Configurando o X.org

Esse artigo explicará como configurar o X através do utilitário xorgconfig, que acompanha os pacotes do Xorg e está presente na maioria das distribuições.

[ Hits: 21.081 ]

Por: Helder de Jesus Santana em 23/06/2007 | Blog: http://helder.livrebr.com


Configurando



Abra o utilitário como o comando:

# xorgconfig

Aparecerá essa tela:


Pressione Enter, como isso se iniciará a configuração. O primeiro componente a se configurar é o mouse.


Aqui ele lhe pergunta qual o tipo de protocolo usado pelo seu mouse, a opção 1 (Auto detect) irá resolver.

Logo em seguida ele lhe perguntará se deseja emular um terceiro botão, essa opção é para quem tem mouse antigo, o qual só possui 2 botões e desejar simular um terceiro botão apertando os dois ao mesmo tempo. De acordo com sua decisão digite "y" para sim e "n" para não. Então ele lhe pedirá o caminho dispositivo. O padrão é "/dev/input/mice", se você utiliza kernel 2.4 use "/dev/psaux".

O próximo componente é o teclado e a primeira pergunta é qual o modelo do seu teclado.


Digite o número correspondente ao Brasil ABNT2 e pressione Enter, agora ele perguntará qual região pertence seu teclado.


Digite o número correspondente ao Brasil e pressione Enter, ele lhe perguntará qual a variante de seu teclado, então digite "abnt2" e então será perguntado se você deseja configurar teclas, digite "n" e prossiga.

Agora é a vez do monitor, com os dados sobre a frequência em mão pressione enter na tela atual.


Configurando a frequência horizontal. Se alguma das 10 opções forem compatíveis com a de seu monitor, digite o número correspondente, se não escolha a opção 11 e digite da seguinte forma "30-50" e pressione enter. Faça o mesmo processo para a vertical . Em seguida digite um identificador para seu monitor, você pode usar a marca e modelo, por exemplo, "philips105s".


Agora ele pergunta se você deseja configurar uma placa vídeo, digite "yes". Aparecerá uma lista de drivers das placas suportadas pelo xorg.


Use o "Enter" para percorrer a lista de drivers, ao localizar o driver de sua placa digite o número correspondente e pressione enter, será novamente pedido um identificador para sua placa, e novamente recomendo usar marca ou modelo, por exemplo, "fx6200".

Para finalizar iremos configurar a resolução do vídeo. Na tela seguinte ele perguntará as opções de resolução para cada taxa de cores.


Nessa página selecione 1 e em seguida abrirá a seguinte a paginá:


Selecione a opção 3 e responda "n" (não) para a pergunta posterior. Repita esse processo para as outras duas taxas de cores, escolhendo sua resolução e por fim digite 4 para continuar.

A última pergunta e qual taxa de cores você deseja utilizar, digite a taxa de sua escolha e pressione. Por fim ele pergunta se você deseja escrever no arquivo de configuração /etc/xorg.conf as configurações aqui definidas, digite "yes". Pronto você está com seu X pronto para inicialização.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Pré-requisitos
   2. Configurando
   3. Finalizando
Outros artigos deste autor

Instalando e configurando o OpenSolaris 2008.5

Leitura recomendada

Debian SID, OpenBox, LightDM e XFS

Rodando seu script como "service" no Conectiva

O gerenciador de boot GRUB

Instalação do GLPI no GNU/Linux CentOS 7.0

PuTTY - Release 0.66 - Parte I

  
Comentários
[1] Comentário enviado por irado em 25/06/2007 - 09:34h

putz.. usar o xorgconfig é querer matar o usuário :(, nunca vi treco mais chato.

o melhor é usar mesmo como informa o manual:

Xorg -configure

isso gera um arquivo básico o qual, funcionando, pode ser modificado pelo comando "xorgcfg -textmode"; as instruções são bem claras e bem fáceis de seguir - até eu consegui configurar meu X-server, imaginem ;)

[2] Comentário enviado por calaff2 em 25/06/2007 - 11:19h

Grande Helder!! muito bom cara!!

[3] Comentário enviado por mota-jr em 25/06/2007 - 16:16h

Para quem quer ir além, essa opção é uma boa, fora a relatada pelo nosso amigo acima.


Contribuir com comentário