Bottlenecks - Métricas de performance de servidores

Ter um servidor bem dimensionado que suporte uma aplicação para um ambiente produtivo empresarial de mais de 30.000 usuários é um desafio. A resposta é investir em testes de performance, antes, é necessário criar as métricas que serão observadas e mensuradas durante os testes. As métricas aqui identificadas poderão servir como verificadores de existência de bottlenecks.

[ Hits: 28.177 ]

Por: Mário Mayerle Filho em 09/07/2010 | Blog: http://m2f0.com


Métricas para avaliação de performance - Análise de utilização da Rede



Incoming traffic: Incoming traffic é o total de tráfego que é recebido pela placa de rede em um determinado espaço de tempo. É medido comumente em Kbps, ou seja, kilobytes per second ou Mbps, Megabytes per second. Toda placa de rede suporta uma determinada taxa de transmissão e recebimento medida em Mbps. Caso o volume de dados recebido em um determinado espaço de tempo seja maior que a taxa de recebimento de dados da interface de rede, teremos um bottleneck.

Outgoing traffic: Outgoing traffic é o total de tráfego que é enviado pela placa de rede em um determinado espaço de tempo. É medido comumente em Kbps, ou seja, kilobytes per second ou Mbps, Megabytes per second. Toda placa de rede suporta uma determinada taxa de transmissão e recebimento medida em Mbps. Caso o volume de dados recebido em um determinado espaço de tempo seja maior que a taxa de recebimento de dados da interface de rede, teremos um bottleneck.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Métricas para avaliação de performance - Análise de utilização de disco
   2. Métricas para avaliação de performance - Análise de utilização do processador
   3. Métricas para avaliação de performance - Análise de utilização da Memória
   4. Métricas para avaliação de performance - Análise de utilização da Rede
Outros artigos deste autor

Instalando Zabbix no Debian Lenny

Leitura recomendada

Será este o ano do Linux?

Elastix - Identificação de chamadas pelo nome do chamador

OcoMon RC6 + AD - Instalação e configuração

Experimento com Linux (parte 2): de Sabayon a... Gentoo e Funtoo!

Gravando vídeo aulas no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por clovesjr em 12/07/2010 - 09:10h

Mario,

Você usa os comandos top, iostat, sar, etc para tirar estes dados ou você usa alguma outra ferramenta?

[]s

Cloves Jr

[2] Comentário enviado por mariomayerle em 12/07/2010 - 09:24h

Ola Cloves,
Atualmente estou usando a seguinte lista de ferramentas:
Memoria - free, vmstat, mpstat, iostat, sar, pmap, htop;
CPU - vmstat, mpstat, iostat, sar e pmap;
I/O - vmstat, mpstat, iostat, sar;
Processos (e Kernel) - ipcs, ipcrm, dmesg, pidstat;
Rede - TCPDump, ping, ifstat, iptraf, atsar;
Neste momento me encontro setando e configurando um template no Zabbix para realizar a coleta das informações.
Novas métricas estão sendo descobertas. Quando tiver concluído a próxima etapa publicarei aqui no vol.
Qualquer dúvida estamos aí.
Abraços

[3] Comentário enviado por mariomayerle em 12/07/2010 - 15:13h

Caraca. Com 6.8 de nota eu não consigo nem ficar pra exame. rs
Obrigado pela crítica que (não) veio acompanhada da nota. =D
Abraços a todos.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts