Como compilar o Kernel em qualquer distribuição GNU/Linux

Neste artigo vou explicar o que é o Kernel, por que compilá-lo e, mais do que isso, como compilar o Kernel do GNU/Linux de forma simples e rápida, sem enrolação. Além disso, este artigo pode ser levado como base para algumas questões da prova LPIC-2.

[ Hits: 7.389 ]

Por: Mateus Gabriel Müller em 27/09/2017 | Blog: http://4fasters.com.br/


O que é o Kernel? Por que compilar? Problemas?



O que é o Kernel

O Kernel é basicamente o coração do sistema. Todas as instruções de como fazer o gerenciamento do hardware e do sistema, estão escritas no Kernel.

Por que compilar o Kernel

Para ser mais prático, vamos a um exemplo, digamos que você tem uma placa-mãe da Gigabyte e sua placa de rede integrada é uma Realtek. No Kernel que você está usando (digamos que é o 4.9) não há suporte para esta placa de rede, ou seja, ela está em off e você não pode navegar na rede. Você leu na documentação do Kernel 4.12 que o suporte para esta placa foi adicionado. Neste caso, faz sentido você atualizar o Kernel para ter suporte ao novo módulo.

Sempre devo compilar o Kernel?

Não, o ideal é deixar sempre no Kernel default da sua distro, pois esta versão é que foi homologada e testada para funcionar sem gargalos.

Posso ter problemas depois de compilar o Kernel?

Sim, pode. Você está alterando a parte que controla tudo no equipamento. Comigo, em especial, nunca ocorreu nenhum problema que fizesse algo parar de funcionar, tudo continuou normal. Mesmo que você tenha problemas, ainda será possível bootar pelo Kernel antigo para utilizar o sistema. Então, vale a tentativa de atualização para correção de algum erro.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O que é o Kernel? Por que compilar? Problemas?
   2. Aprenda definitivamente como compilar o Kernel do Linux
Outros artigos deste autor

Entenda o Bootstrap

Leitura recomendada

Como explicar o que é kernel para um leigo

Recompilando o kernel com suporte a placas de rede Encore rtl8139D (Silan)

Kernel atualizado no Debian - Parte II

Aplicando o patch do grsecurity no kernel 2.4

Recompilando kernel 2.6 no Debian Lenny

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 27/09/2017 - 21:51h

Excelente dica,entretanto faltou falar que librarie é uma biblioteca para Linux e que toda biblioteca para Linux começa com lib.Porém essa dica que falei é para iniciantes.

[2] Comentário enviado por kowalskii em 02/10/2017 - 11:50h

Bom artigo.
Apenas algumas observações:


Este processo demora bastante, se você não usar a opção "-j". Então, meu amigo, vá ver um filme, tomar um café, correr com sua namorada.

Quem compila kernel não tem namorada.


Uma tela como esta será aberta. Nela, é possível personalizar o que você deseja ou não compilar deste Kernel, personalizando conforme sua necessidade:

Essa parte eu particularmente acho meio complexa, eu não sou um usuário avançado por exemplo, como eu posso saber o que ativar?
Parabéns pelo artigo, abraço!
-----------------------------------------
---- Linux Counter #606350 ----

[3] Comentário enviado por johnf em 03/10/2017 - 16:23h




Uma tela como esta será aberta. Nela, é possível personalizar o que você deseja ou não compilar deste Kernel, personalizando conforme sua necessidade:
Essa parte eu particularmente acho meio complexa, eu não sou um usuário avançado por exemplo, como eu posso saber o que ativar?
Parabéns pelo artigo, abraço!
-----------------------------------------
---- Linux Counter #606350 ----

Mesma dúvida dele, bom trabalho.

[4] Comentário enviado por mateusgabriel em 05/10/2017 - 16:37h


[2] Comentário enviado por kowalskii em 02/10/2017 - 11:50h

Bom artigo.
Apenas algumas observações:


Este processo demora bastante, se você não usar a opção "-j". Então, meu amigo, vá ver um filme, tomar um café, correr com sua namorada.
Quem compila kernel não tem namorada.


Uma tela como esta será aberta. Nela, é possível personalizar o que você deseja ou não compilar deste Kernel, personalizando conforme sua necessidade:
Essa parte eu particularmente acho meio complexa, eu não sou um usuário avançado por exemplo, como eu posso saber o que ativar?
Parabéns pelo artigo, abraço!
-----------------------------------------
---- Linux Counter #606350 ----


Hahaha, boa!

Cara, aquela tela tu vai simplesmente selecionar o que você quer o ou não compilar. Imagina assim: Tenho um placa de vídeo da NVIDIA. Por que eu vou compilar os módulos da AMD junto se não vou usar? Ali seria para selecionar apenas o que você precisa para rodar seu hardware, podendo otimizar muito ele se descartar esse lixo todo. Claro que é muito mais complexo, tem muitas coisas ali que eu não sei pra que serve, pra diferentes tipos de hardware. Mas essa é a ideia! Abraço.

[5] Comentário enviado por mateusgabriel em 05/10/2017 - 16:37h


[1] Comentário enviado por Capitao_Zap em 27/09/2017 - 21:51h

Excelente dica,entretanto faltou falar que librarie é uma biblioteca para Linux e que toda biblioteca para Linux começa com lib.Porém essa dica que falei é para iniciantes.


Valeu capitão :)

[6] Comentário enviado por mateusgabriel em 05/10/2017 - 16:37h


[3] Comentário enviado por johnf em 03/10/2017 - 16:23h




Uma tela como esta será aberta. Nela, é possível personalizar o que você deseja ou não compilar deste Kernel, personalizando conforme sua necessidade:
Essa parte eu particularmente acho meio complexa, eu não sou um usuário avançado por exemplo, como eu posso saber o que ativar?
Parabéns pelo artigo, abraço!
-----------------------------------------
---- Linux Counter #606350 ----

Mesma dúvida dele, bom trabalho.



Cara, aquela tela tu vai simplesmente selecionar o que você quer o ou não compilar. Imagina assim: Tenho um placa de vídeo da NVIDIA. Por que eu vou compilar os módulos da AMD junto se não vou usar? Ali seria para selecionar apenas o que você precisa para rodar seu hardware, podendo otimizar muito ele se descartar esse lixo todo. Claro que é muito mais complexo, tem muitas coisas ali que eu não sei pra que serve, pra diferentes tipos de hardware. Mas essa é a ideia! Abraço.

[7] Comentário enviado por kowalskii em 06/10/2017 - 08:21h

Obrigado pelas informações @mateusgabriel! :D
-----------------------------------------
---- Linux Counter #606350 ----


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts