CMS Plone 4.1.6 com invólucro Virtualenv + Buildout + Mount Point + BLOB Storage + Unicode UTF-8

O Plone está entre os CMS com menor índice de falhas de segurança, possui várias funcionalidades e técnicas que podem ser comparadas com outros CMS.

[ Hits: 17.077 ]

Por: Ricardo Brito do Nascimento em 06/08/2012 | Blog: http://brito.blog.incolume.com.br


Introdução - Escopo - Dependências



Segundo plone.org, o Plone 4 é a versão mais rápida, poderosa e bela. O state-of-the-art do CMS Plone.
Linux: CMS Plone 4.1.6 com invólucro virtualenv + buildout + mount point + BLOB storage + Unicode UTF-8

O Plone, também conhecido por PZP – Python/Zope/Plone - Assim chamado pela formação do ambiente que envolve a linguagem de programação interpretada Python, o framework para desenvolvimento Web Zope e o CMS – Content Management System – Plone.

O Plone está entre os CMS com menor índice de falhas de segurança, possui várias funcionalidades técnicas que podem ser comparadas com outros CMS na URL:
E de acordo com a pesquisa apresentada pela IBM, em Manyeyes, foi o CMS que apresentou menos vulnerabilidades.

Trata-se de uma plataforma para gerenciamento de diversos tipos de conteúdo sem que sejam necessários conhecimentos técnicos em relação à estrutura codificada da plataforma.

Com o CMS Plone, pode-se construir um site completo, com diversas funcionalidades, sem a necessidade da construção de códigos complexos em linguagem de programação.

O Plone abre espaço para customização de sua aparência e estrutura de navegação, além de possibilitar personalização do site através da escolha de cores, imagens e posicionamentos de diversos componentes, que agora incluem Gadgets.

Em um nível mais avançado, a utilização do Plone dá conta da implementação de novas funcionalidades por parte de desenvolvedores de softwares, que podem ser agregadas à estrutura já existente, como sistemas de diretórios (AD/LDAP), Samba, e outros recursos estruturais.

O que é o Plone?

O Plone, classificado como um Sistema Gerenciador de Conteúdo, ou popularmente chamado pelo acrônimo em Inglês CMS – Content Management System - é um software livre e de código aberto.

Possui incorporado, um sistema de workflow, diretivas de segurança e funções pré-configuradas, metadados para tipos conteúdo e suporte para múltiplos idiomas.

Além disto, desenvolvedores e testadores de todo o mundo contribuem com a sua construção e melhoria.

O que pode ser feito com o Plone?
  • Criar sites facilmente;
  • Gerenciar todo o conteúdo do site através de uma interface amigável;
  • Delegar subtarefas em áreas especificas do sítio sem comprometer a escalabilidade e a segurança;
  • Criar e organizar conteúdo de forma colaborativa através de um fluxo de trabalho;
  • Personalizar do aspecto visual básico do site através de interface intuitiva;
  • Divulgar notícias, feed, eventos e links;
  • Publicar fotos, arquivos e vídeos;
  • Organizar hierarquicamente seu conteúdo através de menus de navegação.

Quais recursos são oferecidos pelo Plone?
  • Criação e manutenção de conteúdo;
  • Todo gerenciamento de conteúdo realizado através do navegador Web;
  • Gerenciamento de usuários com níveis hierárquicos;
  • Fluxo de publicação colaborativa de conteúdo (workflow);
  • Geração automática de infraestrutura de navegação;
  • Mecanismo de busca avançada;
  • Possibilidade de criação de portais de Internet ou Intranet;
  • Criação de blog corporativo;
  • Ferramentas colaborativas para groupware;
  • Repositório de conteúdos como imagens, documentos e vídeos;
  • Agendamento e divulgação de eventos;
  • Galeria de imagens;
  • Área integrada de notícias;
  • Segurança e integridade dos dados;
  • Suporte a internacionalização.


Escopo

O escopo de customização está limitado ao seguinte ambiente:
O Plone 4.1.6, é a ultima revisão estável da versão 4.1, e possui os seguintes pacotes incorporados e respectivas versões:
  • packages/buildout-cache.tar.bz2
  • packages/distribute-0.6.19.tar.gz
  • packages/issue12012-sslv2.txt
  • packages/issue9670-v2.txt
  • packages/jpegsrc.v8c.tar.bz2
  • packages/multiarch-patch.txt
  • packages/Python-2.6.8.tar.bz2
  • packages/readline-6.2.tar.bz2
  • packages/virtualenv-1.6.1.tar.bz2
  • packages/zlib-1.2.5.tar.bz2

Dependências

Considerando que, o sistema operacional esteja instalado e configurado corretamente, execute:

Debian Like:

sudo aptitude install build-essential libssl-dev

Red Hat Like:

sudo yum install gcc cpp gcc-c++ make openssl-devel

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução - Escopo - Dependências
   2. PZP - Virtualenv - Buildout
   3. Mount point
   4. BLOB Storage
   5. Desfecho, arquivos fontes e referências
Outros artigos deste autor

Instalação Plone 2.5.5 com módulos customizados

Clonagem de Hardware Hotline em Software Livre

Configurando proxy no shell

Vim com corretor ortográfico em pt_BR/es_ES/en_US

Gerenciando certificados A1 fornecidos pelo ICB-Brasil no navegador Chrome sobre Linux

Leitura recomendada

Instalando o MySQL no Zope/Plone e criando uma pequena aplicação

Criando formulários no Zope/Plone utilizando o banco de dados MySQL

Instalação Plone 2.5.5 com módulos customizados

Python, o curso (parte 1)

Solução de Intranet Vindula 1.1 - Instalação no Ubuntu 10.04 LTS

  
Comentários
[1] Comentário enviado por rony_souza em 08/08/2012 - 15:56h

Muito bom o artigo, parece ser uma ótima ferramenta.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts