Atualizando sua versão Slackware - upgrade de pacotes

Toda vez que surge uma nova versão do nosso Slackware, vem sempre aquela dúvida (em alguns casos, claro): vou ter de baixar o .ISO, fazer um backup do HD, formatar e instalar tudo de novo com a nova versão? NÃO. Este artigo mostra como fazer a atualização da sua versão por upgrade de pacotes.

[ Hits: 40.253 ]

Por: lindberg em 03/06/2004


Primeiros passos



Como todo usuário cauteloso, deve-se fazer um backup do sistema. Muitos optam por fazer backup do sistema inteiro. Mas não é preciso tudo isso. Até onde sei, basta apenas a pasta /etc.

Caso alguém entenda mais sobre esta parte de backup, mande-me suas dicas para aprimoramento deste assunto para este artigo. Tendo feito o backup, vamos ao que interessa.

Suponhamos que você queira fazer o upgrade da sua versão 9.0 para a versão atual, 9.1. Daí você deve baixar algumas pastas da versão 9.1, mas não o CD todo. Vamos por parte.
  1. No seu CD, você vai encontrar uma pasta com o nome "slackware". Esta pasta possui outras sub-pastas com os nomes "a", "ap", "k", etc, logo você deve ter todas estas pastas da versão para a qual deseja-se fazer o upgrade. Logo, se você baixar a pasta "slackware", todas essas pastas serão baixadas, o que é uma boa idéia quando não se quer baixar um .ISO completo.

  2. Você pode optar por baixar apenas a pasta "slackware" da versão 9.1 ou baixar o ISO completo, queimar um CD e depois copiar a pasta "slackware" dele.

OBS: é interessante que você tenha o CD completo da distro para futuras instalações_do_zero, o que faz importante ter um CD bootável, que acaba com aquele problema de disquete de boot e root.

Seja qual for a sua decisão, você deve ter a pasta "slackware" completa. No site oficial, por exemplo, a pasta "slackware" da versão 9.1 está localizada em:

ftp://ftp.slackware.com/pub/slackware/slackware-9.1/slackware

Se você optou por baixar apenas a pasta slackware, salve-a no diretório, por exemplo, /slackware_upgrade. Irei sempre referir a pasta /slackware_upgrade, portanto, se desejar, crie uma pasta na raiz com este nome para que você não se complique durante a execução deste artigo. Se você está com o CD da versão do upgrade a ser realizado, copie a pasta slackware para o HD, pois não utilizaremos o CD durante o processo, segundo fontes seguras, não é um processo adequado.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução - a mesma questão de sempre
   2. Primeiros passos
   3. Iniciando o upgrade
   4. Conclusão
Outros artigos deste autor

Configurando Placa Wireless Broadcom BCM43142 no SlackWare 14.2

"Usando" 2 Slackwares instalados no mesmo HD - O problema: vmlinuz

Empacotando e Instalando a versão 7.0 (alfa) do LibreOffice no SlackWare Current

Audacity - Editando áudios sem instalação

Instalação do winmodem HSP56 Pctel no Slackware

Leitura recomendada

Instalando e configurando o Apache, PHP e MySQL no Slackware 10.1

Bluetooth descomplicado em notebook Toshiba / HP

Criando uma Máquina de Torrent com o OrangePI [Open Hardware]

Servidor de ICQ free no SuSE

Servidor de email: Postfix + Courier IMAP + RoundCube e usuários virtuais (Debian e derivados)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por dsa em 03/06/2004 - 08:03h

Ola !

Bom artigo.
Mas realmente, eu prefiro:

# swaret --update
# swaret --upgrade

E pronto.

Até cara, bom artigo !

[2] Comentário enviado por jacqueline em 03/06/2004 - 13:23h

Oi dsa!

Eu também iria preferir se você explicasse melhor.

[3] Comentário enviado por oscarcosta em 03/06/2004 - 13:47h

a idéia é boa,

mas como o 'dsa' disse, utilizando o swaret... é bem mais pratico.

e installpkg .../*/... vai demorar mais que o necessario...

outra coisa, a parte "Primeiros passos" ficou um pouco redundante.

ate mais...

[4] Comentário enviado por lindbergluiz em 04/06/2004 - 10:50h

bem pessoal...apesar do artigo não estar dentro da espectativa ( pois realmente existem outros caminhos a serem trilhados que levam ao mesmo destino: o UpGrade...)mas realmente em momento algum quiz dizer que esta opção de UpGrade é a melhor. Com certeza n/ão, principalmente para o Slack, que é sempre atualizado pela comunidade, com cada vez mais novos programas. Por exemplo, no CD2 do slack9.1, na pasta /extra temos o SlackPKg, que realmente, acho melhor que o Swaret, não menosprezando o ultimo. Só que detive-me a não instalar nenhum pacote ou programa, até porque muitos outros nossos amigos do vivaolinux já escreveram sobre ambos os pacotes ( destaco o lincoln, que escreveu ótimo artigo sobre ambos os pacotes, e , por sua experiência no assunto, destacou o SlackPkg como melhor ). Optei por atualizar tudo "na unha"...é uma opção mais interessante quando vc dá um logout no Slack9.0, gasta uns 40min num K6 II em instalação de pacotes e quando volta ao modo X11, se está no nosso Slack 9.1, sem utilizar nenhum programa...

Não quiz dizer que seria um melhor caminho...apenas mostrei "um outro" caminho...

valeu à todos


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts