmp/uriparser-0.8.0-x86_64-1.txz

Basta instalar:

# installpkg /tmp/uriparser-0.8.0-x86_64-1.txz

Com isso, as duas dependências para o Fresh Player foram sanadas.

Continuemos.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Resolvendo as dependências
   2. Instalação do Fresh Player
Outros artigos deste autor

Introdução ao Arch Build System

Xubuntu Retrô (ao estilo Space Invaders)

Slackware Current redondo com XFCE

Não precisamos de antivírus, eles sim

O que há de novo no Linux Mint 12?

Leitura recomendada

Backup com Rsync

Fluxbox: Unleashead - iDesk + aDesklets + Gkrellm + Eterm

Configurando placa de som CMI8738

Distribuição híbrida

Servidor Debian 6 DHCP + Squid + IPtables

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/07/2014 - 12:39h

Com algumas adaptações (em relação às dependências) consegui fazer funcionar no Firefox do meu openSUSE 13.1 64 bits. Pena é ter que instalar um navegador para poder usar outro. Gosto do Firefox e fico com ele. Por isso, vale o esforço de instalar o google chrome para ter o flash player atualizado no Firefox. Espero que logo não sejamos mais refém de softwares proprietários como esse.

O estranho foi que instalei o google chrome mais recente e mesmo assim, o flash player não é o mais atual, pois no site da Adobe a versão mais recente é a 14.

"Arquivo: libfreshwrapper.so
Caminho: /home/ifch/.mozilla/plugins/libfreshwrapper.so
Versão: 13.1.2.3
Status: Ativo
Shockwave Flash 13.1.2.3 (actual version unknown) (FreshPlayerPlugin)"

Obrigado pela dica.

[2] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/07/2014 - 12:45h

Detalhe: os vídeos do Globo.com não funcionam.


[3] Comentário enviado por xerxeslins em 10/07/2014 - 13:00h

Quando chegar em casa vou pesquisar sobre isso. No meu computador está rodando vídeos do globo sim.

Sobre a questão da diferença de versão eu tbm vou checar.

Se eu achar alguma pista de como ajudar eu aviso.

Até mais tarde.

[4] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/07/2014 - 13:43h

Obrigado pela ajuda.

Eu testei outras soluções como o LigthSpark (foi o melhor nos testes mas ainda falha) e o Shumway (não rodou nenhum video). No entanto, a alternativa com o Fresh Player foi a mais eficiente.

[5] Comentário enviado por Fabio_Farias em 10/07/2014 - 13:51h

Outra coisa: no lugar do Chrome é possível usar o Chromium ou esse não contem o flash nativo. Desculpe a pergunta mas não uso esses navegadores e por isso desconheço suas funcionalidades.

[6] Comentário enviado por leandro em 10/07/2014 - 16:40h

Rapaz, eu até tentei instalar seguindo o artigo, mas não consegui. Dava um erro na compilação do mesa (e não era falta de dependências). =\

Mas como sou meio doido, instalei ele de um jeito meio na "gambiarra":

- Baixei o pacote do freshplayer do Ubuntu: http://www.ubuntuupdates.org/package/webupd8/saucy/main/base/freshplayerplugin
Descompactei e peguei só o arquivo "libfreshwrapper-pepperflash.so", renomeei e copiei para ~/.mozilla/plugins

Só que faltavam as dependências:

1. A primeira, libGLESv.2.so, era obtida através da recompilação do mesa.
Baixei o pacote libgles2-mesa do Debian aqui: https://packages.debian.org/squeeze-backports/libgles2-mesa
Descompactei, peguei o arquivo "libGLESv2.so.2.0.0", renomeei para "libGLESv2.so.2" e copiei para /usr/lib64

2. A segunda, liburiparser, já aproveitei e pequei do Debian também: https://packages.debian.org/wheezy/liburiparser1
Descompactei, peguei o arquivo "liburiparser.so.1.0.10", renomeei para "liburiparser.so.1" e copiei para /usr/lib64

Depois disso, é incrível que tudo funciona! rsrs. Estou usando o Flash 14.0 do Chromium.

@Fábio - O Chromium (pelo menos do Slackware) não vem com o Flash igual o Chrome. É necessário instalar o pacote "chromium-pepperflash-plugin" para utilizá-lo.

Obs.:
- Meu Slackware é um current 64 bits.
- O path do arquivo freshwrapper.conf ficou assim:

plugin_path = "/usr/lib64/PepperFlash/libpepflashplayer.so"

Abraços.

[7] Comentário enviado por enricolo4 em 10/07/2014 - 20:28h

Otima dica mas tive que instalar algumas dependencias aqui, como o libcpptest e o graphviz para poder criar o .txz do uriparser. Depois criei a pasta plugins no ~/.config/mozilla aiii deu certo.
Mas ta rodando perfeitamente aqui.

Vlw ai pela dica.

[8] Comentário enviado por xerxeslins em 10/07/2014 - 21:56h

Galera, tbm pensei em usar o pacote deb pra suprir as dependências, mas aqui rolou de boa recompilar o mesa e etc.

Agora respondendo ao Fabio Farias:

1) o Chromium não tem esse flash, só o Google Chrome mesmo. AlienBOB criou um pacote pra ser usado no Chromium por causa disso.

http://alien.slackbook.org/blog/last-week-new-chromium-flash-openjdk/

2) Removi tudo aqui e instalei novamente para testar o lance da versão e dos vídeos da globo tv.

Conclusão: o google-chrome do repositório slacky é mais velho que o google-chrome .deb que se pode baixar diretamente no site.

Depois entrei no site:

https://www.adobe.com/software/flash/about/

O primeiro mostra versão 13 na página, e o segundo mostra versão 14. Mas no endereço "about:plugin" os dois aparecem 13. Coisa louca.

3) Sobre os vídeos do globo tv, depois que reinstalei, deixou de funcionar! Mas calma! Eu descobri o que era! Eu tinha instalado a versão mais atualizada do plugin (aquela onde eu disse no artigo que tinha dado crash). Mas ela tá boa agora. por isso vou atualizar o artigo!!!! Vou incluir o procedimento que instala o plugin que consegue rodar vídeos do globo tv.

Abraço a todos.

Assim que eu atualizar eu comento aqui novamente!

[9] Comentário enviado por xerxeslins em 10/07/2014 - 22:21h

ARTIGO ATUALIZADO!!

Mudei a página 2, adicionando o subtítulo "Instalação do plugin"

Agora seguindo o comando é possível usar a versão mais nova do plugin que permite assistir vídeos do globo tv.

Antes de executar o novo procedimento, remova os plugins antigos com:

$ rm ~/.mozilla/plugins/libfreshwrapper.so

Depois disso, beleza! Pode reinstalar o plugin usando os novos passos.

Abraço!!!

[10] Comentário enviado por darkstarfire em 11/07/2014 - 12:47h

Caso você não goste ou não queira instalar o Google Chrome, basta pegar o plugin extraido do mesmo e instalar
http://www.slackware.com/~alien/slackbuilds/chromium-pepperflash-plugin/

Cortesia do Alien Bob.

[11] Comentário enviado por xerxeslins em 11/07/2014 - 18:34h


[10] Comentário enviado por darkstarfire em 11/07/2014 - 12:47h:

Caso você não goste ou não queira intalar o Google Chrome, basta pegar o plugin extraido do mesmo e instalar
http://www.slackware.com/~alien/slackbuilds/chromium-pepperflash-plugin/

Cortesia do Alien Bob.


Sim, valeu! ;)

[12] Comentário enviado por Fabio_Farias em 11/07/2014 - 23:26h

@xerxeslins
Obrigado pela informação quanto ao Chromium.
Ainda não testei o Fresh Player com sua dica atualizada pois estava testando o Pipelight e esse ultimo se saiu bem melhor nos testes que o Fresh Player. Ele é mais fácil de instalar no openSUSE, não precisa ter um outro navegador instalado e usa a versão mais recente do Flash Player, que atualmente é a 14. Sendo assim, vou ficar com o Pipelight.

@darkstarfire
Obrigado pela dica. Assim, não precisa ter outro navegador instalado.

[13] Comentário enviado por xerxeslins em 11/07/2014 - 23:30h


[12] Comentário enviado por Fabio_Farias em 11/07/2014 - 23:26h:

@xerxeslins
Obrigado pela informação quanto ao Chromium.
Ainda não testei o Fresh Player com sua dica atualizada pois estava testando o Pipelight e esse ultimo se saiu bem melhor nos testes que o Fresh Player. Ele é mais fácil de instalar no openSUSE, não precisa ter um outro navegador instalado e usa a versão mais recente do Flash Player, que atualmente é a 14. Sendo assim, vou ficar com o Pipelight.

@darkstarfire
Obrigado pela dica. Assim, não precisa ter outro navegador instalado.


Beleza!

Eu também usei o Pipelight Flash sem problemas, mas já vi gente reclamando que trava. Comigo tá tranquilo. Caso trave, vc pode pensar em voltar a usar o pepper.
A opção Pipelight Flash, que vc está usando, pelos meus testes, teve o melhor desempenho. O resultado do teste coloquei aqui:
http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Pipelight-Flash-vs-Fresh-Player-vs-Adobe-Flash-nativo-vs-Pepper-...

Abraço!

[14] Comentário enviado por Fabio_Farias em 11/07/2014 - 23:35h

Não sabia desses problemas de travamento. Por enquanto está funcionando. Mas como você mesmo disse, qualquer coisa volto com o Fresh Player. Ao menos tenho duas boas alternativas. Antes estava refém da obsoleta versão 11 do Flash Player para Linux.

Obrigado pelo empenho em me ajduar.

Abraços!

[15] Comentário enviado por zezaocapoeira em 14/07/2014 - 19:56h

Salve xerxeslins . Aqui no meu Slackware 14.1 64 bits multilib ,o freshplayer , tá funcionando de boa . Pra instalar ele aqui tive que acrescentar em :


$ src2pkg uriparser-0.8.0.1.tar.bz2


$ src2pkg uriparser-0.8.0.1.tar.bz2 -e='--disable-test --disable-doc'

Sem esse acréscimo dava erro na criação do pacote aqui .

Fiz o teste descrito aqui http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Pipelight-Flash-vs-Fresh-Player-vs-Adobe-Flash-nativo-vs-Pepper-... , e a média foi de ( 18762 ) . Esse foi o resultado do teste com freshplayer instalado aqui.


Obrigado pela atenção , salve !!!

[16] Comentário enviado por zezaocapoeira em 17/07/2014 - 07:15h

Salve xerxeslins . Instalei o freshplayer aqui no Gentoo , com adaptações . E está funcionando de boa .

Obrigado pela atenção , salve !!!

[17] Comentário enviado por xerxeslins em 18/07/2014 - 20:25h


[15] Comentário enviado por zezaocapoeira em 14/07/2014 - 19:56h:

Salve xerxeslins . Aqui no meu Slackware 14.1 64 bits multilib ,o freshplayer , tá funcionando de boa . Pra instalar ele aqui tive que acrescentar em :


$ src2pkg uriparser-0.8.0.1.tar.bz2


$ src2pkg uriparser-0.8.0.1.tar.bz2 -e='--disable-test --disable-doc'

Sem esse acréscimo dava erro na criação do pacote aqui .

Fiz o teste descrito aqui http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Pipelight-Flash-vs-Fresh-Player-vs-Adobe-Flash-nativo-vs-Pepper-.... , e a média foi de ( 18762 ) . Esse foi o resultado do teste com freshplayer instalado aqui.


Obrigado pela atenção , salve !!!


Opa! vc está certo. esqueci de colocar esses parâmetros no src2pkg no artigo. coloquei agora e tá beleza.

estou usando o fresh tbm, mesmo com desempenho um pouco menor que o pipe-light flash.. pra nao ficar usando muita coisa de windows


Contribuir com comentário