Entendendo o mundo dos chipsets

Aqui você verá um pouco mais sobre chipsets, aprenderá sobre sua construção, suas funções, como são divididos e etc.

[ Hits: 16.815 ]

Por: Eduardo em 28/01/2007


Chipsets - Uma visão geral



Chipset é um conjunto de circuitos eletrônicos montados num tablete de silício. Silício é um metal semicondutor. Chipsets são construídos com tecnologia VLSI (Very Large Scale Integration).

As modernas placas de CPU trazem um ou vários chipsets incorporado. O chipset engloba todos os circuitos adicionais, por isso é também chamado de Circuito de Apoio ou Lógica Adicional.

Circuitos e características

O chipset contém circuitos de apoio ao processador, às memórias, às interfaces, ao barramento. Esses circuitos geram os controles necessários para o trabalho do processador.

Entre os circuitos componentes do chipset, podemos citar:
  • Circuito de Refresh
  • Circuito de controle da memória cache
  • Circuito de controle do bus de 16 bits
  • circuito de controle do bus de 32 bits
  • Circuito de DMA
  • Circuito de IRQ

Características de Chipsets:
  • Memória RAM máxima que o chipset endereça;
  • Memória cache máxima que o chipset acessa;
  • Memória RAM máxima que o chipset acessa utilizando a memória cache externa L2, quando a placa-mãe possui L2 externa;
  • Tipos de memória RAM que o chipset acessa;
  • Tipos de cache L2 que o chipset reconhece quando a placa mãe possui L2 externo;
  • Capacidade de operação com mais de um processador;
  • Padrões de disco rígido UDMA/33 UDMA/66 e UDMA/100;
  • Barramento que o chipset pode acessar como AGP USB e Firewire;
  • Frequência máxima de operação;
  • Modo de operação do barramento AGP.

As principais características de uma placa-mãe estão relacionadas com o seu chipset. A diferença entre placas-mãe está no chipset que elas utilizam. Placas mãe de fabricantes diferentes possuem o mesmo desempenho quando utilizam o mesmo chipset. Isso é tão importante que as placas-mãe geralmente têm a marca do chipset como se fosse seu sobrenome.

Ponte Norte e Ponte Sul são dois circuitos de grande importância para o funcionamento da placa mãe.

Ponte Norte

Esse circuito é de grande importância. Ele controla o sistema. O desempenho da placa-mãe depende dele. O circuito Ponte Norte controla a memória, a ponte barramento local-PCI e a ponte barramento local-AGP.

Em placas-mãe soquete 7 mais antigas a memória cache L2 era também controlada por esse circuito. Placas mais recentes trazem a ponte norte com dissipador de calor. Outras trazem um cooler acoplado ao dissipador (OMG!).

Ponte norte é um circuito de grande importância para o chipset, pois faz controle da memória RAM e da memória Cache. Ele determina a quantidade máxima de memória RAM que a placa-mãe pode endereçar, os padrões de memória que reconhece, assim como a quantidade máxima de memória cache aceitável.

Cada chip utiliza uma quantidade de ciclos mínimos segundo as especificações técnicas cedidas pelo fabricantes. É possível aumentar a quantidade de pulsos de clock conforme a configuração de wait states.

Ponte Sul

Esse circuito faz o controle de periféricos, portanto é chamado de controlador de periféricos. Ele faz ponte entre o barramento PCI e o barramento ISA controla os periféricos onboard e as portas IDE 1 e IDE 2. Faz controle de barramentos externo de expansão.

A ponte sul contém o controlador de DMA, o controlador de interrupções a CMOS e o relógio de tempo real.

O circuito super I/O controla o teclado, unidades de disquete e portas seriais e paralela. O super I/O está ligado à ponte sul. Em alguns chipsets, as funções do super I/O estão integradas à ponte sul.

Outro circuito faz controle de outros periféricos integrados, como vídeo, som e modem. A ponte norte e ponte sul em alguns chipsets antigos vinham acompanhadas de dois circuitos chamados de buffers de dados entre o processador e a memória RAM. Chipsets atuais trazem esse circuito dentro da ponte norte.

Finalizando

Nesse pequeno artigo sobre chipsets que apresentei, acho que deu para aprender algo sobre esse imenso mundo sobre hardware.

Este artigo foi escrito por mim, pesquisei em vários livros, internet e sites.

Esse é meu primeiro artigo aqui, espero que gostem, sou iniciante no mundo Linux e o site está me ajudando muito!

Até mais, espero que gostem!

   

Páginas do artigo
   1. Chipsets - Uma visão geral
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Solução de problema em placa de rede Davicom Semiconductor (qualquer distro)

O que é o Chipset e para que serve?

Memórias

Wireless 2200BG Network no Slackware 11

Zebra Barcode Reader: Lendo código de barras com a sua Webcam no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 28/01/2007 - 00:54h

parabens cara! continue assim

[2] Comentário enviado por heckjp em 28/01/2007 - 02:48h

Otimo artigo..uma demontraçao do funcionamento da placa e para tecnicos em hardware uma luz para problemas "sem solução" na placa mãe...Parabéns

[3] Comentário enviado por flipe em 28/01/2007 - 11:43h

muito bom o artigo, tomara que você faça mais desses ai!

[4] Comentário enviado por rodgabarito em 28/01/2007 - 11:51h

Belo artigo! Mais um "detalhe" para se observar na hora de comparar placas-mãe de marcas diferentes...
Parabéns

[5] Comentário enviado por lucas.allan em 28/01/2007 - 18:23h

Estava mesmo procurando um artigo desse tipo ;]
Muito obg
tah otimo

[6] Comentário enviado por JosuéDF em 29/01/2007 - 00:34h

aaaffff... parabéns pelo artigo, vc conseguiu ser simples e objetivo, muito bom mesmo.

[7] Comentário enviado por GilsonDeElt em 11/05/2007 - 10:53h

Muito bom seu artigo, cara!

Espero que os próximos sejam tão bons quanto esse.
Vlw!

[8] Comentário enviado por Scooby Doo Bidu em 04/06/2007 - 18:18h

Parabéns pelo artigo! ficou mto bom, eh simples e objetivo!
Falowz


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts