Manual traduzido do Squid

Este é o começo de uma série com a tradução do manual do Squid, versão 3.3. Desde as versões anteriores, há algumas mudanças no manual, porém, nada que prejudique o entendimento de versões próximas/passadas.

[ Hits: 47.221 ]

Por: Buckminster em 01/07/2013


Introdução



Tradução livre do Squid.

Talvez, tenha alguns erros de digitação ou de tradução, mas nada que impeça o entendimento.

Será feita em séries, uma vez que o manual do Squid tem 191 páginas.

Welcome to Squid 3.3.3

Esta é a documentação do arquivo de configuração do Squid. Esta documentação também pode ser encontrada online em:
Veja a página do Squid e Wiki para encontrar o FAQ e outras documentações:
Esta documentação mostra os padrões para várias diretivas. Se você não precisa mudar o padrão, é só não alterar seu squid.conf, na maioria dos casos.

Em alguns casos, "none" significa que não há nenhuma configuração padrão, enquanto em outros casos, refere-se ao valor da opção. Os comentários indicarão quando for o caso.

Opções de configuração podem ser incluídas usando a diretiva "include". "include" recebe uma lista de arquivos a serem incluídos. Citações e curingas são suportados.

Por exemplo:

include /path/to/included/file/squid.acl.config


As inclusões podem ser aninhadas até uma profundidade embutida de 16 níveis.

Esta restrição arbitrária é para evitar referências recursivas do Squid, fazendo-o entrar em um loop infinito, enquanto tenta carregar os arquivos de configuração.

Configuração condicional

Declarações "if" podem ser usadas para fazer diretivas de configuração. Dependem das condições:

if <CONDITION>
    ... regular configuration directives ...
[else
    ... regular configuration directives ...]
endif


"else" é opcional. As palavras "if", "else" e "endif", devem ser digitadas em suas próprias linhas, como se fossem diretivas regulares de configuração.

* Nota: a condição "else-if" não é suportada.

Estas condições individuais são suportadas:
  • true :: sempre avaliada como verdadeira.
  • false :: sempre avaliada como falsa.
  • <integer> = <integer> :: comparação de igualdade de dois números inteiros.

SMP - Macros relacionadas

As seguintes macros SMP relacionadas com o pré-processador de macros podem ser usadas:
  • ${process_name} :: expande para o "name" do processo atual, (ex.: squid1, squid2 ou cache1).
  • ${process_number} :: expande para o identificador do processo atual do Squid, que é um número inteiro (por exemplo, 1, 2, 3) único para os processos do Squid.

  • TAG: broken_vary_encoding :: esta opção ainda não é suportada pelo Squid3.
  • Default: none

  • TAG: error_map :: esta opção ainda não é suportada pelo Squid3.
  • Default: none

  • TAG: external_refresh_check :: esta opção ainda não é suportada pelo Squid3.
  • Default: none

  • TAG: ignore_ims_on_miss :: esta opção ainda não é suportada pelo Squid3.
  • Default: none

  • TAG: location_rewrite_program :: esta opção ainda não é suportada pelo Squid3.
  • Default: none

  • TAG: refresh_stale_hit :: esta opção ainda não é suportada pelo Squid3.
  • Default: none

  • TAG: storeurl_access :: esta opção ainda não é suportada por esta versão do Squid3.
  • Default: none

  • TAG: ignore_expect_100 :: remova esta linha. O recurso HTTP/1.1 agora é totalmente suportado por padrão.
  • Default: none

  • TAG: dns_v4_fallback :: remova esta linha. O Squid executa um algoritmo "'Happy Eyeballs ", o algoritmo "fallback" não é mais relevante.
  • Default: none

  • TAG: ftp_list_width :: remova esta linha. Configure a exibição de página FTP usando os controles de CSS em errorpages.css.
  • Default: none

  • TAG: maximum_single_addr_tries :: substituído pelo connect_retries. O comportamento foi alterado, por favor, leia a documentação antes de alterar.
  • Default: none

  • TAG: update_headers :: remova esta linha. O recurso é suportado por padrão nos tipos de armazenamento onde a atualização é implementada.
  • Default: none

  • TAG: url_rewrite_concurrency :: remova esta linha. Defina a opção "concurrency=" na tag url_rewrite_children.
  • Default: none

  • TAG: dns_testnames :: remova esta linha. O DNS não é mais testado na inicialização.
  • Default: none

  • TAG: extension_methods :: remova esta linha. Todos os métodos válidos para HTTP são aceitos por padrão.
  • Default: none

  • TAG: zero_buffers
  • Default: none

  • TAG: incoming_rate
  • Default: none

  • TAG: server_http11 :: remova esta linha. HTTP/1.1 é suportado por padrão.
  • Default: none

  • TAG: upgrade_http0.9 :: remova esta linha. O protocolo de straming ICY/1.0 é suportado por padrão.
  • Default: none

  • TAG: zph_local :: altere essas entradas. Use a diretiva qos_flows.
  • Default: none

  • TAG: header_access :: desde o Squid-3.0 substituir por request_header_access ou reply_header_access, dependendo se você deseja corresponder pedidos de clientes ou respostas do servidor.
  • Default: none

  • TAG: httpd_accel_no_pmtu_disc :: desde o Squid-3.0 é usada a flag "disable-pmtu-discovery".
  • Default: none

  • TAG: wais_relay_host :: substitua essa linha pela configuração "cache_peer".
  • Default: none

  • TAG: wais_relay_port :: substitua essa linha pela configuração "cache_peer".
  • Default: none

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Opções de autenticação I
   3. Opções de autenticação II
   4. Controles de acesso
   5. Tipos de ACLs disponíveis
Outros artigos deste autor

Manual traduzido do Squid - Parte 2

DHCP com controle de IP e compartilhamento no Debian Squeeze

Redes de Computadores · IPtables · Endereços IPs - Explicações básicas

Manual traduzido do Squid - Parte 3

Compilação do Squid 3 no Debian Wheezy

Leitura recomendada

Compilação do Squid 3 no Debian Wheezy

MySAR - Um ótimo analisador de logs do Squid

Squid autenticado no Active Directory com Winbind

Squid balanceado com LVS

Squid + Bridge + TProxy no CentOS 5.4

  
Comentários
[1] Comentário enviado por danniel-lara em 01/07/2013 - 08:54h

Parabéns pelo Artigo , muito bom

[2] Comentário enviado por Diego-Garcia em 01/07/2013 - 15:16h

Bem, não li tudo, mas como conheço seu trabalho, já está nos meus favoritos.

[3] Comentário enviado por Buckminster em 02/07/2013 - 10:45h


[1] Comentário enviado por danniel-lara em 01/07/2013 - 08:54h:

Parabéns pelo Artigo , muito bom


Obrigado.

[4] Comentário enviado por Buckminster em 02/07/2013 - 10:45h


[2] Comentário enviado por Diego-Garcia em 01/07/2013 - 15:16h:

Bem, não li tudo, mas como conheço seu trabalho, já está nos meus favoritos.


Obrigado.

[5] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 02/07/2013 - 22:55h

Parabéns amigo.!!! Conteúdo sobre o squid é sempre bem vindo...
Abraço

[6] Comentário enviado por removido em 03/07/2013 - 07:22h

Parabéns e excelente iniciativa, favoritado.....

[7] Comentário enviado por removido em 03/07/2013 - 07:30h

João, parabéns cara!

Iniciativa louvável!

Abs

[8] Comentário enviado por Buckminster em 03/07/2013 - 12:47h


[5] Comentário enviado por PretooOO em 02/07/2013 - 22:55h:

Parabéns amigo.!!! Conteúdo sobre o squid é sempre bem vindo...
Abraço


Valeu Preto.

[9] Comentário enviado por Buckminster em 03/07/2013 - 12:47h


[6] Comentário enviado por elementarGO em 03/07/2013 - 07:22h:

Parabéns e excelente iniciativa, favoritado.....


Obrigado. Estamos aí.

[10] Comentário enviado por Buckminster em 03/07/2013 - 12:48h


[7] Comentário enviado por Gedimar em 03/07/2013 - 07:30h:

João, parabéns cara!

Iniciativa louvável!

Abs


Obrigado Gedimar.

[11] Comentário enviado por pontozip em 03/07/2013 - 21:06h

Parabéns pelo seu trabalho, dedicação! A comunidade VOL agradece.

Ats
Curitiba/Pr

[12] Comentário enviado por Buckminster em 04/07/2013 - 01:24h


[11] Comentário enviado por pontozip em 03/07/2013 - 21:06h:

Parabéns pelo seu trabalho, dedicação! A comunidade VOL agradece.

Ats
Curitiba/Pr


Obrigado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts