Criando pacotes pré-compilados no Gentoo

Este artigo aborda dois métodos para criação de pacotes no Gentoo. Um deles é utilizando a memória RAM do computador para compilar mais rápido e outro é criando pacotes pré-compilados para aproveitamento em futuras instalações.

[ Hits: 20.936 ]

Por: Lucas Teske em 21/09/2006


Introdução



Olá pessoal! Meu primeiro artigo aqui, bem básico, mas que ajuda muito. Descobri o ano passado a distribuição Gentoo, não vou falar muito dela agora...

Bom, quem usa Gentoo sabe que ela é uma das únicas distribuições que o gerenciador de pacotes não baixa pacotes pré-compilados por padrão, o emerge, programa que gerencia pacotes no Gentoo, baixa os sources e os patchs do programa que você deseja e o compila automaticamente, sem precisar digitar nada além de "emerge programa".

Tem várias vantagens, depois de compilado o programa roda muito melhor do que um pré-compilado normal, pois ele pode ser compilado para ser usado especificamente para o seu processador.

Mas tem um problema, o tempo... programas como o KDE podem levar até uma semana para serem compilados. Então como fazer para cada vez que for reinstalar o Gentoo não levar uma semana para compilar? Tem 2 jeitos, um você compila mais rápido e outro você só precisa compilar uma vez.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Método 1: Compilando mais rápido
   3. Método 2: Criando e usando pacotes pré-compilados (compilando somente uma vez)
Outros artigos deste autor

Montando um servidor de pacotes pré-compilados do Gentoo

Leitura recomendada

VMWare no Ubuntu passo a passo

Tema minimalista para Xubuntu 12.04

Editor de textos / IDE Geany

Teclas de atalho com Xbindkeys

Atualizando o clamav via YUM no Fedora Core 3

  
Comentários
[1] Comentário enviado por cesperanc@ em 21/09/2006 - 08:55h

Viva...

Gostei do artigo... Eu já conhecia o quickpkg (foi o que me safou à uns tempos quando o meu gcc começou a apresentar problemas, na actualização do gcc3 para o gcc4). Gostei particularmente da dica de montar a pasta temporária na ram. Isso resulta mesmo? É que eu tenho um disco de 7200RPM, e quando o emerge está a fazer a compilação o disco até nem é muito utilizado... Esse ganho de tempo acontece mesmo? Tenho de experimentar.

Agora vou ficar à espera do teu artigo sobre a criação de repositórios. Parabéns e obrigado.

[2] Comentário enviado por d34l3r em 21/09/2006 - 11:33h

Que máquina você tem? Já que o KDE demorava 1 semana ai.

[3] Comentário enviado por JefersonLopes em 21/09/2006 - 15:06h

Cara, muito boa dica. Pacotes pré-compilados no Gentoo. Isso é uma mão na roda, principalmente quando você precisa dar suporte em maquinas de mesma arquitetura, e isso ocorre muito em empresas.

Parabéns.

[4] Comentário enviado por humbhenri em 21/09/2006 - 15:49h

Gostei muito do Gentoo. O que me impede de usá-lo é justamente a compilação. Meu processador não é rápido, nem meu hd.

[5] Comentário enviado por racerxdl em 21/09/2006 - 21:48h

cesperanc@
Realmente ajuda o tmpfs viu, o problema é você ter mais de 1GB de ram para compilar o KDE hehehe... Sobre o disco, não quer dizer nada ser 7200 hehe, precisa ver a taxa de acesso dele + buffer dele, aqui eu tenho uma HD Sata da Samsung com 16Mb de Buffer e a taxa é de 3Gb/s (Para um usuario...)

d34l3r
Eu tenho um Pentium D 2.66Ghz 1MB Cache + 1GB Ram + HD Sata 160GB Samsung 16Mb/Cache heheh :P

memphis
Realmente ajuda, principalmente se as maquinas são parecidas ou se você precisa reinstalar seu PC...

humbhenri
É realmente o gentoo acaba precisando de uma maquina boa para compilar as coisas, se não demora muito, você pode tentar a dica do tmpfs, que ajuda muito. Fora o Gentoo recomendo o Slackware, da quase a mesma velocidade do que o gentoo, só que não precisa compilar nada :)

Obrigado a todos pelos comentarios :) em breve estarei postando como montar repositorios Gentoo de pacotes pré-compilados, é que ando meio sem tempo.


[6] Comentário enviado por analfabeta em 22/09/2006 - 11:52h

Amigo, eu compilo o KDE normalmente, sem usar a ram e nunca passo de 3 dias compilando. . . com 512MB de ram!

Essa questão de compilação é somente para pacotes muito grandes! Depois de preparar o ambiente, vc nao vai precisar ficar compilando por dias, nem a maquina vai morrer. . .

Levei umas 2 semanas pra aprontar a maquina de trabalho (4h/dia) com fluxbox+kdelibs+programas essenciais e mta musica. . . Depois disso, é só curtir. . . Um programa que vc precisa, quase nunca passa de alguns minutos compilando... O povo que eh preguiçoso mesmo, isso eu até entendo. . .


[7] Comentário enviado por cbov em 25/09/2006 - 08:18h

uma outra dica ... que eu uso no meu make.conf
FEATURES="buildpkg getbinpkg"

que no final das contas acaba fazendo a mesma coisa que o proposto neste artigo, mas de forma automatica,

eu uso isso aqui em casa pois tenho duas maquinas com a mesma arquitetura logo não preciso compilar tudo 2x sempre que sai uma atualizaçao e com o ajuda do distcc tb consigo um resultado melhor ... mas essa do tmpfs eu nao cheguei a testar o que logo iriei fazer :)


há humbhenri, se voce tem uma maquina lenta, ai que eu te recomendo usar gentoo, mas o grande problema mesmo e o tempo para instalar, lembro que quando eu tinha meu p2 350 era quase 1 semana ate ter um gnome funcionando


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts