Estratégias de backup e ferramentas livres

Este artigo ilustra as estratégias de backups, seus tipos, qual escolher e descreve as principais ferramentas livres utilizadas para resguardar seus dados. Ele não tem o intuito de ensinar como realizar o backup propriamente, pois isso já é amplamente divulgado em sites e literaturas especializadas. O intenção então é instruir o leitor a buscar as ferramentas adequadas para as situações citadas.

[ Hits: 30.436 ]

Por: Perfil removido em 08/06/2007


Estratégias de backup



Backups (ou cópias de segurança) são indispensáveis em um ambiente corporativo, pois todas as empresas podem ser vítimas de algum acidente ou incidente que pode causar perda de dados (leia-se dinheiro).

Um bom administrador de redes sabe quais dados e a periodicidade exata em que eles devem ser guardados. Normalmente guardam-se arquivos vitais ao sistema, base de dados, configurações de aplicativos e usuários.

Podemos usar fitas DAT, CDs, DVDs, RAID, etc, para gravação, mas o mais importante é avaliar o custo benefício da mídia escolhida em relação ao volume de dados. Ela deve ser confiável e viável o suficiente para justificar o seu uso nessa ou naquela empresa.

Tipos de backup

Completo:

É a cópia total dos dados. Talvez seja o mais ineficiente, mas deve ser feito pelo menos uma vez por precaução. Deve-se estudar bem a periodicidade desse tipo de backup, pois ela deve ser pequena e conjugada com outros tipos.

Diferencial:

Copia-se as alterações feitas desde o último backup completo. Ele é feito com uma frequência maior que o completo e para uma possível restauração é necessário somente do completo e a última cópia diferencial, pois cada uma delas grava todas as modificações desde o último backup completo.

Incremental:

São copiados somente os dados alterados desde o último backup, seja ele completo ou incremental. Cada cópia incremental possui dados próprios, únicos, que os seus antecessores não tem, pois é gravado somente o que é alterado.

Na restauração são necessárias todas as cópias incrementais, além do backup completo. É como se fôssemos unir arquivos com conteúdos diferentes para formar um único arquivo.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Estratégias de backup
   2. Qual tipo de backup escolher
Outros artigos deste autor

Configurando várias contas de e-mail no Thunderbird

Detonando robots!

É o Linux somente para especialistas?

Aplicações em 32 bits para seu Ubuntu 64 bits (Feisty Fawn)

Shell Script 1 - Básico

Leitura recomendada

Melhorando a experiência com Cinnamon no LMDE

Afrescalhando o Slackware

Remasterização do Kurumin 7 final

Stopmotion: Crie animações com objetos inanimados e brinquedos

CUIDADO com o comando "dd", embora muito útil ele pode ser perigoso

  
Comentários
[1] Comentário enviado por dockism em 08/06/2007 - 16:17h

Tava precisando ler, algo sobre isso
Mas fiquei ainda me questionando, como fazer backup? qual programa usar?
Queria um para copiar todo o meu sistema de arquivos "/"
para "/media/hdb"

Como proceder?

[2] Comentário enviado por removido em 09/06/2007 - 00:05h

Amigo, publiquei um script que pode lhe ser útil:
http://www.vivaolinux.com.br/scripts/verScript.php?codigo=2775.
Dê uma olhada nele e o adapte ao seu caso.


Contribuir com comentário