Autofs no Slackware

Finalmente consegui fazer o autofs funcionar no Slackware. Estranhamente, o pacote que está na pasta "extras" não traz o rc.autofs. Ele está na pasta de documentação, mas não funciona pra Slackware, só para RedHat e Debian. Neste artigo veremos como resolver isso.

[ Hits: 54.705 ]

Por: Daniel Ribeiro em 01/03/2004


Configurando e testando



Agora você precisa editar o arquivo /etc/auto.master. Caso ele não exista, crie-o. Veja abaixo o modelo:

# Aqui fica a pasta onde serão montados os dispositivos.
# |         E aqui fica o arquivo de configuração dos pontos de montagem
# |              |
# |              |

/misc /etc/auto.misc

Não coloque a opção "--timeout" aqui!
Lembrando, ela deve ser indicada no rc.autofs.

Se você não sabe o que está fazendo - está simplesmente seguindo todos os passos pra ver se dar certo, coloque como está acima.

Agora você precisa editar os arquivos de configuração que citou no auto.master, no caso do exemplo, o /etc/auto.misc:

# Aqui fica o nome da pasta onde será montado cada dispositivo
# | (no caso será /misc/cd e /misc/floppy)
# |     Aqui ficam as opções, como o sistema de arquivos, etc.
# |       |                  E aqui fica a localização do dispositivo.
# |       |                                       |
# |       |                                       |

cd       -fstype=iso9660,ro,user   :/dev/cdrom
floppy -fstype=vfat,noatime,fat=12,rw,sync,dirsync,iocharset=iso8859-1,codepage=850,unhide,umask=0 :/dev/floppy

Lembrando que o que vem depois de floppy é uma linha só!

ATENÇÃO: do jeito que está o floppy, o sistema montará como vfat, o sistema de arquivos do Windows. Se você só usa o Linux, pode colocar o fstype em "auto" ou "ext3" e apagar as opções: iocharset=iso8859-1, codepage=850,unhide,umask=0

Caso você esteja fazendo tudo isto sem entender nada, simplesmente deixe seu /etc/auto.misc exatamente igual ao que está aí em cima.

Note que, no caso acima, os dispositivos são atalhos. /dev/cdrom no meu caso é um atalho para /dev/hdd e /dev/floppy é um atalho para /dev/fd0. No caso do disquete, quase sempre é /dev/fd0, se o atalho /dev/floppy não existir, coloque /dev/fd0.

Já com o CDROM, depende de como ele está instalado, se for secundário master, será /dev/hdb; se for primário slave, será /dev/hdc e se for secundário slave, será /dev/hdd. Supondo que você tenha um drive de CDROM normal. Se você não tem idéia de onde está, recomendo ir na tentativa e erro, pois foge ao escopo do artigo explicar isto.

Agora digite (como root):

# /etc/rc.d/rc.autofs start

E tudo deve estar funcionando. Coloque um CD no drive e digite:

$ cd /misc/cd

Se aparecer que a pasta não existe tem algo errado, se entrar está tudo certo.

Faça o mesmo com o disquete:

$ cd /misc/floppy

Em caso de dúvida, mande um email ou coloque um comentário aqui. Você pode criar um atalho para os dispositivos na sua área de trabalho caso esteja acostumado com o Windows:

$ ln -s /misc/floppy ~/desktop/A:
$ ln -s /misc/cd ~/desktop/D:


É isso. Esse foi meu primeiro artigo e ele pode ter até ficado um pouco confuso porque o fiz no trabalho e de 5 em 5 minutos tinha de parar para fazer alguma coisa.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. O script rc.autofs
   3. Configurando e testando
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Instalação do Funtoo a partir do Debian já instalado

Criando uma Máquina de Torrent com o OrangePI [Open Hardware]

Assistindo TV usando a placa VideoHighway Xtreme (ou outra baseada no bttv)

Suporte a impressão e escâner em multifuncionais da HP (configuração completa)

EasyBCD - Corrigindo boot do Ubuntu 12.04 em HD USB no Sony VAIO

  
Comentários
[1] Comentário enviado por maximous em 02/03/2004 - 01:33h

Bah, ateh q enfim um lugar q explique como fazer isto funcionar no Slackware!!

[]s

[2] Comentário enviado por maximous em 02/03/2004 - 01:37h

Bah, ateh q enfim um lugar q explique como fazer isto funcionar no Slackware!!

[]s

[3] Comentário enviado por lordello em 04/03/2004 - 18:13h

Excelento o artigo, eu mesmo tive problemas e rtesolvi de utra forma que não me lembro agora. O único problema do autofs é que ele não funciona com o Nautilus, quando entro no cdrom de deixo o nautilus parado o tempo do timeout, ele simplemente fecha ou vai para a pasta home. No KDE isso não ocorre, não sei porque! O melhor de todos é o SuperMount, to usando ele agora e ele tem uma latência bem menor, não precisa de timeout e de quebra é mais leve, exigindo menos da máquina na hora de montar e procurar as mídias..
Falow!

[4] Comentário enviado por removido em 08/03/2004 - 02:58h

Excelente. Agora consigo "auto-mountar" os dispositivos. Entretanto, tive um problema na criação dos links simbólicos. Se alguém tiver alguma idéia de como colocá-los como "mountado" e "unmountado", agradeceria.
Obrigado.

[5] Comentário enviado por canaman em 08/03/2004 - 14:08h

Respondendo o email recebido do fhidel:
A pasta usada pelo autofs deve estar vazia. Se você tiver a partição windows montada em /mnt/win, ao usar o diretorio mnt no autofs, a pasta win não vai aparecer. O que vc pode fazer é colocar atalhos na pasta mnt. Mas para fazer o atalho, provavelmente o dispositivo deve estar montado.
Abra um terminal e digite: #cd /misc/cd, depois abra outro terminal e crie o atalho: "#ln -s /misc/cd /mnt/cdrom"
No caso do cd deve apenas substituir /dev/cdrom por /dev/scd0.
a linha do cd ficaria assim:
cd -fstype=iso9660,ro,user :/dev/scd0

[6] Comentário enviado por canaman em 09/03/2004 - 09:30h

Respondendo outro email:
Ah, eu tinha esquecido disto! Vc deve comentar (recomendado) ou apagar as linhas do cd e do floppy no fstab.

Quanto às pastas, é o seguinte, vc deixa o windows como está e dentro da pasta /mnt cria os atalhos para o /misc/cd e /misc/floppy (ou a pasta que o autofs vai usar, tem gente que usa a /vol), daí dentro da pasta /mnt vai ter o seguite:

#ls -l

.....win98

.....cd -> /misc/cd

...... floppy -> /misc/floppy


Eu uso o slackware, provavelmente funcionará em ouras distros, o script foi feito originalmente para debian e red-hat e as distros baseadas nestas. A única diferença fica por conta da inicialização do script, pois no slakcware basta colocar a linha: '/etc/rc.d/rc.autofs start' dentro do '/etc/rc.d/rc.local'. Nas distros que usam a inicialização systemV eu não me lembro mais como faz, mas essas distros geralmente vem com isso tudo habilitado.
Qualquer outra dúvida e só perguntar

[7] Comentário enviado por andregup em 11/03/2004 - 22:43h

quado eu inicio o rc.autofs (start) recebo um erro

/etc/rc.d/rc.autofs: line 49:     system=slackware: command not found
/etc/rc.d/rc.autofs: line 101: syntax error near unexpected token `then'
/etc/rc.d/rc.autofs: line 101: `                 if [ -x $map ]; then'

que será que não entendo nada de script

Valeu

[8] Comentário enviado por canaman em 13/03/2004 - 00:59h

Vc tem q ver se copiou direitinho o código. O erro da linha 49 com certeza é algo errado, pq é uma atribuição e não um comando. Copia o script todo e tenta novamente. Eu tb n entendo muito de script. Inclusive esqueci de incluir no artigo o altor do script, na verdade da modificação do rc.autofs original. A msg original, de onde me inspirei para o artigo (da lista do [email protected]) :

* From: Dennis Bijwaard
* Subject: [autofs] autofs for slackware
* Date: Thu, 11 Dec 2003 18:32:11 -0800

Hi,

I've modified the automount script to work on slackware (works at least
on version 9.1). It seems to work mostly similar to the redhat one.
The autofs version is: autofs-3.1.7-i386-1, my attached script goes in
/etc/rc.d/rc.autofs.

Furthermore, the options to automount when given in /etc/auto.master
doesn't seem to work in autofs. At least the --timeout=5 or -t 5
don't work (There at least is an extra - necessary to show up correctly in
"ps -wfu root |grep automount").

It does work when the timeout is given as first option on the commandline
of automount. So I preset this in rc.autofs (I need the timeout for
umounting the usbstorage of my camera when not in use).
--
Kind regards,
Dennis


[9] Comentário enviado por canaman em 13/03/2004 - 01:01h

Foi mal pelo:"o erro da linha 49 com certeza é um erro", faltou erro "de digitação ou de cópia, verifique se as linhas estão como no script, se não há uma quebra de linha no local errado."

[10] Comentário enviado por mmacoli em 20/04/2004 - 22:32h

fiz todos os passos quando vou tentar acessar traz a mensagem de erro abaixo:
[email protected]:~$ cd /misc/cd
-bash: cd: /misc/cd: No such file or directory

Tenho que criar o diretorio /cd na pasta /misc? Pois não consegui faze-lo!

[11] Comentário enviado por canaman em 23/04/2004 - 17:35h

Não! não pode haver nenhum diretório na pasta! Faz o seguinte, dá um "#px aux" e vê se o /sbin/automount está rodando.. melhorando, dá o seguinte comando: ´#ps aux | grep automount´. Posta o resultado aqui! Pode aparecer alguma linha, ou não aparecer nada.

[12] Comentário enviado por xlynx em 01/06/2004 - 11:34h

Agradecimentos canaman para este script. Trabalha bom. Eu encontrei também o script do slackware 8 e tive também os problemas do time-out, but not anymore ;-)

Você considerou emitir suas modificações a [email protected] ?

Agradecimentos uma vez mais =)

[13] Comentário enviado por canaman em 02/06/2004 - 08:07h

Obrigado xlynx, o script na verdade, como eu citei em um comentário acima, não foi modificado por mim, mas pelo Dennis Bijwaard.
Eu tirei o script da lista do autofs e coloquei aqui porque muita gente não sabe procurar bem as coisas, ou não entende inglês.
Thanks to xlynx, the script realy, how i tell in a comentary in this article, has not been modified by me, but by Dennis Bijwaard.
I get the script of the autofs list and put here because some people cant find somethinks in the net, or they cant underestand english.

[14] Comentário enviado por kenjiro em 28/07/2004 - 16:22h

Cara, tem alguma coisa errada por aqui. Estou usando o slackware 10.0 e meti esse "teu" script pra rodar. Beleza, o automount "starta" direitinho, se eu dou um 'ls /misc/floppy' ele lê o diskete beleza. Porém... ele NUNCA desmonta os drives (seja floppy, camera, CD, etc). Tentei aumentar o timeout, tentei setar o timeout no /etc/auto.misc... mas dá tudo na mesma. Ele só desmonta quando eu dou um '/etc/rc.d/rc.autofs stop' ou quando mando desmontar no braço mesmo.

Alguma dica?

[15] Comentário enviado por canaman em 03/08/2004 - 08:39h

Provavelmente tem algum programa acessando as partições. Eu tive esse problema aqui, mas somente quando estava usando o gkrellm pra ler as infomações dessas partições. Daí ele n desmontava nunca porque o autofs só desmonta o dispositivo depois de x segundos de inatividade. Se algum programa estiver lendo o dispositivo ele nunca irá desmontar. Tente dá um fuser /dev/floppy pra ver se aparece algum processo. Espero que descubra o problema! Falow

[16] Comentário enviado por kenjiro em 03/08/2004 - 10:28h

Pois é, mas eu já chequei isso (com o 'fuser' e com o 'lsof') e não tem NADA acessando o /dev/fd0 ou /dev/sr0)

"Oh e agora, quem poderá me defender?" hehehe

[17] Comentário enviado por gamaia em 16/08/2004 - 15:48h

Cara, muito bom este script... tentei editar o original do redhat e, bom, como nao saco muito bem a programacao de scripts, nao consegui... gracas a vc meus problemas foram reolvidos. Muito bom mesmo! Faloura!

[18] Comentário enviado por canaman em 16/08/2004 - 16:39h

Muito Obrigado. Só lembrando que meus créditos são apenas por postar o artigo. Quem descobriu o problema com o script original foi o Dennis Bijwaard (eu não o conheço). Eu apenas fui o responsável por garimpar a informação (me inscrevi na lista do programa, mandei um email pro autor do script) e redigi-la em português. Falow

[19] Comentário enviado por Renick em 08/03/2007 - 14:18h

Funciona normal no slack 11?

[20] Comentário enviado por glaudiston em 17/03/2007 - 15:41h

Funciona sim... acabei de configurar aqui no Slackware 11 e até agora não tive nenhum problema.

Graaande Dennis Bijwaard...
e obrigado por postar aqui canaman... fica realmente bem mais fácil de encontrar...

[21] Comentário enviado por dtux em 15/02/2008 - 07:36h

Bom dia cara estou usando slackware-current, copiei o script montei os arqivos necessários, inicio o serviço vejo pelo ps ax q ele está rodando mesmo, é criada a pasta misic, mas as subpasta cd não é criada, e também gostaria de sabe se funciona tambem com pen e mp4
valeus

[22] Comentário enviado por canaman em 15/02/2008 - 10:44h

Cara, é o seguinte, já faz muito tempo que escrevi esse artigo. No momento não uso mais slackware, então infelismente não poderei ajudar. Provavelmente alguma coisa já deve ter mudado, ou então verifique com calma os arquivos de configuração.
Abraços

[23] Comentário enviado por zoby em 05/04/2008 - 04:26h

Para quem usa Slackware 12, vejam
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=7877


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts