Fluxbox: Unleashead - iDesk + aDesklets + Gkrellm + Eterm

Venho neste artigo mostrar como o Fluxbox pode se tornar a interface gráfica primária e até única, como aqui em casa, através de alteração de .confs, programas para embelezar e alteração de alguns .confs mais complicados e trabalhosos.

[ Hits: 328.205 ]

Por: Vitor Ribeiro de Souza em 01/11/2005


Introdução



Depois de convencer um amigo a usar Linux, o mesmo se encontra num dilema: "Qual Interface Gráfica usar?". Eu, como bom aproveitador de hardware, sempre escolho interfaces leves, como o Fluxbox.

Enquanto KDE e GNOME tem na base de 280MB e são muito pesadas, o Fluxbox tem 700kb de pura personalização. Resolvi fazer apenas um artigo com todo esse conteúdo, pois acho que fica muito mais fácil e simples.

Ficou tipo um passo-a-passo. Irei abordar o Gkrellm, iDesk, aDesklets e Eterm. Resolvi colocar o uso dos fontes no artigo, pois assim foi usado aqui, mas nada o impede de usar um pacote para sua distro.

Bom, sem mais, vamos lá.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalando o Fluxbox
   3. Editando o Menu
   4. Styles & Wallpapers
   5. Adicionando Atalhos no Teclado
   6. Eterm - Terminal em alto estilo
   7. Gkrellm - monitoramento, leveza e funcionalidade
   8. Idesk - Adicionando Ícones ao Desktop
   9. aDesklets - Previsão do Tempo, Calendário, Barra de Ferramentas... No seu desktop
   10. Transparências
   11. Adicionando os aplicativos junto a inicialização do Fluxbox
   12. Screenshots
Outros artigos deste autor

Webcam Genius no Linux - Slackware

MP3 Player USB no Slackware

Inprotect + Nessus: Scanner de vulnerabilidades

Recursos de placas de vídeo nVidia no X.org

Leitura recomendada

Personalizando um DVD de instalação do Ubuntu Linux

Entendendo TCP/IP (parte 4) - DHCP

Configuração da impressora HP Deskjet 3650

Nagios - Configuração no Ubuntu

[Finalmente] Movendo o lançador Unity para o fundo da tela

  
Comentários
[1] Comentário enviado por caiovinic em 01/11/2005 - 01:18h

caramba! que bacana, véio! deu até vontade de mudar pro flux!!!!
confesso que estou pensando seriamente!

[2] Comentário enviado por removido em 01/11/2005 - 01:24h

seu trabalho é simplesmente 10!!!
Os screens são de arrasar...
;-))

[3] Comentário enviado por caiovinic em 01/11/2005 - 01:37h

eu deixei o wmaker na época justamente por causa da falta do gerenciador de arquivos decente...
mas, vou seguir seu artigo agora mesmo! atualmente estou com o gnome, gerenciador que gosto muito por sinal, mas pretendo instalar o flux... quem sabe até não largo o gnome em favor do fluxbox!?!?! hehehe
100% teu artigo

[4] Comentário enviado por goss em 01/11/2005 - 07:50h

Muito bom seu trabalho, tem alguns artigos e dicas sobre os aplicativos a qui no vol mas conpactado assim fica bem melhor, por falar em gerenciador de arquivos decente que tal usar o rox?
Um abraço.

[5] Comentário enviado por a.fernando em 01/11/2005 - 09:42h

depois de ler o seu artigo fiquei tentado a usar o flux, pelo menos vou instalar e configurar de acordo com seu artigo

parabens e obrigado pelas informações

[6] Comentário enviado por davidsonpaulo em 01/11/2005 - 10:12h

Tá aí, Vitor! Simplesmente bala teu artigo. Sou "fluxboxer" há uma pá de tempo e não conhecia boa parte dos recursos que tu tratou nesse artigo. Muito completo, detalhado, simplesmente fantástico. Imagina rodando o Fluxbox com todas essas dicas em conjunto com o gnome-settings-daemon, fica fenomenal!!!

Abraços!

[7] Comentário enviado por cybercop em 01/11/2005 - 10:38h

Só um detalhe de suma importancia, da qual vc esqueceu de dizer... não instale o fluxbox versao 0.1.14, por que senão, vc nao terá efeitos de transparencia desejados, vc tem que instalar a versao fluxbox-devel 0.9.10 pra cima!

Mas no geral o artigo esta muito bom!

[8] Comentário enviado por rbueno em 01/11/2005 - 10:47h

Muito bom seu artigo, parabens.

[9] Comentário enviado por fabio em 01/11/2005 - 11:08h

Sobre gerenciador de arquivos decente, pra quem tem uma máquina razoável, por que não usar o do Gnome? Pra quem não o conhece ainda, procure pelo pacote nautilus em sua distro. Pra mim é o melhor que há :)

[]'s,
Fábio

[10] Comentário enviado por wesley_emw em 01/11/2005 - 12:43h

belissimo artigo

vou praticar no meu flux hoje mesmo!

[11] Comentário enviado por hdoria em 01/11/2005 - 12:46h

Nossa... muito bom o artigo!
+ favoritos :-)

Só uma sugestão: Outro aplicativo bem legal de usar no flux é o torsmo. Além de ser leve e bonito, ele é muito simples de configurar.

Abraços

[12] Comentário enviado por DarkOptimusPrime em 01/11/2005 - 12:49h

Muito legal o artigo, a tempos tava tentando me achar com flux, já ta nos favoritos
Meu brinquedinho agradeçe :)

[13] Comentário enviado por cotonet em 01/11/2005 - 13:09h

Muito bom mesmo este artigo.... Já está nos meus favoritos.....
Adeus KDE :-)....

[14] Comentário enviado por keunecke em 01/11/2005 - 14:09h

O que posso dizer??
Otimo artigo, isto mostra que o fluxbox pode ser (e é) um ótimo gerenciador de janelas, é so configura-lo direito, parabens

[15] Comentário enviado por pop_lamen em 01/11/2005 - 14:14h

Bom mesmo, mto bom, se der pra mandar akeles styles dos shots ou passar os nomes e(ou) links fica melhor ainda!
Se der meu email ta aih!
Valeu Brigadão,

chiarao@gmail.com

[16] Comentário enviado por krughan em 01/11/2005 - 15:44h

E ae.. esta muito bom msm este artigo, e ainda mas sobre flux!! foi de grande ajudar !! continue nos ajudando assim!!
Obrigado!!

[17] Comentário enviado por cn9boy em 01/11/2005 - 16:35h

Kra ótimo artigo me amarrei mesmo parabens !!

[18] Comentário enviado por nixnod em 01/11/2005 - 17:18h

Ótimo artigo, ja sou usuario do Fluxbox a tempos ... mas acho que falto 1 coisa pra ficar completissimo. o ROX!!!
http://rox.sourceforge.net/phpwiki/index.php/ROX-Filer
Pra quem não gosta de instalar o KDE e o GNOME (Como eu) usar o ROX como gerenciador de arquivos é uma ótima ideia

PARABENS!!

[19] Comentário enviado por spool em 01/11/2005 - 18:09h

Muito bom o artigo, bem completo e bem explicado, facilitando assim a instalação desde usuários avançados aos menos experiêntes. Poderia ter algo tb sobre o torsmo, que dá tb um visual legal no flux.
Em relação a instalação tive um problema no meu slack 10.2, mas que foi resolvido com a aplicação deste patch: http://fluxbox.org/download/patches/fluxbox-0.1.14-gcc33.patch. Caso alguem tenha problemas quando der make, este é o patch para que tudo funcione :)

Parabéns pelo artigo

[20] Comentário enviado por LaSSarD em 01/11/2005 - 20:28h

bah deu vontade de ir pro fluxbox mesmo :P
mto bom seu artigo ;D
as screens tão d+, que wallpapers são esses? :o

[21] Comentário enviado por vitor.jjb em 01/11/2005 - 20:35h

Muito obrigado a todos pelos elogios, e ao Davidson por ter modificado algumas partes que pequei, como segurança. E respondendo ao Fábio, realmente, eu acho o Nautilus o melhor gerenciado msm, Mas acho que as libs que serao necessárias a ser instaladas não compensa. Enquanto há outros gerenciadores bons como XFE, Rox... e é claro o MELHOR DE TODOS O BASH!!!!! ... Mas fico agradecido a todos.. e é claro as críticas são sempre bem vindas... Mas fica a gosto do Usuário, pois se for instalar algo que precise de libs de Kde ou Gnome, é melhor usar logo a Gnome ou o KDE! rs rs...

[22] Comentário enviado por thiago.souza em 02/11/2005 - 00:51h

Muito show, esse artigo, eu que já tenho meu Flux customizado aki, vou customizar mais ainda... Muito show e tá de parabéns... Jä tá nos favoritos

Valeu

[23] Comentário enviado por beetle_juice em 02/11/2005 - 08:53h

Muito legal seu artigo vai ajudar muita gente a migrar para o Fluxbox...
t+
[]'s
beetle_juice.

[24] Comentário enviado por removido em 02/11/2005 - 12:23h

Muito bom artigo, gostaria de saber se para diminuir o espaço do disco posso remover parte do kde e gnome para ficar somente com o fluxbox, se que ele usa parte da biblioteca dos dois mas será que dá?

[25] Comentário enviado por chronos em 02/11/2005 - 13:47h

da pra remover a barra do flux?

[26] Comentário enviado por vitor.jjb em 02/11/2005 - 13:49h

Chronos... Dá sim! Dê o segundo clique d mouse nela, e Clique em VISIBLE. ela ficará escondida... Agora para traze-la ed volta, so pelo menu, ou mexendo no init
abraços!

[27] Comentário enviado por Century_Child em 02/11/2005 - 17:58h

Excelente artigo. Embora eu não tenha gostado muito do FluxBox (prefiro o WindowMaker ou o XFCE), é muito útil para quem quer começar.

[28] Comentário enviado por hurakan em 03/11/2005 - 01:34h

Muito bom artigo!
tava faltando algo desse na net!

Vem cá.. vc sabe onde tem um forum soh do Flux?
Mudei pra ele por questões de equipamento e tô
achando ótimo!
Valeu pelo Artigo!
Abraços!

[29] Comentário enviado por MaTRoSkA em 03/11/2005 - 09:38h

checking for X... no
configure: error: Idesk requires the X Window System libraries and headers.
debian:/home/naruto/idesk-0.7.4#

[30] Comentário enviado por vitor.jjb em 03/11/2005 - 12:55h

Matroska, Ele está dizendo que vc nao tem um servidor grafico instalado, X.org ou Xfree86. Instale um dos dois... ou redirecione o configure para o caminho aoned está o X .. abraços

[31] Comentário enviado por rfranzen em 03/11/2005 - 14:33h

Muito bom o artigo, parabéns... Até vou instalaro Flux pra testar estas funcionalidades... apesar de estar viciado no gnome.. ;)

Parabéns novamente e abraços.

[32] Comentário enviado por alinux em 03/11/2005 - 15:17h

muito bom o artigo vrsinfo !!!!!!!!!!
eu ja baixei o fluxbox e vou instalar
ainda hoje no meu pc !!!!!!!!!

[33] Comentário enviado por freakcode em 03/11/2005 - 18:09h

Só um adendo para quem gosta de usar interfaces como Flubox, Blackbox, Enlightenment etc. (qualquer uma que utlize bibliotecas próprias):

Existe sim um menor uso da memória RAM, pois no geral as bibliotecas carregadas são mínimas.
"Enquanto KDE e GNOME tem na base de 280MB e são muito pesadas,..."
Não esquecer que desses 280MB, a maior parte é apenas de bibliotecas, e não dos painéis e funcionalidades do desktop em si...

Na contramão, quando se abrem aplicativos GTK e Qt, principalmente os que fazem parte dos pacotes Gnome e KDE, existe maior uso do disco pois são carregadas todas as bibliotecas necessárias. Ao fechar o programa, essas bibliotecas são descarregadas novamente.
E assim toda vez que os programas forem abertos o sistema perde tempo em I/O, o que nem sempre é interessante.

Ou seja, estas interfaces são interessantes quando o máquina não possui muita memória RAM, do contrário, o tempo de I/O do disco pode não valer a pena.

[34] Comentário enviado por scottorne em 03/11/2005 - 20:00h

/root/.fluxbox/startup: line 12: 7252 Aborted /usr/local/bin/fbsetroot -solid black
Error: Couldn't connect to XServer

[35] Comentário enviado por hurakan em 04/11/2005 - 01:59h

como faço pro adesklets não trocar sempre a configuração das janelas?
queria colocar uma pra ele n alterar..
se eu mudo a janela de lugar.. e etc..
ele muda a padrão..
como de vez em quando.. trava, queria q ele carregasse sempre um padrão.. como é?

[36] Comentário enviado por removido em 04/11/2005 - 13:13h

Alguém conhece algum artigo desse estilo para o XFCE?
Tenho curiosidade nesse gerenciador de janelas, porém não consegui muito avanço nele.

Tentei utilizar esse artigo para rodar o fluxbox, mas algumas coisas deram pau. Como terei que formatar meu slackware então irei instalá-lo do zero.

Ah!
Parabéns pelo artigo!

[37] Comentário enviado por Perna em 05/11/2005 - 20:46h

ótimo artigo, bem completo, mas estou tendo dificuldades com a imlib, instalei normalmente mas quando chamo o flux ele dá o seguinte erro:

/usr/X11R6/bin/fbsetroot: error while loading shared libraries: libImlib2.so.1: cannot open shared object file: No such file or directory
/usr/X11R6/bin/fluxbox: error while loading shared libraries: libImlib2.so.1: cannot open shared object file: No such file or directory

onde estou errando?

[ ] 's

[38] Comentário enviado por zenderr em 05/11/2005 - 23:41h

gostaria de informar um problema que tive na minha distro slack 10.2, quando uso o comando ./fluxMenu.py gerra um erro no script, e que foi solucionado mudando a linha 41 do arquivo handleMenu.py ficando "menufile". caso alguem tenha o mesmo. Aproveitando para agradecer o ótimo artigo parabens ficou show e me ajudou muito mesmo.

[39] Comentário enviado por FelipeAbella em 14/11/2005 - 22:01h

eu não sabia como poderia ser bom o fluxbox!

mas eu tive muitos problemas, eu segui direitinho e deu erro em quase todas as partes do artigo :(

[40] Comentário enviado por johann_sebastian em 17/11/2005 - 13:09h

No meu esta dando o seguinte erro:

kurumin@kurumin:~/Meus Documentos/programas/fluxmenu$ ./fluxMenu.py
No pygtk 2.4, trying to load gtk...
You need to have gtk!

Alguem tem alguma ideia do que seja?

[41] Comentário enviado por caiovinic em 18/11/2005 - 01:01h

vc tem o pyton e a gtk instalados?

[42] Comentário enviado por johann_sebastian em 18/11/2005 - 10:38h

Eu uso um Debian like(Kurumin) e nele eu instalei pelo todos os pyton que eu vi no synaptic. Mas em relação ao gtk eu vou ter que dar uma olhada depois(Estou numa lan-house com Windows) mas posso te assegurar que eu procurei este pacote, pygtk, e não o vi na lista do synaptic.
Se tiver algum repositório que possa ter me avise que eu imediatamente colocarei e farei o teste e te falarei o que aconteceu.

Obrigado por ter se importado.

[43] Comentário enviado por _S4MUR4I_ em 22/11/2005 - 16:35h

Gostaria de uma pequena explanação sobre como customizar as fontes, já que existe um script chamado startup dentro da pasta /.fluxbox. Desde já agradeço!!!

[44] Comentário enviado por BodyDrop em 23/11/2005 - 08:18h

velho...simplesmente...MUIO LOKO!!

artigo nota 11, pq flux por si soh jah eh 10, hehehe

bem explicado e os links funfam o.O hahah, mas serio, ajuda mt.

soh uma pergunta...akela barra (tipo macOS) que vc tem, ela já vem sem o retangulo envolvente ou vc tirou? Ou ela eh soh os icones que voce alinhou dakele jeito?

vlw msm.

[45] Comentário enviado por iceoz em 06/02/2006 - 17:28h

cara to tendo um problema em instala o imlib2 na hora de dar make install
font.h:101: error: syntax error before "FT_UInt"
make[2]: ** [api.lo] Erro 1
make[2]: Leaving directory `/home/iceoz/downloads/imlib2-1.2.1/src/lib'
make[1]: ** [install-recursive] Erro 1
make[1]: Leaving directory `/home/iceoz/downloads/imlib2-1.2.1/src'
make: ** [install-recursive] Erro 1

[46] Comentário enviado por byfreak em 17/02/2006 - 08:40h

muito legal!
tem como adicionar o eTerm na inicialização e com a configuração de transparência?

[47] Comentário enviado por super-root em 21/03/2006 - 09:29h

Você esta de parabéns, ficou ótimo o artigo, estou fazendo um screenshot muito manero com esta dica.

[48] Comentário enviado por diogofsr em 12/06/2006 - 15:46h

Para o amigo que esta com problema com o fluxMenu:
Instale o pygtk que funciona.

Tive o mesmo problema.

[49] Comentário enviado por mluiz em 13/06/2006 - 12:54h

opa... e já dando uma ajuda no teu artigo no arquivo .idesrc tem uma linha para específicar o caminho do papel de parede a linha é a ""Background.File:"" é só colar o caminho da figura blz?! bom pelo menos deu certo com o IceWM blz?! falowssss...

[50] Comentário enviado por shellzinhu em 03/07/2006 - 15:38h

Tipo, aki nessa makina n to rodando slack nem nada
to rodando ubuntu linux 6 amd64 (GNOME)
e freebsd 6.1 amd64 (KDE)
sera q tem como roda fluxbox e tal no freebsd e no ubuntu?

[51] Comentário enviado por gpr.ppg.br em 08/07/2006 - 01:07h

meu fluxbox fica desligando(aquele negocio de energia) depois de um tempo. sozinho.
eu nao sei como fazer ele nao ficar desligando.

alguem sabe como??? fazer ele parar de ficar desligando?

[52] Comentário enviado por samir.avila em 11/07/2006 - 16:30h

Vc pode usar o Fluxbox no Ubuntu sem problemas, eh soh configurar o GDM para escolher entre o Gnome e o Fluxbox.

[53] Comentário enviado por halt em 23/07/2006 - 22:17h

Artigo foi otimo e o resultado foi ainda melhor!
Parabens

[54] Comentário enviado por ba em 26/07/2006 - 15:03h

Ops e ai amigo muito bom seu artigo, tudo muito simples e bem esplicado! Pena que não uso o Fluxbox mais depois desse artigo deu ate vontade de usar rsrsrsss minha interface é o XFCE pena que não tenha nenhum artigo desse tipo para ela mais de qualquer jeito deu pra aproveitar muito coisa hehehe!!! Abraços

Parabéns!!!

.:: bA

[55] Comentário enviado por rodriacl em 27/07/2006 - 14:59h

e ai amigo o artigo fico fera mesmu viu, bom eu comecei agora com o flux mas ja foi uma mao na roda valeuz mesmu ta ficando fera meu flux abracos

e parabens

[56] Comentário enviado por removido em 28/07/2006 - 03:16h

Nota 10...aprendi tudo oque eu prescizava aqui...parabens

[57] Comentário enviado por goajunior em 31/07/2006 - 21:13h

Eu uso fluxbox-0.9.13 e instalei o idesk, tal como vc explicou, só que não achei o comando para acertar o fundo de tela, o Esetroot.É esse o comando ?

[]'s

[58] Comentário enviado por removido em 01/08/2006 - 17:33h

uso o slackware10.2 quando eu digito o comando:

nano /root/.xinitrc

fala que o comando nano nao existe....como posso resolver isso?

[59] Comentário enviado por vitor.jjb em 03/08/2006 - 13:04h

goajunior:
O Esetroot é um programa que acompanha o Eterm

Lords Torvalds:
o nano é apenas um editor.. pode usar o vi, joe ...

[60] Comentário enviado por mauricio.shakur em 21/08/2006 - 00:12h

ta favoritado..
vo tenta no meu debian..
tava usando o xfce mas depois dessa acho que vou usar o flux.. :)

[61] Comentário enviado por a.fernando em 21/08/2006 - 09:29h

veio

merece ir para os favoritos

valeu

grande abraço

[62] Comentário enviado por fabiobarby em 20/09/2006 - 23:54h

show de flux velhinho!! parabens!

[63] Comentário enviado por kauseven em 25/09/2006 - 00:25h

Infelizmente no meu slackmerda nada disso funcionou

[64] Comentário enviado por evilrick em 11/10/2006 - 11:00h

Nossa!
Mesmo sendo novato no Linux uso o fluxbox(já que vem com oKurumin)e gosto bastante, mas não imaginava que fosse possível tamanhas modificações.
Há também essa dica para colocar ícones no menu do flux: http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=4616

Parabéns pelo ótimo artigo.
[]s

[65] Comentário enviado por bharth em 12/10/2006 - 01:57h

Parabens pelo artigo, to baixando uma distro que eu axei muito interessante e o unico problema era o gerenciador de janelas ser o fluxbox, mas depois desse artigo as coisas mudaram..


flw

[66] Comentário enviado por k4t5u0 em 30/11/2006 - 18:33h

Olá...
Awe kra... é que sou leigo ainda e não quiz usar KDE nem Gnome, pq literalmente pirei no visual e na leveza do Flux.Contudo, fui tentar seguir seu tutorial, (com a diferença de que baixei a imlib2-1.3 e o fluxbox-1.0rc2, n lugar dos mencionados por vc), e tive problemas logo no início. Fiz a instalação e a compilação certinha, mas na hora de reiniciar o gerenciador gráfico pelo $startfluxbox, o meu slack (11, com kernel 2.6.18), me voltou o seguinte erro:

Warning: Failed to open file (/usr/X11R6/share/fluxbox/nls/en_US.UTF-8/fuxbox.cat)
Error: Couldn't connect to XServer

Eae... será que vc pode me ajudar kra?
Obrigado mesmo.

Katsuo

[67] Comentário enviado por peixelahma em 22/12/2006 - 19:03h

kra o meu dá erro na hora que eu dou o ./configure pra instalar o adesklets , diz que o interpretador Python >=2.3 nao foi encontrado. Visto isso fui no site do python e peguei o python 2.3.4 e o Python2.5.tgz . Instalei esse pacote no meu slack e cntinua dando essa mensagem ... vc tem noção o q é ?

Bom, já arrumei isso, Porém, qdo instala mais de desklets ? O meu tá aparecendo apenas o primeiro q instalei q foi esse do tempo !!!!

[68] Comentário enviado por bob.diego1 em 25/12/2006 - 18:31h

to tentando instalar o FluxBox... e preciso instalar essa lib:
imlib2, mas da esse erro:

giorgines@giorgines-laptop:~/Desktop/Download Inst/FluxBox/imlib2-1.2.1$ ./configure
checking build system type... i686-pc-linux-gnulibc1
checking host system type... i686-pc-linux-gnulibc1
checking for gcc... gcc
checking for C compiler default output file name... configure: error: C compiler cannot create executables
See `config.log' for more details.
giorgines@giorgines-laptop:~/Desktop/Download Inst/FluxBox/imlib2-1.2.1$

qual erro?
ja tentei como root, e dei permissao ao arquivo e a pasta....

[69] Comentário enviado por peixelahma em 27/12/2006 - 10:46h

Kra, sou iniciante, mas pelo erro parece que vc nao tem instlado o compilador em C necessário para criar executáveis na hora que vc compila. Instala o gcc aí. A mensagem pede para vc ver o config.log, então, dê uma olhada nesse arquivo. Procura na aqui artigos que ensinam a instalar o gcc. Falow !

[70] Comentário enviado por mrc5 em 31/12/2006 - 01:11h

bob.diego1,
vc não tem o gcc instalado, com o amigo peixelahma disse é o compilador C. Instala ele que deve funfar de boa.

vrsinfo

Como faz para configurar o desklet como o seu yab nas SS??

Obrigado!

[71] Comentário enviado por gabrielteratos em 12/02/2007 - 17:13h

Simplesmente o MELHOR, MAIS BEM EXPLICADO E DETALAHDO ARTIGO QUE EU JÁ VI NO VOL!

CARA, PARABENS!

[72] Comentário enviado por ialeixo em 15/04/2007 - 20:12h

Não consigo configurar o background de maneira nenhuma, de resto já tá tranquilo
não sei o que fazer, se tiver alguma idéia eu agradeço.

Abs.!

[73] Comentário enviado por dbahiaz em 25/04/2007 - 12:45h

Show de bola, acabei de instalar e agora so falta personalizar, mais estou com um problema, a borda da janela não aparece em determinado aplicativo, como o firefox, sabe como resolver?

[74] Comentário enviado por mcdgo em 26/06/2007 - 13:13h

Sabe me informar se tem alguma forma de "copiar e colar" no Eterm?
Muito bom seu artigo.. Seu artigo e outros aqui no vol completam a personalização do fluxbox..

[75] Comentário enviado por agaz em 04/08/2007 - 01:59h

Só clicar no botão (ou wheel) do meio do seu mouse.

Belo artigo! Tive uns probleminhas com dependências mas o geral foi resolvido! Valeu!

[76] Comentário enviado por hiroyuki em 15/08/2007 - 18:21h

Excelente artigo Vitor!!!
Valeu pela ajuda ae cara!

[77] Comentário enviado por glaudiston em 03/10/2007 - 10:09h

Não posso deixar de elogiar... mesmo 2 anos após a publicação, um excelente, ainda atualizado, fácil, claro e extremamente útil artigo...

Parabéns e obrigado.

[78] Comentário enviado por M4iir1c10 em 22/11/2007 - 21:24h

K-ramba!!!! Essa data ta certa??? Voce lancou esse artigo a 2 anos atraz?... se voce fez um remake diz ai como foi, porque a 2 anos atraz eu nao lembro do idesk ou do compiz, beryl, etc... xcompmgr tem menos de 1 anos... Bom de qualquer forma deixa isso pra la... o importante e o conteudo do artigo, que pra mim e o mais completo artigo sobre o fluxbox de toda a web... nao, voce nao leu mal, nem estou exagerando, Ja usei trocentas distros e em todas elas eu instalei o Fluxbox, e essa minha paixao por fluxbox ja e antiga... por isso eu sei oque estou falando, quando eu comecei a usar o Linux (diga-se de passagem a 2 anos atraz), tive que garimpa muito na web para encontrar algo sobre o fluxbox como editar menus e o .xinitrc etc. naquele tempo artigos como esse estavam em falta, (por isso eu desconfiei que tinha algum erro com a data desse artigo), nem aqui na vol eu achei um artigo como esse, parabens.

3m 0iitr45 p4l4vr45 v0c3 p3rt3nc3 4 3l173.

[79] Comentário enviado por DanielMarins em 24/02/2008 - 09:56h

meus parabens rapa vcl pelo artigo... sempre quebrava a cabeça com o fluxmuito dez o artigo \o/

[80] Comentário enviado por cjba em 25/02/2008 - 10:57h

Valew grande artigo, sou iniciante em linux tenho pc com limitação gráfica. Vi em posts aki no próprio site q ele(fluxbox), é bem mais leve, então resolvi aceitar o desafio de instalar e configurar essa maravilha, pelo q vi nos screenshots.
Esse artigo vai me ajudar muito!!!!!



BRIGADÃO....VALEW GALERA!!!!....

[81] Comentário enviado por luizhacker em 08/04/2008 - 22:59h

UMA DICA!

Uso o Debian Etch, e ao tentar iniciar o aplicativo fluxMenu.py recebo a mensagem:
You need to have gtk!

Obs.: Já tenho o python2.4, python-gtk2, libgtk2.0-0 e o libglade2-0 e mesmo assim essa mensagem é exibida!

Para contornar o problema instalei os pacotes python-glade2 e python-gtk-1.2 com o comando:
# apt-get install python-glade2 python-gtk-1.2

Espero ajudar!

[82] Comentário enviado por junior em 09/08/2008 - 09:40h

Cara, sempre tive vontade de usar o flux no Debian ou no Slack, mas nunca tive tempo para instá-lo até porque não conhecia os procedimentos corretos para instalar tal interface gráfica.

Mas agora com esse seu artigo, só não usa quem não quer.

Parabéns!

[83] Comentário enviado por agk em 20/08/2008 - 19:26h

Muito bom o artigo, as screenshots mostram que ficou dá hora.

Eu só tenho umas dúvidas:
Qual distribuição foi usada para efetuar os testes?
Qual a configuração do equipamento utilizado nos testes?

[ ]'s

[84] Comentário enviado por removido em 16/09/2008 - 12:09h

Artigo interessante, vou instalar o Fluxbox e testa-lo.

Parabéns.

[85] Comentário enviado por johnnyfsan em 16/09/2008 - 16:41h

Muito bom esse Artigo ..

Parabens! cara!

[86] Comentário enviado por thiagokoroll em 30/09/2008 - 13:08h

Excelente artigo...
Parabéns...

[87] Comentário enviado por artur_olsen em 21/10/2008 - 22:54h

Bacana o artigo, pena que o idesk esta dando um erro de
[idesk] Background's file not found.
[idesk] Background's source not found.

Se alguem tiver uma dica.

[88] Comentário enviado por nitrofurano em 08/11/2008 - 18:26h

Quem quiser um script em python que converte o menu, como o do Gnome, para o Fluxbox, experimenta http://pastebin.com/f4385d11a - o que o script faz é uma varredura nos ficheiros .desktop do directório /usr/share/applications/ , e cria um documento de menu para o Fluxbox. Pode ser que alguem ache que possa ser uma forma eficiente de obter no menu Fluxbox todos os programas instalados (que utilizam ficheiros .desktop), sem termos de os acrescentar à mão...

[89] Comentário enviado por laudivan em 13/11/2008 - 22:02h

Show de bola!

Acho que vou dar um tempo no kde4 ;-D

[90] Comentário enviado por zend em 17/12/2008 - 12:04h

cara uso apenas o flux no meu Slackware.....
com esse artigo você despertou muito interesse em usuarios do
KDE4 que vão para o flux....
otimo artigo
parabens.

[91] Comentário enviado por shaper em 26/01/2009 - 12:59h

Será que consigo rodar isso no meu BSD??
:D

[92] Comentário enviado por silvadouglas em 03/02/2009 - 23:53h

Caramba!!!!

Que loko!!!!!

Estou pensando seriamente em "matar" meu gnome e passar para o flux....

Parabéns, ótimo artigo.

[93] Comentário enviado por lucianofg em 23/02/2009 - 08:15h

Artigo completíssimo!
Parabéns!

[94] Comentário enviado por albertguedes em 28/02/2009 - 17:21h

E ai Vitor.

Fluxbox é espetacular.
Mas o problema dos gerenciadores de janelas legais, é que nunca vêem com um gerenciador de arquivos que combine com o ambiente,.

O kde tem o dele, o gnome tambem, mas o fluxbox não.
Um gerenciador de arquivos que fosse transparente ia cair bem não ? heehehe

Parabéns pelo artigo, bem completo.

Abraços cara.

[95] Comentário enviado por jocelito em 19/03/2009 - 08:31h

Muito legal seu artigo, parabéns... tenho certeza que muitas pessoas irão experimentar (quem ainda nao conhece ou sente um certo receio desse gerenciador).

ótimo artigo.

[96] Comentário enviado por cainf em 19/04/2009 - 20:18h

Excelente artigo bem detalhado so uma questão, para os menos experientes é possível transformá-lo para português ??
Abraço a todos

[97] Comentário enviado por ghregory em 11/05/2009 - 10:36h

caraca, eu tambem quero ;D

[98] Comentário enviado por Gilmar_GNU/Slack em 17/06/2009 - 11:15h

Obrigado pel artigo.
Muito 10!!
Ele foi a minha base para usar fluxbox hoje;.
XD

[99] Comentário enviado por removido em 18/06/2009 - 10:43h

Excelente, Fluxbox é meu ambiente gráfico padrão agora.
Parabens.

[100] Comentário enviado por diegoaco em 02/07/2009 - 14:54h

Quando se instala o Flux ningém dá nada por ele, mas quando se faz umas configurações legais ele fica muito massa o vrsinfo aí nque o diga hen! rsrs

[101] Comentário enviado por zunity em 24/07/2009 - 17:18h

O topico ta bom, mais no meu debian lenny ta osso d+ dessa forma que você explica para fazer a instalação aqui não dá. não sei o porque mais enche de erros.

[102] Comentário enviado por saviovibe em 01/08/2009 - 14:53h

cara se você usa debian usa o apt-get...
sudo apt-get update
sudo apt-get install idesk fluxbox gkrellm eterm adesklet
fui! ~~

[103] Comentário enviado por femars em 05/08/2009 - 15:38h

esse artigo foi tão bem escrito, que mesmo depois de 4 anos ainda postamos comentários nele!

[104] Comentário enviado por Lisandro em 06/08/2009 - 15:57h

Gostei estava procurando exatamente isto. Valeu.

[105] Comentário enviado por marko_aure em 29/09/2009 - 16:30h

Pessoal, no momento eu consigo fechar o fluxbox pelo menu, e pela tecla de atalho, é possível usar um ícone para fechar o fluxbox?

[106] Comentário enviado por ricardoperera em 13/01/2010 - 20:36h

Kra, acabei de ver o teu artigo e vim aqui te dar os parabéns!! Muito bom o material! Boa sorte aí, e torço para que continues com estas dicas sobre o Fluxbox!!

Até mais,

Cisco

[107] Comentário enviado por IgOn em 22/03/2014 - 19:47h

Caro camarada ! Você é showwww seu artigo veio em um momento ímpar !!

Mas, por favor me ajude... nos primeiros procedimentos após:

$ ./configure
$ make


Quando dou o comando : #make .. aparece a seguinte mensagem:
"make: *** No targets specified and no makefile found. Stop."

Se não tenho o o arquivo necessário.. em que pasta devo criá-lo e como deve ser seu conteúdo.

Me desculpa a falta de informação, contudo, não saco de C .

Me da essa força se possível.. isso é algo que vai salvar minha vida no trabalho.

Obrigado de qualquer forma!

[108] Comentário enviado por Ang em 19/04/2015 - 14:17h

O FluxBox e o Enlightenment 17 E17 são ótimas interfaces gráficas, e são nestes que estou baseando-me para desenvolver um ambiente gráfico inovador para o mundo Unix no software livre!
Muito bom este seu artigo, Vitor! Parabéns!
----------------------------------------
Ang,
Manaus, AM, Brasil.
Usuário Linux,
Distros Favoritas: Bodhi Linux, Ubuntu, Big Linux, Kurumim, OpenSUSE e Slax.


Contribuir com comentário