Como monitorar Câmera IP e/ou USB no Ubuntu utilizando o MontionPlus

Ensina a instalar, configurar e utilizar o aplicativo MotionPlus, para fins de monitoramento de câmeras de segurança.

[ Hits: 3.397 ]

Por: Alexandre Rodrigues dos Santos em 19/01/2024


Download/compilação, instalação e configuração do MotionPlus - parte 1



1. DOWNLOAD DO MOTIONPLUS

O aplicativo poderá ser baixado através do link:

https://github.com/Motion-Project/motionplus.git

2. INSTALAÇÃO DO MOTIONPLUS ATRAVÉS DO CÓDIGO FONTE

Após a realização do download do aplicativo, deverão ser executados os seguintes comandos, dentro do diretório onde o arquivo motionplus-0.1.zip foi salvo:

unzip motionplus-0.1.zip
cd motionplus-0.1
autoreconf -fiv
./configure
make
sudo make install

Ao executar ./configure, poderão surgir alguns erros relacionados a possíveis dependências. Caso isso ocorra, instale as dependências listadas e tente executar o script novamente, até cessarem os erros. Outro ponto importante é o último comando, "make install", dê preferência em executá-lo com credenciais de root.

3. CONFIGURANDO O MOTIONPLUS

No exemplo utilizado, a webcam (USB) está configurada no dispositivo /etc/video0 e a câmera IP terá o seu endereço 192.168.0.159, sendo a porta de comunicação do aplicativo DroidCam a 4747. Ao acessar o aplicativo DroidCam, no smartfone, serão mostrados os seguintes dados:

WiFi IP: 192.168.0.159
DroidCam Port: 4747
IP Cam Access:
http://192.168.0.159:4747/
http://192.168.0.159:4747/video

Estas são as informações necessárias para acessar as imagens da câmera do smartfone através de um navegador de internet. Caso o leitor não conheça o aplicativo DroidCam, aconselho que o mesmo realize uma pesquisa sobre a utilização do app, a fim de facilitar sua utilização. Após os procedimentos de instalação do aplicativo, o próximo passo será modificar o arquivo de configuração, o qual encontra-se no diretório /usr/local/etc/motionplus e deverá se chamar motionplus.conf. De início o arquivo vem nomeado como motionplus-dist.conf, devendo ser renomeado para motionplus.conf.

3.1. Configurações do Serviço

Após renomear o arquivo, devemos acessá-lo através de um editor de textos (como o nano), lembrando de utilizar as credenciais de root e modificar as linhas seguintes, conforme descrito a diante.

daemon off

Este parâmetro diz ao MotionPlus que ele deverá ser iniciado através de um daemon, liberando o terminal, devendo ser alterado para "on", caso queira que esta função seja ativada.

setup_mod off

Este parâmetro diz ao MotionPlus que ele deverá ser iniciado no modo setup, devendo ser alterado para "on", caso queira que esta função seja ativada.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução: conhecendo o MotionPlus
   2. Download/compilação, instalação e configuração do MotionPlus - parte 1
   3. Configuração do MotionPlus - parte 2
   4. Configuração do MotionPlus - parte 3
   5. Finalizando a configuração e vendo o sistema funcionar
Outros artigos deste autor

Utilizando a interface V4L2 loopback com ffmpeg e OBS Studio

Leitura recomendada

Como está o meu bebê?

Instalação do Jack Audio Connection Kit

Fazendo seu Linux falar com espeak

Kdenlive - Como desfocar/borrar rosto, área ou objetos em um vídeo

Criar um Servidor TeamSpeak no Ubuntu Server

  
Comentários
[1] Comentário enviado por maurixnovatrento em 20/01/2024 - 14:37h


Ótimo artigo. Muito bom.

___________________________________________________________
Meu Canal: https://www.youtube.com/@LinuxDicasPro
https://github.com/mxnt10

[2] Comentário enviado por Buckminster em 05/02/2024 - 12:37h

Interessante o artigo, muito bom.


[b]_________________________________________________________[/b]
[i]Always listen the Buck![/i]
Enquanto o cursor estiver pulsando, há vida!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts