Desenvolvimento para deficientes visuais na plataforma Linux

Neste artigo tenho como objetivo expor o que há de novo no mundo Linux para o uso de deficientes visuais.

[ Hits: 20.337 ]

Por: paulo santos em 07/11/2006


Introdução



Desenvolvimento para deficientes visuais na plataforma Linux
Por: Paulo Djailton dos Santos

Dados do governo federal apontam que o Brasil tem cerca de 6 milhões de cegos. Nesta realidade, menos de dez mil pessoas têm acesso à informática. Não é possível falar em inclusão digital sem considerar esses números e já há algumas iniciativas no Brasil para facilitar o acesso de deficientes visuais a recursos computacionais, com o desenvolvimento de softwares para cegos.

Este artigo tem como principal objetivo expor quais ferramentas estão sendo, atualmente, utilizadas para a inserção de deficientes visuais no mundo da informática através de softwares que rodam na plataforma Linux, onde dos mesmos podemos destacar os que são de fabricação nacional, falando assim um pouco de cada um deles.

Para isso foram escolhidos os seguintes softwares:
  • Sinal
  • Letra
  • Emacspeak
  • ZipSpeak
  • Tela Aberta
  • MouseLoupe
  • Linux Acessível
  • Speakup
  • Oralux
  • Linvox

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Desenvolvimento
Outros artigos deste autor

Conhecendo o POV-Ray

Um tour pelos gerenciadores de downloads/uploads do Linux

Leitura recomendada

Certificação Digital no Linux - Apache2

Site for IE: Até quando?

Firefox: Testando e/ou utilizando várias versões

Como mostrar a música atual do seu player na sua mensagem pessoal do aMSN

Servidor Web com NetBSD (Apache + PHP + MySQL + *)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por kleverson em 07/11/2006 - 10:11h

Parabéns, paulo. Fui eu quem fez a tradução do site do Oralux. A quem interessar, aí vão alguns links de softwares citados e outros também:
Emacspeak: http://emacspeak.sourceforge.net/
Oralux: http://oralux.org/
Linvox: http://intervox.nce.ufrj.br/linvox
Speakup: http://www.linux-speakup.org/
Orca (leitor de telas para Gnome): http://www.gnome.org/projects/orca/
Projeto de acessibilidade do Ubuntu: http://www.ubuntu.com/access
Projeto de acessibilidade do Debian: http://www.br.debian.org/devel/debian-accessibility/software

Cumprimentos,
Cleverson

[2] Comentário enviado por EdDeAlmeida em 07/11/2006 - 11:58h

Parabéns pelo artigo! É realmente muito importante essa preocupação em não excluir do mundo do Software Livre os deficientes visuais.

Pelo fato de ter um grande amigo que nasceu cego e que sofria por não ter muita literatura disponível em braille, aprendi braille anos atrás e hoje passo para o braille quase tudo que leio, doando depois para bibliotecas. Estou até ensinando braille para minha esposa, para que ela me ajude nessa tarefa. Pretendemos comprar uma impressora especial para agilizar esse trabalho.


[3] Comentário enviado por Century_Child em 07/11/2006 - 13:52h

Ótimo artigo, está no caminho certo.

Mas o assunto pode e deve ser aprofundando, mostrando um exemplo de uso de software livre para os deficientes visuais.

[]s


[4] Comentário enviado por bandi em 07/11/2006 - 16:33h

ola porfavo mande um emeil pra min ele e ale_san_drapoderosa24@yahoo.com.br


porfavo

[5] Comentário enviado por FernandoBrito em 07/11/2006 - 17:19h

Muito bom o artigo.
Mas já tinha visto isso em uma palestra dele no primeiro ERECOMP/ENCASOL-PB

Muito figura o cara :D

Quando eu cheguei lá de 8horas (hora da palestra), só tava ele (e eu nem sabia que ele era o palestrante, porque ele é bem novo).
Eu até pensei: "Mas que palestrante safado, se atrasou"

Daí nois fomos atras da organizacao do evento pra saber porque atrasou, e acabamos tendo que carregar uns computadores pra um outro lugar :P

Depois que fui ver que ele era o palestrante o.O

Mas foi bom, tanto a palestra quanto o evento.


Esse daí tem futuro, e eu vou poder dizer no futuro: "EU ASSISTI A 1a PALESTRA DO CARA!"
=]

[6] Comentário enviado por tenchi em 07/11/2006 - 17:41h

Muito bom o artigo. Este setor do Sl ainda não é muito conhecido, mas com ótimos projetos, como os que existem, logo ficarão conhecidos e à disposição da maioria das pessoas com deficiências.
Um recurso muito legal do Ambiente KDE ( ktts) é a integração dele com sintetizadores de voz, principalmente com o Festival ( http://www.festvox.org ), que permite que páginas exibidas no konqueror, pdf's lidos no Kpdf, textos no Kate, etc. sejam 'falados' pelo computador.
Uma pena é o Festival não ter uma versão em português
(Dizem que tem como fazer uma integração com o MBrola que permite que ele fale em português)
Mas sendo open, isso é só questão de tempo e demanda.

Excelente artigo mesmo.

[7] Comentário enviado por thed em 07/11/2006 - 18:33h

parabêns muito otimo o documentario

[8] Comentário enviado por kleverson em 07/11/2006 - 19:35h

alô "Century_Child", já escrevi um artigo na dicas-l onde expliquei um bocado mais o assunto, embora também de forma breve. Os interessados leiam em
http://www.Dicas-L.com.br/dicas-l/20060602.php

Para o "tenxhi", estou ajudando a desenvolver uma voz em Português para o sintetizador eSpeak:
http://espeak.sourceforge.net

[]s

[9] Comentário enviado por m_arco em 07/11/2006 - 21:22h

Acho que isso só mostra para todos o Linux, e para que veio...
Na minha opinião, o principal papel do Linux, o que está em seu espírito, além da liberdade, é a união e uma oportunidade a todos...
Todos com chance para sentar na frente de um computador, e, independente se enxergar ou não, ter uma perna, um braço, ou o que seja, possa acessar seus e-mails, se conectar com o mundo...

Parabéns para os colaboradores e desenvolvedores desse projeto...
É simplesmente perfeito...

[10] Comentário enviado por removido em 08/11/2006 - 11:27h

Iniciativa fantástica do Linux estar sendo adaptado para pessoas com deficiencias físicas
É uma evolução mutua para ambos. Pro Linux, que se torna uma ferramenta mais poderosa, e para o usuário, que possui tais deficiencias e pode usufruir dos benefícios da informática.

[11] Comentário enviado por narodiniks em 09/11/2006 - 17:59h

Parabénss.... acho que a Tecnologia que existe esta aki imagino eu que é pra ajudar as necessidades das pessoas. e acho que pessoas como vc ajudam a tecnologia chegar a todas as pessoas ... ja to vendo ^^ intrevista sua HUAHUA daki uns tempo... vai la mano.. tem futuroo

Andrey R. Zenith
Cursando Gestão da Tecnologia da Informação (Software Livre)

[12] Comentário enviado por daemonio em 11/11/2006 - 09:52h

Legal cara, me interessei pelo Braille. Estou lendo um "tutorial" de como ensinar e aprender Braille e como relacionar com pessoas deficientes visuais.

[13] Comentário enviado por livianaiara em 27/07/2008 - 13:36h

Oi,
gosaría de parabenizar o Paulo...
Estou desenvolvendo minha monografia na área de tecnologias assistivas desenvolvidas para a inclusão de deficientes visuais no ambiente Gnu-Linux e e este artigo foi de grande importancia.
Gostaría de pedir para quem tiver mais artigos relacionados sobre o assunto, por favor me enviar por email: livianaiara@yahoo.com.br
Obrigada e mais uma vez parabéns Paulo.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts