Estratégia para Shadow Era (Supernova Boring)

Este artigo apresenta um baralho para o jogo Shadow Era. Normalmente os jogadores deste jogo criam um baralho, o qual chamam de deck, dão nomes aos decks e explicam suas estratégias. Este deck, eu chamo de Supernova Boring.

[ Hits: 8.959 ]

Por: Xerxes Lins em 01/04/2013 | Blog: https://voidlinux.org/


Introdução



Primeiramente, eu sou noob neste jogo. Meu rating hoje gira em torno de 110 (ou seja, sou super ruim). Não jogo todos os dias, mas jogo algumas partidas, umas 2, 3 ou até 4 vezes por semana. Por isso, pode ser ousadia da minha parte querer mostrar um deck próprio.

Acontece que, por coincidência, joguei contra um brasileiro e fiquei feliz com meu deck. Vou explicar. Eu estava jogando contra um cara cujo nome era MagoNegrodoCaos (ou algo parecido com isso), então, perguntei se ele era brasileiro, por causa do nome, e ele disse que sim e que fazia parte de um clã de jogadores do Brasil.

O jogo se arrastou por um bom tempo, desses bem equilibrados, e acabei vencendo.

Acho que tive sorte, mas antes de perder, ele disse: "Nunca passei aperto nas mãos de um mago". Eu estava jogando com um mago (Eladwen Frostmire) e ele estava com um lupino (Moonstalker). Aí eu disse: "Isso quer dizer que meu baralho não está assim tão ruim".
Linux: Estratégia para Shadow Era (Supernova Boring)   Linux: Estratégia para Shadow Era (Supernova Boring)
E em outro momento do jogo, o meu adversário chegou a dizer "Muito chato esse Supernova", referindo-se ao fato de eu usar a carta Supernova para eliminar os aliados dele. Por isso, dei o nome de Supernova Boring ao baralho. Sim, é comum nomear os baralhos, veja este exemplo:
O cara chamou o baralho de Undestrutive Armor and Pride.

Resumindo, foi por isso resolvi compartilhar o baralho e, além disso, queria divulgar o jogo entre os usuários Android e GNU/Linux. Quem sabe, se muitos jogadores começarem a jogar, isso acelere a criação de uma versão para GNU/Linux com suporte oficial, sem a necessidade do Wine.

Não sabe que jogo é esse?

Eu já expliquei que jogo é esse e como se joga num artigo anterior:
E como instalar no GNU/Linux, nesta dica:
Por isso, neste artigo, vou me dedicar apenas ao baralho, não ao funcionamento básico do jogo.

O baralho

  • Nome: Supernova Boring
  • Total: 44 cartas (incluindo o herói)

  • Eladwen Frostmire x1
  • Krystoffer Wyld x4
  • Fireball x4
  • Poison Gas x3
  • Lightning Strike x4
  • Engulfing Flames x3
  • Tome of Knowledge x2
  • Supernova x4
  • Clingings Webs x4
  • Retreat! x4
  • Special Delivery x4
  • Poor Quality x2
  • Rain Delay x3
  • Sever Ties x2

O baralho ilustrado pode ser completamente visualizado neste link:
Objetivo: aplicar Engulfing Flames e/ou Poison Gas no herói adversário e, enquanto ele morre aos poucos, eliminar os aliados dele com as suas outras habilidades.

Desnecessário dizer que este baralho, assim como vários, depende de sorte para ser eficiente. Mas o ideal é atrasar os aliados do adversário, seja usando Clining Webs, Retreat, ou Rain Delay... enquanto acumula recursos para usar o Poison, ou o Flame contra o herói adversário. Vença o inimigo aos poucos, evitando os aliados dele.

Dicas

Guarde a sua habilidade de congelar para usar contra criaturas fortes, que tem mais de 5 pontos de vida. Assim elas ficam inativas por um bom tempo e fracas.

Use Lighting Strike, de preferência, para atingir o herói adversário e um aliado congelado com sua habilidade. Normalmente isso destrói o aliado além de causar dano ao herói.

Tenha na mão, pelo menos, uma carta Supernova, porque se você não conseguir retardar os aliados adversários, poderá eliminar boa parte deles com Supernova. Esse é o momento chato para o adversário que começa a pensar que virou o jogo, e quando percebe, perde todos (ou quase todos) os aliados. Este é o motivo do nome do baralho.

Não é um baralho solo, porque há 4 aliados (Krystoffer Wyld), mas a maior parte do jogo você jogará só com o seu herói, ou seja, pode ser complicado. Mas enquanto o adversário não sabe que seu baralho é praticamente solo, talvez ele retarde o uso de suas habilidades ou armas esperando usá-las quando seus supostos aliados aparecerem. Enquanto isso não acontece, você ganha tempo!

A vantagem desses quatro únicos aliados é que, quando saem no início do jogo, costumam causar uma boa quantidade de dano inicial, enquanto o oponente ainda está se estruturando. Cada ponto de dano a mais no herói adversário vale muito! Porque você irá lutar contra o tempo. E também faz o usuário achar que você investiu em aliados... o que não é bem verdade já que tem quatro apenas. Outras vezes o dano causado por Krystoffer é o suficiente para finalizar algum aliado.

O objetivo das duas cartas Sever Ties é duplo: remover Lone Wolf (que cura lupinos solitários) e remover Enrage quando o heróis adversário tem menos de 11 pontos de vida, o que ocasiona em morte para ele!

Desvantagem: o baralho é péssimo contra clérigos (leia-se: Zhanna Mist e Jericoh Spellbane), porque eles podem curar-se. Os lupinos também são difíceis, mas normalmente só os baralhos solo com lupino, porque costumam ter mais cartas de cura.

Este baralho também é ruim contra oponentes com muitas cartas, 60 ou mais, porque queremos matar o herói adversário aos poucos e o adversário com muitas cartas pode acabar suportando mais tempo e usar mais aliados de forma que o Supernova não seja suficiente para eliminá-lo.

Sou sortudo, ou então, o baralho não é assim tão ruim, porque enquanto escrevo este artigo, resolvi gravar um vídeo usando o baralho para mostrar como ele funciona e, logo na primeira tentativa, eu venci a partida. Segue o vídeo:
Perceba que, no vídeo, o herói adversário tem habilidade que depende de arma! Por isso eu fiquei guardando a carta Poor Quality na mão, esperando ele usar uma arma para eu contra-atacar.

Por um momento, eu guardei Fireball para usar contra os aliados dele, caso fosse necessário. Mas demorou para surgirem aliados, por um momento até pensei que era um baralho solo. Mas aí, quando os aliados dele começaram a surgir, era tarde demais para ele... Preferi guardar a Fireball para usar contra o herói e vencer.

Depois dessa partida, eu joguei novamente e perdi três vezes seguidas contra outros três heróis diferentes, incluindo um lupino solo. E depois venci uma partida. Mas como eu disse, sou novato nesse jogo. Quando me deparo com um clérigo ou lupino com muitas cartas, eu fecho o jogo, porque normalmente é morte certa.

Aceito sugestões dos mais experientes!

Links úteis

Baralhos vencedores de campeonatos: Fórum do jogo (em português): Dicas para criar um baralho:
Abraço!

PS.: após terminar o artigo, fiz um novo baralho com outro herói e estou achando mais eficiente que esse. Por isso, o jeito é você testar e testar, para ficar cada vez melhor.

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Cube 2 - Sauerbraten: Jogo de tiro em primeira pessoa

Um pouco sobre otimização

Ganhe uma camiseta do Viva o Linux ajudando o Viva o Android

Deixando o BunsenLabs cinza de novo

Brutal DOOM no Linux (com Freedoom)

Leitura recomendada

Rodando Ragnarok (bro) no Linux

Jogo Portal e outros games da Valve no Linux via Steam

Camera Kombat: Mortal Kombat ao vivo com WebCam

Blood Frontier - Jogo de tiro em primeira pessoa e open source!

Top 10 melhores jogos FPS para Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por felypesantos em 01/04/2013 - 12:40h

Muito bom. joguei Magic a muito tempo atrás e não conhecia o shadow era, depois irei testa-lo.
Abs

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 01/04/2013 - 21:15h


[1] Comentário enviado por felypesantos em 01/04/2013 - 12:40h:

Muito bom. joguei Magic a muito tempo atrás e não conhecia o shadow era, depois irei testa-lo.
Abs


Beleza! Eu já joguei um pouco de magic também.. =)
faz tempo.

a versão para Linux não é suportada oficialmente e no wine roda, mas as vezes trava durante o load inicial. mas se passar do load, não trava mais.

[3] Comentário enviado por xerxeslins em 02/04/2013 - 07:44h

Outra opção é instalar o Windows numa VirtualBox e jogar Shadow Era nele!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts