CMS Plone 4.1.6 com invólucro Virtualenv + Buildout + Mount Point + BLOB Storage + Unicode UTF-8

O Plone está entre os CMS com menor índice de falhas de segurança, possui várias funcionalidades e técnicas que podem ser comparadas com outros CMS.

[ Hits: 16.800 ]

Por: Ricardo Brito do Nascimento em 06/08/2012 | Blog: http://brito.blog.incolume.com.br


Introdução - Escopo - Dependências



Segundo plone.org, o Plone 4 é a versão mais rápida, poderosa e bela. O state-of-the-art do CMS Plone.
Linux: CMS Plone 4.1.6 com invólucro virtualenv + buildout + mount point + BLOB storage + Unicode UTF-8

O Plone, também conhecido por PZP – Python/Zope/Plone - Assim chamado pela formação do ambiente que envolve a linguagem de programação interpretada Python, o framework para desenvolvimento Web Zope e o CMS – Content Management System – Plone.

O Plone está entre os CMS com menor índice de falhas de segurança, possui várias funcionalidades técnicas que podem ser comparadas com outros CMS na URL:
E de acordo com a pesquisa apresentada pela IBM, em Manyeyes, foi o CMS que apresentou menos vulnerabilidades.

Trata-se de uma plataforma para gerenciamento de diversos tipos de conteúdo sem que sejam necessários conhecimentos técnicos em relação à estrutura codificada da plataforma.

Com o CMS Plone, pode-se construir um site completo, com diversas funcionalidades, sem a necessidade da construção de códigos complexos em linguagem de programação.

O Plone abre espaço para customização de sua aparência e estrutura de navegação, além de possibilitar personalização do site através da escolha de cores, imagens e posicionamentos de diversos componentes, que agora incluem Gadgets.

Em um nível mais avançado, a utilização do Plone dá conta da implementação de novas funcionalidades por parte de desenvolvedores de softwares, que podem ser agregadas à estrutura já existente, como sistemas de diretórios (AD/LDAP), Samba, e outros recursos estruturais.

O que é o Plone?

O Plone, classificado como um Sistema Gerenciador de Conteúdo, ou popularmente chamado pelo acrônimo em Inglês CMS – Content Management System - é um software livre e de código aberto.

Possui incorporado, um sistema de workflow, diretivas de segurança e funções pré-configuradas, metadados para tipos conteúdo e suporte para múltiplos idiomas.

Além disto, desenvolvedores e testadores de todo o mundo contribuem com a sua construção e melhoria.

O que pode ser feito com o Plone?
  • Criar sites facilmente;
  • Gerenciar todo o conteúdo do site através de uma interface amigável;
  • Delegar subtarefas em áreas especificas do sítio sem comprometer a escalabilidade e a segurança;
  • Criar e organizar conteúdo de forma colaborativa através de um fluxo de trabalho;
  • Personalizar do aspecto visual básico do site através de interface intuitiva;
  • Divulgar notícias, feed, eventos e links;
  • Publicar fotos, arquivos e vídeos;
  • Organizar hierarquicamente seu conteúdo através de menus de navegação.

Quais recursos são oferecidos pelo Plone?
  • Criação e manutenção de conteúdo;
  • Todo gerenciamento de conteúdo realizado através do navegador Web;
  • Gerenciamento de usuários com níveis hierárquicos;
  • Fluxo de publicação colaborativa de conteúdo (workflow);
  • Geração automática de infraestrutura de navegação;
  • Mecanismo de busca avançada;
  • Possibilidade de criação de portais de Internet ou Intranet;
  • Criação de blog corporativo;
  • Ferramentas colaborativas para groupware;
  • Repositório de conteúdos como imagens, documentos e vídeos;
  • Agendamento e divulgação de eventos;
  • Galeria de imagens;
  • Área integrada de notícias;
  • Segurança e integridade dos dados;
  • Suporte a internacionalização.


Escopo

O escopo de customização está limitado ao seguinte ambiente:
O Plone 4.1.6, é a ultima revisão estável da versão 4.1, e possui os seguintes pacotes incorporados e respectivas versões:
  • packages/buildout-cache.tar.bz2
  • packages/distribute-0.6.19.tar.gz
  • packages/issue12012-sslv2.txt
  • packages/issue9670-v2.txt
  • packages/jpegsrc.v8c.tar.bz2
  • packages/multiarch-patch.txt
  • packages/Python-2.6.8.tar.bz2
  • packages/readline-6.2.tar.bz2
  • packages/virtualenv-1.6.1.tar.bz2
  • packages/zlib-1.2.5.tar.bz2

Dependências

Considerando que, o sistema operacional esteja instalado e configurado corretamente, execute:

Debian Like:

sudo aptitude install build-essential libssl-dev

Red Hat Like:

sudo yum install gcc cpp gcc-c++ make openssl-devel

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução - Escopo - Dependências
   2. PZP - Virtualenv - Buildout
   3. Mount point
   4. BLOB Storage
   5. Desfecho, arquivos fontes e referências
Outros artigos deste autor

Proteção utilizando fail2ban contra ataques do tipo

Clonagem de Hardware Hotline em Software Livre

Configurando Subversion

Instalação Plone 2.5.5 com módulos customizados

Encapsulamento de Apache com chroot

Leitura recomendada

Introdução ao Python (parte 1)

Python, o curso (parte 1)

ZPT - Zope Pages Templates

Instalação básica do Plone 3 com Buildout no Linux

wxPython, uma biblioteca GUI multi-plataforma (parte 1)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por rony_souza em 08/08/2012 - 15:56h

Muito bom o artigo, parece ser uma ótima ferramenta.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts