FAI (Fully Automatic Installation)

O projeto FAI (Fully Automatic Installation) é um projeto criado a mais de 10 anos na Universidade de Colônia na Alemanha e que
destina-se à instalação rápida de servidores ou sistemas Debian, e de outras distros de forma não-interativa.

[ Hits: 18.523 ]

Por: edps em 30/11/2011 | Blog: https://edpsblog.wordpress.com/


Configurações adicionais



Terminada a instalação, já podemos iniciar o desktop XFCE (neste caso), basta na tela do GDM inserir o login: demo e a senha: fai.

Mas resolvi logar diretamente no terminal utilizando a 2ª opção do GRUB para realizar algumas mudanças:
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Na imagem abaixo, para quem optar por iniciar pelo 'Recovery Mode', basta inserir a senha do 'root' ( fai ) ou teclar 'Ctrl+D' para iniciar o ambiente gráfico:
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Caso queiram criar um usuário:

# adduser nome-do-usuario
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Caso queiram desativar algumas das 'ttys' do sistema, editem o arquivo "/etc/inittab":
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)
/etc/inittab

Agora faremos a troca do mapa do teclado, de 'US' para o nosso 'abnt-2':

# dpkg-reconfigure keyboard-configuration
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Na imagem abaixo o padrão é 'Não', mas optei por permitir que com o 'Ctrl+Alt+Backspace' eu possa reiniciar o ambiente gráfico:
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Obs.: O passo acima servirá para trocar o mapa de teclado em qualquer distribuição derivada do Debian.

Tendo alterado o mapa do teclado, falta configurar os 'locales' do sistema, então editamos o arquivo "/etc/locale.gen". Descomentamos as linhas referentes ao nosso idioma, como visto na imagem:
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Obs.: Mantenham o 'locale': "en_US.UTF-8 UTF-8" habilitado, para que não haja mensagens de erro.

Feito isso basta executar:

# locale-gen
# reboot


Já reiniciado vemos a tela do GDM ainda em inglês, seleciono o nosso idioma e logo no XFCE:
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Informações do sistema:- kernel, memória, versão, release e teste do teclado:
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Obs.: Caso queira, troque o nome (hostname) da máquina 'xfcehost' pelo que quiser editando o arquivo "/etc/hostname", e depois alterando a última linha do arquivo "/etc/hosts": de 127.0.0.1 xfcehost para 127.0.0.1 <o-nome-escolhido>

Substituição do "sources.list" original por um bem básico para uso em desktops:
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Obs.: Entradas para o "sources.list":

deb http://mirror.rit.edu/debian/ squeeze main contrib non-free
deb http://security.debian.org/ squeeze/updates main contrib non-free
deb http://mirrors.geeks.org/debian/ squeeze-updates main contrib non-free
deb http://www.debian-multimedia.org squeeze main non-free


Adicionado as entradas acima, basta:

sudo apt-get update
$ sudo apt-get install debian-multimedia-keyring -y --force-yes
$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install bash-completion debdelta -y
$ sudo debdelta-upgrade
$ sudo apt-get dist-upgrade


Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Para finalizar, demonstro o esquema de particionamento criado pelo instalador do FAI, a situação dos serviços ativados e os que desativei (instalei o 'rcconf') e uma screen do desktop um pouco personalizado:
Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Linux: FAI (Fully Automatic Installation)

Obs.: Artigo também publicado em meu Blog:
É isso aí pessoal, tendo apresentado o FAI a vocês, só peço que respeitem as observações quanto a onde se deve instalá-lo.

Respeitadas as observações, você terão um Debian prático e de rápida instalação como já dito.

Um abraço.
Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação
   3. Configurações adicionais
Outros artigos deste autor

Baixando arquivos do MegaUpload, Rapidshare, 2Shared, 4Shared, ZShare, Badongo, DepositFiles e Mediafire

ArchBang, o Arch Linux fácil!

Ailurus - Canivete suíço para o Ubuntu

Kernel atualizado no Debian - Parte I

Empacotamento e instalação do MPV Player no Linux

Leitura recomendada

Instalando e arredondando o Slackware 13.1

Apresentando a distribuição OpenSuSE Linux

Seja Legal, não use softwares piratas!

Convença outros a usar Linux!

Fundamentos do sistema Linux - comandos do Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 30/11/2011 - 17:45h

Fala grande edps !

Ótimo artigo cara, ainda não conhecia o projeto FAI. Muito bem mesmo.


Abraço.

[2] Comentário enviado por removido em 30/11/2011 - 19:41h

@Thalysson S,

obrigado pelo comentário meu camarada.

[]'s

[3] Comentário enviado por leandrojpg em 01/12/2011 - 09:32h

Muito interessante,obrigado pela novidade amigo.

[4] Comentário enviado por removido em 01/12/2011 - 19:28h

Valeu @leandrojpg, thanks pelo comentário.

[5] Comentário enviado por chimico em 04/12/2011 - 18:32h

Muito bom edps, se gerar um aptoncd depois que o sistema está redondo, com todos os seus programas favoritos instalados, aí tem-se uma boa opção para ficar guardada na hora do desastre.

Abraços

[6] Comentário enviado por removido em 04/12/2011 - 20:01h

@chimico não tinha pensado nisso!

... pensando bem, instalamos o sistema com menos de 6 minutos no VirtualBox, e após o início da sessão basta usar o apt-cdrom para adicionar esse CD e pronto!

o único grande incoveniente é que tem que ser um HD fiel ao Debian ou senão vai tudo pras cucuias! rsrsrs se desse para escolher onde instalar seria perfeito!

thanks pelo comentário.

[7] Comentário enviado por lbors em 09/11/2017 - 18:17h

É possível que ao invés de instalar todo o SO, eu instale só os programas? Seria o caso de a máquina já ter um SO

[8] Comentário enviado por edps em 09/11/2017 - 21:39h


[7] Comentário enviado por lbors em 09/11/2017 - 18:17h

É possível que ao invés de instalar todo o SO, eu instale só os programas? Seria o caso de a máquina já ter um SO


@lbors, rapaz vou ficar te devendo essa! já faz quase 6 anos que não utilizo isto, mas nota-se que o Projeto ainda está ativo, segue o link das mídias mais atuais:

http://fai-project.org/fai-cd/


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts