Como fazer o Squid funcionar da maneira mais simples possível no Xubuntu e derivados

Este artigo é para quem está iniciando com o Squid, mostro como instalar e configurar o Squid da forma mais simples possível no Xubuntu, além de gerar um relatório de acesso com o Sarg e um pequeno script para liberar e restringir determinados sites que estão na lista de proibidos do Squid.

[ Hits: 42.767 ]

Por: Fernando Eckhardt Valle em 25/02/2010


Testando e descobrindo o fake Squid



Para testá-lo, abra um navegador no PC servidor mesmo e coloque, nas configurações de proxy, o endereço 127.0.0.1 (que é o do PC local) e em porta 3128.

Tente acessar um site que você colocou no arquivo bloqueadas, se aparecer a página de erros, tudo funcionando!

Bom, para testar nas máquinas clientes (o resto da rede), nas configurações de proxy faça o seguinte, no endereço de proxy coloque o IP do servidor (onde se encontra o Squid) e o número da porta o mesmo, 3128.

Caso você não saiba, o procedimento, num computador com Windows, no Firefox, você clica em Ferramentas > Opções > Avançado > Rede > Configurar conexão, marque a opção Configuração manual de Proxy, em HTTP coloque o IP do servidor e na porta, 3128, OK > OK.

Fazendo exatamente este procedimento o Squid estará funcionando na rede tranquilamente, mas este servidor eu chamo de um fake squid, porque veja bem como se encontra a rede do modem roteando, sai um cabo que vai para um hub/switch, desse hub saem cabos para toda a rede, inclusive para a máquina com o Linux/Squid, quer dizer, as máquinas com proxy ou sem proxy irão funcionar normalmente na internet.

O certo seria sair o cabo do modem e entrar numa placa de rede do servidor e pela outra placa de rede distribuir a conexão para o restante da rede, mas como não tenho possibilidade de colocar duas placas de rede num micro, fico assim... Ah... mas dá para se fazer uma placa virtual, tudo bem, dá, mas para meu caso, que quero apenas restringir certos acessos a determinados sites, e sei que nenhum aluno sonha em saber o que é um proxy e como alterar proxy no navegador, não tem problema utilizar um fake Squid, meu único entrave é configurar o proxy manualmente máquina por máquina, mas tudo bem.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação e configuração do Squid
   3. Testando e descobrindo o fake Squid
   4. Script para bloquear/desbloquear orkut e acesso em qualquer PC da rede
Outros artigos deste autor

Ubuntu no Samsung Chromebook com processador ARM

Usando G4U, ProFTP e DHCP para clonar partições pela rede

Leitura recomendada

Destrinchando a compilação do Squid

Gerando relatórios no Sarg com nome da máquina/usuário ao invés do IP

SquidGuard: Bloqueando o acesso a Web

Firewall + Proxy autenticado + Apache (Centos 5.5 32/64 bits)

SUSE Linux - Squid autenticando no Active Directory (AD)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por neuroprodigy em 25/02/2010 - 15:45h

Um artigo simples, mas de forma comentada e sendo um case prático que supriu a necessidade. Legal !

[2] Comentário enviado por QUESTLODER em 10/03/2010 - 11:14h

Caro pherde,

Show de bola....o artigo...

[3] Comentário enviado por fabinho_sp83 em 20/04/2012 - 13:52h

Só me surgiu uma dúvida.
Caso eu escolha colocar duas placas de rede no meu server o que eu preciso mudar? Porque aqui na escola que trabalhos os alunos fuçam em tudo e descobririam logo como mudar o proxy no navegador.

Valew


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts