CloudStack no CentOS7 com KVM

Bom, vamos montar um pequeno ambiente Cloud, usando o CloudStack com KVM, para quem gostaria de ter uma nuvem privada em sua empresa, o Cloudstack pode ser uma boa opção.

[ Hits: 1.946 ]

Por: Daniel Lara Souza em 20/09/2019 | Blog: http://danniel-lara.blogspot.com/


Preparando o CentOS



O ideal é a instalação mínima do CentOS7.

Após a instalação, vamos efetuar o update do sistema:

# yum update -y

Vamos instalar alguns pacotes para o uso, no caso o Vim e o wget:

# yum install vim wget -y

Adicione o repositório do Epel:

# yum install epel-release -y

Instale o NFS:

# yum install nfs-utils -y

Ative-o na inicialização:

# systemctl enable rpcbind
# systemctl enable nfs

No arquivo do NFS, adicione as configurações:

# vim /etc/sysconfig/nfs

LOCKD_TCPPORT=32803
LOCKD_UDPPORT=32769
MOUNTD_PORT=892
RQUOTAD_PORT=875
STATD_PORT=662
STATD_OUTGOING_PORT=2020

Vamos criar para o NFS que vamos usar para os storage do Cloudstack, o primário e o secundário:

# mkdir -p /export/primary
# mkdir /export/secondary

Adicione no /etc/exports:

/export/secondary *(rw,async,no_root_squash,no_subtree_check)
/export/primary *(rw,async,no_root_squash,no_subtree_check)

Inicie o NFS:

# systemctl start rpcbind
# systemctl start nfs

Coloque o SELinux em modo permissive. Edite o arquivo /etc/selinux/config, deixando-o assim:

SELINUX=permissive

Caso saiba usar o SELinux, só não alterar e deixar ativado.

Interface de Rede

Vamos ajustar a interface de rede.

Instale o bridge-utils:

# yum install bridge-utils -y

Crie a interface "ifcfg-cloudbr0":

# vim /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-cloudbr0

E adicione:

DEVICE=cloudbr0
TYPE=Bridge
ONBOOT=yes
BOOTPROTO=static
IPV6INIT=no
IPV6_AUTOCONF=no
DELAY=5
IPADDR=192.168.122.254
GATEWAY=192.168.122.1
NETMASK=255.255.255.0
DNS1=208.67.222.222
DNS2=208.67.220.200
STP=yes
USERCTL=no
NM_CONTROLLED=no

EM "IPADDR", coloque o IP de seu servidor. No exemplo, estou usando um já pré-determinado por mim, DNS1 e DNS2, use os DNS de sua preferência.

Agora, edite o arquivo "ifcfg-eth0", no meu caso é o "eth0", mas conforme o hardware, pode ser outro nome a sua interface de rede

# vim /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0

TYPE=Ethernet
DEVICE=eth0
ONBOOT=yes
BRIDGE=cloudbr0

Desative NetworkManager e ative o network:

# systemctl disable NetworkManager
# systemctl enable network

Ajuste o seu hostname, no caso, estou usando o hostname de Cloudstack:

# vim /etc/hosts
192.168.122.254  cloudstack

Instale e ative na inicialização o NTP:

# yum install ntp -y
# systemctl enable ntpd

Desative o Firewalld:

# systemctl disable firewalld

Edita o arquivo /etc/idmapd.conf e descomente a linha "Domain", coloque o nome do seu host:

Domain = cloudstack

Agora vamos reiniciar o servidor.

# reboot

Instalando CloudStack

Após reiniciar o servidor, vamos instalar o Cloudstack.

Estamos usando a versão 4.11, que é LTS, pois a 4.12 é informada como não LTS.

Vamos adicionar o repositório do cloudstack:

# vim /etc/yum.repos.d/cloudstack.repo

[cloudstack]
name=cloudstack
baseurl=http://download.cloudstack.org/centos/7/4.11/
enabled=1
gpgcheck=0

Agora, vamos instalar o Cloudstack e também o banco de dados necessário, que no caso, vamos utilizar o MariaDB:

# yum install cloudstack-management cloudstack-usage mariadb-server mariadb -y

No /etc/my.cnf, na seção "[mysqld]", adicione:

# vim /etc/my.cnf

innodb_rollback_on_timeout=1
innodb_lock_wait_timeout=600
max_connections=350
log-bin=mysql-bin
binlog-format = 'ROW'

Agora inicie o MariaDB e ative na inicialização:

# systemctl start mariadb
# systemctl enable mariadb

Defina a senha de root e algumas configurações do seu MariaDB:

# mysql_secure_installation

Vamos configurar o CloudStack:

# cloudstack-setup-databases cloud:cloud@localhost --deploy-as=root:SENHAMARIADB -i 192.168.122.254

Execute o comando novamente, para iniciar e se estiver tudo Ok:

# cloudstack-setup-management

Ative na inicialização:

# systemctl enable cloudstack-management

Vamos baixar a System VM:

# /usr/share/cloudstack-common/scripts/storage/secondary/cloud-install-sys-tmplt -m /export/secondary -u http://download.cloudstack.org/systemvm/4.11/systemvmtemplate-4.11.3-kvm.qcow2.bz2 -h kvm -F

Feito, instalado. Agora vamos para o KVM.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Preparando o CentOS
   2. Instalando e configurando o KVM para o CloudStack
Outros artigos deste autor

Implantando um Servidor de Backup com Bacula - Debian Squeeze

iRedMail como servidor de e-mails em servidor GNU/Linux ou BSD

Bacula + Webacula + Bacula-web + bat no CentOS 6.3

Servidor Bacula com Fedora Server 21

ISPConfig 3 no CentOS 6.4 64 bits

Leitura recomendada

Gerando imagens com o mkcdrec

Como realizar migração de Windows para Linux em uma empresa

Distros nacionais em evolução: visão do Definity Linux CURRENT e do Kurumin beta

Baixando ISOs-Linux em altíssima velocidade

Emacs - Poderoso ambiente de trabalho

  
Comentários
[1] Comentário enviado por kayshin em 31/10/2019 - 15:44h

Olá amigo, excelente artigo, parabéns pelo seu trabalho.

Estou com um problema na hora de add o host, eu coloco o usuário e a senha mais da erro de autenticação.
Estou colocando exatamente o que cadastrei, mais não vai. como faço para trocar a senha do hypervisor?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts