Aspecto de segurança para uma arquitetura web

A evolução da internet tem facilitado extraordinariamente a comunicação entre instituições e pessoas no mundo inteiro, entretanto uma grande preocupação voltou a surgir nesse ambiente: como lidar com a segurança e o armazenamento de informações de uma rede web.

[ Hits: 64.014 ]

Por: Luciano Gonçalves em 22/05/2004


Ataque de senhas



A utilização de senhas seguras é um dos pontos fundamentais para uma estratégia efetiva de segurança. A senha tem como objetivo permitir que somente as pessoas autorizadas tenham acesso a um sistema ou à rede, e são criadas e implementadas pelos próprios usuários ou pelos sistemas que gera a senha automaticamente. Palavras, símbolos ou datas fazem com que as senhas tenham algum significado para os usuários, permitindo que eles possam facilmente lembrá-las. Neste ponto é que existe o problema, pois muitos usuários priorizam a conveniência ao invés da segurança. Como resultado, eles escolhem senhas que são relativamente simples, para que possam lembrar facilmente, facilitando o trabalho dos hackers. Em virtude disso, invasores em potencial estão sempre testando as redes e sistemas em busca de falhas para entrar.

Parte da responsabilidade dos administradores de sistemas é garantir que os usuários estejam cientes da necessidade de utilizar senhas seguras. Isto leva a dois objetivos a serem alcançados: educar os usuários sobre a importância do uso de senhas seguras; e implementar medidas que garantam que as senhas escolhidas pelos usuários sejam efetivamente adequadas (pelo menos oito caracteres, não iniciando com números, terem letras e números misturados e incluir pelo menos um caractere especial como por exemplo: ./<>;":"[]\{}|[email protected]#$%^&*()_+`-= ).

Para alcançar o primeiro objetivo, a educação do usuário é o ponto chave. Já para alcançar o segundo objetivo, é necessário que o administrador de sistemas esteja um passo à frente, verificando possíveis senhas inseguras.

CLIFF [1], descreve as duas técnicas de ataque de senhas:
  • Ataque de dicionário: Nesse tipo de ataque são utilizados combinações de palavras, frases, letras, números, símbolos, ou qualquer outro tipo de combinação geralmente que possa ser utilizada na criação das senhas pelos usuários. Os programas responsáveis por realizar essa tarefa trabalham com diversas permutações e combinações sobre essas palavras. Quando alguma dessas combinações se referir à senha, ela é considerada como quebrada (Cracked). Geralmente as senhas estão armazenadas criptografadas utilizando um sistema de criptografia HASH. Dessa maneira os programas utilizam o mesmo algoritmo de criptografia para comparar as combinações com as senhas armazenadas. Em outras palavras, eles adotam a mesma configuração de criptografia das senhas, e então criptografam as palavras do dicionário e comparam com senha.

  • Força-Bruta: Enquanto as listas de palavras, ou dicionários, dão ênfase a velocidade, o segundo método de quebra de senhas se baseia simplesmente na repetição. Força-Bruta é uma forma de se descobrir senhas que compara cada combinação e permutação possível de caracteres até achar a senha. Este é um método muito poderoso para descoberta de senhas, no entanto é extremamente lento porque cada combinação consecutiva de caracteres é comparada.
    Ex: aaa, aab, aac ..... aaA, aaB, aaC... aa0, aa1, aa2, aa3... aba, aca, ada...


Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Apresentação
   2. Princípios da segurança da informação
   3. Ataque de senhas
   4. Métodos e ferramentas de segurança
   5. Instalação e atualização
   6. Firewalls
   7. Política de segurança
   8. DoS - Denial-of-Service
   9. Conclusão
   10. Referências bibliográficas
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Ubuntu pendrive TrueCrypt

As melhores ferramentas de segurança pra Linux

Snort - The Open Source Network Intrusion Detection System

Criando VPNs entre servidores Linux sem mistérios (parte I)

Descobrir a senha de configuração pelo browser de um Access Point (AP)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por davi182 em 22/05/2004 - 06:29h

Excelente artigo, parabéns. Bem escrito e completo!

[2] Comentário enviado por y2h4ck em 22/05/2004 - 23:12h

Bela coletanea de textos da internet.

[3] Comentário enviado por lacierdias em 26/05/2004 - 22:56h

Muito bom...

[4] Comentário enviado por afrox em 24/11/2007 - 15:49h

Podemos afirma sem sombra de dúvida, para termos um sistema seguro precisamos atulizar diariamente a base de conhecimentos,
portanto, se você trabalha ou quer trabalhar com segurança da informção precisa apenas ser um eterno estudante, e olhando por outro lado, será como um médico.
Manter a segurança é como manter a saúde.


Contribuir com comentário