CloudStack no CentOS7 com KVM

Bom, vamos montar um pequeno ambiente Cloud, usando o CloudStack com KVM, para quem gostaria de ter uma nuvem privada em sua empresa, o Cloudstack pode ser uma boa opção.

[ Hits: 1.378 ]

Por: Daniel Lara Souza em 20/09/2019 | Blog: http://danniel-lara.blogspot.com/


Preparando o CentOS



O ideal é a instalação mínima do CentOS7.

Após a instalação, vamos efetuar o update do sistema:

# yum update -y

Vamos instalar alguns pacotes para o uso, no caso o Vim e o wget:

# yum install vim wget -y

Adicione o repositório do Epel:

# yum install epel-release -y

Instale o NFS:

# yum install nfs-utils -y

Ative-o na inicialização:

# systemctl enable rpcbind
# systemctl enable nfs

No arquivo do NFS, adicione as configurações:

# vim /etc/sysconfig/nfs

LOCKD_TCPPORT=32803
LOCKD_UDPPORT=32769
MOUNTD_PORT=892
RQUOTAD_PORT=875
STATD_PORT=662
STATD_OUTGOING_PORT=2020

Vamos criar para o NFS que vamos usar para os storage do Cloudstack, o primário e o secundário:

# mkdir -p /export/primary
# mkdir /export/secondary

Adicione no /etc/exports:

/export/secondary *(rw,async,no_root_squash,no_subtree_check)
/export/primary *(rw,async,no_root_squash,no_subtree_check)

Inicie o NFS:

# systemctl start rpcbind
# systemctl start nfs

Coloque o SELinux em modo permissive. Edite o arquivo /etc/selinux/config, deixando-o assim:

SELINUX=permissive

Caso saiba usar o SELinux, só não alterar e deixar ativado.

Interface de Rede

Vamos ajustar a interface de rede.

Instale o bridge-utils:

# yum install bridge-utils -y

Crie a interface "ifcfg-cloudbr0":

# vim /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-cloudbr0

E adicione:

DEVICE=cloudbr0
TYPE=Bridge
ONBOOT=yes
BOOTPROTO=static
IPV6INIT=no
IPV6_AUTOCONF=no
DELAY=5
IPADDR=192.168.122.254
GATEWAY=192.168.122.1
NETMASK=255.255.255.0
DNS1=208.67.222.222
DNS2=208.67.220.200
STP=yes
USERCTL=no
NM_CONTROLLED=no

EM "IPADDR", coloque o IP de seu servidor. No exemplo, estou usando um já pré-determinado por mim, DNS1 e DNS2, use os DNS de sua preferência.

Agora, edite o arquivo "ifcfg-eth0", no meu caso é o "eth0", mas conforme o hardware, pode ser outro nome a sua interface de rede

# vim /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0

TYPE=Ethernet
DEVICE=eth0
ONBOOT=yes
BRIDGE=cloudbr0

Desative NetworkManager e ative o network:

# systemctl disable NetworkManager
# systemctl enable network

Ajuste o seu hostname, no caso, estou usando o hostname de Cloudstack:

# vim /etc/hosts
192.168.122.254  cloudstack

Instale e ative na inicialização o NTP:

# yum install ntp -y
# systemctl enable ntpd

Desative o Firewalld:

# systemctl disable firewalld

Edita o arquivo /etc/idmapd.conf e descomente a linha "Domain", coloque o nome do seu host:

Domain = cloudstack

Agora vamos reiniciar o servidor.

# reboot

Instalando CloudStack

Após reiniciar o servidor, vamos instalar o Cloudstack.

Estamos usando a versão 4.11, que é LTS, pois a 4.12 é informada como não LTS.

Vamos adicionar o repositório do cloudstack:

# vim /etc/yum.repos.d/cloudstack.repo

[cloudstack]
name=cloudstack
baseurl=http://download.cloudstack.org/centos/7/4.11/
enabled=1
gpgcheck=0

Agora, vamos instalar o Cloudstack e também o banco de dados necessário, que no caso, vamos utilizar o MariaDB:

# yum install cloudstack-management cloudstack-usage mariadb-server mariadb -y

No /etc/my.cnf, na seção "[mysqld]", adicione:

# vim /etc/my.cnf

innodb_rollback_on_timeout=1
innodb_lock_wait_timeout=600
max_connections=350
log-bin=mysql-bin
binlog-format = 'ROW'

Agora inicie o MariaDB e ative na inicialização:

# systemctl start mariadb
# systemctl enable mariadb

Defina a senha de root e algumas configurações do seu MariaDB:

# mysql_secure_installation

Vamos configurar o CloudStack:

# cloudstack-setup-databases cloud:cloud@localhost --deploy-as=root:SENHAMARIADB -i 192.168.122.254

Execute o comando novamente, para iniciar e se estiver tudo Ok:

# cloudstack-setup-management

Ative na inicialização:

# systemctl enable cloudstack-management

Vamos baixar a System VM:

# /usr/share/cloudstack-common/scripts/storage/secondary/cloud-install-sys-tmplt -m /export/secondary -u http://download.cloudstack.org/systemvm/4.11/systemvmtemplate-4.11.3-kvm.qcow2.bz2 -h kvm -F

Feito, instalado. Agora vamos para o KVM.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Preparando o CentOS
   2. Instalando e configurando o KVM para o CloudStack
Outros artigos deste autor

LAMP no Fedora 17

iRedMail como servidor de e-mails em servidor GNU/Linux ou BSD

ISPConfig 3 no CentOS 6.4 64 bits

Instalando o oVirt 4.3 Single Host

Bacula + Webacula + Bacula-web + bat no CentOS 6.3

Leitura recomendada

Instalação e configuração do Nagios

LAMP no Fedora 17

Asterisk: Entendendo o arquivo extensions.conf

Instalação do Redmine no CentOS 6

Qual distribuição Linux devo escolher?

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts