CrossOver - Programas de Windows em seu GNU/Linux

O CrossOver é poderosíssimo para rodar aplicativos do Windows em ambientes GNU/Linux, neste artigo nós aprenderemos a instalá-lo e usá-lo.

[ Hits: 41.926 ]

Por: André em 26/03/2010


Introdução



O CrossOver é super poderoso e atende as demais necessidades quando o assunto é rodar aplicações do sistemas Windows, pena o CrossOver ser um software pago. :'(

Neste artigo veremos onde obtê-lo, como instalá-lo e como usá-lo. Espero que faça bom proveito da leitura.

Onde obter o CrossOver?

No site oficial, uai:
Chegando lá, clique em "products".
Logo após, clique em "Cross Over Linux".
Na próxima página que abrir, clique em "Try now" para testarmos ele.
Na próxima página preencha com seus dados (preencha apenas o 1° e 2° campo, pois são obrigatórios, os outros, como não são, você pode deixar em branco).
E depois clique em "Request CrossOver Linux Evaluation".

Teremos o link para o download do nosso CrossOver, que está em DEB, para a distribuição Debian ou derivadas.

Mas logo abaixo temos o mesmo em RPM, para Red Hat e derivadas e um shell script para instalação. Baixe de acordo com o seu sistema, no meu caso, estou escrevendo este artigo em um Ubuntu, que é baseado em Debian, portanto vou baixar o DEB.
Agora que temos nosso CrossOver em mãos, vamos a instalação e ao uso.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalando o CrossOver
   3. Utilizando o CrossOver
   4. Finalizando a instalação do Internet Explorer
Outros artigos deste autor

Pentesting on PHP apps: XSS

Inteiros e Strings na linguagem C

Livestation - Assista TV em seu GNU/Linux

Programando em Perl (parte 1)

Variáveis, if, else e unless em Ruby

Leitura recomendada

Instalação do Webmin no Slackware Linux

A mágica Elive Topaz

Distros nacionais em evolução: visão do Definity Linux CURRENT e do Kurumin beta

Nagios - Um poderoso programa de monitoramento de rede (parte 2)

Como realizar migração de Windows para Linux em uma empresa

  
Comentários
[1] Comentário enviado por andrezc em 26/03/2010 - 10:53h

Só lembrando que existem alternativas livres para rodar aplicativos do Windows, como o Wine.

[2] Comentário enviado por JoseRenan em 26/03/2010 - 11:35h

não gosto muito de rodar programs pelo wine é muito ruim, o programa perde parte de sua eficácia, mas claro nem todos

[3] Comentário enviado por shadowfox em 26/03/2010 - 11:43h

Na boa... O que eu acho ruim neste tipo de coisa é que só temos pacotes prontos para Ubuntu.... Porque não colocam nos sites os fontes e os LINKS das bibliotecas necessárias para que possamos compilar facilmente em qualquer slackware por exemplo....

[4] Comentário enviado por removido em 26/03/2010 - 12:24h

Comparando esse programa com o Wine, qual a eficiência dele?
No mais, creio que a única coisa que o Linux carece é de compatibilidade com os programas da Adobe. Mesmo que haja alternativas (e.g., Gimp), os programas da Adobe oferecem ferramentas à nível profissional não encontradas em seus similares.

[5] Comentário enviado por ricardok2 em 26/03/2010 - 12:50h

Isso é uma versão para teste? Tipo programa shareware??

[6] Comentário enviado por ricardok2 em 26/03/2010 - 12:52h

Desculpa a minha falta de empenho em buscar informação:

Os Sources:

http://www.codeweavers.com/products/source/

[7] Comentário enviado por pakitao em 26/03/2010 - 13:57h

Me responde umas coisas:
1- E o desempenho da maquina como fica?
2- Será que o Warcatft III The Frozen Throne (DotA) é compatível com esse programa.

Abraço.

[8] Comentário enviado por desv.paulo em 26/03/2010 - 15:16h

Este sistema roda qualquer programa do windows ou somente o que vem nele ?

[9] Comentário enviado por volcom em 26/03/2010 - 15:40h

Nossa, "Alguns errinhos" pra mim deram MUITOS erros e demorei (ainda estou tentando) uma tarde toda pra instalar o IE 7.

Mas sou brasileiro e não desisto nunca! heheh

Abraço e parabéns pelo artigo.


[10] Comentário enviado por Lisandro em 26/03/2010 - 15:53h

Já conhecia, mas fazia tempo que não via. Tá muito bom.

[11] Comentário enviado por andrezc em 26/03/2010 - 17:45h

Meu caro amigo desv.paulo

ele roda os programas que estão na lista dele e permite a instalação dos executáveis (.exe) que se encontram na sua máquina ou seja, qualquer programa do Windows.

[12] Comentário enviado por sergioricardo em 27/03/2010 - 13:05h

Amigão... melhor é viver a Liberdade tem muita solução livre e não optar por soluções pagas nada contra.

No mundo Linux tem um montão deles que atendem muito bem este quesito!


[13] Comentário enviado por mcnd2 em 27/03/2010 - 16:27h

Bom artigo.

Pena que o programa não é free, mas pra quem já usa GNU/Linux não precisa de aplicativos for Windows.

Parabéns pelo artigo.

[14] Comentário enviado por nicolo em 27/03/2010 - 16:54h

Tudo bem, mas quais são as vantagens sobre o wine?
Há varios programas que facilitam instalação de internet explorer e outros programas em wine.
Não captei o plus do CrossOver.

Em tempo: O Wine , e o CrossOver seriam interessantes para um adendo ao Linux, algo que o Linux ainda não tenha, Por exemplo o programa CAD
da Bentley, usado empresarialmente.. Navegadores de internet o Linux tem muitos,
Joguinhos para aficcionados inflamáveis etc.
Simplesmente para rodar programa de windows, não agrega muito.
Mesmo assim é bom saber...
Bom artigo.
Um abraço

[15] Comentário enviado por albfneto em 27/03/2010 - 22:02h

CrossOver é bom e nmais fácil de configurar que o Wine, além disso, coisas como MSOffice,funcionam melhor nele.

[16] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 28/03/2010 - 14:15h

Alguém tem idéia do custo da licença?

De resto um bom artigo Junior, já havia lido sobre o Cross-Over mas não tinha nenhuma referencia quanto ao desempenho e instalação.

Parabéns!!

[17] Comentário enviado por thiagods.ti em 29/03/2010 - 13:46h

Concerteza que é mais fácil de fazer programas do Windows rodar por esse programa que no Wine.

E quem disse que quem usa Linux não precisa de programas do Windows?
Eu gosto de jogar e tenho que fazer rodar os jogos criados só para Windows no meu Linux -.-
E é um tempão perdido quando faço isso pelo Wine.

Mesmo tendo diversos jogos para Linux já.. mas ainda gosto de alguns jogos que são só para Windows.
Uma dica de jogo para Linux inclusive é: Heroes of Newerth da S2Games que sempre faz jogos para Linux, Mac e Windows.
É estilo DOTA que o outro cidadão comentou a cima só que bem melhor.

Enfim.. hoje a noite vou instalar o cedega e esse para testar.. mas acho que o cedega é melhor.. pelo comentários que eu já vi.

Abraço


[18] Comentário enviado por removido em 30/03/2010 - 11:16h

Se a pessoa quer rodar programas Windows, por que não usa logo o Windows?

Para que ficar gastando dinheiro com softwares proprietários se no Linux existem alternativas livres?

Acho um grande desperdício.

Quanto ao artigo, achei um pouco desnecessário.

[19] Comentário enviado por HERLinux em 30/03/2010 - 15:43h

Salve, Junior!

Primeiramente, quero agradecer pela contribuição que fizeste. PARABÉNS!
Entendo assim, pois é necessários que vários usuário do LUNX tenham algum tipo de contribuição para a comunidade.
FAZ CRESCER E ESTIMULA NOVOS ADEPTOS!
Com relação aos comentários dos demais colegas também achei interessantes. Cabe salientar que embora nossa paixão
pelo LINUX não podemos desconsiderar a necessidade obrigatória de termos que usar algum aplicativo inerente a plataforma Windows,
uma vez que a maioria dos softwares rodam neste ambiente e faz parte do dia-a-dia das pessoas. Uso vários aplicativos do LINUX, mas preciso usar o
M. Office 2003 diariamente no serviço e em outros ambientes. vejam bem! Arquivos em PawerPoint 2003 quando aberto BROffice são desconfigurados (alterados)
Com relação ao M.Office é necessário sim ter um ambiente apropriado mesmo usando GNU/Linux. E é dentro desta política que devemos agir para conquistar novos
Usuários. É uma estratégia para termos mais máquinas com o nosso querido TUX.
Abraços e obrigado.


[20] Comentário enviado por andrezc em 30/03/2010 - 22:50h

Pode até ser desinteressante em partes, pois realmente á alternativas livres, como eu havia citado. Porém, é sempre bom conhecer mais, do que ficar preso em um programa só, eu particularmente prefiro o CrossOver, mas gosto cada um tem o seu.

Obrigado Hermes, fico feliz que tenha gostado.

Abraços.

[21] Comentário enviado por HERLinux em 30/03/2010 - 23:38h

Junior!

Estou aprendendo, gostaria de uma dica, uso o Ubuntu, Gnome. Tem como usar este aplicativo?

Abraços,

[22] Comentário enviado por andrezc em 31/03/2010 - 00:09h

Opa tem sim, Hermes. Aliás, quando eu escrevi este artigo eu estava no Ubuntu. Só seguir passo a passo que você conseguirá, mas caso tenha dúvidas sinta-se a vontade para perguntar.

Abraços.

[23] Comentário enviado por cl2b2r em 31/03/2010 - 09:35h

Achei bastante interessante o artigo e a forma como foi abordado o assunto! Parabéns Junior pelo artigo e que você continue sempre contribuindo para o crescimento da informação sobre o Linux, especialmente para aqueles que têm necessidades especias e específicas ao usar o sistema!
Ainda assim quero deixar um comentário que sintetiza boa parte do que foi dito:
Ao passo que alguém se propõe a usar software livre e sistemas open, como o Linux, esta pessoa tem de estar ciente que se requer certo nível de interesse e esforço para tentar primeiro usar uma alternativa livre. Por que isso é importante? Porque se nós sempre recorrermos às soluções proprietárias o software livre como um todo nunca vai amadurecer de verdade, fator este que irá impedir que o Linux se torne realmente uma opção na cabeça dos usuários e empresários. Ou seja, se eu preciso de uma ferramenta proprietária altamente especializada como um Auto Cad ou um Dreamweaver por exemplo, por que não podemos tentar desenvolver algo tão bom quanto ou melhor que isso para o Linux?! Veja bem, eu não sou programador, mas já penso seriamente em me enveredar por este caminho para tentar fazer o que propus. Existem soluções open que são fantásticas! Mas, ainda precisamos que a comunidade se mobilize e tente mesmo criar aquilo que precisamos, e que a maioria do pessoal de desenvolvimento precisa, que hoje só existe para Windos. Só assim seremos realmente livres!

[24] Comentário enviado por HERLinux em 03/04/2010 - 16:39h

Junior!

Sou eu novamente. Funcionou. Obrigado.

[25] Comentário enviado por manoserpa em 05/04/2010 - 16:20h

Opa.

Muito bom, eu usava o Wine mas com ele não consegui instalar o IE. Quando vou testar a ferramenta que a empresa onde eu trabalho desenvolve tem que ser pelo IE, mesmo estando no Windows não consigo rodar nos meus navegadores favoritos (Firefox e Chrome).

Parabéns.

Valeu.

[26] Comentário enviado por tiagotavares em 18/10/2010 - 12:06h

O Crossover é simplesmente sensacional para quem gosta de trabalhar com ambientes Linux não tem comparação, principalmente para aqueles que deixam de usar o linux por precisar utilzar o pacote Office 2007 e outros aplicativos mais recentes.

[27] Comentário enviado por marciliopreato em 02/01/2012 - 16:38h

AMIGOS ,COMPREI UM ADAPTADOR USB TIP-LINK 821 E EU NÃO CONSIGO FAZER ELE FUNCIONAR NO LINUX!!!ALGUÉM SABE FAZER!!!!!!
POIS JA INSTALEI O CROSS OVER E EU NAO CONSIGO FUNCIONAR O ADAPTADOR
POR GENTILEZA SE ALGUEM SOUBER ENVIA UM E-MAIL PARA marciliopreato@hotmail.com
ou msg 6999047340 obrigado viva o linux!!!!!!!!!!!!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts