Arch Linux - Repositório offline

Não podemos contar com a internet sempre e as vezes não podemos esperar o download dos programas. Nesses casos, ter um repositório básico se torna essencial para resolver problemas de forma ágil.

[ Hits: 26.787 ]

Por: Antonio Thomacelli em 25/10/2011 | Blog: http://www.tonnytg.com.br


Configurando o pacman



Para quem não conhece, o pacman é o gestor de pacotes padrão do Arch Linux, existem vários comandos nele, para quem quiser conhecer melhor existe na bibliografia desse artigos o link sobre ele.

Bom, agora que temos os arquivos locais, podemos direcionar o pacman para o nosso repositório local.

Dentro da conf, comente o INCLUDE e deixe o SERVER descomentado e direcione ele para o caminho do repositório.

# vi /etc/pacman.conf

[core]
# Add your preferred servers here, they will be used first
#Include = /etc/pacman.d/mirrorlist
Server = file:///media/Dados/arch/core/os/i686

[extra]
# Add your preferred servers here, they will be used first
#Include = /etc/pacman.d/mirrorlist
Server = file:///media/Dados/arch/extra/os/i686

[community]
# Add your preferred servers here, they will be used first
#Include = /etc/pacman.d/mirrorlist
Server = file:///media/Dados/arch/community/os/i686

Muitas pessoas questionam se dá para manter um repositório do Arch em um CD ou DVD, claro que dá.

Depois de montado a mídia, basta direcionar o pacman.conf para o local de montagem que vai funcionar.

Colocando as linhas dentro do pacman.conf, podemos salvar e atualizar o pacman para ver se ele realmente funciona.

# pacman -Sy

Deve te retornar algo assim:

: Sincronizando a base de dados de pacotes...
core                     455,3K   62,8K/s 00:00:07 [##########################] 100%
extra                    775,6K   80,9K/s 00:00:10 [##########################] 100%
community            454,3K   92,8K/s 00:00:05 [##########################] 100%


Sendo assim seu repositório está pronto para o uso.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução ao ArchLinux
   2. Baixando o repositório
   3. Configurando o pacman
   4. Bônus: Compartilhando repositório e links
Outros artigos deste autor

Arduino com Bluetooth e pySerial

Garena no Wine

Adaptação 2 em 1 de cabo de par trançado 10/100

Leitura recomendada

Mais sobre terminais leves....

Configuração do serviço NTP em servidor cliente

Erro no KDM (temas) depois de update no Sabayon

Integrando Nagios com Asterisk

Nagios - Configuração do NagiosQL

  
Comentários
[1] Comentário enviado por levi linux em 25/10/2011 - 17:16h

Parabéns, pelo excelente artigo.
Realmente algo que as vezes atrapalha o uso do Arch é a infraestrutura de Internet.
Excelente didática, o que achei mais legal, foi o bônus, bem interessante.

[2] Comentário enviado por tonnytg em 25/10/2011 - 18:51h

Obrigado pelo comentário, realmente isso ajuda mesmo.
Até para aplicações em grande escala com o bonus como você disse. =]

[3] Comentário enviado por izaias em 25/10/2011 - 18:56h

Que distro formidável é o Arch Linux!

Instalei, tive muito trabalho para configurar e agora usufruindo a distro, vejo que tem muito a descobrir ainda.

Muito bom, Tonny!
Excelente contribuição para a comunidade.


Parabéns!!!

[4] Comentário enviado por mcnd2 em 25/10/2011 - 19:17h

Faz um tempo que não uso o Arch, e essa idéia de ter um repositório offline é muito legal para quem não tem internet muito boa e isso faz a diferença.

Ótimo trabalho. Parabéns!

[5] Comentário enviado por tonnytg em 25/10/2011 - 19:26h

Obrigado pelos comentários, uma outra opção também para quem já tem o repositorio baixado, é só ir onde está o pacote e usar o comando pacman -U nome_arquivo que ele também instala.

[6] Comentário enviado por milesmaverick em 26/10/2011 - 21:54h

Já está em meu blog:
http://diariodeumlinuxer.wordpress.com/2011/10/26/arch-linux-repositorio-offline-parte-1-de-5/

[7] Comentário enviado por tonnytg em 26/10/2011 - 22:18h

Vlw milesmaverick, concidente mais cedo passei lá quando vi um topico do topic off cafe sobre divulgação de blogs, hehehe.
E parabens pelo blog.

[8] Comentário enviado por milesmaverick em 28/10/2011 - 19:08h

de nada, ainda não decolou, mas quando decolar... só mudei o meu blog para o Wordpress, porque, achei ele mais rápido,

[9] Comentário enviado por corvolino em 03/11/2011 - 02:45h

bom artigo,parabéns :)

[10] Comentário enviado por tonnytg em 03/11/2011 - 20:05h

Vlw =D


Contribuir com comentário