Configurando o OpenOffice para edição de texto - swriter/oowriter

Neste terceiro tutorial vamos aprender como configurar o editor de texto (ET) oowriter/swriter para atender às nossas necessidades. Veremos truques para configurar barra de função, barra de formatação, barra de ferramentas, barra de menus dentre outros recursos.

[ Hits: 51.067 ]

Por: Perfil removido em 12/11/2004


Abrindo o swriter/oowriter



1) versão nativa:
  1. na versão nativa de sua distro, o executável chama-se oowriter.
  2. você encontra links para ele dentro da pasta .openoffice em seu /home

2) versão genérica:
  1. na versão genérica, swriter
  2. você encontra links para os executáveis dentro da pasta .OpenOffice.org-1.X.X em seu /home

Para abrir o swriter/oowriter, execute o link dentro da respectiva pasta no seu /home ou então no link criado no menu iniciar de X11 preferido (se houver; se não, faça-o).

Na primeira vez em que abrir o editor de texto (ET), aparecerá uma janela como esta:

Open Office Writer
Figura 1 - Clique para ampliar

  1. clique em "já sou usuário registrado...";
  2. feche a janela "estilos de parágrafo" (voltaremos a ele posteriormente);
  3. aumente o editor para o tamanho total de sua tela.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Abrindo o swriter/oowriter
   2. Partes do ET
   3. Conhecendo a barra de função
   4. Conhecendo a barra de formatação
   5. Conhecendo a barra de ferramentas
   6. Configurando as barras de função/formatação/ferramentas
   7. Configurando a barra de menus
   8. Finalizando
Outros artigos deste autor

FreeRADIUS - Conceitos Básicos - Parte II

Navegando na internet com (mais) segurança usando extensões no Mozilla/Firefox

Gerenciamento centralizado de usuários de rede com GOSA

Instale/Reinstale/Recupere seu sistema sem perder seus arquivos

pam_mount e CiD - Gerenciamento centralizado dos mapeamentos de unidades de rede no Ubuntu

Leitura recomendada

Ktechlab - Ambiente de simulação de circuitos

Octave - Programação científica no Linux

O "Synaptic"

Instalando o Nagios Core 3.2, Plugins, NRPE, NSClient (Ubuntu 10.4)

DNS BIND para integração em domínios AD (com Windows Active Directory ou Samba)

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts