Basicão Funtoo

Artigo de noob para noob que resume como instalar e usar a distribuição Funtoo. Ideal para iniciantes e para curiosos que acham que Funtoo é complicado, mas que gostariam de experimentá-lo.

[ Hits: 10.835 ]

Por: Xerxes Lins em 27/07/2015 | Blog: https://voidlinux.org/


Instalação



Além das características citadas e explicadas na página anterior (Rolling Release e Source Based), a distribuição Funtoo tem outra característica. Não tem uma mídia ou live CD de instalação.

Então, por onde começar? Há, basicamente, duas formas de instalar Funtoo. Uma forma é usando um live CD de uma distribuição qualquer (recomenda-se SystemRescueCd) e a outra forma é usando a sua distribuição Linux já instalada.

A primeira forma permite usar o HD da forma que quiser para receber o sistema Funtoo. A segunda forma permite instalar Funtoo apenas em uma partição do HD que não está sendo ocupada pelo sistema já instalado.

Apesar de ser um pouco mais trabalhosa, a segunda forma considero ideal para usuário iniciante, pois tem a vantagem de permitir que o usuário continue com o seu sistema Linux atual, podendo optar entre ele ou Funtoo ao ligar o computador.

Isso é muito bom, pois o usuário iniciante pode ter algumas dúvidas ou dificuldades no sistema Funtoo, mas não ficará desguarnecido. Bastará iniciar pela distribuição antiga sempre que tiver um problema para resolver, como por exemplo, dificuldade para conectar, iniciar o ambiente etc.

Caso queira instalar da segunda forma, apenas lembre de configurar o GRUB ou o LILO para exibir as duas opções.

Os passos da instalação do Funtoo são:

1. Configure o teclado no live CD da instalação (opcional):

# setxkbmap -model abnt2 -layout br

2. Particione o HD e defina o tipo das partições. Exemplo:

# cfdisk /dev/sda

3. Formate as partições. Exemplo:

# mkfs.ext4 /dev/sda2
# mkfs.ext4 /dev/sda3

4. Configure a partição swap e ative-a. Exemplo:

# mkswap /dev/sda1
# swapon /dev/sda1

5. Crie os diretórios e monte as partições. Exemplo:

# mkdir /mnt/funtoo # Raiz do sistema
# mount /dev/sda2 /mnt/funtoo
# mkdir /mnt/funtoo/home # /home numa partição separada
# mount /dev/sda3 /mnt/funtoo/home

6. Baixe e extraia o Stage3:

# cd /mnt/funtoo
# wget -c http://build.funtoo.org/funtoo-current/x86-64bit/generic_64/stage3-latest.tar.xz
# tar xpf stage3-latest.tar.xz

7. Mude para a raiz do sistema Funtoo com chroot e atualize da árvore do Portage:

# cd /mnt/funtoo
# mount -t proc none proc && mount --rbind /sys sys && mount --rbind /dev dev
# cp /etc/resolv.conf etc
# chroot . bash -l
# export PS1="(chroot) $PS1"
# emerge --sync

8. Configure o fstab:

# nano /etc/fstab

Modelo:

# <file system>   <dir>   <type>   <options>          <dump> <pass>
/dev/sda2         /       ext4     defaults,noatime   0      1
/dev/sda1         none    swap     defaults           0      0
/dev/sda3         /home   ext4     defaults,noatime   0      2

9. Defina o Timezone. Exemplo:

# ln -sf /usr/share/zoneinfo/America/Recife /etc/localtime

10. Configure o make.conf:

# nproc
# nano /etc/make.conf

Exemplo:

CFLAGS="-march=native -O2 -pipe"
CXXFLAGS="${CFLAGS}"
ACCEPT_KEYWORDS="~amd64"
MAKEOPTS="-j5"  #Resultado do nproc +1
VIDEO_CARDS="intel" #Nouveau, Radeon, NVIDIA
LINGUAS="pt_BR"
LANGUAGE="pt_BR"

11. Defina o nome da máquina:

# nano /etc/conf.d/hostname

12. Configure o sistema para pt-br:

# nano /etc/locale.gen

pt_BR.UTF-8 UTF-8

# nano /etc/env.d/02locale

LANG="pt_BR.UTF-8"
LANGUAGE="pt_BR.UTF-8"

# locale-gen && env-update && source /etc/profile

Deixe o teclado em br-abnt2:

# nano /etc/conf.d/keymaps

keymap=br-abnt2

13. Defina o seu profile:

# epro list
# epro <arch|build|subarch|flavor> escolha
# epro mix-in <+|->escolha
# epro show

14. Atualize o sistema:

# emerge -auDNv world

15. Instalação de programas básicos e ativação dos serviços:

# emerge dhcpcd syslog-ng cronie mlocate wicd networkmanager linux-firmware xorg-x11 lightdm lightdm-gtk-greeter sudo
# rc-update add dhcpcd default
# rc-update add syslog-ng default
# rc-update add cronie default
# rc-update add wicd | NetworkManager default
# rc-update add xdm default
# rc-update add dbus default

16. Configuração da tela de login:

# nano /etc/conf.d/xdm

DISPLAYMANAGER="lightdm"

17. Instalação do ambiente gráfico. Exemplos:

# emerge mate-base/mate

Ou:

# emerge xfce4-meta

Ou:

# emerge lxde-meta

18. GRUB:

# emerge boot-update os-prober
# boot-update

19. Criação de usuário e configuração do sudo:

# cat /etc/group
# useradd -m -g users -G wheel,audio,video,daemon,cdrom,cdrw,usb,locate,messagebus,plugdev <usuário>
# passwd <usuário>
# nano /etc/sudoers

usuario ALL=(ALL) ALL

20. Reinicie:

# exit && shutdown -r now

Na próxima página o uso do gerenciador de pacotes Portage.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Aviso introdutório
   2. Instalação
   3. Gerenciador de pacotes
Outros artigos deste autor

Com vocês, Larry, a vaca

A síndrome do noob kalinista + como quebrar senha Wi-Fi

Dando uma nova cara ao Ubuntu

Não quebre o Debian

Fedora Desktop completo com i3 WM

Leitura recomendada

Boot Linux - o que acontece quando ligamos o computador

Instalação e configuração básica de um Debian 6 Squeeze para Desktops

Instalação passo a passo do Slackware 12.2

Como instalar programas no Linux

KDEmod: Tornando mais simples o KDE do seu Arch Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por zezaocapoeira em 27/07/2015 - 05:31h

Salve mano . Parabéns pelo trabalho .

Obrigado pela atenção , salve !!!

[2] Comentário enviado por lopesjv em 27/07/2015 - 13:26h

Bacana o artigo, lendo me pareceu mais simples de instalar que o Arch Linux por exemplo

[3] Comentário enviado por xerxeslins em 27/07/2015 - 13:42h


[2] Comentário enviado por lopesjv em 27/07/2015 - 13:26h

Bacana o artigo, lendo me pareceu mais simples de instalar que o Arch Linux por exemplo


Praticamente não há diferença.

O arch tem alguns atalhos que são ótimos como "arch-chroot" e "genfstab" que substituem o "mount -t proc none proc && mount --rbind /sys sys && mount --rbind /dev dev" e a edição manual do fstab.

Antes, o Funtoo obrigava o usuário a compilar o kernel, agora ele já vem com kernel, o que torna mais fácil ainda!

Hoje eu uso dualboot: Funtoo + Arch.

Muito bons!

Abraço!

[4] Comentário enviado por xerxeslins em 27/07/2015 - 13:55h


Na parte do Portage foram adicionadas algumas dicas do zezaocapoeira.

Abraço!

[5] Comentário enviado por sacioz em 27/07/2015 - 16:38h


Já vai o Xerxes a elevar-se de novo : agora é nubão....8-))

[6] Comentário enviado por sacioz em 27/07/2015 - 16:55h


Agora que terminei de ler , emendo o outro comentario. Obrigado Xerxes , mais uma vez , ainda que continue com e Debian e aprendendo o OpenBSD(sou mais noob q o Sr.)não vou mexer com o rolling release.Ouço falar bem do Arch mas ainda é cedo , no meu caso.

[7] Comentário enviado por xerxeslins em 27/07/2015 - 17:12h


[5] Comentário enviado por sacioz em 27/07/2015 - 16:38h


Já vai o Xerxes a elevar-se de novo : agora é nubão....8-))


kkkk ^^

não adianta, eu sempre me sinto noob testador de distros.

[8] Comentário enviado por xerxeslins em 27/07/2015 - 17:13h


[6] Comentário enviado por sacioz em 27/07/2015 - 16:55h


Agora que terminei de ler , emendo o outro comentario. Obrigado Xerxes , mais uma vez , ainda que continue com e Debian e aprendendo o OpenBSD(sou mais noob q o Sr.)não vou mexer com o rolling release.Ouço falar bem do Arch mas ainda é cedo , no meu caso.


Que tal virtualbox para Arch?! :)

Abraço!

[9] Comentário enviado por albfneto em 27/07/2015 - 18:41h

mais um artigo excelente. Favoritado!
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].

[10] Comentário enviado por portmanX em 27/07/2015 - 20:29h


Olá mestre.Li mas fiquei na dúvida.O método de instalação que tu seguiu foi o que usa o livecd do funtoo,ou o live cd de qualquer outro sistema?

[11] Comentário enviado por xerxeslins em 27/07/2015 - 20:59h


[10] Comentário enviado por r34per em 27/07/2015 - 20:29h


Olá mestre.Li mas fiquei na dúvida.O método de instalação que tu seguiu foi o que usa o livecd do funtoo,ou o live cd de qualquer outro sistema?


olá! fico lisonjeado. :)

quando instalei, eu só tinha Debian. usei um particionador e liberei espaço no HD.

usando o Debian já instalado, eu instalei o Funtoo. não usei nenhum live-cd. instalei usando um sistema já instalado.

mas a forma como está no artigo é usando live-cd de outra distro .

funtoo não tem live-cd.

para instalar a partir de um sistema já instalado é parecido. na dúvida veja este artigo:

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Instalacao-do-Funtoo-a-partir-do-Debian-ja-instalado

[12] Comentário enviado por removido em 27/07/2015 - 23:35h

Que legal!Uma vez eu tentei instalar o gentoo pelo ubuntu e na hora do boot nao iniciou.Esse seu outro tutorial sera que funciona com ubuntu?

A liberdade indocil e domada pela propria desgraça -William Shakespeare

[13] Comentário enviado por xerxeslins em 28/07/2015 - 07:35h


[12] Comentário enviado por SamsonBurke em 27/07/2015 - 23:35h

Que legal!Uma vez eu tentei instalar o gentoo pelo ubuntu e na hora do boot nao iniciou.Esse seu outro tutorial sera que funciona com ubuntu?

A liberdade indocil e domada pela propria desgraça -William Shakespeare


Sim, funciona.

[14] Comentário enviado por xerxeslins em 28/07/2015 - 07:35h


[9] Comentário enviado por albfneto em 27/07/2015 - 18:41h

mais um artigo excelente. Favoritado!
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].


Valeu! :)

[15] Comentário enviado por juniorlucio em 30/07/2015 - 14:47h

Muito bacana o artigo. Não tem nada de noob aí (talvez um pouco) kkkkk
Parabéns mesmo, amigo!

Abs

[16] Comentário enviado por xerxeslins em 30/07/2015 - 15:42h


[15] Comentário enviado por juniorlucio em 30/07/2015 - 14:47h

Muito bacana o artigo. Não tem nada de noob aí (talvez um pouco) kkkkk
Parabéns mesmo, amigo!

Abs


Obrigado!!! :))

[17] Comentário enviado por Lisandro em 30/07/2015 - 15:47h

Mais um ótimo artigo Xerxes.
Valeu amigo ;-)

[18] Comentário enviado por xerxeslins em 30/07/2015 - 16:13h


[17] Comentário enviado por Lisandro em 30/07/2015 - 15:47h

Mais um ótimo artigo Xerxes.
Valeu amigo ;-)


Valeu! Abraço!

[19] Comentário enviado por mvforce em 01/08/2015 - 08:51h

Muito bom artigo.. parabéns...
Pra galera que ainda tem receio de instalar e usar o Arch ou Funtoo saibam que é muito tranquilo. A instalação é um pouco difirente do que vocês estão acostumados, mas se seguir a WIKI direitinho dá tudo certo.

[20] Comentário enviado por Lucas_Mariano em 04/08/2015 - 14:23h

Muito bom o artigo!! Cara, que bom que o Daniel colocou o kernel pronto no stage 3. Agora dá para instalar com bem menos dor de cabeça. Eu ainda prefiro compilado, mesmo que não vá fazer tanta diferença no desempenho. Agora minha instalação será assim: instala o sistema usando o kernel binário mesmo, ai depois de tudo configurado, quando já estiver tudo tranquilo, compila um kernel git-sources e um gentoo-sources. Isso facilitou muito a instalação.

“O mundo nunca sofrerá com a falta de maravilhas, mas apenas com a falta da capacidade de se maravilhar.” G.K. Chesterton

[21] Comentário enviado por xerxeslins em 04/08/2015 - 15:11h


[20] Comentário enviado por Lucas_Meneses em 04/08/2015 - 14:23h

Muito bom o artigo!! Cara, que bom que o Daniel colocou o kernel pronto no stage 3. Agora dá para instalar com bem menos dor de cabeça. Eu ainda prefiro compilado, mesmo que não vá fazer tanta diferença no desempenho. Agora minha instalação será assim: instala o sistema usando o kernel binário mesmo, ai depois de tudo configurado, quando já estiver tudo tranquilo, compila um kernel git-sources e um gentoo-sources. Isso facilitou muito a instalação.

“O mundo nunca sofrerá com a falta de maravilhas, mas apenas com a falta de capacidade de se maravilhar.” G.K. Chesterton


Obrigado pelo comentário!

Boa estratégia essa sua!!!

[22] Comentário enviado por removido em 26/11/2015 - 14:06h

Descobri uma coisa usando funtoo voce sente falta do gentoo!Agora entendo porque demitiram o Daniel Robbins do gentoo,o funtoo e lerdo pra caramba ¬¬maria!!!Estou transformando ele em gentoo que pra mim era bem mais rapido o que demorava 1 hora no gentoo no funtoo demora 6 ou +. A liberdade indocil e domada pela propria desgraça -William Shakespeare

[23] Comentário enviado por xerxeslins em 26/11/2015 - 14:12h


[22] Comentário enviado por SamsonBurke em 26/11/2015 - 14:06h

Descobri uma coisa usando funtoo voce sente falta do gentoo!Agora entendo porque demitiram o Daniel Robbins do gentoo,o funtoo e lerdo pra caramba ¬¬maria!!!Estou transformando ele em gentoo que pra mim era bem mais rapido o que demorava 1 hora no gentoo no funtoo demora 6 ou +. A liberdade indocil e domada pela propria desgraça -William Shakespeare


Mande um e-mail para o Daniel. Ele terá prazer em ajudar.

[24] Comentário enviado por removido em 04/12/2015 - 15:14h

Valeu!!!Mais ja desisti do funtoo e to pensando em outra distro!
A liberdade indocil e domada pela propria desgraça -William Shakespeare

[25] Comentário enviado por visterine em 30/01/2016 - 18:54h

Boa noite,
estou seguindo esse tutorial pela segunda fez e apresentou esses mesmos erros:
mint17 / # rc-update add dhcpcd default
* service dhcpcd added to runlevel default
mint17 / # rc-update add syslog-ng default
* rc-update: service `syslog-ng' does not exist
mint17 / # rc-update add cronie default
* rc-update: service `cronie' does not exist
mint17 / # rc-update add wicd | NetworkManager default
bash: NetworkManager: command not found
* rc-update: service `wicd' does not exist
mint17 / # rc-update add xdm default
* rc-update: service `xdm' does not exist
mint17 / # rc-update add dbus default
* rc-update: service `dbus' does not exist

O que pode ser? Será que tem que instalar um por um em vez do comando: emerge dhcpcd syslog-ng cronie mlocate wicd networkmanager linux-firmware xorg-x11 lightdm lightdm-gtk-greeter sudo?

[26] Comentário enviado por visterine em 31/01/2016 - 11:59h

Não estou conseguindo acesso com meu usuário, apenas com root.
O que pode ser?

[27] Comentário enviado por xerxeslins em 01/02/2016 - 11:43h


[26] Comentário enviado por visterine em 31/01/2016 - 11:59h

Não estou conseguindo acesso com meu usuário, apenas com root.
O que pode ser?


Olá amigo, não estou usando mais o Funtoo e acredito que este artigo esteja desatualizado. Não o siga mais.
Tente seguir o manual oficial em inglês :

http://www.funtoo.org/Install

[28] Comentário enviado por visterine em 01/02/2016 - 23:45h

Que pena xerxeslins, rsrsrs
Me divertindo aqui, rsrsrs
Consegui com essa dica:
https://under-linux.org/showthread.php?t=59037

supondo usuário jose e home dele setado para /home/jose
cp -a /etc/skel /home/jose
id jose (para ver o grupo primário e usar no próximo comando)
chown -R jose /home/jose
chmod 700 /home/jose

E mais essa aqui:
https://wiki.gentoo.org/wiki/Xfce/Guide/es

root #rc-update add xdm default
oot #emerge --ask x11-misc/slim

O Lightdm não estava funcionando para tela grafica de login do XFCE.
Agora com o Slim está tudo certo.
Cara que sufoco rsrsrs.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts